Lições que aprendi com a seleção brasileira de voley feminino

Por Renato Vargens

O Brasil superou o descrédito. A equipe de voley feminino dirigida por José Roberto Guimarães, que havia chegado desacreditada aos Jogos Olímpicos de Londres 2012, se tornou bicampeã da maior competição do Planeta.

Na primeira fase do torneio a equipe brasileira sofreu altos e baixos, perdendo duas partidas, colocando em xeque a sua classificação, a qual só foi confirmada  na última rodada. 

O time de Sheila, Dani Lins, Fabi e companhia emocionou o Brasil dando aos adversários uma verdadeira aula de voleibol. Além disso, a campanha da seleção brasileira nos ensinou algumas lições que jamais deveremos esquecer:

1- Ainda que as coisas não estejam caminhando como gostaria, continue acreditando que tudo pode mudar.

2- Continue trabalhando. O fato de ter perdido algumas batalhas, não significa dizer que perderá a guerra.

3- Aprenda com as derrotas e tire delas lições importantes.

4- Derrotas as vezes são importantes, elas nos ajudam a vivermos a vida de forma humilde, equilibrada e sensata.

5- Acredite SEMPRE. Ainda que muitos estejam dizendo que é  impossível conquistar o objetivo proposto, continue trabalhando acreditando que numa ora qualquer o jogo vira.

6- O jogo só acaba quando o juiz apita. Essa frase engraçada pronunciada por um ex jogador de futebol tem tudo a ver com o seu trabalho. O fato de estar perdendo a partida, não significa dizer que perderá o jogo, que só termina ao apito do juiz.

Pense nisso!

Renato Vargens

0 comentários: