07 características de uma igreja que prega um falso evangelho

Por Renato Vargens

Nem todo aquele que diz Senhor, Senhor entrará no Reino dos céus. (Mateus 7:21). Além disso, as Escrituras nos admoestam a estarmos atentos aos falsos ensinos e seus falsos mestres (Mateus 7:15-20; Romanos 16:17-18; II Pedro 2:01; I João 4:01)

Pois é, vivemos dias difíceis onde um falso evangelho tem sido disseminado na igreja por pseudoapóstolos, cujas doutrinas são espúrias e apóstatas. 

Volta e meia alguém me pergunta:

- "Pastor, quais são as características de uma igreja que prega um falso evangelho?"

Visando a orientação destes irmãos e outros tantos, resolvi elencar pelo menos 07 características de uma igreja que prega um falso evangelho.

1-) Uma igreja que prega um falso evangelho relativiza a Palavra de Deus, não fazendo dela sua única e exclusiva regra de fé.

2-) Uma igreja que prega um falso evangelho proclama o "evangelho da autoajuda" oferecendo ao homem um conceito equivocado de felicidade.

3-) Uma igreja que prega um falso evangelho é antropocêntrica em suas canções, liturgia e pregação.

4-) Uma Igreja que prega um falso evangelho tem como base teológica a confissão positiva, a teologia da prosperidade e a a glorificação da vontade humana.

5-)  Uma igreja que prega um falso evangelho nega as Escrituras em detrimento a experiência, seguindo as "revelações" oriundas de falsos pastores, profetas e apóstolos.

6-) Uma igreja que prega um falso evangelho é uma igreja que o foco é o dinheiro e não a glória de Deus.

7-) Uma igreja que prega um falso evangelho é exclusivista, separatista, além é claro de negar as doutrinas fundamentais a fé cristã.

Termino esse post mencionando um texto de Paulo aos Gálatas:

"Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema."  (Gálatas 1:6-8)

Pense nisso!

Renato Vargens



0 comentários: