Por Renato Vargens

Há pouco fiquei sabendo que um apóstolo, cujo um membro de sua família é canditado a deputado, DETERMINOU que todos os funcionários da igreja que é líder devem de forma obrigatória fazer campanha política em prol do candidato apostólico. 

Pois é, se não bastasse isso, soube também da existência de inúmeras igrejas que determinaram que aqueles que optarem por votar em canditados que não sejam os escolhidos pelos pastores estão em rebeldia e suscetíveis a maldição apostólica. 

Outro dia ouvi a história de um pastor que por hábito costuma determinar que os membros de sua igreja façam "boca de urna" a favor dos candidatos por ele escolhidos. Segundo o pastor, Deus revelou a ele em quem votar, e que em virtude disso, ninguém deve desobedecer suas ordens pastorais.

Caro leitor, se o seu pastor ou igreja encaixa-se no perfil acima impondo-lhe o chamado "voto de cajado", lhe dou pelo menos cinco conselhos:

1-) Converse com o seu pastor e líder e diga-lhe com todo respeito e consideração que essa prática afronta a moral, a decência e as Escrituras.

2-) Explique a ele que o púlpito é um lugar onde a Palavra de Deus deve ser pregada e não a anunciação de  plataformas políticas partidárias

3-) Em amor incentive-o a mudar o seu ensino. Diga a ele que a doutrina da cobertura espiritual, da maldição, ou do não tocar no ungido do Senhor é anti-biblica.

4-) Diga ao seu pastor que a coarção ou a ameaça a subordinados e funcionários  é crime e passível de denuncia a polícia.

5-) Se ainda assim ele não lhe ouvir, e lhe fizer ameaças espirituais, SAIA imediatamente desta igreja e procure uma comunidade onde pessoas não são tratadas como massa de manobra.

Pense nisso!

Renato Vargens

Por Renato Vargens


É inacreditável, mas a Prefeitura de Niterói  ultrapassou os limites do bom senso.  O documento ao lado  é uma INTIMAÇÃO que um fiscal deu para a Primeira Igreja Batista de Niterói, por ter em suas dependências, isto é, dentro de sua propriedade, uma faixa escrita: "Niterói estamos orando por você!" 

É isso mesmo que você leu! A PREFEITURA DE NITERÓI, intimou a Igreja a retirar a faixa! 

Confesso que a atitude da PIB de Niterói foi uma atitude louvável. Nossos irmãos estavam rogando a Deus pela paz da cidade que vive debaixo de uma violência sem precedentes, todavia, para a prefeitura, a oração dos nossos irmãos não é bem vista e nem bem vinda! 

Pois é,  apesar dos pesares, continuemos orando por Niterói, mesmo porque, não precisamos de faixas para orar pela cidade.

Renato Vargens  

OBS: Quero ressaltar que não acredito que a Igreja tenha sofrido perseguição. O que acho é que o ESTADO não tem que se intrometer numa propriedade privada. A faixa estava intramuros o que na minha opinião legitima o uso dela. Contudo, conforme um leitor do BLOG, o artigo 295 é claro quanto à autorização de faixas, ainda que em território privado. A Lei 2624 de 2008 autoriza a prefeitura a intimar quem quer que seja, mesmo que a faixa esteja em propriedade privada.

Por Renato Vargens

Abaixo você poderá assistir minha pregação neste domingo, 14/09 na Igreja Cristã da Aliança de Pendotiba. Na ocasião fiz a exposição das "Bem-aventuranças"  no Evangelho de Mateus 5: 1-12.

Que o Senhor possa lhe abençoar ricamente,

Renato Vargens


Chegamos a mais uma contagem regressiva, faltam exatos 150 dias para a abertura do 17º Encontro para a Consciência Cristã! Desta vez, contamos com o convite de Renato Vargens para que você participe conosco da 17 ª Consciência Cristã. O evento é sediado em Campina Grande – Paraíba no Parque do Povo e acontecerá de 12 a 17 de fevereiro de 2015.

O Pastor Renato Vargens é um dos nomes mais conhecidos que fazem parte da Consciência Cristã. Ele já participou em edições anteriores em vários eventos paralelos e plenárias, ministrando pregações em várias áreas, como: família, missões, apologética, soberania e Graça de Deus.

Renato Vargens é Pastor e conferencista, e já pregou o Evangelho em países da América do Sul, Norte, Caribe, África e Europa. É plantador de Igrejas e escritor com 21 livros publicados em língua portuguesa e 1 em língua espanhola, sendo seis pela Visão Cristocêntrica Publicações. É também diretor da Scrittura Produções, colunista e articulista de revistas, jornais e diversos sites protestantes e Pastor presidente da Igreja Cristã da Aliança em Niterói.

Dono de uma forte opinião embasada nas Sagradas Escrituras, ele escreve diariamente em seu blog (http://www.renatovargens.com.br) textos que desafiam o leitor a repensar: a vida cristã, o movimento gospel, e a realidade das igrejas brasileiras. Ele também é considerado um dos maiores blogueiros atuais da fé cristã no Brasil.

Além de Renato Vargens, teremos mais 25 preletores, como: Josh McDowell, renomado apologista americano; Justin Peters; Paulo Junior, conhecido por seu trabalho no portal “Defesa do Evangelho” e líder da Igreja Aliança do Calvário; Simone Quaresma, colunista do portal “Mulheres Piedosas”; Elias Medeiros, teólogo e chefe do departamento de Estudos Interculturais do Reformed Theological Seminary, nos Estados Unidos; Paulo Cezar, líder do Grupo Logos; Renato Vargens, Fabio Veodato, Aurivan Marinho, José Bernardo, além da participação especial do Grupo Logos. Confira a programação completa AQUI!

Para 2015, a 17ª Consciência Cristã também terá a 3ª Feira do Livro da Consciência Cristã, a FELICC, que mais uma vez contará com algumas das maiores editoras evangélicas do país; e o Restaurante Maná, que será montado, pelo segundo ano seguido, na parte inferior do Parque do Povo.

Marque na sua agenda os dias 12 a 17 de fevereiro, se programe, faça sua inscrição (saiba mais aqui), monte sua caravana (saiba mais aqui) e venha participar conosco da 17ª Consciência Cristã. O Evento acontece em Campina Grande - Paraíba e a sua participação é totalmente gratuita.


Por Renato Vargens

Na semana que passou em assisti nas redes sociais  alguns videos que me deixaram estarrecido. Assisti um rapaz matando um jovem por asfixia, outro dando uma surra de pau num homem que acredito também veio a falecer, meninas dançando funk com todo tipo de erotismo, um adolescente afrontando a polícia com arma em punho e muito mais.

Pois é, diante tanta maldade, cheguei a conclusão que as Redes Sociais estão servindo para "sociabilizar" o pecado, mostrando pra todo país que o mundo jaz no maligno. Além disso, para nossa vergonha e preocupação, a proliferação e "curtição" de muitos destes vídeos apontam para o fato inequivoco de que parte dos internautas estão gostando daquilo que veem.

Caro leitor, ao testemunhar no Facebook fatos como esses torna-se impossível não pensar no Império Romano e nos seu circo de horrores. No tempo dos imperadores multidões ávidas por sangue, dor e sofrimento se reuniam em arenas para assistirem feras destroçando pessoas indefesas. Se não bastasse isso, os gladiadores levavam o público ao êxtase ao derramar o sangue de seus oponentes demonstrando assim que a vida humana não valia absolutamente nada.

Prezado amigo, diante tanta perversidade o o que mais me choca é ver  "cristãos" se "divertindo" com a barbárie curtindo e compartilhando vídeos de tamanha brutalidade.

Diante do exposto preciso confessar que tenho pensado seriamente em rever meus conceitos e a minha permanência no Facebook. Lamentavelmente o que deveria servir como instrumento de relacionamentos sociais saudáveis transformou-se numa propagadora de violência, caos e pecado. Além disso, penso também que quando uma REDE SOCIAL deixa de promover encontros passando a promover desencontros, males e dores, torna-se dispensável.

