O mito de que o jovem evangélico detesta teologia


Volta e meia eu ouço alguém dizendo que o discipulado feito com os jovens na igreja tem que se mais light, mesmo porque, jovens não gostam muito de estudar teologia. Baseados nessa premissa, algumas igrejas infantilizaram a mensagem banalizando  o conteúdo do evangelho deixando de ensinar aos jovens verdades fundamentais da fé cristã. Ora, bem sei que existem muitos que não querem compromisso com Deus, todavia, nivelar a juventude evangélica por baixo é um grande equivoco.

Particularmente tenho pregado praticamente em todo país, nas igrejas e denominações mais variadas e tenho descoberto uma gama significativa de jovens e adolescentes ávidos por teologia. Nessa perspectiva, a "garotada" considerada "incapaz" por alguns, tem dado um "show" de conhecimento bíblico demonstrando com isso fome e vontade de conhecer a Palavra de Deus.

Pois é,  apesar das loucuras do gospel tupiniquim, Deus pela sua graça e bondade tem promovido na juventude brasileira um "avivamento teológico" um despertar por conhecer a sua Palavra de forma profunda o que de certa forma enche o meu coracão de esperança. Portanto, os que afirmam  que os jovens odeiam teologia alimentam  um mito perigoso e extremamente prejudical a fé evangélica no Brasil.

Diante do exposto deixo quatro conselhos aos pastores:

1-) Invista em discipulado com os jovens de sua igreja
2-) Crie grupos e escolas bíblicas para estudarem juntos teologia.
3-) Incentive a juventude da sua igreja a leitura de bons livros.
4-) Promova debates, discussões e fóruns teológicos entre a garotada.

Pense nisso!

Renato Vargens

0 comentários: