Sabonetes ungidos, a venda de indulgências modernas e a necessidade de uma reforma agora

Por Renato Vargens


Tenho vergonha do comércio e da barganha promovida pelos adeptos da teologia da prosperidade. 

Tenho absoluta certeza que se o reformador alemão Martinho Lutero fosse vivo estaria na linha de frente contra os ensinamentos espúrios feitos por esse povo que só pensa em dinheiro. Isto afirmo baseado no fato de que tudo aquilo que os reformadores lutaram como, superstição, misticismo, idolatria, venda das indulgências, autoritarismo papal, está indubitavelmente enraizado no neopentecostalismo.

Há pouco descobri um site onde dentre outros artefatos comercializa-se sabonetes ungidos (aqui).

Caro leitor, como já escrevi anteriormente a IURD não pode ser considerada uma igreja evangélica (Aqui), mesmo porque, o que ela prega e ensina em muito se contrapõe aos ensinos do protestantismo.  

Confesso que ao olhar aberrações deste povo, seus falsos profetas (aqui)  bem como a moderna venda de indulgências, é inevitável não lembrar das 95 teses de Lutero. (aqui)

Prezado irmão, diante tamanha aberração falta-me palavras para retratar minha indignação! O que fizeram do cristianismo? Que evangelho louco é esse? Ora, este não é, não foi e nunca será o Evangelho do meu Senhor.

31 de outubro se aproxima e com ele a possibilidade de refletirmos à luz da história sobre o significado e importância da Reforma. Acredito piamente que os conceitos pregados pelos reformadores precisam ser resgatados e proclamados a quantos pudermos, até porque, somente assim, poderemos novamente sair deste momento preocupante e patológico da Igreja evangélica.

Voltemos ao Evangelho!

Renato Vargens

3 comentários:

Paz do Senhor amado Pastor. Só digo uma coisa:

"Amados, embora estivesse muito ansioso por lhes escrever acerca da salvação que compartilhamos, senti que era necessário escrever-lhes insistindo que batalhassem pela fé uma vez por todas confiada aos santos." (Judas 1:3),

Não se cale, Pastor. Defenda a fé pelo qual nossos antecessores e irmãos morreram e que o Senhor continue te dando sabedoria e discernimento.

Em Cristo Jesus.

Prof. Saulo Nogueira.

Ps: Também entrei nessa "luta". Fiz um Blog sobre apologética.

20 de outubro de 2015 15:22 comment-delete

O senhor realmente apurou a veracidade dessa notício, pastor Renato? Pois, pelo que sei, a universal negou a versão e está procrssando o site que a publicou.
Para falar de moral cristã, pastor, é preciso ter alguns cuidados para não agir assim, repassando o que nem tem certaza se é ou não verdade. Vocês crentes... são piores que os outros nesse quesito de perseguir um ao outro. Por isso que Bento 16 disse que vocês mesmos não se entendem.

22 de outubro de 2015 15:54 comment-delete

Elielton,

Se você tivesse um pouco mais critério teria visto que eu citei a fonte. Todavia, para facilitá-lo em sua abordagem colocarei o link aqui: http://www.calicedeceia.com.br/sabonetes.htm

Pr. Renato Vargens

22 de outubro de 2015 16:16 comment-delete