Eu ouço música do mundo!

Por Renato vargens

Lembro que no início da minha caminhada cristã fui ensinado pelos meus discipuladores que toda música que não fosse evangélica vinha do diabo. Com isso tive que jogar fora todos os meus discos (na época não existiam CDs).

Com o passar do tempo e com a maturidade cristã, entendi a doutrina da graça comum. Em virtude desta compreensão, voltei a ouvir a boa música popular brasileira. Bom, antes que seja apedrejado pelos religiosos de plantão, é importante salientar de que Deus estabeleceu como ordem a graça comum. E que esta é a fonte de toda, cultura, e virtude comum que encontramos entre os homens. Em outras palavras isto significa que Deus em sua infinita graça fez com que o sol nascesse sobre o justo e o injusto, e mandasse chuva sobre o bom e o mau. Entre as bênçãos mais comuns que devem ser atribuídas a esta fonte, podemos enumerar a saúde, a prosperidade material, a inteligência em geral, os talentos para a arte, música, oratória, literatura, arquitetura, comércio, invenções e etc.

Talvez por ignorância, parte dos evangélicos em nome de Deus dicotomizaram a existência dualizando o mundo. Infelizmente fundamentados numa pseudo-espiritualidade, um número imensurável de cristãos tem ao longo dos anos avaliado como profano e imoral tudo aquilo que não brota dos arraiais evangélicos. Para estes, quem ouve musica do mundo ou vai ao teatro assistir uma peça, cede às tentações do diabo. Segundo esta perspectiva, a arte, a cultura e a música secular foram “divinamente satanizadas”.Como disse o pastor Marcio de Souza é absolutamente impossível negar a ação de Deus entre os homens ao ouvir clássicos da música como “One” do U2, ou "Miss Sarajevo" onde Luciano Pavarotti leva qualquer um às lágrimas com sua participação especial.

Eu particularmente sou tocado com a musicalidade de Elis, com o ritmo da bossa nova, com a voz de Maria Rita, com a brasilidade de Gonzaguinha, Com as letras de Renato Russo, com a inteligência do Lenine, com o doce gingado do baião nordestino, com a voz de Frank Sinatra, com as sinfonias de Bethoven, Bach e Mozart, com a música de Roberto Carlos, com a arte do Police, U2 , Dire Straits e tantos outros mais.

Meu amigo, não consigo ver deteminadas menifestações musicais ou culturais como satânicas ou malignas, antes pelo contrário, a multiforme manifestação cultural no ser humano, aponta diretamente para um Deus generoso que é absolutamente apaixonado pela arte, música e cultura.

Louvado seja o Senhor pela graça comum!

Renato vargens

157 comentários

  1. Concordo plenamente! Acho que está na hora dos "evangélicos" atribuirem a Deus a glória por todas as coisas. "Porque Dele e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Ele eternamente. Amém" (Romanos 11:36).

    ResponderExcluir
  2. É isso aí, Renato. Num dos meus livros - A MÚSICA DENTRO E FORA DA IGREJA, Editora Vida - dedico um capítulo a esse assunto. Por demais polêmico. Um dos meus 7 CDs gravados é de MPB - todas compostas por mim. Aliás, parte da minha renda nos EUA é tocando MPB para americanos e brasileiros em festas, restaurantes. Só coisa fina - Chico, Tom, Vinícius, Milton, Ivan Lins, etc. Graças a Deus fomos libertos das garras do tradicionalismo religioso. Além do que, tem sido excelente ferramenta de evangelismo.

    Está em avaliação um novo livro meu onde conto a história de 33 músicos que trabalham dentro e fora da Igreja na boa. Fantástico. Alguns, inclusive, trabalham com os músicos que você citou em seu artigo. Parabéns!

    Grande abraço.

    Pr. Atilano Muradas

    ResponderExcluir
  3. Pensei que eu leria mais um post de um pastor alucinado que iria dizer que as músicas "não-evangélicas" não são obras de Deus. Mas realmente "cai das pernas" quando li esse post. E é muito claro aqui que ninguém está afirmando que TODAS as músicas são obras divinas ou que merecem ser admiradas, ouvidas ou o pior, cantadas! Devemos analisar realmente o que a música diz ou representa e aí sim ter o dicernimento de decidir o que é ou não sadio.. ninguém está dizendo que é legal você chegar de carro em um culto com o som no último tocando "créééééu... créééééu". Parabéns pela visão ampla não ofuscada por uma... como você mesmo disse: "pseudo-espiritualidade".

    ResponderExcluir
  4. PR.RENATO TENHO UMA GRANDE ADMIRAÇÃO PELOS SEUS COMENTARIOS E MENSAGENS QUE O SR. NOS MANDA NESTE GRUPO,MAS ESTA EU NÃO CONCORDO COM O SENHOR ACHO QUE NÓS NÃO DEVEMOS NOS MISTURARMOS COM AS COISAS DO MUNDO, DESCULPE-ME MAS ESTA É A MINHA OPINIÃO UM GRANDE ABRAÇO E FIQUE NA PAZ DO SENHOR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu irmão para isso você terá de sair do mundo. Pois se não você não poderá usar do restaurante, dos remédios, das escolas, dos produtos dos supermercados, do carro e etc pois tudo isso é do mundo e foi feito por alguém do mundo.

      Excluir
  5. Ouvi Tudo e retei o que é bom diz paulo. Precisamos saber dividir e definir o que ouvimos..... até dentro da nossa própria igreja.Não concordo com o funk carioca na igreja, ouço mpb, soul e r&B americano. Aprendi a definir o que ouço...o que faz bem a alma e que não contem letras que vão contra a palavra como ocultistas tipo raul seixas naum ouço mesmo. Parabens pastor por ter esta visão aberta. Precisamos disso.

    ResponderExcluir
  6. Pastor Renato,

    Já ouviu o apocalipse do Lenine? Assito este DVD, e não consigo escapar da idéia de o Lenine está pregando uma mensagem que nem ele conhece, uma centelha de algo divino do qual nem ele, nem seus ouvinstes fazem a menor idéia! >>> Link <<<

    A gente precisa entender que Deus não é gospel. Aliás, ainda bem!

    Abraço fraterno,

    Leonardo.

    ResponderExcluir
  7. Pela primeira vez leio um texto extremamente sensato e verdadeiro sobre a questão das músicas.
    Parabéns.
    Fraternal abraço.
    Marcus

    ResponderExcluir
  8. leonardo,

    Para mim o Lenine é um dos maiores compositores da música brasileira. suas letras são muito inteligentes e me fazem refletir bastante.

    abraços,

    ResponderExcluir
  9. Caro Pastor Renato Vargens

    Como eu sei que o Sr. é um homem de mente aberta, e que não se contamina naquilo que faz e que ouve, pediria que lesse o "São João de Armando Pedreira", clicando aqui nesse link:
    http://levibronze.blogspot.com/2009/06/o-sao-joao-de-armando-pedreira.html

    Um Abraço fraterno,

    Levi B. Santos

    ResponderExcluir
  10. Perfeito!

    Pr Renato, mais uma vez o senhor disse a coisa certa! A música realmente precisa ser analisada e apreciada (aquilo que realmente presta). Temos que saber que a música é um dom de Deus. Temos que apreciar boas musicas, bons músicos e glorificar a Deus pela existência de tudo isso.
    Mais ainda, devemos agradece-Lo pela possibilidade de ouvirmos e desfrutarmos de belissimas musicas...

    Abraços
    João Vitor!

    ResponderExcluir
  11. Somos crentes ou Ets ?
    Porém temos que ter cuidado, principalmente com as musicas em ingles, agora a mpb na maioria das melodias são de bom gosto e não ofendem a familia, nem o evangelho, temos em nossas rádios evangelicas muitos louvores tocados
    que sinceramente teriam que ser vetados a sua divulgação por que nosso ouvido não é ..........., o povo merece respeito.
    1 Tessalonicenses 5:21 ( Examinai tudo, retende o que é bom )
    Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

    ResponderExcluir
  12. Renato, eu tenho é muita dificuldade é de ouvir músicas "evangélicas", existem algumas rádios que só tocam as músicas de suas gravadoras. Ai você fica limitado a ter que ouvir cada coisa que não desce. Eu tinha um programa de rádio, e a vinheta do programa era com a música de João Alexandre, "É Pribido Pensar". Chovia gente ligando para perguntar quem era o cantor, que música era aquela, e olha que o nosso programa não era de música, era de debate teológico. Eu não consigo ouvir rádio evangélica. Por isso é que eu ouso aqui no Rio a MPB, a JB, Band news, rádio MEC. Há um livro do Ricardo Gondim que já falava sobre isso "É Proibido".
    Fique na Paz, ouvindo uma boa música, evangélica ou não.
    Pr Silas
    Tem um selo para você em meu blog, passa lá.

    ResponderExcluir
  13. Silas,

    O meu etxto de amanhã será sobre as famigeradas rádios evangélicas. Aguarde!

    Renato Vargens

    ResponderExcluir
  14. Meu comentário ... Sem comentários , simplismente fantástico post . Não é a toa que te escolhi para ser o meu Pastor e da minha família . Obrigado por tudo .

    ResponderExcluir
  15. PASTOR RENATO, MUITA ATENÇAO~: DESDE QUANDO A MÍSICA DO MUNDO É BOA PARA NÕS QUE SERVIMOS AO SENHOR JESUS CRISTO. ISSO SERVE SOMENTE PARA PESSOA QUE ESTA GARRADA NO MUNDO E NO EVANGÉLHO DE CRISTO. SE VOCÊ É REALMENTE PASTOR NÃO DEVE DIZER UMA COISA DESSA.POIS EU E MEUS IRMÃOS SÓ ACEITAMOS OUVIR MÚSICAS EVANGÉLICAS, ISSO FAZ BEM PARA AS NOSSAS ALMA. PASTOR FIQUE ATENTO PARA OS OLHO DOS SENHOR JESUS CRISTO. PAZ DO SENHOR IRMÃO.

    ResponderExcluir
  16. PASTOR RENATO, SERÁ QUE VC É PASTOR MESMO? COMO POÇO OUVIR DA BOCA DE UM PASTOR DIZER QUE OUVE MÚSICA DO MUNDO. É VERDADE DIZ A BÍBLIA JESUS ESTA VOLTANDO. JAMAIS EU NA IDADE QUE ME ENCONTRO OUVIR DA BOCA DE UM PASTOR ESSA TREMENDA MUCUMBA, EXISTE PASTOR DE OVELHA E PASTOR DE CABRITO. PAZ DO SENHOR MEU IRMÃO. IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS .

    ResponderExcluir
  17. Prezado Texano, (esse é o seu nome) Seria melhor se fosse brasileiro, mas isso é outro assunto.

    Desculpe mais eu acho que vc não entendeu o post. Sugiro que leia novamente, talvez assim vc consiga intrepretar o texto.

    Renato Vargens

    ResponderExcluir
  18. Pr Renato,com certeza a boa música é feita, trambém com as bênçãos de Deus.
    Glenn Miller, José Carreras, Plácido Domingo,Ray Conniff's,Bacarat, e tantos outros, além de Seu Jorge.
    Parabéns pelo artigo.

    ResponderExcluir
  19. Concordo.Apenas penso que devemos tomar cuidado pois, penso que nem todas as músicas de um Lenine, ou de um Djavan, ou Chico Buarque por exemplo, são convenientes para um cristão. Bem como nem todas as músicas "evangélicas" são corretas teologicamente, ou agradáveis aos ouvidos.

    ResponderExcluir
  20. Excelente! Concordo plenamente, perdemos muito com essa demonização do que é bom. Tá na hora de amadurecermos e termos discernimento. Abraços

    ResponderExcluir
  21. Ainda bem que o senhor não citou O RAPA!!!! São os verdadeiros satanistas e tem muitos por aí.Gosto de boa música,principalmente MPB e que não seja o Rapa,Zéca do Inferno Pagodinho,Dudu pai de santo Nobre e Fundo de Quintal de terreiro de macumba e Ivete Manifestada Sangalo,mas continuo defendendo a boa arte lícita!!!
    Que Deus nos Guarde!!!

    ResponderExcluir
  22. esse tema e muito complicado , sou novo convertido.
    prefiro uma boa leitura na palavra de Deus e um bom livro evangelico do que perder tempo escutando musicas seculares que nada trazem de bom para a minha vida espiritual!

    ResponderExcluir
  23. Caro Pastor,
    muitos evangelicos precisam viver dentro de currais, em cabrestos, com certeza qualquer música pode tirá-los da "presença" de Deus.
    Como sou livre, pois o sangue de Cristo me libertou, uso bom senso e bom gosto e consigo desfrutar de boa música sem que isto me tire do Caminho. Afinal de contas precisa muiiiiito mais que isso rsss para abalar minha fé.
    Se vc me permite assino em baixo do seu texto.

    ResponderExcluir
  24. Perfeito..um texto que retrata um fato que muitos não conseguem enxergar. Há muito tempo procuro pessoas que tenham esta visão, pois é difícil.
    Fostes ousado, pontual e realista. E melhor... não fugiu das verdades. E nem por isso deixou de ser cristão, ou pastor, como lhe acusaram.
    O que falta às vezes ao povo é inteligência!
    Gostaria de, se for permitido, divulgar este texto em meu espaço... Abraço

    ResponderExcluir
  25. Prezado Rodrigo,

    Pode divulgar o texto sim, só peço que também divulgue a fonte.

    Renato Vargens

    ResponderExcluir
  26. Parabéns Renato por essa matéria, fiquei realmente maravilhado ao ler esse conteúdo.Para aqueles que leram essa matéria e continuam discordando aconselho amigavelmente que leiam o livro de meu amigo Ricardo Gondim, titulado "É Proibido" que trabalha o seguinte tema:O que a Bíblia PERMITE e a Igreja PROIBE.
    Um abração a todos,e mais uma vez parabéns.

    ResponderExcluir
  27. Pastor Renato

    Concordo com vc em gênero, número e "degrau" (hehe)

    Devemos nos lembrar que tudo nos é lícito, mas nem tudo convém, sabendo, com a Graça de Deus discernir entre o que é bom ou não.

    Marcos

    ResponderExcluir
  28. VERDADEIRAMENTE bom é Deus para com Israel, para com os limpos de coração.
    2 Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; pouco faltou para que escorregassem os meus passos.
    3 Pois eu tinha inveja dos néscios, quando via a prosperidade dos ímpios. Salmos 73

    E meio a esses insites de elogios a cultura secular, creio eu que o senhor se encontra como asafe no inicio de seu salmo, pois é sabido de todos que benção caiam sobre os impios, mas onde biblicamente podemos respaldar este pessamento néscio do senhor nas escrituras, o senhor defende junto com o pator marcio esta cosmovisão, mas me diga um textos com contextos onde se possa ter brechas para essa mesquinha "ideologia" longe da teocentrica teologia cristã.

    Aguedo a resposta como outras que o senhor não me respondeu! e que o senhor entre no templo e seus pés se mantenham firmeS em posições BIBLICAS.

    ResponderExcluir
  29. Olá Pr. Renato.

    Fico imaginando aqueles que só ouvem música "gospel"; será que eles colocam este tipo de música quando estão namorando?

    Eles nem imagiman que, com esse dualizmo, os mesmos estão na verdade no "ritmo" de zoroastro...

    Realmente falta conhecimento sobre graça comum de Deus, sobre talentos, cultura, etc.

    Parabéns pelo artigo. Tive a liberdade de postar alguns artigos de sua autoria no Blog Bereianos (com os devidos créditos) e se não tiver problemas gostaria de postar este também.

    Grande abraço, em Cristo!

    Ruy Marinho
    www.bereianos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Prezado Ruy,

    Obrigado pelo comentário. Fique a vontade pode postar os meus textos no Bereianos.

    Abraços,

    Renato vargens

    ResponderExcluir
  31. Fico estarrecida com a falta de visão e entendimento de muitas pessoas.
    Sempre fui defensora da boa música! Seja ela secular ou evangélica!
    Me espanta que os "crentes" não tenham o mesmo critério rigido com a televisão. Crente que assiste novela, não pode criticar quem ouve música secular!

    Parabéns mais uma vez, pastor, pela visão e principalmente, pela coragem em abordar tal assunto!

    E fazendo coro com o Leonardo Gonçalves: ainda bem que Deus não é gospel!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  32. Quem não canta música do mundo? Ora, se vc não canta ao menos escuta, ouve que é o que propõe o texto. Se vc não ouve, amigo desista de ir nos aniversários, porque lá mais cedo ou mais tarde vai ser entoada a secularíssima "PARABÉNS PRA VC".

    Sabe qual foi uma das grandes lutas de Lutero? Trazer a boa música secular pra dentro da igreja de volta. Os menestréis haviam sido expulsos pelos padres que visavam cegar o povo e Lutero, percebeu que o melhor lugar para eles tocarem suas belas canções seria a igreja. VIVA LUTERO!!!! Ué ninguém vai chamar Lutero de herege não?

    ResponderExcluir
  33. segue abaixo alguns links sobre doutrina da graça comum:

    http://www.monergismo.com/textos/pneumatologia/graca_comum_boettner.htm

    http://www.monergismo.com/textos/pneumatologia/graca_comum_grudem.htm

    ResponderExcluir
  34. Graças a Deus eu não sou o único que gosta da boa música, já estava achando que iria direto pro inferno, por gostar de ouvir o Capital Inicial.
    Pastor Renato obrigado por mais uma vez me esclarecer, agora já tenho uma linha de defesa contra as investidas do meu querido sogro, conservador até de d++++++++.

    ResponderExcluir
  35. A Paz do Senhor!!!

    Fico com a Bíblia que diz: Tudo me é licito, mas; nem tudo me convém fazer...
    Reconheço que existem músicas populares, que as suas letras não possuem nada de +++, porém se não me traz edificação, não tenho o porque ouvi-lá...
    Já parou para pensar se o cristão inerpretar que tem funk, rep, forró que também são populares, e que não tem nada á ver..
    Cada um sabe o que lhe traz edificação...
    Cuidado para não trazer confusão na mente de pessoas que não tem estrutura para começar ouvir músicas deste nível e acabar destruíndo suas vidas na presença de Deus..

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  36. Pr. Luiz Eduardo,

    Obrigado peo comentário.

    A Bíblia é para ser explicada e ensinada. O que faço não é confundir as pessoas, mas sim ensiná-las na verdade.

    nada mais,

    Renato Vargens

    ResponderExcluir
  37. Eu até já ouvi música "gospel"...

    Mas meus ouvidos não suportaram!

    EU OUÇO É MÚSICA BOA!!!

    Muito legal o post!

    Graça e Paz!

    ResponderExcluir
  38. Primeiro: Parabéns pelo post fantástico e esclarecedor!

    Ainda me assusto com a total demonização da música dita secular por parte dos evangélicos. E é tanta demonização que ao se falar que se é ouvinte, logo pensam que o ouvinte de música secular ouve SEMPRE o que de pior existe. Os que não aceitam a música "secular", já falam em funk, letras umbandistas, imorais e coisas do gênero.

    Isso já mostra o que pensam sobre o que não é advindo do gueto evangélico: tudo é ruim!

    RUIM é Cassiane, Marco Feliciano e todo o TOP 10 das rádios ditas "evangélicas"...

    Esta incapacidade de ver o belo na Criação de Deus é indesculpável! Achar que a beleza só vem de rios eclesiasticos é diminuir EM MUITO a redenção que o Senhor fez em minha vida.

    Não perceber Deus tocando em vidas como as de Chico Buarque, Gil, Ivan Lins e tantas outras figuras é dizer que Deus não é enxergado pelas lentes dos não-regenerados!
    Eles não tem a Revelação Especial de Deus, não são convertidos. Sò que eles enxergam Deus pela Revelação Geral.

    Se não fosse assim todo os 3 primeiros capítulos do livro de Romanos seriam mentirosos. Nele o Apóstolo fala que os homens se tornaram indesculpáveis POR NÃO RECONHECEREM DEUS APESAR DE TODAS AS DEMONSTRAÇÕES VISÍVEIS DE SUA EXISTÊNCIA!

    Ou alguém acha que o fruto da composição de várias canções angustiadas não seja a fome de Deus? Ou alguém acredita que as mais belas canções não foram feitas por quererem alcançar o que há de mais belo? Não me venham falar que é satanás!

    Antes que alguém o faça, eu o faço: Eles NÃO SÃO convertidos, mas a beleza que frui deles só pode ser do Pai das Luzes!

    Quem quiser discordar, discorde.

    Depois não reclamem de ter uma vida menos bela por isso!

    ResponderExcluir
  39. Esta reflexão trouxe a memória a fala do Rev. Antonio Carlos - na época ele dizia que conseguia ver mais Deus em algumas músicas populares do que nas chamadas gospel (não lembro exatamente as palavras devido aos anos que se passaram). Fiz a mesma coisa no início da minha conversão. Joguei todos os meus discos fora e hoje meu filho mais velho tenta resgatar a minha história musical trazendo de volta as músicas da minha infância e adolescência que trazem a memória o cheiro da casa de meus pais, o sorriso de minha mãe cantarolando na cozinha.

    Deus o abençoe
    Abraços,
    Regina Lopes

    ResponderExcluir
  40. Caro, Sandro!!!

    Não estou dizendo que as músicas de Chico Buarque, Gil, Ivan Lins são ruins, como disse são letras lindas e digno de ser aplaudido...
    Se você fica edificado com estas músicas continue ouvindo, pois lhe faz bem...
    Porém nem todos tem a mesma estrututa que você tem, sendo assim perigoso motivarmos ter em nossos lares cd's de cantores do mundo secular, muitas vidas vão deixar os louvores que verdadeiramente adoram ao nosso Deus, para ouvir coisas que na maioria delas não nos traz edificação..
    Eu prefiro os hinos da Harpa Cristã!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  41. Pr. Luis Eduardo,

    Entendo sua preocupação, mas CABE a liderança tirar muita superstição e má doutrinas.

    E isto é portanto indesculpável tb diante de Deus. Achar que ele só irá cobrar de nós por ministrarmos algumas questões em detrimento de outras é diminuir e muito o chamado.

    E nisto, temos que dar o senso do que é lícito e do que não é. E é lícito ouvir música, seja ela qual for: mpb, rock, samba, bossa, etc

    O que importa é seu conteúdo, mas a QUESTÃO é que já partimos do pressuposto que é ruim por ter sido composta por um não-cristão!

    Este é o erro e ai entra o discipulado, que cuida disto TAMBÉM!

    Achar que alguém vai ser débil na fé a vida inteira é diminuir em muito a obra que Deus faz num regenerado.

    Ele não tem OBRIGAÇÃO de ouvir música composta por um não regenerado, mas ele DEVE louvar a Deus por ser tão misericordioso em usar ímpios para sua Glória!

    Ai pecamos em NÃO RECONHECER a providência de Deus na vida de gente que vira as costas para Ele, mas mesmo assim ele os usa para sua Glória.

    Ou satã está em controle total deste mundo? Deus se calou?

    Não acredito nisto, Deus é Soberano!

    Deus abençoe ricamente seu ministério.

    Paz de Cristo!

    ResponderExcluir
  42. Meu Deus... Fico estarrecido em ver que pessoas ainda defendem essa demonização desenfreada da criação de Deus!? Desde quando existe música secular e música cristã??? Talvez a pessoa que pensa assim deve viver uma vida secular e uma vida cristã né!?

    Antes de mais nada, parabéns ao Pr. Renato pela excelente abordagem e parabéns também ao Sandro, seu comentário DEVE virar post!

    Grande abraço a todos, e apreciem a música em geral... Aprendam a ver Deus em outras coisas, não coloque Jesus dentro de uma caixa de sapato e escravize-o ao seu próprio querer!

    Aleluia! Louvado seja Deus que criou todas as coisas!!! Soli Deo Gloria!

    ResponderExcluir
  43. Excelente texto! Parabéns!
    Eita..., graças a Deus, muitos tem acordado.
    As pessoas devem ser convertidas a Cristo, e não a "cultura evangélica" com seus caguetes, de gosto duvidoso.
    Quando me converti, quebrei,doei, vendi, uma coleção de Lps, porque aquilo era incentivado pela minha liderança, e como um ato de amor a Deus, e prova de que eu amava mais a Deus do que a minha preciosa coleção.
    Tenho certeza de que Deus aceitou a minha oferta de amor, apesar de nunca te-la pedido.
    Enfim, hj mais amadurecido percebo até, que a forma que Deus usou para me conduzir a Ele, foi através de muitos daqueles lps que queimei, e por onde tateava as revelações contidas naquelas musicas.
    Através daquelas musicas "mundanas" que me apontavam para Deus, pude encontrar o Cristo vivo.
    Espero que esse texto tão bem escrito pelo querido Pr. Renato possa abrir os olhos daqueles que ignoram doutrinas bíblicas como a "Graça comum" e tantas outras de igual importância.


    Deus Abençoe
    Filipe L.

    ResponderExcluir
  44. Felipe,

    Concordo com vc plenamente. O Deus a qual servimos é soberano sobre tudo e sobre todos e aproveita os talentod humanos para falar ao nosso coração.

    Que maravilha é a graça comum!

    abraços,

    ResponderExcluir
  45. TMB TEMOS QUE TER CUIDADO ,PQ COMO VAMOS EVANGELIZAR UM IMPIO ESCUTANDO BURGUESINHA NA NOSSA CASA NO CARRO ETC
    ELE VAI DIZER PREFIRO FICAR ONDE ESTOU PQ "VCS" FAZEM A MESMA COISA QUE EU . ISSO NA VISÃO DO IMPIO AI FICA DIFICIL SER O SAL DO TERRA E LUZ PARA O MUNDO !!!
    E RESSALTANDO A "IRMÃ" RENATA DIZ:
    QUE NÃO SUPORTA MUSICA GOSPEL? E ADORA MUSICA SECULAR? IRMÃ VC TEM QUE REVER SEUS PRINCIPIOS E LER MAIS A BIBLIA.
    E NÃO VEM COM ESSA PAPO DE MENTE ABERTA , O NOSSO PROBLEMA E QUE SE ACHAMOS MUITO EQUILIBRADO ESPIRITUALMENTE E AS VEZES ESQUEECEMOS OS VALORES REALMENTES IMPORTANTES...

    ResponderExcluir
  46. É proibido Pensar!
    http://www.youtube.com/watch?v=87ubQOyrtZQ

    ResponderExcluir
  47. É um assunto muito complexo...
    Amados não tenho o costume de ouvir musicas seculares,
    porem não condeno quem as ouve.

    Só não sei o porque ouvir esse tipo de musicas...

    Não é por falta de opção...
    pois a musica cristã hoje apesar de ter algumas porqueiras por aí,
    é muito rica e não perde em nada
    para a musica "mundana".

    Devemos ter cuidado com o que ouvimos...

    Está cheio de crente por aí,falando que não tem
    nada a ver...e ouvindo e até comprando musicas que
    fazem apologia as drogas,violência,
    sexo extra-conjugal,
    espiritismo,idolatria e para eles é tudo normal.

    "Quanto ao mais irmãos, tudo o que é verdadeiro,
    tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o
    que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é
    de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum
    louvor, nisso pensai".

    ResponderExcluir
  48. Amado e querido Pr.Renato
    e amados leitores, quero por meio desta postagem
    expor a minha opinião sobre a musica secular, hoje com 50 nos de idade, passei parte da minha vida tocando e cantando MPB,em especial Djavan, Gil, Caetano, Lenine, pois esta foi aminha formação musical.
    Tenho 02 filhos em minha casa um de dezoito e outro de 14 anos que são músicos profissionais, escrevem e lêem partituras, indico sim! todos estes profissionais da musica secular, assim como os de outros países, Craig David, Salif Keyta, Angeline Kdjo, Richard Bona, Stevie Wonder, etc....
    Porem com um intuito exclusivamente de aprendizagem musical, visto não termos no meio evangélico referencia alguma de profissionais a altura destes citados acima , porem não acredito que haja a necessidade de se ouvir musica secular para se sentir melhor ou pior, uma vez que musica e musica em qualquer esfera, fica o meu parecer em nunca mais querer ouvir musica secular para me sentir em um estado de espírito melhor, mas unicamente em aprender com músicos altamente profissionais.
    Uma vez dentro de um estúdio eu disse para uns amigos que detestava bossa nova, não preciso informar que quase fui linchado por eles, mas expliquei o seguinte, que não detestava bossa nova no seu principio modal, mas sim! em referência as letras extremamente down, que só falam em perdas, mundo caindo, destruições, intenções suicidas, que infelizmente enchem e enchiam bares noturnos, de bêbados equilibristas tentando manter de pe
    a sua moral, perdida em algum lugar do passado, hoje afogado em um copo de whisky, basta ouvir Leny Andrade cantando `razão de viver` para se entender o que eu quero dizer, destas letras que a salvo um ou dois, não mais que tres, cantam o amor verdadeiro, não querendo com isso desprezar o grande talento musical da Leny,
    precisamos de uma família cada vez mais equilibrada, nos princípios da palavra de Deus e não buscar ouro de tolo, lembrando-nos sempre que estamos formando gerações que vão estar calcadas nos nossos ideais de vida, e não simplesmente naquilo que gostamos de ouvir, ver ou fazer, sabendo que isso vai definir o caráter daqueles que amamos e que vem depois de nos, o qual somos responsáveis homens, que Deus escolheu para orientá-los no caminho para o céu.
    Respeito sim! a opinião da maioria dos Amigos e Irmãos, porem esta e a minha opinião quanto a musica secular.
    ` vai aqui um convite, para se ouvir uma musica MPB que fala de verdades de vida, em abundancia.
    www.cezinhaviana.com.br

    Paz.....

    Cezinha Viana

    ResponderExcluir
  49. Prezados,

    A musica do Cesar Viana é de excelente qualidade. Recomendo a todos que puderem a ouvi-lo.

    abraços,

    Renato Varges

    ResponderExcluir
  50. Caro Pastor Renato, mais uma vez você acertou. Os salvas não form chamados para fugir do mundo, mas estar no mundo e sermos diferentes. A nossa diferença é que gostamos de música de qualidade. E infelizmente, o meio evangélico é pobre em musicalidade e em mensagem. Prefiro mil vezes U2 e Lenine aos "apaixonados gospel".

    Eu também ouço música "do mundo", quer dizer, boa música de onde quer que venha. Até mesmo evangélica...

    ResponderExcluir
  51. Meu caro amigo, não existe no mundo o melhor livro do que a bíblia, éla é uma biblioteca dentro de sua casa. nao existe melhor verdade de vc ler a bíblia, pare de mandar ler outros livros, pois não tem nada de verdade, somente a biblia é o livro da verdade. fique na paz do Senhor Jesus Cristo
    ASSEMBLÉIA DE DEUS DE IMBITUBA-SC

    ResponderExcluir
  52. O DIABO ESTA SOLTO, ELE VEIO PARA MATAR,ROUBAR E DESTRUIR. PENSE NISSO. A BÍBLIA DIZ QUE NOS ÚLTIMO DIA DA VINDA DO SENHOR, CHEGARÃO A SUA PORTA PASTORES, PASTORAS, E OUTROS QUE DIZEM SER DE CRISTO, MAS, NA VERDADE VEM SOMENTE PARA ENGANAR E DESTRUIR VOCÊ. QUEM DIZ QUE AS MÚSICA DO MUNDO É BOA PARA NÓS EVANGÉLICOS, ELAS POR TRAZ TRAS UMA MENSAGEM SATÂNICA, TENTANDO NOS TIRAR DO CAMINHO DO SENHOR. NÃO EXISTE MÚSICAS EVANGÉLICAS QUE FAZ MAU AOS CRENTE EM JESUS CRISTO, SÓ FAZ MAU PARA AQUELES QUE NÃO GOSTAM DOS EVANGÉLICOS.POIS ELES FICAM PERTUBADOS, POIS ELES NÃO SERVEM AU SENHOR JESUSCRISTO. NÃO TEM VISÃO E SÃO CEGAS SÃO ESSA SERVAS DE SATANAZ. PAZ DO SENHOR.

    ResponderExcluir
  53. É VERDADE IRMÃO. A IRMÃ RENATA DEVE DEDICAR MAS UM TEMPINHO PARA CONHECER A PALAVRA DE DEUS. NÓS QUANDO ACEITAMOS O SENHOR JESUS COMO NOSSO SALVADOR, NÓS FOMOS SEPARADO DO MUNDO. IRMÃ RENATA POR FAVOR LEIA MAIS A O LIVRO DOS ATOS DOS APOSTOLO. EM QUE PAULO DIZ QUE NÓS FOMOS SEPARADO DO MUNDO, SOMOS A DIFERENÇA . O CRENTE QUE INCENTIVA OS IRMÃOS OUVIR MÚSICAS DO MUNDO , ESTAR FAZENDO UM CONVITE PARA VOUTAR AO MUNDO DO PECADO.
    LEIA MAIS A BÍBLIA, VOCÊ E PASTORES. FIQUE NA PAZ DO SENHOR JESUS CRISTO.

    ResponderExcluir
  54. Ai que bom saber que não estou pecando, Pois sou fã do Roberto Carlos, rs.rs.rs.rs.
    brincadeira,mais que uma boa musica sertaneja e romantica é demais todos sabem.

    um abraço a todos
    Deus os abençoe

    ResponderExcluir
  55. GRAÇA E PAZ, EU CONCORDO PLENAMENTE COM O SENHOR PASTOR A MUSICA É UM DOM DIVINO,A INSPIRAÇÃO PARA COMPOR É ALGO QUE NEM OS PROPRIOS COMPOSITORES SABEM EXPLICAR COM CERTEZA VEJO A MÃO DE DEUS EM UMA DESSAS OBRAS CITADAS E ENTRE MUITAS OUTRAS COMO OUVIR ´COMO É GRANDE O MEU AMOR POR VOCÊ´DE ROBERTO CARLOS E NÃO SENTIR AQUELA EMOÇÃO , MUITOS DE NÓS CRIARAM UMA FALSA VISÃO DO QUE É A MUSICA EM SUA TOTALIDADE.DEVEMOS SEPARAR O JOIO DO TRIGO MAS NUNCA NEGAR AS OBRAS DE ARTE QUE DEUS PLANTA NO CORAÇÃO DO HOMEM,NÃO SOMOS DE OUTRO PLANETA SOMOS SIMPLISMENTE ´HOMENS´QUE TAMBÉM PRECISAM DE UMA PALAVRA DE AMOR , ATRAVES DE UMA CANÇÃO, ATRAVÉS DE UMA PEÇA TEATRAL UM ALERTA PARA VIDA , CIENTIFICAMENTE É PROVADO QUE A MUSICA É UMA EXCELÊNTE TERAPIA NOS CASOS DE DEPRESSÃO, A DANÇA ,A EXPRESSÃO CORPORAL , O TEATRO OU SEJA A ARTE EM SI. SE NEGARMOS ESSE PRESENTE QUE DEUS NOS DEU TAMBEM SEREMOS TOLOS E INSENSATOS ,DEVEMOS SIM SEPARAR O QUE É BOM DO MAL MAS NÃO DIZER QUE SÓ PODEMOS TER TUDO QUE É SOMENTE DA COMUNIDADE QUE PERTENCEMOS TEMOS ARTISTAS MARAVILHOSOS PELO MUNDO A FORA QUE FALAM DE DEUS EM SUA ESSÊNCIA ´´O AMOR´´

    ResponderExcluir
  56. Errata:

    No meu comentário, onde está escrito:

    Eles nem imagiman que, com esse dualizmo, os mesmos estão na verdade no "ritmo" de zoroastro...

    Lê-se: "imaginam"...."dualismo".....

    Desculpe-me pelos errinhos básicos causados pela pressa na digitação.

    Soli Deo Gloria!

    Ruy - Blog bereianos

    ResponderExcluir
  57. Rev. Isaias Lobão,

    Concordo com seu comentário em gêenero, número e grau.

    Abraços,

    Renato Vargens

    ResponderExcluir
  58. Meu Deus!! maravilhoso!! guando me converti so nao tive que jogar os meus cds fora porque nao existiam!! Mas se tivesse feito estaria arrependida!! Olha Vejo que temos pessoas de todas as alas "evangelicas" aqui no Blog.. Eu sou da seguinte opniao, pessoas que querem barrar tudo na vida depois que vira crente nao sabe apreciar a maravilhosa e estupenda Graca da criacao e diversidade de Deus!! Eu sei que todo dom vem de Deus, saber usa-lo e o problema SEU, entao, se a pessoa usa a musica com segundas intensoes ou vice e versa, ela como naquela parabola dos talentos vai ter que prestar conta.. Entao seja musica gospel ou secular, faca o melhor, e faca pra Deus so isso, nao vem com porcaria nao que ninguem merece!! e outra coisa o pessoal que nao concorda geralmente faz coisa pior que e falar mal da vida de outrem.. Marcia do Texas!! Aqui tem brasileiro que pensa!!

    ResponderExcluir
  59. bom eu não posso afirmar que esteja certo ou errado, mas prefiro dizer para que quer alimentar a alma tudo bem ouvir musica secular (musica da mundo), eu prefiro alimentar meu espirito selecionando musicas evangelicas que tenha letras edificantes, pois tamno como no meio secular ou no meio evangelico, existem letras que não nos leva a nada. um abraço fica na Paz de Cristo

    ResponderExcluir
  60. Marcos Silva _ DF

    A bíblia é clara quando diz:Tudo é lícito, mas nem tudo me convém, sabemos que as primícias são nossa, tudo o que Deus deixou neste mundo de bom, são nossos , o diabo tem usado grandes coisas que são nossos por direito e uma delas é a música, certa vez ouvi de um colega desviado a seguinte fala: EU NÃO VOLTO PRA IGREJA POR SIMPLESMENTE SER APAIXONADO PELA MÚSICA SECULAR, OU SEJA DO MUNDO... como cristão o reepreendi na hora .... para mim não justifica, principalmente para ele que é músico e precisa ouvir de tudo para sua melhor profissionalização e aprender as facetas que alguns músicos conseguem fazer na sua particularidade do seu dom com seu instrumento. Ouvir uma boa musica não tem maldade alguma deste que a mesma mostre em seu teor alguma coisa interesante, seja pela boa batida dançante, pela boa letra, pela boa instrumentalização etc, não é interessante só ouvir por ouvir, é preciso curtir a música na sua verdadeira essência, apesar de ter alguns lixoa que devemos filtrar de alguns cantores.......enfim, cristão de verdade não precisa espiritualizar tudo, devemos constantemente aprender a viver em Cristo Jesus, não se privando de tudo, a biblia diz que como ainda estamos no mundo , não podemos nos privar de tudo aqui.

    ResponderExcluir
  61. Eu acho que as pessoas tem um imenso preconceito, e gostam de falar que tudo é do Diabo, nessas horas eu acho que as pessoas dão mais crédito ao Diabo do que a Deus!!
    São chamadas músicas do Mundo, mais que eu saiba nós somos desse mundo e não de marte!!!
    E é graças a isso que crente é chamado de Bitolado pois não consegue apreciar uma boa música!
    E a pessoa que não é convertida acha que os crente são um bando de ETs e se afasta cada vez mais do evangelho!
    Abraços
    Luiz

    ResponderExcluir
  62. Luiz felipe disse tudo!
    Não existe DÓ gospel... existe somente a nota musical!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  63. Graça e Paz, pastor! Achei seu blog por uma indicação no Tweeter. Após ler esse post, eu não poderia deixar de manifestar minha opinião, já que ministro com música.

    Concordo que muitos pontos de vista difundidos no meio evangélico sobre música são bastante preconceituosos. Eu vejo a música como uma arte divina, e também acho interessante a letra de mtas composições de grandes mestres da música e poesia. Indo mais além, eu creio na Palavra de Jesus quando ele disse que "todos que não estão contra nós, estão por nós" (Mt 9:40). Se uma música não é contrária aos ensinamentos da Palavra de Deus, e nem contraria nenhum preceito considerado como justo e digno de um Santo, não vejo problemas.

    Qual o problema de um marido cristão recitar apaixonadamente os versos de "Carinhoso" (Roberto Carlos) ao pé dos ouvidos de sua esposa? Qual mulher não gostaria de ouvir essas palavras do homem pelo qual ela é apaixonada?

    Agora, como Ministro de Cristo, eu fiz uma opção e compromisso pessoal baseado na experiência que tive com Jesus. E esse compromisso é restrito somente a minha pessoa, e de modo algum imponho isso a mais ninguém, nem mesmo aos que estão debaixo da minha liderança. Esse compromisso é o de não ter em minha discoteca pessoal, e nem no meu repertório ministerial nada que não honrasse o nome do Senhor, ou que não lhe rendesse glórias. Mas deixo claro que isso foi uma decisão pessoal, baseada na minha experiência, e não "mais um" mandamento que Deus deixou para sua Igreja.

    Parabéns pelo eu blog. Já o coloquei nos meus feeds e favoritos!

    Um grande abraço, do seu irmão em Cristo!

    ResponderExcluir
  64. Não vejo a música do mundo como um pecado...mas como o cara dai de cima...eu tomei como opção escutar músicas cristãs..claro q tem hora q vc dá uma enjoada..e é por isso q eu escuto tbm rock(kiko loureiro e afins)..claro q atento na letra das músicas...nada q seja degradativo....

    ResponderExcluir
  65. eu conheço um cara que disse que se converteu ouvindo a música "we are the champions" do queen...

    ResponderExcluir
  66. Malaquias 3:18
    entao voces novamente a diferença entre o justo e o impio,entre os que servem a Deus e os que nao servem.
    1 joao 5:19
    sabemos que somos de Deus e que o mundo todo esta no poder do maligno.
    romanos 12:1 a 2
    ap_dila

    ResponderExcluir
  67. pastor Renato gostaria de dizer para Senhor que mtos tem se desviados do caminho do Senhor por causa de pastores liberais que pregam doutrinas que levam as ovelhas de Cristo a se escandalizarem,se o senhor pastor ouve musica mundana isso devia ficar entre ti e Deus e nao levar os outros a seguir o mesmo caminho,tal como viste nos comentarios os teus leitores vao recuperar as musicas antigas que haviam abandonado,sera porque tem saudades do mundo,vontade de se misturar ou que?
    O senhor pastor tem certeza do que ta fazendo?
    aconselho te a ler romanos 14:21
    bom e nao comer carne,nem beber vinho,NEM FAZER OUTRAS COISAS em que o teu irmao tropeçe,ou se escandalize,ou se enfraqueça.
    o senhor pastor deve em conta isso ?
    graça universal nos autoriza tambem a beber nas aguas de lenine,freud e karl marx ?
    2 pedro 2:1
    e tambem houve entre o povo falsos profetas,como entre vos tambem havera,falsos doutores,que introduzirao encobertamente heresias de perdiçao, e negarao o Senhor que os resgatou trazendo sobre si mesmos repentina perdiçao.
    e muitos seguirao as suas dissoluçoes,pelos quais sera blasfemado o caminho da verdade.
    pastor renato com todo respeito pelo facto de o senhor ser pastor nao desvie as ovelhas,mesmo que seja pecado ouvir musica mundana isso de cesteza leva muita a pecar,imagina o teu leitor que prefere U2 do k ouvir musica crista,nao devemos exaltar a Deus no nosso viver,sera que essas musicas exaltam a Deus ?
    vejamos o que a biblia fala sobre a musica:
    efesios 5:18-19
    e nao vos embriagues com o vinho mas em que ha contenda,mais enchei vos do ESPIRITO SANTO,
    FALANDO ENTRE VOS EM SALMOS, E HINOS, E CANTICOS ESPIRITUAIS,CANTANDO E SALMODIANDO AO SENHOR NO VOSSO CORAÇAO.
    Tiago5:13
    esta alguem aflito ?ore.esta alguem contente ?CANTE LOUVORES.

    pastor onde entra a tua musica mundana nesse caso,ou devemos rasgar as partes da biblia que pedem para louvar a Deus a todo tempo ?
    nao existem liberais,existem hereges,consulte a palavra herege no grego.
    gostaria que o senhor me responde se.

    fique na paz pastor renato.
    espero que publique a minha nota,pois nao tenho conta da google,nem outras ai disponiveis.manuel dila

    ResponderExcluir
  68. Vc tenta justificar pelos seus erros.
    Um verdadeiro cristao e um real adorador de Deus e nao se preocupa com musicas mundanas.
    quando aceitamos a Jesus como nosso unico e suficiente salvador o velho homem que ha em nos morre e nascemos novamente.
    Deus tenha misericordia da sua vida e lembre se o amanha nao nos pertence.

    ResponderExcluir
  69. Taí outro tema polêmico, e que me interessa: música!
    Sou baterista, compositor, além de fotógrafo: criatividade é fundamental para mim.
    A arte é dom de Deus, mas devemos vigiar. Existem muitos artistas que são inspirados por demônios.
    Para ficar num exemplo de um cara que eu gostava muito das músicas: Raul Seixas. Ele era simpatizante do Anton La Vey, pai do satanismo.

    Outro que é muito bizarro: Marilyn Manson.

    Quanto às músicas que levam para o erotismo, acho que não é preciso comentar.

    Mas há outras músicas mais sutis, que levam mensagens sutis dentro de suas belas melodias.

    A palavra tem poder, tanto a Palavra de Deus, quanto a palavra pecaminosa/maligna.

    Devemos ter cuidado com o que nos alimentamos, certo?

    Como gosto muito de música instumental, jazz contemporâneo, fusion, ouço bandas não-cristãs, por causa da técnica.

    Mas quanto aos outros ritmos, se posso ouvir um reggae - que eu gosto - com letra cristã, eu prefiro. Ainda que de vez em quando cante alguma música de Bob Marley.

    Só não entendo alguns cristãos que ouvem todo tipo de música mundana, e condenam algum cristão que faz um rap, pagode, rock, samba, com letra cristã. Não sei se esse é o caso.

    Mas não entendo o que há de errado em compor e criar músicas nos mais variados estilos, com uma temática cristã.

    Isso eu não entendo.

    ah: onde conseguiu ouvir a música do Cesinha?

    Grande abraço,

    James - www.broderjames.wordpress.com

    ResponderExcluir
  70. A paz do Senhor
    Agradeço a Deus por pessoas como o senhor,Pr. Renato Vargens. Acredito na obra apologética e tenho aprendido a amá-la e fazer parte deste exército.

    É de extremo conhecimento de todos que a musicalidade gospel vai de mal a pior. Aqui em Manaus tem uma cidadã de nome Gisele Boher cujas músicas vão do absurdo ao escândalo, com plágio de música de forró e por aí vai...
    Entretanto, vejo que o trabalho feito para "peneirar" música secular para ouvir, pode ser feito também com as músicas tidas por "evangélicas". Graças a Deus ainda há excelentes louvores no meio das podres letras antropocêntricas. Em meio ao "tome posse", "receba", "você é vencedor", "profetize", etc. ainda há letras que dizem: "Só Tu és Rei! Vives Tu, oh, Rei pra sempre... Tu dominarás pra sempre!", mantendo assim a nossa boa espiritualidade(sem religiosidade) e continuando a nos identificar com Cristo, pois queiram ou não, aos nos ver sentados na sala ouvindo U2, Zé Ramalho, seja o que for, os de fora podem se escandalizar.
    Que Deus lhe abençoe grandemente, Pr. Renato Vargens. Quando vier por Manaus, me avise por e-mail: ciceroferreira@hotmail.com. Gostaria de lhe convidar a pregar para a mocidade da Igreja na qual eu, por Graça de Deus, lidero.

    Cícero Ferreira

    ResponderExcluir
  71. Querido Renato, concordo com voce em genero, numero e grau. Sou cristã tb e aprecio a boa música, ou seja, exatamente TUDO o que vc citou: soiu apaixonada por Elis, Tom, Chico, Lenine etc... e o maravilhoso Sinatra!!! Alem de musica classica tb. Ou seja, é inegável a qualidade desse tipo de musica dita do "mundão". E quer saber?
    Na maioria das vezes qnd ouço esse tipo de música, consigo mto mais encontrar Deus do que muita música dita gospel por ai, que repete refrões vazios e rasos.
    Sofro criticas por ouvir esse tipo de musica, ainda mais na minha idade, com 25 anos, por gostar de mpb, bossa, classica, sinatra, rock classico.... afinal, como dizem, são musicas do diabo!

    Grande abraço, é otimo ver gente que pensa assim como vc, como eu e como poucos. E mais ainda, por apreciar a boa música!

    Karen

    ResponderExcluir
  72. Todas as coisas nos são lícitas, mas nem todas as coisas nos convêm ou edificam. (I Coríntios 6:12)

    pense nisso...
    e as músicas do mundo não foram inspiradas em Deus

    ResponderExcluir
  73. Que tristeza ...estamos realmente no fim....Pessoas desabafando por sentirem seu ego massageado por colocações sem qualquer respaldo bíblico. Pois agora se sentem a vontade de poderem expor o que estava guardado no íntimo. Digo que discordo disso e prefiro ficar até o fim com a palavra de Deus que é universal e abrange o mundo como um todo quebrando a idéia do relativismo, culturas, costumes e povos....Como é que fica "Porventura deita de alguma fonte de um mesmo manancial águas doce e amargosa? Meus irmãos, pode tambem a figueira produzir azeitonas? Assim tão pouco pode uma fonte dar água salgada e doce.Tg 3;11-12" "....que sociedade tem a justiça com a injuatiça? que comunhão tem a luz com as trevas?que concórdia ha entre Cristo e Belial? ou que parte tem o fiel com infiel?e que consenso tem o templo de Deus com o templo dos ídolos...."IICo 6;13-16 Igreja do Senhor é tempo de santificar mais ainda e fazermos a vontade de Deus do que ficar preocupado e ansioso em cumprir nossos proprios desejos.Cuidado com as novas doutrinas que tem surgido e com muita sutileza está "minando" a vida dos crentes, e pode custar a salvação ..Paz e que Deus nos abençoe..

    ResponderExcluir
  74. É POR ESSAS E OUTRAS QUE O NOSSO ALVO TEM QUE SER CRISTO!ADMIRAR AS LETRAS DAS MÚSICAS DE RENATO RUSSO?!UM HOMEM QUE NÃO TINHA O MENOR TEMOR A DEUS E VIVIA DE FORMA IMORAL.O SENHOR ESTÀ QUERENDO BEBER ÀGUA DAS DUAS FONTES AGORA SÒ FALTA SABER QUAL DEUS QUER AGRADAR.

    ResponderExcluir
  75. Deus é com certeza quem dá o talentos e os distribui a todos igualmente, a questão é:
    O que fazemos com isso?

    Sinceramente, esperava outro discurso.
    Eu, prefiro não me contaminar com as coisas deste mundo, uma vez que não foram compostas para a glorificação e a honra de Deus, mas para alimentar o Ego Humano.

    Prefiro admirar o que corações rendidos ao amor de Deus fazem.

    E se possível, tente se lembrar nos milhares de adoradores do Brasil, e se achar que pode, sonda seus corações, se encontrar alguém ao seu ver justo, faça uma mensagem defendendo-o.

    ResponderExcluir
  76. Ai,Meu Deus!espero que um certo amiguinho meu (evangélico),vidrado em Iron Maiden,Metálica e Sepultura,nunca leia este post,aliás o blog inteiro,com tantas mensagens pessimistas e de críticas a música gospel e agora este elogio e incentivo à música secular,lamentável...nem todo mundo tem maturidade cristã para ler este comentário...Vc deveria ter ficado com esta opinião para vc!

    ResponderExcluir
  77. A visão de Krishna (Lenine)
    Ó meu senhor de poderosos braços
    Todos os mundos e o seus semi-deuses
    Vendo teus braços, teus rostos, teus olhos, teus ventres, tuas cochas, teus dentes terríveis
    Se apavora…
    Eu também…
    Quando eu te vejo Vishnu oni presente…
    Enchendo o céu com cores radiantes
    O teu olhar flameja
    E as bocas escancaradas
    Fico amedrontado… amedrontado
    Não consigo manter a mente firme
    Perco todo meu discernimento
    Perco todo meu discernimento
    Meu discernimento
    Deus dos deuses, protetor do mundo
    Por favor, dá-me a tua urgencia
    Não posso manter meu equilíbrio
    Ao ver teu rostos tão resplandecentes
    Como se fosse…
    As visões da morte com seus dentes terríveis rangendo
    Perdi completamente a direção
    Perdi completamente a direção

    ResponderExcluir
  78. para meditar 1 co 10:31.....

    ResponderExcluir
  79. Impressionante... você mostrou sua opinião, mas não mostrou a base bíblica para se apoiar em tal fato. Se gosta de ouvir, tudo bem, porém não dê a desculpa e nem coloque o Nome de Deus para se apoiar em sua falácia.

    Flávio

    ResponderExcluir
  80. O Espírito Santo é o agente transformador de nossas vidas.Deus nos dá a oportunidade,através de sua misericórdia,de observarmos as pessoas com os seus dons e talentos sim!Isto aponta para a visão de um cervo,de um coração aquebrantado,com olhos de amor etc.Contudo, é maravilhoso observar as pessoas com os seus talentos e dons fora da igreja para que possamos orar por elas e ver essas mesmas pessoas dentro da casa de Deus.Vamo lá então:Se todos nós somos filhos de Deus,vivendo nos caminhos do Senhor ,então iremos observar o poder de Deus na vida das pessoas,mesmo que ainda elas não O conheça.Ney Matogrosso é homossexual,não conheçe Deus,mas o Senhor deu pra ele o dom de cantar e muito bem,diga-se de passagem,isso veio de Deus.Jesus viu,por exemplo, o talento de Pedro e o aprimorou, assim como tantos outros homens da bíblia.Elis,U2,Vinícios etc foram feitos pelas mãos de Deus,vamos então adimirá-los com seus dons e talentos.Ficariamos felizes se eles estivessem na casa de Jesus.O que não podemos é satanizar tudo e muito menos ouvir música de adoração ao capiroto.Cantei em festival de música do mundo,mas nunca louvei ao diabo em festival e hoje sou do ministério de música da minha igreja.Salmo 40,primeira parte:"E pôs um novo cântico na minha boca,um hino ao nosso Deus.."Salmo que fala de tranformação.Assim,fui transformado por Deus!

    ResponderExcluir
  81. GRAÇA E PAZ DA PARTE DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO!!!

    LI SUA MENSAGEM SOBRE "EVANGELICOS OUVIREM MÚSICAS SECULARES",E ACREDITO QUE QUANDO UM PESSOA NASCE DINOVO (NASCIMENTO ESPIRITUAL)VIVE UMA VIVA EM COMUNHÃO COM O SENHOR , E NAS MÚSICAS DO MUNDO NÃO ENCONTRO ALIMENTO ESPIRITUAL , INFELIZMENTE PESSOAS COM DONS MÚSICAIS NÃO USAM SUA CAPACIDADE PARA LOUVAR E ENGRANDECER AO NOSSO DEUS.
    COMO VOCÊ DISSE, A "MULTIFORME MANIFESTAÇÂO CULTURAL DO SER HUMANO" .POIS ESTA MANIFESTAÇÃO NÃO É PARA GLÓRIA DE DEUS,POR EXEMPLO CANTORES CITADOS POR VOCÊ ESTAVAM PREOCUPADOS EM EXPRESSAR SUA ARTE NÃO GLORIFICAR A DEUS, MAS SIM , EM SEUS PRÓPRIOS BENEFÍCIOS.
    PURIFICAI AS MÃOS, PECADORES;E VOS QUE SOIS DE ÂNIMO DOBRE,LIMPAI O VOSSO CORAÇÃO.

    ResponderExcluir
  82. Caro Pr., a graça e paz do Senhor Jesus!

    Essa sua postura em relação a música secular me deixa um tanto preocupada, pois não está exposta apenas à sua igreja, mas a milhões de irmãos internautas, na maioria adolescentes e jovens, que, muitas vezes estão procurando apenas uma desculpa, ou "justificativa" para se deleitarem nessa musicalidade que em nada exalta o nome de Deus. Lamento, pois o Senhor poderia ser bênção no meio dessa geração, já tão conturbada, tentada, nesse mundo, onde diz a Bíblia: jaz o maligno. Mas não é tarde, que o Espírito Santo de Deus, que convece o homem..., ministre em seu coração as verdades sagradas e descortine todo sofisma e fortaleza, em nome de Jesus.
    Um abraço, fique na paz de Cristo.

    ResponderExcluir
  83. Primeiro, e um pouco tarde pra isso, quero te parabenizar por sua boa lábia em envolver as pessoas na sua opnião.

    E segundo, não vejo por esse lado, porque está na bíblia e foi Jesus que falou: "Dai o que é de Deus para Deus, dai o que é de César para César". Pois bem, neste interim dá para notar que Deus, por meio do Cristo, define bem o que é o louvor e glória dada a ele. Ele separa bem as finalidades de cada ação. Teria como o pai da fé, Abraão, prestar holocausto pra Deus, se este mesmo quizesse por iniciativa própria matar seu filho pra poder ter uma boa colheita? Ou mesmo, depois de Moisés ter decido o monte com os mandamentos, o povo de israel fazendo um 'deus' de ouro para poder cultuar 'alguem' pelo milagre de 'sair da escravidão', este povo mesmo que visualmente cultuando 'um ser', adorou de forma pura a Deus?

    Em resumo, eu como cristão não vejo que Deus seja louvado se numa música mundana fala sobre a 'beleza feminina' (90% das músicas mundanas tem esse intuito). No meu ver, primeiramente não antes de tomar decisões pelo próprio conhecimento, devemos ajoelhar, orar e pedir a Deus iluminação sobre esse assunto delicado e ao mesmo tempo nos perguntar se, no momento que colocamos a música pra tocar, estamos ali de coração para louvar a Deus e suas criações ou estamos ali ouvindo somente por satisfação pessoal?

    Mas como eu digo, antes de alguem tomar alguma decisão, principalmente opniosa, devemos orar e pedir iluminação. Pois até Pedro depois de receber uma palavra profética do próprio Deus na terra, Jesus, (Mat 16:18~19) foi repreendido por ter emitido uma opnião demoniaca logo depois (Mat 16:22). Pense nisso (ou não, você tem o lívre arbítrio)

    ResponderExcluir
  84. Louvor só pra Deus. depois que entreguei minha vida ao Senhor Jesus, não faz mas sentido qualquer tipo de música , Pense , pastor se Deus vai se agradar de músicas mundanas, claro que não . nem de qualquer tipo de barulho dentro de igrejas. http://doaemquemdoe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  85. Renato... sem comentários! É bom não se sentir sozinho!!! Graça e Paz!!! Que bom que existe um povo que não se idiotizou em nome de Deus... Um grande abraço e qdo puder visite: http://jesusfreakbrasil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  86. Estudo piano há mais de 10 anos e me converti ainda criança... Nunca me desviei e amo algumas músicas "do mundo", porém detesto tb muitas "gospel"... Músicas de péssima qualidade não tem distinção: é ruim ou é ruim! Não tem essa de "ruim gospel" ou "ruim secular". Cansei de ouvir alguns pastores dizendo: "Música secular é do diabo", mas, ao mesmo tempo, defendem a música clássica! kkkkkkkkkkk!! Quer dizer que a música clássica não é do diabo, mas as que tem letra sim! kkkkkkkkkkkkk!!! Então música eletrônica tb não é do diabo, POIS NÃO TEM LETRA! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!

    Acho ignorância dizer que "música secular" é do diabo!!! Então não podemos ir aos médicos seculares, ir ao cinema, ir ao restaurante onde tem "música secular" ao vivo... Nem ler livros seculares!!! Machado de Assis é do diabo!!! Amém, irmãos???

    Fala sério!!!

    É bom saber que um líder como o senhor também ouve U2!!! Já li a tradução da maioria das músicas deles, não tem nada de mais. U2 tem uma junção de harmonia, ritmo, estilo musical e melodia excelente. Mas também gosto muito de João Alexandre e Expresso Luz!!!

    ResponderExcluir
  87. Caline,

    Concordo com vc em gênero, numero e grau.

    Abraços,

    Pr. Renato Vargens

    ResponderExcluir
  88. Ótimo o texto. Porém eu vejo um problema em ouvir música do mundo: ouvir musica de seitas.

    Por exemplo, se eu acho normal ouvir músicas de U2, automaticamente devo achar normal ouvir músicas de seitas como Voz da Verdade, Testemunha de Jeová, Adventista, etc.

    O que você acha?

    Em Cristo,
    Elton Morais

    ResponderExcluir
  89. Pr. Renato,

    Segue um comentário de um não-evangélico. Certo dia, recebi de um amigo meu, recém-convertido, uma caixa de CDs e LPs. Havia dentro dela raridades da MPB, do Jazz, da Soul Music e do rock, colecionadas ao longo de anos, por este meu amigo, que sempre fora um aficcionado pela boa música. Diante da minha perplexidade com aquela doação, dele recebi também, a seguinte explicação: "daqui para frente renovarei minha vida abandonando os meus vínculos com o mundo e nada melhor, como começo para essa tarefa, do que uma das minhas paixões: a música". Tirando o fato de que receber aqueles discos foi uma das melhores coisas que me aconteceram, fiquei me perguntando muitas coisas sobre esse assunto. Será que crer em Deus e segui-lo, significa também abrir mão de coisas que são o resultado justamente de um dos maiores dons que Ele nos deu, ou seja, o intelecto voltado à arte e à cultura?
    Não conhecia a doutrina da graça comum, mas seu post me respondeu esta pergunta.
    Parabéns pelas sábias palavras.

    ResponderExcluir
  90. Interessante ...
    Porque podemos ler Aluisio Azevedo, Carlos Drummond de Andrade, ...
    Podemos ver quandros de Pablo Picasso, Renoir, Monet, Manet,
    Porque não podemos ouvir Tom Jobim???

    Imagine se pudessémos ver somente Van Gogh ....
    Creio que não sou obrigado a ouvir somente Ozéias de Paula, pois música é expressão cultural (arte - dádiva de Deus ao homem), assim como uma pintura, teatro, etc. Isso chamo de música secular.

    Mas também creio que exista música mundana.

    Posso ler Machado de Assis
    Posso admirar quadros do impressionista Renoir
    Posso ouvir Tom Jobim.

    Jonatas Braz - DF

    ResponderExcluir
  91. bom ... eu acho que vc é muito inteligente, e fala tudo com base biblica, mais a palavra mata e o Espirito vivifica.
    sò não sei se concordo com vc e, alguns pontos, li diversos dos seus textos, uns eu concordo plenamente em outros não tanto, acho que hoje tá tudo muito bagunçado sim, mais tem algumas coisas que vc criticou que eu não concordei muito, como por exemplo as criticas a david quilan, diante do trono e ludimila ferber. Eu já tive oportunidade de participar de uma "ministração" do diante do trono, e eles clamaram sim pela nação, e muitas almas aceitarm a Jesus naquela noite, então não acredito que esse ministerio não agrade a Deus.
    Tambem na gosto do ideia de um Cristão criticar outros ministerio tão veemente, a humildade tem que existir; e vc não é, assim como ninguem é, o dono da verdade, só Jesus é o dono da verdade e infelizmente Ele não esta entre nós pra nos dizer isso vem de Mim e isso não vem de Mim, então acho valido considerar que estamos sugeitos a errar... mais algumas criticas não são contrutivas...
    tudo na santa paz que o Senho Jesus nos deu atraves da Cruz, é nisso que eu creio...

    ResponderExcluir
  92. Pr. Renato,

    O que o senhor acha da dança?

    Abraços

    José L. S. Santos

    ResponderExcluir
  93. ufa...que alivio...não sou só eu...ufaaaa...estarei postando este artigo no www.oprodutor.com/blog com os devidos créditos... só prá registrar considero Rap a trilha musical do século XXI é trilha sonora do Apocalipse que estamos vendo acontecer....Como canta Mano Reco SE LIGA NA IDÉIA, QUE A IDÉIA é FORTE..
    @siteoprodutor

    ResponderExcluir
  94. Irmão, paz!

    Também escuto músicas não cristãs. Gosto do Ira, Legião Urbana, Paralamas do Sucesso... U2, Pink Floyd, Dire Straits... entre outros da década de 80. Também gosto de música clássica, de preferência as que meu pai escuta.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  95. Hoje em dia tenho a consciência de que não existe tal proibição para apreciarmos uma música que não seja rotulada como "gospel". Como já foi dito ao longo dos comentários Deus distribui os dons da mesma forma entre os justos e injustos sendo assim, evangélico ou não, muitos foram agraciados com o talento para produzir música boa e de qualidade. Isso vale para tudo em todas as áreas, se os dons fossem concedidos apenas aos cristãos então muito da medicina, engenharia, arquitetura, produções artísticas, muito daquilo que utilizamos e quando recebemos consideramos dádivas de Deus não existiria. Porém tudo nos é lícito, mas nem tudo nos convém. Sendo assim não escuto artistas que em suas músicas exaltam o sexo, drogas, álcool, traição, raiva, seitas, tudo aquilo que não agrada a Deus. Tenho também o cuidado de procurar conhecer um pouco a história do artista, no que ele acredita e o tipo de mensagem que ele deseja passar. Acho que rotular toda e qualquer música "do mundo" como algo do diabo é apenas uma maneira simplista que encontraram de evitar trabalhar a questão. Percebo também que esse rótulo pode ter surgido pela relação da música como louvor a Deus, sendo que a música constitui-se um dos muitos meios de se louvar e talvez um dos mais mal utilizados pelos cristãos, pois hoje em dia estamos vivenciando um aumento de quantidade de músicas produzidas dentro da igreja ao mesmo tempo em que observamos uma decadência notável de sua qualidade e significado. A música foi feita para louvar a Deus sim, bem como a escrita, a dança, o teatro, a pintura... tudo! Porque fomos feitos para louvar a Deus. Ainda assim são meios de entretenimento, meios de expressar aquilo que se sente, meios de se estabelecer vínculos entre pessoas e porque não a partir de suas peculiaridades de se estabelecer a individualidade? Respeito aqueles que preferem ouvir somente a música "gospel", já inclusive tive esse posicionamento. Não deixei de escutá-la, mas passei também a entender a necessidade de selecioná-las, muitas são tão desagradáveis a Deus quanto as "do mundo". Há muito que ser dito, porém acho que o objetivo principal do post seja promover uma reflexão. Há alguns meses eu seria em um primeiro momento inflexível a este texto, hoje penso duas vezes a respeito de ambos os posicionamentos e procuro a orientação de Deus. Lembrando que somos todos diferentes, o que é bom para um pode não ser bom para o outro, e isso é perfeitamente aceitável contanto que não fuja aos ensinamentos da Palavra.

    Mariana.

    ResponderExcluir
  96. Bom,em se tratando de música,é um assunto polêmico,existe algumas músicas do meio mundano,que dá para se ouvir,não todas,um exemplo de músicas que dá para se ouvir são as clássicas:Bach,Bethoven,Mozart,José Carreras e etc,algumas da MPB também e só.

    Tem quem goste,não vou jogar pedras em quem gosta,mas prefiro a boa música cristã,e não evangélicas com seu ''louvorzão show'' como músicas de rap gospel,forró gospel,rock gospel,me desculpem,mas para mim isso não presta,é melhor MPB,algumas,do que ''gospel''.

    ResponderExcluir
  97. No final das contas, sempre teremos o embate entre o pode x não pode. E nisso, vemos algumas incongruências nas opiniões de quem diz que não pode. Por exemplo: até agora, a música clássica está intocada. Mas dizer indiretamente que MPB, blues, soul e outros estilos no modo secular são 'do diabo' é valido.

    Fui ensinado, no meu lar cristão, que tudo o que é bom, belo, sublime e de boa fama vem de Deus. Não é o diabo, que é um aproveitador e usurpador, na verdade. Quem perverte, estraga e demoniza somos nós mesmos, com nossos conceitos fracos, primários sobre Deus, Sua Verdade e Sua criação. Quando aprendermos a entender a Deus e Sua Palavra de verdade, veremos que muitos dos conceitos que nos envolveram durante toda a nossa existência só causaram males ao nosso espírito e alma. Claro: temos que separar o bom do ruim, o joio do trigo. Então, que façamos isso livres das amarras da religião e do totalitarismo gospel, usando sempre da inteligência e da sabedoria que só o Espírito Santo pode dar.

    Em Cristo,

    Gabriel Pedroso.

    ResponderExcluir
  98. Assim como existe musica dita "evangelica"que, olha...misericredo!
    Outro dia ouvi uma que me pareceu calipso, e era "crista". Com direito
    A gemidinhos e afins! Que vergonha alheia que eu senti!
    Parabens pela materia!

    ResponderExcluir
  99. "Uma vez dentro de um estúdio eu disse para uns amigos que detestava bossa nova, não preciso informar que quase fui linchado por eles, mas expliquei o seguinte, que não detestava bossa nova no seu principio modal, mas sim! em referência as letras extremamente down, que só falam em perdas, mundo caindo, destruições, intenções suicidas, que infelizmente enchem e enchiam bares noturnos, de bêbados equilibristas tentando manter de pe"...

    Falou tudo em poucas palavras.

    O problema não está na música secular. O problema está nas letras.
    Queira clássico melhor que Caetano, Roberto Carlos, e afins (para quem gosta 'das antigas'...
    Mas se você parar e ver "o que" está cantando, não dá... simplesmente não dá para prosseguir...

    É imoralidade, lascívia e isto só par começar... =/

    Infelizmente na nossa MPB deixa e muito a desejar...
    Um Cristão ouvir tais músicas, problema não há, é lícito...
    Mas terá maturidade para separar as coisas?
    E por maturidade, diga-se maturidade espiritual?

    ResponderExcluir
  100. Daqui a pouco aparece crente na rua cantando:
    "Quem vai querer a minha periquita"

    oO

    Este é o problema: a linha é tênue.
    Você 'libera' um dedo, levam o braço inteiro.
    E depois do leite estar derramado... háhá... daí meus caros, it's done.

    ResponderExcluir
  101. A igreja evangélica (não a bíblia) criou um conceito de que tudo que é secular (principalmente a música), é do demônio. Quando ouvimos uma música seja secular ou evangélica, precisamos avaliar sua mensagem e o quanto isso nos influencia. Existem músicas seculares que expressam o sentimento de um povo e sua cultura, outras falam do amor de um homem por uma mulher (ou vice-versa); não acho correto rotular tudo como satânico só porque não fala de Deus. A cultura brasileira é muitas vezes influenciada pela religiosidade do povo, onde predomina o catolicismo e as religiões afros; eu como evangélico, sei definir o que é bom para ser ouvido, sem necessariamente excluir tudo, ou seja, ouço o que me agrada, o que não me agrada eu não ouço. Outra coisa, eu não creio que Deus iria presentear o ser-humano com um dom tão maravilhoso que é o de compor, tocar, e cantar lindas músicas, apenas para que fosse usado nos cultos com a finalidade da adoração. Creio que a música é também para o deleite do homem e para o prazer de simplesmente ouvir uma boa música.
    Viva a poesia! Viva o romance! Viva a Música Brasileira!
    Deus o abençoe Pr Renato por esta postagem.

    ResponderExcluir
  102. O cantor João Alexandre veio à igreja que eu congregava um dia desses, e durante a sua ministração, falava sobre esse tema e como exemplo cantou um verso da música "Asa Branca" de Luiz Gonzaga; mostrando que a música tinha uma mensagem bonita apesar de não ser gospel. No dia seguinte, alguns jovens da igreja comentaram com a minha esposa:
    "irmã, nós começamos a repreender o espírito de sequidão! Esse homem veio amaldiçoar a nossa igreja!"
    O problema é que os evangélicos avaliam tudo sempre pelo prisma espiritual, ignorando toda poesia e mensagem cultural e artística.
    Fazer o que né?

    ResponderExcluir
  103. Legal...

    Mas Renato Russo? Com todos aqueles palavrões e letras depressivas? Acho que fica complicado definir o que é "boa música" para você, para mim, ou para quem quer que seja.

    Deste jeito, você vai ter que dizer aos moleques convertidos da favela que Funk é "boa música", ou você acha que eles ouvirão Tom Jobim? Daí a chegar no "Créu" é só um passo.

    Respeito pontos de vista contrários. Mas prefiro evitar.

    ResponderExcluir
  104. Tem gente que exige que toda música fale de Deus, mas o mesmo não abre a boca nem pra falar de Deus ao seu vizinho.
    Quem fala que a música de Caetano, Vinicius, Toquinho, Milton... deixa pra lá..
    Tem muita música "evangélica" do Diabo e muita música "do mundo" Divina.
    Olha que Obra prima:
    http://www.youtube.com/watch?v=kLdEjlnSkGM

    ResponderExcluir
  105. Infelizmente tem muita música gospel muito piores do que o pior funk do Rio de Janeiro... :S

    ResponderExcluir
  106. Paz e Graça no SENHOR,

    Parabéns ao Pr.Renato por trazer a tona a discussão de um tema bem interessante como a música. Também digo que quando me converti, hj faz tres anos, deixei de ouvir as músicas que não eram gospel(adorava Zezé Di Camargo e td mais). Comecei então a comprar por indicação CDs de alguns ministérios famosos e bem como CDs do ministério que congrego. Mas hj em dia reconheço que não sei cantar uma música gospel inteira sequer, mal consigo cantar o refrão. As vezes sinto vontade de não escutar nada. Durante muito tempo fiquei chateada por causa disso, e sempre comprando cds de musicas gospel que não estão na midia. Mesmo assim, nada de tocar meu coração.Fiquei horrorizada comigo mesma. Mas não voltei a escutar musica secular. lendo a palavra lembro que tá escrito mais ou menos assim(me corrigem se eu estiver errada) "não é por violência nem por força, mas pelo espirito" Agora só escuto musica gospel quando realmente sinto necessidade espiritual, sempre acontece quando lembro de uma frase da musica, ai vou lá no cd e ponho para tocar. Agora, como bem colocado por muitos nessa discussão, é que usemos de bom discernimento,atravez da palavra de Deus, para ouvir musicas que sejam agradaveis ao olhos de Deus. Como também está escrito "todas as coisas são licitas, mas nem tudo convem". Tudo que fazemos ou realizamos O SENHOR é em primeiro lugar. Conhecendo a Deus como Ele é e o que Ele deseja de nós, estamos mais do que esclarecidos e alertados para o nosso modo de viver. Assim, firmados como rocha nos ensinamentos de Jesus acontecerá que quando o espirito santo tocar nosso coração dizendo não ouça tal musica porque não vale a pena, nos obedeceremos voluntariamente, apenas dizendo para nós mesmos "isso não é bom para mim". Antes deixei de escutar Zezé Di Camargo, porque havia me convertido, agora não escuto mais as musicas dele porque reconheço que as letras não edificam em nada meu espirito, não me trazem nenhum beneficio,pelo contrário, sem eu me dar conta me deixavam chorosa com espirito entristecido lembrando de paixões do passado. Mas hj penso em ouvir musicas como dizem secular. Só que agora tenho Jesus para me orientar, se não é agradavel para Ele, é claro que não é bom para mim.
    Em Cristo com amor,
    Josiane.

