O Brasil ainda é um grande campo missionário.

Por Renato Vargens


O Brasil é considerado o maior país espírita do mundo com 95 milhões de praticantes. Nosso país é o terceiro país em número de Testemunhas de Jeová, e que cada casa já foi visitada pelo menos uma vez por seus adeptos ensinando falsas doutrinas aos nossos vizinhos, que nunca evangelizamos. Os mórmons consideram seu crescimento no Brasil um dos seus maiores sucessos. Eles cresceram mais de 50% (aproximadamente 250.000) nos últimos dez anos. As religiões orientais, como o islamismo e o budismo, já atraíram mais de 2 milhões de brasileiros de todas as classes sociais e continuam se expandindo rapidamente. O islamismo por exemplo já conta com quase 300 mesquitas em todo o Brasil, e o budismo que recebeu recentemente seu maior missionário o Dalai-Lama, está construindo no Rio Grande do Sul o maior monastério budista da América Latina, e tem conquistado na classe artística seus maiores simpatizantes e discípulos. Os cultos afro-brasilleiros, como candomblé, umbanda, quimbanda e outros mais também se espalham por todo o território nacional como religião alternativa. Segundo estimativas, a maioria dos brasileiros, se não praticantes, já procuram os serviços desses feiticeiros chamados pais e mães-de-santo, em algum momento de sua vida.

A pergunta é: O que temos feito diante disto? Temos anunciado o Evangelho integral de Cristo Jesus ou temos andado preocupados com a nossa satisfação e realização pessoal.

Caro leitor, meu coração fica profundamente angustiado em saber que milhões de pessoas estão perdidas e cegas, servindo a falsos deuses. De fato, os campos estão brancos, o que nos mostra a imperiosa necessidade de anunciarmos o Evangelho de Cristo a essa sociedade  sem rumo e esperança.

Pense nisso!

Renato Vargens

3 comentários:

O seguimento dos kardecistas cresce muito, temos neste momento na mídia o filme nosso lar que bateu todos os recordes, em apenas 5 dias de apresentação mais de um milhão de pessoas assistiram, eles etraem porque são presentes, solidários, fraternos, porém deturpam a palavra de DEUS, acreditam que tiveram a 3ª revelação atravéz de kardec seu fundador, eu ví, eu estive lá, por isso sempre me aparece oportunidade de falar da verdade de JESUS para este povo, pois tenho muitos clientes umbandistas, candomblecistas, kardecistas etc; sem arrogância falo da mudança de minha vida pelo resgate de JESUS, e digo sempre Glórias a DEUS.

12 de setembro de 2010 11:19 comment-delete

É lamentável a nossa situação hoje, perdemos o foco principal de nosso chamado, estamos agora mais preocupados em arrecadar dinheiro para construção de mega templos com helipontos e replica do templo de Salomão, temos urgente que voltar a nossa missão que é resgatar os perdidos que estão caminhando a passos largos rumo ao abismo.

12 de setembro de 2010 13:57 comment-delete

Prezado Pr. Renato...
Louvo a Deus pela sua vida. Realmente a igreja não tem atentado para as missoes urbanas. Esse esquecimento tem resultado na grande aceitação da igreja emergente. Deus tenha misericordia de nós.

Amém

13 de setembro de 2010 09:27 comment-delete