É o que penso, é o que digo!

Renato Vargens

Por Renato Vargens

Nos dias 17 e 18 de outubro, acontecerá em Granada, Espanha a 2ª  Conferência Teológica promovida pela Escola Teológica de Granada.  

A primeira edição do evento aconteceu no ano passado com um público aproximado de 90 pessoas. Ora, você há de convir que para Europa, e especificamente a Espanha o público foi excepcional, não é verdade?

Caro leitor, a ETG tem desenvolvido um trabalho belissimo em terras espanholas treinando líderes, capacitando pastores e enviando irmãos para plantarem igrejas em todo território espanhol.

Eu já estive na Espanha duas vezes e posso afirmar que o coração do cidadão espanhol é um campo fértil para semeadura do Evangelho da Salvação Eterna. Isto posto, diante do enorme desafio de anunciar Cristo gostaria de rogar aos irmãos que estivessem orando para  que os preletores do Congresso sejam usados poderosamente para glória de Deus.

O tema deste ano será: "O Evangelho, nossa visão e missão."  e a proposta é capacitar pastores, líderes e seminaristas com as ferramentas necessárias para proclamar a maravilhosa mensagem da cruz.

Para maiores informações você poderá acessar o site da ETG (aqui). Se desejar poderá também falar com o pastor João Cardoso (aqui) que com dedicação, capacidade e amor ao Reino, tem desenvolvido um grande trabalho nesse país. 

Talvez você conheça na Espanha ou Europa, pastores que estejam precisando de um congresso deste tipo, peço portanto, que envie esse cartaz, aos seus amigos. 

Veja abaixo o cartaz virtual do evento:



Por Renato Vargens

Por esses dias eu estive pensando na grande quantidade de pastores que foram feridos na batalha. 

Na verdade, um número considerável de ministros do evangelho, abandonam o ministério pastoral, devido as lutas, pecados, fracassos e dificuldades das mais variadas possíveis. Seria irresponsável da minha parte culpar a igreja por todos aqueles que se arrebentaram no ministério, todavia, estou convicto que muitos pastores adoeceram emocionalmente devido a dureza de suas igrejas. 

Lamentavelmente algumas igrejas tratam os seus pastores como empregados, em alguns casos, como escravos, não valorizando suas famílias, nem tampouco respeitando suas lutas e necessidades pessoais. Para piorar a situação, os membros de nossas comunidades locais exigem de seus pastores atitudes de perfeição não permitindo que estes manifestem suas dores angustias e limitações. Junta-se a isso o fato de que uma grande quantidade de pastores tem sido vitimados pela depressão, o que torna as suas vidas e de suas familias um verdadeiro inferno existencial. 

O meu amigo Juan de Paula escreveu nessa manhã um texto extremamente interessante o qual reproduzo abaixo:

"Na guerra, quando um militar é atingido, ele deve ser carregado pelos amigos e irmãos de farda e não considerado peso morto no cumprimento da missão.Na batalha espiritual travada na peregrinação cristã, o pastor ferido não deve ser considerado PESO MORTO pelos seus colegas de ministério mas carregado nos ombros pelos seus irmãos na fé que também são homens de Deus."

Caro leitor, perfeito não é verdade?  Por acaso que você já se deu conta que a Igreja é implacável? Já percebeu que ela exige de seus "heróis" perfeição ILIMITADA?  Pois é, o pastor enquanto está na ativa, servindo, cuidando, pastoreando ele é perfeito e amado, todavia, se cai doente, vive lutas na família ou comete o desatino de pecar, este está perdido não é mesmo?

Prezado amigo, tomo emprestado as palavras do pastor Juan que nos exorta a não considerarmos os pastores que se feriram na batalha como peso morto, antes pelo contrário, os coloquemos em nossos ombros, ajudando-os a caminhar, bem como enfrentar as batalhas da vida.

Agindo assim, tenho certeza, glorificaremos a Cristo nosso Senhor.

Pense nisso!

Renato Vargens