    ResponderExcluir
  107. Pr. Renato,

    Maravilhoso espaço é este blog! Pois observo o confronto de opinião entre os cristãos e considero muito proveitoso, haja vista que torna público os pensamentos dos mais diversos sobre o mesmo tema. Ai me faz lembrar que devo vigiar e orar, para que eu também não venha a ser tentado a julgar e criticar sem equilibrio com base apenas nos ensinamentos da igreja que congrego. A palavra de Deus de fato é a lampada para os meus pés e luz para o meu caminho, que é JESUS. Faço então a seguinte oração "SENHOR guarda nosso coração e nosso espirito contra toda ação do inimigo, contra toda contenda e contra toda divisão dentro da tua igreja. amém"

    Josiane.

    ResponderExcluir
  108. Existe uma ligeira discrepância entre música e louvor, vcs não acham? O louvor é específico e a música é geral. Eu aprecio ambos, qdo têm qualidade.

    ResponderExcluir
  109. pastor tu es um poço de sabedoria,parabens !!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  110. Prezado Texano,

    o irmão poderia mostrar na Bíblia Sagrada um versículo que afirme com clareza (sem fazer alegoria) que ouvir música secular é pecado? Se caso fosse, ler Machado de Assis (livro secular) e ver Transformers 3 (filme secular) seria igualmente pecado assim como assistir televisão.

    A Bíblia não proíbe relacionamento com a cultura, apenas instruí a faze-lo se a arte não ofender o caráter Santo de Deus.

    Com todo respeito e sem querer ofende-lo mas sua atitude com o pastor editor deste blog não foi santa (análise bem sua motivação) nem humilde como o senhor Jesus foi presente em terra.

    Seu comportamento e posição assemelha-se mais com os fariseus do NT do que com os discípulos do Senhor Jesus Cristo.

    Sugiro, com todo carinho e humildade, que o irmão arrependa-se e deposite o coração em Cristo, naquele que é gracioso até com a cultura.

    Pastor Juan.

    ResponderExcluir
  111. Pra constar o meu comentário nesse assunto, acredito que a música "secular" não é pecado, mas a maioria é pecaminosa. Apreciar uma música ou a musicalidade no geral é bastante relativo, pois seria como assistir um filme pornô e apreciar as "artes".Aqui na Bahia é quase impossível ouvir um axé, pois embora a melodia seja contagiante, as letras são "contagiosas". Como ouvir Raul Seixas que ao mesmo tempo em que diz pra termo fé em Deus e na vida, faz uma homenagem a deuses hindús (Gita). Pra mim, ouvir música secular é como recomendar ouvir uma missa do padre Marcelo, pois possui os seus "lampejos" de evangelho. Acredito na graça comum, mas também acredito que o deus deste século se disfarça de anjo de luz para enganar os eleitos, mentiras são disfarçadas de arte para levar o engano.

    ResponderExcluir
  112. gostaria de relatar dois pequenos testemunhos quando eNtreguei minha vida para cristo. gostava tambem de "boa musica do mundo"um dia enquanto eu cantava essas "boas musicas do mundo" o SENHOR DISSE ASSIM EM MINHA MENTE E MEU CORACAO:COM ESSA MESMA BOCA QUE TU ESTAS CANTANDO ESSA IMUNDICIE, TU TAMBEM LOUVA O MEU NOME. DESSE DIA EM DIANTE NEGUEI A MIM MESMO E ABANDONEI AS MUSICAS PROFANAS DESTA VIDA. E COM TODO RESPEITO MEU QUERIDO PASTOR ORE A DEUS E PERGUNTA AQUELE QUE NOS GUIA EM TODA A VERDADE O ESPIRITO SANTO DE DEUS.FACA PROVA COM DEUS.E O MEU HUMILDE CONSELHO.

    A PAZ DO SENHOR JESUS HOMEM DE DEUS

    ResponderExcluir
  113. O MEU SEGUNDO TESTEMUNHO ALGUNS JOVENS ESTAVAM LOUVANDO A DEUS.DEREPENTE ABRIU-SE UMA VISAO DE DEUS PARA CERTA IRMA. ELA VIA AQUELES JOVENS EM DENSAS TREVAS, DEPOIS VIAM UM GRANDE RESPLENDOR DA GLORIA DE DEUS SOBRE ELES.E ASSIM ACONTECIA VARIAS E VARIAS VEZES.TREVAS E RESPLENDOR DE GLORIA.ELA PEDIU A DEUS O DICERNIMENTO DA QUELA VISAO, O DICERNIMENTO FOI: OS JOVENS ESTAVAM LOUVANDO A DEUS COM UMA MUSICA MUNDANA E LETRA SACRA OU LETRA DE LOUVOR A DEUS. E O SENHOR MOSTROU QUE NAO SE AGRADAVA DISSO,RITMOS,MELODIAS MUNDANAS COM LETRAS CRISTAS.

    LEMBREMOS DOS AVISOS DADOS PELO ESPIRITO SANTO AOS APOSTOLOS TIAGO E JOAO
    SOBRE QUEM QUER SER AMIGO DESTE MUNDO.

    A PAZ DO SENHOR JESUS

    SE O SENHOR DESEJAR FACA PROVA COM DEUS.AMEM

    ResponderExcluir
  114. Sanlopes,

    Suas experiências não possuem nenhuma relevância sobre as Escrituras sagradas. Gostaria de lhe informar que cristão fundamenta sua fé EXCLUSIVAMENTE na PALAVRA DE DEUS e não em seus achismos ou misticas revelações.

    Isto posto, lamento lhe informar que as experiências em NADA podem superar a Palavra de Deus. Ela é a SUPREMA autoridade sobre todo tipo de controvérsia.

    Concordo com o reformador alemão Martinho Lutero que costumava dizer: 'Fiz uma aliança com Deus: que Ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer tanto para esta vida quanto para o que há de vir.'

    Pr. Renato Vargens



    Pr. Renato Vargens

    ResponderExcluir
  115. Isso aí amigo.
    Se Deus existisse, ficaria feliz com você.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  116. SABE AMADO PASTOR MINHA FE NO SENHOR JESUS NUNCA FOI BASEADA EM ACHISMOS OU REVELACOES MISTICAS.POREM A BIBLIA MOSTRA QUE DEVEMOS COMPARAR AS COISAS ESPIRITUAIS COM AS COISAS ESPIRITUAIS.
    SINCERAMENTE LUTERO ESTAVA ERRADO NESTE PENSAMENTO DELE ACERCA DISSO QUE ELE PEDIU. OU ELE NUNCA LEU O LIVRO DE JOEL? 1CORINTIOS? POIS OS DONS ESTAO NA BIBLIA OU NAO?

    JOEL 2:28 E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões.

    1 COR 12:1-11 Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.
    Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados.
    Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.
    Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.
    E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.
    E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.
    Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.
    Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;
    E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;
    E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.
    Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

    1COR 14:26 Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.

    FICO IMAGINANDO SE JOSE(ELE E SUA FAMILIA) NAO TIVESSE DADO OUVIDO A SONHO QUE O SENHOR LHE DEU PARA LHE LIVRAR DE HERODES?

    COMO FOI QUE PAULO RECEBEU O EVANGELHO?
    GAL 1:12 Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo.

    E PEDRO TEVE VISOES, REVELACOES E AINDA UM ARREBATAMENTO DE SENTIDOS SEGUNDO O LIVRO DE ATOS 10:10.

    ENTAO SINCERAMENTE NAO SOU UM MISTICO NEM VIVO DE ACHISMOS.

    POREM O QUE RELATEI FOI PARA SEU AVISO,POIS A BIBLIA MOSTRA QUE OS MESTRE RECEBERAM MAIOR JUIZO.

    POREM FICO FELIZ QUE O AMADO PASTOR LEU A MINHA MENSAGEM E POSTOU NO SEU BLOG.POR QUE ACREDITO QUE MUITOS OUTROS VAO LER E VAO CRER E SE APARTARAM MAIS E MAIS DESSE MUNDO QUE JAZ NO MALIGNO.

    AQUI ENCERRO ESTA MENSAGEM,PEDINDO A DEUS QUE A CADA DIA LHE DE O PLENO CONHECIMENTO DA VERDADE QUE E A PALAVRA DE DEUS. COMO FEZ COM APOLO.AMEM
    A PAZ DO SENHOR JESUS

    ResponderExcluir
  117. Prezado Pastor, é interessante que eu tbm, qdo me converti joguei fora todos os meus discos e meus cds por serem agentes de satanás. Passados os anos descobri que ouvir música secular não é pecado. Pecado seria trocar meu momento com Deus por coisas que não edificam (como muitas pessoas tem feito ultimamente, que trocam seu momento com Deus para falar mal dos outros). O fato é que eu tbm gosto de ouvir músicas seculares; como não gostar de ouvir Caetano cantando Sampa? Como não relaxar ao som do Concerto para Piano Nº 1 de Tchaikovisky? Como não querer rodopiar ao som da Danúbio Azul, ou da Valsa das Flores? E poderia, ainda, lembrar de Glenn Miller, Willie Nelson, Louis Armstrong.

    A verdade é que muitos líderes evangélicos tem colocado cangas pesadas sobre os ombros de suas ovelhas apontando pecados em todos os lados; o pior é que são absolutamente desinformados e ao menos sabem que J.S. Bach era cristão protestante (como é o caso do irmão Hugo Ferreira). Esses líderes são aqueles que Jesus disse que não entravam no céu e nem deixavam os outros entrar.

    E concordo com Jonatas Brás (DF), qdo sobre literatura, porque se é pecado ouvir música secular, tbm é pecado ler livros seculares - Não mais Jorge Amado, Vargas Llosa, Garcia Marquez, Paulo Setúbal, Franz Kafka.

    Portanto, quero parabenizar ao irmão não apenas pelo post, mas por todo blog. Que Deus o abençoe.

    ResponderExcluir
  118. QUE BOM!
    Sou novo convertido e gosto muito das músicas do Djavan! E gosto muito de funks populares, não entendo como na igreja as pessoas não dão liberdade pra isso!
    Fui criado em periferia e trabalhei com funk, gosto muito do estilo. Tipo, musicas condenadas pela igreja, como "Você, Você, Você, Você", não vejo nada de mais, e realmente, isso tudo não tem nada a ver com nada!
    Deus fez a música e ela deve ser ouvida sem preconceito e cada um deve viver a sua vida.
    Muito bom ler este post muito edificante!
    Valeu pastor, assim me sinto que não estou errado.
    É isso aí: LIBERDADE AOS FILHOS DE DEUS!

    ResponderExcluir
  119. Ai, meu Senhor Jesus Cristo, soh me faltava essa... o cara se baseando em visões... num falta mais nada pra 2012 chegar... mesmo...

    ResponderExcluir
  120. "OS JOVENS ESTAVAM LOUVANDO A DEUS COM UMA MUSICA MUNDANA E LETRA SACRA OU LETRA DE LOUVOR A DEUS. E O SENHOR MOSTROU QUE NAO SE AGRADAVA DISSO,RITMOS,MELODIAS MUNDANAS COM LETRAS CRISTAS."

    AH, PELAMORDEDEUS, sanlopes... jah ouvi (ou li) milhares de "testemunhos" que usam esse mesmo clichê... Já disse uma vez e vou dizer de novo: se acham que o diabo criou a música, podem RASGAR da Bíblia todas as passagens em que O Senhor fala curto e grosso: EU SOU o CRIADOR de TODAS AS COISAS!!! Pode rasgar, ou pior, desacredite a Bíblia, pois vc tah fazendo uma contradição, afirmando q a Bíblia tá errada...

    Cada coisa que aparece nessa net, puxa...

    ResponderExcluir
  121. Pr. Renato, graça e paz!

    Sou mais um edificado por todo conteúdo de teu blog...as vezes uso muito de tuas idéias nas mensagens que prego.

    Agora, compartilho com vc uma dúvida:

    Se há graça comum, é possível música d "mundo" edificante no culto público numa igreja evangélica?

    Se há graça comum, é possível dança e coreografia (com excelente qualidade - não igual a que vemos hoje em muitas igrejas) sem sensualidade, mas com pureza, elegância, criatividade, inteligência e afins...na liturgia de um culto público?

    ResponderExcluir
  122. Excelente texto Pr Renato.

    Não preciso nem dizer que concordo plenamente com o Sr.

    O mundo Gospel hoje em dia já produz bizarrisses suficientes para ainda nos preocuparmos com "as músicas do mundo".

    Aproveitando o tema, aqui em Manaus tem de tudo. Além dos já consagrados forrozinhos gospel, também sai Dance Gospel, Balada Gospel, DJ Gospel... As vezes não sei se rio ou se choro.

    Shalom!

    ResponderExcluir
  123. Eu ouço música do mundo pq estou no mundo. Eu como comida do mundo pq estou no mundo. Eu uso roupas do mundo, feitas por pessoas não-evangélicas, pq estou no mundo. Eu vivo no mundo! A igreja vive no mundo!

    ResponderExcluir
  124. Sanlopes,

    Vc disse que Lutero estava errado? Sinceramente foi isso mesmo que vc quis dizer? Rapaz, sua ignorância me deixa absolutamente perplexo.

    Renato Vargens

    ResponderExcluir
  125. Só é considerado pecado ouvir músicas de artistas 'seculares'? E quanto ao cinema,literatura,artes e outros tipos de expressão artística? Só podemos ler,assistir e ver livros,filmes e peças 'gospel'? Acho que isso responde o que penso.

    ResponderExcluir
  126. Um cristão pode ouvir funk, axé e afins, e isso não é demoníaco, mas com certeza é de mal gosto rs

    abs pastor!

    ResponderExcluir
  127. Caro Pr. Renato,

    Sou seu admirador e leitor.

    Parabéns pelo Blog e pela relevância dos assuntos que trata aqui. São todos muito bons.

    Se o irmão me permite, respeitosamente gostaria de fazer um reparo.

    Noto que o senhor é pouco paciente com quem discorda do senhor. Mesmo que a tal pessoa esteja errada em sua discordância - parece ser o caso mais frequente - sua abordagem às vezes me assusta. O senhor chamou um discordante de "ignorante" porque disse que Lutero estava errado. Bem, talvez nesse particular Lutero estava certo - mas errou muitas vezes, não é? No caso da consubstanciação e seu conflito com Zwingli; no caso dos judeus; no caso do casamento do princípe Felipe de Hasse... para ficar em poucos exemplos.

    Não me entenda mal. Lutero é um dos meus maiores heróis da fé cristã. Deus fez muito por meio dele. Mas dizer que ele errou não é sinal de ignorância. É mero senso de proporção. Como disse, acho que nesse caso o leitor Sanlopes está equivocado - mas chamá-lo de ignorante por isso não é uma postura muito pastoral, irmão - como não é chamar de "covarde" um leitor que eventualmente não se identifica.

    Digo essas coisas com amor e com sincero interesse no ministério do irmão. Ministério rico e abençoador. Rogo a Deus que continue dando graça e sabedoria ao irmão.

    Forte abraço,

    Do leitor,

    R. Barbosa

    ResponderExcluir
  128. Prezado R. Barbosa,

    Agradeço seu comentário.

    Ao usar a expressão IGNORANTE, o faço no entendimento de que uma pessoa ignoarante é aquela que ignora um determinado assunto.

    Abraços,

    Renato Vargens

    ResponderExcluir
  129. Amados irmãos,

    Existe música secular, e existe "música secular". E existem, certamente, muitas bizarrices "gospel". Músicas feitas tão somente com o objetivo de encher os bolsos dos "artistas gospel" de dinheiro. Existe a música que emociona, que diverte, que faz pensar. E existe a música "bonitinha", "alegrinha", "engraçadinha", "divertida", que no fundo, só serve para gerar "energia" (lucro - $$$$$), e encher o meu saco.

    Quando eu não era evangélico, eu era fanático por Rock, Hard Rock, e Heavy Metal em geral. Ainda gosto disso, Deus me livre. Mas, hoje, eu prefiro um bom Blues. E sou capaz até de tocar um "sambinha" na guitarra (toco guitarra há 21 anos). Quer dizer, o Evangelho na verdade abriu os meus ouvidos para outros estilos musicais, o que me acrescenta muito em meus parcos conhecimentos musicais.

    Mas, se tem um troço que eu NÃO ATURO DE JEITO NENHUM, é a tal da música "comercial". A que só serve para vender CD, e bombar "Shows". Seja ela "mundana" assumida, ou confeitada de uma (falsa) espiritualidade.

    Gente, vamos parar de rodar, pular, marchar e sapatear, e vamos nos dedicar mais a leitura da Palavra de DEUS!!!!

    Vamos parar de adulterar, de fornicar, de nos prostituir, de praticar pedofilia, homossexualismo, zoofilia, necrofilia, e abominações semelhantes. Vamos parar de assistir vídeos pornôs na Internet. Vamos parar de difamar, injuriar, caluniar, mentir, enganar, dar "pernada" nos outros. Vamos parar de julgar injustamente, de acusar sem provas. Enfim, VAMOS NOS CONVERTER!!!!

    Vamos parar de brincar de oração. De brincar de pregação. De brincar de entregar "rolo", "profecia", "visão" e "revelação". DEUS não nos chamou para sermos palhaços. A casa de DEUS não é circo. VAMOS NOS CONVERTER!!!!

    ResponderExcluir
  130. a opinião do sanlopes a respeito de Lutero mais parece uma piada de mal gosto... fico espantado com a inteligência desse pessoal.

    ResponderExcluir
  131. Concordo com o seu ponto vista, contudo li alguns comentários e vi que algumas pessoas chamam outras de não convertidas só por não saberem discernir o que é bom na música e acho isso muito errado, ninguém sabe a relação que cada um tem com Cristo e se alguém quer escutar apenas música gospel Deus não reclama nem muito menos elogia.

    ResponderExcluir
  132. Eu tenho sérias dificuldades de imaginar santidade (o tirados para fora ), compreendendo que é na cultura que satanás tem sua mais forte influência, na música, na dança, nas expressões populares e até mesmo o apóstolo João quando diz "aquele que não trás esta doutrina". Vou experimentar ouvir um funk "para a Glória de Deus" pra verificar se eu estou sendo radical.

    ResponderExcluir
  133. Apesar de seu texto ser muito interessante Pr. Renato, creio que este assunto ainda é bem polêmico, pois trata de um tema que não está ligado somente a música, mas abrange uma gama de outras manifestações culturais(cinema, teatro, arte...) que dentro de uma lógica permissiva tanto pode significar para alguns, escândalo, como para outros, edificação, e isto vai da maturidade espiritual de cada um.
    Não critico quem, por enquanto ou não, optou por não ouvir música secular, como também não condeno quem, crendo que ouvindo, está se edificando, mas um coisa é certa: antes o escândalo se consumava em quem ouvia, hoje, ele se consuma em quem não ouve, mas, de onde quer que ele se consuma, haverá pecado.

    Que Deus guie nossos sentidos.

    ResponderExcluir
  134. Afinal o que faz uma canção ser evangelica ou não evangelica ? Escreví algo sobre isto há um tempo atrás e graças a Deus que tem aberto os ouvidos e o entendimento de pessoas como você Renato para entender que Deus se manifesta onde, como e através de quem quiser!
    Caso queiram conferir o meu artigo ai vai o link http://bit.ly/kk5sxc
    Grande abraço
    Pr. Carlos Rizzon

    ResponderExcluir
  135. Realmente: cada um, cada um...

    ...é cada comentário pró e contra (a apreciação da) música não-cristã! Coisinha nada fácil de discutir. Mas é isso... "quem tem ouvidos" que escute aquilo que lhe agrada. Ninguém é forçado a nada! Isso é de foro bem pessoal! Deus nos deu o livre arbítrio, é o que dizem!

    Agora, se somos cristãos e não podemos ouvir músicas "do mundo" (só as produzidas pelos compositores/cantores evangélicos? Essas são da onde? Do Céu...só se for da boca; são das empresas, tipo Mk e afins, produzidas por aki com ISO 9001 e tal, em estúdios terrenos!), então, também não podemos ler mais nenhum clássico da literatura ou qualquer outro livro, seja pelo prazer da leitura ou simplesmente por causa de um vestibular! Só devemos ler exclusivamente a Bíblia. Também não deveríamos sequer ver nada na tv secular (novela, tá amarrado!...filme violento? Queima!...jogo na quarta à noite ou no domingo à tarde? De jeito nenhum!). Jamais deveríamos pegar um filme na locadora, com a desculpa de que, como crente, não podemos ir ao cinema! Afinal somos do Céu e nada "do mundo" poderia fazer parte da nossa vida.

    Ou seja,só o sagrado deveria ser apreciado, e a gente sabe que a coisa não funciona assim! Estamos inseridos numa sociedade e temos valores culturais intrínsecos, até a nossa espiritualidade é moldada por esta cultura.

    Ora, é muita hipocrisia nesse mundinho "evangélico/gospel" brasileiro. Se engasgam com um mosquito, mas engolem um camelo todos os dias em suas práticas...Uma pessoa da minha família crente pentecostal de uma igreja com 100 anos, não escuta música "do mundo" em compensação adora/va assistir aqueles filmes que só faltava escorrer sangue pelo canto da tv...só locava filme desse tipo. Detalhe: o cara era "evangelista". Há milhares assim: hipócrisias nossas de cada dia!

    Nessa sociedade cristã contemporânea, bem distantes dos tempos do Rei Davi que tocava movido pelo Espírito de Deus, as pessoas "compram", nas lojinhas da **** ou qualquer outra rede religiosa, o que lhes agradam os ouvidos, supostamente crendo que agradam a Deus. Será mesmo? A música se tornou, nesse mercado, apenas um produto de entretenimento gospel-evangélico pelo qual se paga: e caro viu! E pra quê? Em muitos casos pra enricar "levitas" e seus "selos".

    Crente que julga crente que escuta música não-cristã precisa urgentemente refletir sobre sua prática de escuta de música evangélica dos dias de hoje, sobretudo essa da "moda", a de adoração! Estamos agradando a Deus ou aos empresários do ramo. Então, pra acabar com essa discussão que apenas "corre atrás do vento", compre/escute aquilo que, dependendo da consciência de cada um, vai agregar algo de bom pra vida dele/dela.

    E deixem o Pastor ouvir o que ele quiser! Ame-o...isso é música aos ouvidos de Deus! hehehehe!

    Ah...pra não perder a gospelidade, aproveitem e cantem aqueles hinos maravilhosos (pelo menos eu acho, daqueles que se cantavam rotineiramente, com muito respeito e temor nas nossas igrejas do século 20) do Cantor, da Harpa, Salmos e Hinos etc. tão desprezados hoje em dia por causa desses mantras evangélicos dessas muitas "comunidade$$$$"...ou então cante um Salmo _crie uma música para eles, com sinceridade de coração_ para Deus. Ele receberá como incenso santo. E qdo der...escuta esse pessoal aí que o pastor citou...são ótimos! Aí vão mais dicas legais pra rechearem seu mp3: Pato Fu, Marina Machado, 14 Bis, Queen, Jota Quest, Dionne Bromfield, Coldplay, Radiohead, Alanis, Tears for Fears, David Mathew Band, Foo Fighters, Jamiroquai, Jorge Vercilo, NickelBack, Snow Patrol, Scouting for Girls, The Script,Marisa Monte etc etc...tem tb de "crente" de boa qualidade tipo Novo Tom, Arautos do Rei, Resgate (banda de rock que eu amo!!!!), Oficina G3, Switchfoot, Remedy Drive, Joyce Carnassale, Regina Mota, Felipe Valente, Lucas Souza etc etc...

    Um xero no coração de todos! Graça e paz do Cristo Eterno!

    César_ Campina Grande-PB

    ResponderExcluir
  136. Só um outro detalhe...em alguns dos comentários aí citaram algo do tipo "créuuuuuu" e "algo sobre a piriquita"... esses são os medos? Pow... não tem uma musiquinha melhor não? A gente tá falando de música que leva o cara a pensar, refletir, entreter-se com inteligência e bom gosto ... não com esse lixo! Até pra falar dos medos que os crentes têm, o povo escolhe o que há de pior!! kkkkkkkkk!

    César _ Campina Grande. PB

    ResponderExcluir
  137. Pr. Renato,

    Uma dúvida. Onde eu poderia encontrar CD's de Blues Gospel????
    No meio secular, ainda é possível encontrar Blues, Jazz, Bossa Nova e estilos semelhantes. Mas no meio "gospel", é simplesmente impossível. Só se acha a PORCARIA da música comercial - "bonitnha", "alegrinha", "engraçadinha" e "divertida" - de MODINHA, que só serve para me encher o saco (e não conseguir esquecer o "maldito" Rock/Hard Rock/Heavy Metal e vertentes semelhantes). Onde e que eu posso encontrar Blues Gospel, Jazz Gospel, Bossa Nova Gospel, e música evangélica em estilos musicais decentes????

    ResponderExcluir
  138. Matsuura, conheço uma banda de jazz cristã q eh mto boa: Denver Mile High Orchestra. e, pow, cara... releva o metal e suas vertentes, amo metal e sua grande maioria, e no metal tem mta criatividade, procura uma banda chamada Tourniquet e vc verá o nível de criatividade na música dos caras, eh de outro nível.

    ResponderExcluir
  139. "O céu pagará qualquer prejuízo que possamos sofrer para ganhá-lo; mas nada pode pagar o prejuízo de perdê-lo." [Richard Baxter]

    Um dos Mais conhecidos puritanos, exenmplo de pastor e suas obras, que não foram feitas por homens, mas pelo próprio Espirito de Deus, o que faz com que seu nome seja conhecido centenas de anos depois de sua morte, é um dos nossos grandes exemplos de liderança e pastorei de almas, que certamente se espelha com a liderança e o pastoreio do Grande Pastor Jesus.

    Gosto muito do que ele Diz, e Gosto do que a Biblia diz sobre tais coisas, e ela diz muita coisa, e devo entender tudo com todos os panos de fundos contidos em cada ensinamento. Não vou citar nenhum versiculo pq creio que todos acharão que meus fundametos serão apenas estes. Portanto, Glorifico a Deus conforme entendo, e sei que custa bem caro segui-lo. Tal preço é até inimaginável, e nós, nos preocupamos em debater futilidade como estas...

    Minha oponião: Não curto nenhuma, apesar de algumas terem uma boa letra e melodia, sou musico e entendo bem isso. Mas antes de ser músico prefiro dar-me por completo a Deus. Se vc curte, problema é seu. É como o milênio, será antes ou depois da tribulação? Tantas Teorias.. gosto do que Paul washer Diz: "Qd chegar o dia vc vai saber". Assim sendo, me preocupo mais em viver o que está na minha mente. Queremos ser todos Brilhantes, mas eu me conheço, e seu que não sou. Vcs tb se conhecem, e se acham que existe algo de bom em vcs para se auto-justificarem, problema é de vcs. Como dizia Tozer: "se as pessoas soubessem quem eu sou de verdade, não daria honras a mim, dariam a alguém mais digno". Quem não conhece o Trabalho de A.W.Tozer? Olha o que disse de si mesmo. Vamos falar de Cristo, de como ir até ele, de como se entregar a ele, de ser salvo, e não do que deus gosta ou deixa de gostar! Quem conheceu o coração de Deus para afirmar isso?
    Sabe essa coisa de Graça Comum, que pra mim é desculpa pra não deixarmos tudo que temos, e que gostamos e que achamos confortável a ao dentro de nós, ela vem sim sobre todos, e está sobre todos, assim como o ar está para todos, mas nem todos a compreendem, nem todos... Ninguém é santo ou deixa de ser pecador por causa apenas da graça. De Graça, a graça já está posta, mas se vc não vir a Cristo, a graça pra vc é inutil, ela te condenará, pois como diz, Paulo: Como podemos negligenciar tamanha salvação?

    Portanto. tenho comigo isto: "O céu pagará qualquer prejuízo que possamos sofrer para ganhá-lo; mas nada pode pagar o prejuízo de perdê-lo." [Richard Baxter]

    O resto pra mim é lixo... Eu era um lixo, estava no lixo, vim do lixo, e não quero lixo... PS: Lixo não e igual música, antes que os defensores me acusem de fundamentalistas.

    Sirva a Deus com o teu coração. Que a Paz de Cristo seja o Juiz no coração de todos vcs.

    Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de BOA FAMA, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. Filipenses 4:8

    @walterkano

    ResponderExcluir
  140. HyourisinG, gostei da sua dica, e vou procurar vídeos deles no Youtube. Cara, quando eu falei "maldito", eu estava me referindo à forma de pensar de outrem.
    É MUITO FÁCIL condenar implacavelmente uma coisa que não está na moda, principalmente em se tratando de algo que não se gosta (gente que não gosta de Rock, Hard Rock, Blues Rock ou Heavy Metal, por exemplo), pelo puro e simples fato dessa coisa NÃO ESTAR NA MODA.
    Da mesma forma, é muito fácil aceitar passivamente algo que está na moda, em especial se for algo de que se goste (gente que gosta de Forró, Axé-music, Pagode ou pseudo-funk, por exemplo), pelo puro e simples fato dessa coisa ESTAR NA MODA.
    Entendeu????
    Eu também tenho um monte de CD's do bom e velho Rock Gospel, e ele, na minha opinião, é MUITO MAIS DIVERTIDO do que essa "farofada-lixo-pop-gospel" que está na moda.
    Eu encontrei alguns vídeos de um pastor chamado Rev. Charlie Jackson, que faz um Blues à moda antiga. Também encontrei um outro, cujo nome eu não lembro agora, mas eu quero encontrar mais. Black Music de verdade é Blues, Soul, e Jazz.
    Rap, Hip Hop, Miami Bass, e outras colagens semelhantes (pseudo-funk-carioca, por exemplo). são "nigga" music. E "nigga" music é um pé no saco. Tô fora, mesmo!!!!
    Não gosto, veja bem, EU NÃO GOSTO dessa estética de música sem instrumentos musicais.
    Música tem que ser feita por músicos.
    Música tem que ser feita com instrumentos musicais.
    Pense nisso, música é guerra. Todo músico é um guerreiro.
    Todo instrumento musical é uma arma.
    Diga não à música desarmada.

    ResponderExcluir
  141. Irmão Anônimo (@walterkano),

    Eu TAMBÉM era um lixo, TAMBÉM estava no lixo, TAMBÉM vim do lixo, e TAMBÉM não quero lixo.

    Se o povo quiser nos acusar de sermos "fundamentalista", o povo vai acusar. Não adianta nós nos preocuparmos com isso.

    Se o povo quiser nos acusar de sermos "machistas retrógrados e opressores", o povo vai nos acusar.

    Se o povo quiser nos acusar de sermos "homofóbicos intolerantes e incitadores ao ódio", o povo vai nos acusar.

    Se o povo quiser nos acusar de sermos uma "ameaça ao ecossistema", o povo vai nos acusar.

    Acusações acontecem...
    Simples assim...

    "Lixo não e igual a música, antes que os defensores me acusem de fundamentalista".

    Quem acusa a outrem de "fundamentalista", geralmente não tem a menor noção do que é "fundamentalismo".

    Mas há MUITOS entre o povo que preferem lixo, por que esse lixo é "bonitinho", "alegrinho", "engraçadinho", "divertido", e vem com roupagem "gospel".

    ResponderExcluir
  142. Matsuura, agora entendi o q tava querendo dizer... tbem tenho um monte de cds de metal cristão (não uso o nome GOSPEL, por q gospel pra mim eh aquele estilo musical dos afroamericanos, aquilo lá eh bacana), só q pra mim, antes de curtir a música, tenho q curtir a letra. se ela vem com algum errinho bíblico... Já encontrei em uma do Petra e do Stryper e tenho o maior cuidado com isso... Rap e HipHop são música tbem cara, prova disso são os rappers calvinistas como Lecrae e Shai Linne, o conteudo teologico dos caras dah de 10 a pau do q mtos pastores por aew...

    ResponderExcluir
  143. Glorifico a Deus por sua vida!

    Não que eu goste de ouvir música secular, mas é uma grande tolice demonizar uma música, ou um músico, apenas porque a letra da canção não é evangélica (ou gospel, como gostam de dizer).

    Seu blog é excelente e estou quase chateado por não tê-lo conhecido a mais tempo. Não somente estou seguindo, como coloquei-o entre outros que divulgo em meu blog.

    Por falar nisso, também escrevi em meu blog sobre essa questão da música secular, faz algum tempo atrás. Caso queira conferir:
    http://alancapriles.blogspot.com/2008/06/os-evanglicos-e-msica.html

    Um forte abraço,
    na graça e paz do Senhor Jesus!

    ResponderExcluir
  144. Admiro também músicas de boa qualidade pastor e também não vejo nada de mal em ouvir uma belíssima canção!
    A paz!

    ResponderExcluir
  145. Pastor esses dias eu estava pensando sobre esse assunto, obrigado pastor, agora vai ser liberdade de conciencia. Vou ouvir renato russo kkkk capital inicial =D

    só devemos tomar cuidado com as musicas existem algumas que são verdadeiramente demoniacas

    antigamente ouvia ac/dc,matanza

    pastor mais se minha liderança for contra o que eu faço ? ouço sem avisar pra ngn ? obg

    ResponderExcluir
  146. Eu acho que este assunto, anteriormente já comentado por este blog, é um assunto totalmente sem sentido, na verdade cada um ouve o que quer, gosto não se discute, eu gosto de ouvir musicas evangelicas e este é um problema somente meu, outro não gosta de ouvir musicas evangelicas e este também é um problema somente dele agora eu querer impor o que outras pessoas devem ouvir é um absurdo. Cada indivíduo ouve o que bem lhe agrada e depois sofre as consequencias dos seus atos, a salvação de Deus é muito maior do que ouvir musicas, eu não sou salvo porque ouço musica evangelica eu sou salvo porque adoro o meu Deus e vivo para Ele e consequentemente ouço musicas que adorem ao meu Deus porque acho que tenho que louvá-lo todo o tempo e não consigo ver alguém louvando a Deus ouvindo Titans, Ratos do Porão, Detonaltas, Gans 'n Rose, Kiss e etc...
    Não devemos chamar os crentes que ouvem musicas evangelicas de ignorantes ou incultos como no blog anterior, é uma opção de vida.
    Por favor não tentemos manipular a vida dos outros, preguemos a palavra e mostremos o pecado e a redenção vinda do trono de Deus.

    Graça e Paz.

    ResponderExcluir
  147. Quero só dizer, que existem pessoas que não tem estrutura para ouvir musicas "seculares". Alguns casos, até mesmo psicologicamente falando, tais musicas trazem ou geram algo negativo neles. Isto não quer dizer que um dia tais não possam "conseguir" ouvir sem se "pertubar"... Embora que muitos, por uma série de fatores, jamais terão força para isso, estrutura!! Concordo com a essência deste artigo, apenas quero ressaltar que alguns que acham "pecado" musica secular, é por motivos não "legalistas" ou por ensino equivocado: Há muitas variantes neste assunto. Parabéns pela postagem, Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  148. Ora, vamos combinar uma coisa? (como diz o Pr. Renato)

    Desde quando há música do mundo e música cristã?!!

    Tudo é do mundo (terra, local), mas não pertence ao mundo (sistema caído, falho por causa do pecado e escravo dele).

    Lembremos irmãos que, vivemos no mundo, mas não pertencemos ao mundo.

    Ouvir de tudo e reter o que é bom, é sensato e faz bem a alma.

    Ignorar que podemos aprender com artes, e neste ponto, sobre a música que não seja cristã (entoada no ambiente de culto) é negar que Deus deu um dom a pessoas que têm este talento.

    Lembremos que há muita música dita cristã e não é... pelo contrário, totalmente mundana.
    Vejamos:

    "... quem te viu passar na prova e não te ajudou, quando ver você na bênção vai se arrepender"..(???)

    Sinceramente, onde um verdadeiro cristão se alegraria com a sua bênção e menosprezaria aquele que não acreditava em você?! Soa meio como vingança não?!!

    Vamos rever alguns conceitos. Fica a dica, principalmente para os alienados em focar somente naquilo que é dito como Cristão / Evangélico / Gospel.

    Pr. Anderson.

    ResponderExcluir
  149. ,
    Caro Pr Renato Vargens, concordo plenamente com seu brilhante texto.

    Parabéns! Continue! Saiba que tem muita gente contigo. Mas, acima dos amigos e também dos críticos, Deus cuida de ti, da tua família e do ministério dEle em sua vida.

    Graça e Paz, queridão!
    .

    ResponderExcluir
  150. O irmão curti as letras de Renato Russo? Pelo amor de Deus!

    Já ouvi muito U2 e sei que existe muita blasfêmia em suas canções. Sem falar nos outros citados acima.

    Realmente Jesus estava certo em dizer: "Coas o mosquitos e engolis o camelo"...

    ResponderExcluir
  151. Esse é o julgo de santidade da religião cristã, colocando como pecado aquilo que o Eterno não diz que é pecado, onde está na Torá a passagen que diz que ouvír musica secular é pecado?, onde está na Escrituras que nós diga que beber é pecado? onde está nas escrituras que nós diga como o homem deve ter relação sexual cm sua mulher???
    esse julgo é da igreja evangélica, é o conceito errado de santidade.O que as escrituras nos fala é que todas as coisas nos são licitas mas nem todas as coisas nos convem, e tbm diz que a boca professa do que o coração está chei.
    Ao ouvir um desses funks cariocas é lógico que concluimos que esse coração está cheio de imoralidade e lacívia e isso não edifica nem a mim nem a ninguém.
    Assim como tbm as Escrituras apenas nos diz que o corpo da mulher e do marido e o corpo do marido de sua mulher.
    Assim como bêber, o pecado é se embriagar pq embriago vc perde seus sentidos e acaba escarnecendo. porém o cristianismo diz que é pecado mas a palavra em nenhuma passagem diz que é pecado.
    existe uma diferente enorme entre santidade e KADOSH...
    O irmão acima citou; Coas o mosquitos e engolis o camelo.
    Quantos mosquitos o cristianismo coa?? e qntos camelos engoli?
    por exemplo o maior camelo que vcs englem p mim é a maior comemoração pagã romana (NATAL) e depois dela a páscoa...
    é mto fariseu dizendo como as pessoas devem viver e vivendo a sua própria maneira.
    Por isso Yeshua diz, façam o que eles dizem, mas não hajam como eles.
    As escrituras tbm nos fala que existe justo que nunca conheceu a Verdade mas é mais justo do que mtos que vivem no ''arraial''
    Por isso a religião em enoja, por causa do julgo que colocam sobre as pessoas, dizendo que é pecado aquilo que o PAi não considera como pecado.
    enfim é essa a minha opinião baseado no meu fundamento que é o fundamento de Israel.
    Shalom

    ResponderExcluir
  152. De fato é lamentável e vergonhosa a realidade de alguns artistas gospel do Brasil. Certamente, cabe-nos construir/voltar para o que de fato é criado tendo como objetivo a glória de Deus.

    A respeito da mensagem: Ouviríamos fora de nossas igrejas o que não faríamos dentro dela? Tocaríamos em lugares finos (como dito acima) músicas da MPB e não faríamos o mesmo dentro de nossas igrejas? Certamente, imagino que não nos atreveríamos a fazer esta ofensa.

    O fato de culturas terem em alguma medida um certo tipo de mensagem a respeito de Deus deve ser de maneira inteligente aproveitado para a pregação do Evangelho (Paulo), mas para o uso diário na vida dos crentes é trágico.

    Nós cristãos podemos com o conhecimento revelado por Deus criar salmos/hinos/músicas de maneira muito mais brilhante, o que seria bem melhor do que termos partes isoladas em certas músicas.

    ResponderExcluir
  153. Misericórdia irmão. A bibliia diz “Tudo posso, mas nem tudo me convém” (I Cor. 6,12). Temos tantos louveres bons feitos com inspiração do SANTO ESPIRITO. Realmente alguns cantores que se intitulam cristãos cantam música com heresias, mas o Espirito Santo nos dá discernimento(ou você consegue adorar a DEUS com o hino ‘’ Quem te humilhou vai ter que te honrar’’ ou ‘’Quem te viu passar na prova/ E não te ajudou. / Quando ver você na benção / Vão se arrepender./ Vai estar entre a plateia E você no palco.’’ Porém, devemos esta ligada no alto e como uma música feita para adorar a si próprio ou falar de um amor carnal e lascivo pode nos aproximar de DEUS. Declarar que DEUS ‘’ é absolutamente apaixonado pela arte, música e cultura’’ ouvindo U2 e Elis que teve uma vida conturbada. Como isso pode edificar uma vida cristã. A questão é a música cristã existe para adorarmos a DEUS e não para amar a arte. Hoje realmente se diz que o cantor gospel é um artista, isso para mim esta errado. TEM QUE SER ADORADOR, SÓ CANTO LOUVORES QUE ME APROXIMEM DO ESPIRITO SANTO DE DEUS. Se posso ouvir TOM CARFI, ALINE BARROS OU OS HINOS DA HARPA. PARA QUER ELIS, RENATO RUSSO(DROGADOS) que cantavam com desespero nas almas por terem um vazio que deveria ser preenchido por JESUS CRISTO.
    1 João 2:15 – “Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele”.
    2 João 15:19 – “Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia”.
    3 Bem, os Titãs têm músicas cujas mensagens são claramente antibíblicas. E, por definição, são “música do mundo”. Por exemplo, comecemos com a música mais óbvia, chamada Igreja. Leia com atenção a letra, com especial atenção ao que está em negrito:

    Eu não gosto de padre
    Eu não gosto de madre
    Eu não gosto de frei.
    Eu não gosto de bispo
    Eu não gosto de Cristo
    Eu não digo amém.
    Eu não monto presépio
    Eu não gosto do vigário
    Nem da missa das seis.
    Não! Não!
    Eu não gosto do terço
    Eu não gosto do berço
    De Jesus de Belém.
    Eu não gosto do papa
    Eu não creio na graça
    Do milagre de Deus.
    Eu não gosto da igreja
    Eu não entro na igreja
    Não tenho religião.
    Não!
    Não! Não gosto! Eu não gosto!
    Não! Não gosto! Eu não gosto!
    OBS. A música não será cristã e sim mundana ou secular se não foi feita para ADORAR A DEUS.
    Esse é a opinião de um humilde cristão que busca conhecer o Senhor.

    ResponderExcluir
  154. Misericórdia irmão. A bíblia diz “Tudo posso, mas nem tudo me convém” (I Cor. 6,12). Temos tantos louvores bons feitos com inspiração do SANTO ESPIRITO. Realmente alguns cantores que se intitulam cristãos cantam música com heresias, mas o Espirito Santo nos dá discernimento(ou você consegue adorar a DEUS com o hino ‘’ Quem te humilhou vai ter que te honrar’’ ou ‘’Quem te viu passar na prova/ E não te ajudou. / Quando ver você na benção / Vão se arrepender./ Vai estar entre a plateia E você no palco.’’ Porém, devemos esta ligada no alto e como uma música feita para adorar a si próprio ou falar de um amor carnal e lascivo pode nos aproximar de DEUS. Declarar que DEUS ‘’ é absolutamente apaixonado pela arte, música e cultura’’ ouvindo U2 e Elis que teve uma vida conturbada. Como isso pode edificar uma vida cristã. A questão é a música cristã existe para adorarmos a DEUS e não para amar a arte. Hoje realmente se diz que o cantor gospel é um artista, isso para mim esta errado. TEM QUE SER ADORADOR, SÓ CANTO LOUVORES QUE ME APROXIMEM DO ESPIRITO SANTO DE DEUS. Se posso ouvir TOM CARFI, ALINE BARROS OU OS HINOS DA HARPA. PARA QUER ELIS, RENATO RUSSO(DROGADOS) que cantavam com desespero nas almas por terem um vazio que deveria ser preenchido por JESUS CRISTO.

    1 João 2:15 – “Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele”.
    2 João 15:19 – “Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia”.
    3 Bem, os Titãs têm músicas cujas mensagens são claramente antibíblicas. E, por definição, são “música do mundo”. Por exemplo, comecemos com a música mais óbvia, chamada Igreja. Leia com atenção a letra, com especial atenção ao que está em negrito:



    Eu não gosto de padre
    Eu não gosto de madre
    Eu não gosto de frei.
    Eu não gosto de bispo
    Eu não gosto de Cristo
    Eu não digo amém.
    Eu não monto presépio
    Eu não gosto do vigário
    Nem da missa das seis.
    Não! Não!
    Eu não gosto do terço
    Eu não gosto do berço
    De Jesus de Belém.
    Eu não gosto do papa
    Eu não creio na graça
    Do milagre de Deus.
    Eu não gosto da igreja
    Eu não entro na igreja
    Não tenho religião.
    Não!
    Não! Não gosto! Eu não gosto!
    Não! Não gosto! Eu não gosto!

    OBS. A música não será cristã e sim mundana ou secular se não foi feita para ADORAR A DEUS.

    Esse é a opinião de um humilde cristão que busca conhecer o Senhor.

    ResponderExcluir

Caro leitor,

(1)Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se. (2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, a única coisa que não aceitarei é esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor. Querendo aprender sobre o direito de julgar, leia estes artigos:

Não julgueis para que não sejais julgados. Como é isso?

Julgando os críticos ou criticando os juízes?

O conselho de Gamaliel e o pensamento Cristão

Nele,

Renato Vargens