O falso ensino de alguns pastores brasileiros: O universalismo e a negação do inferno

Por Renato Vargens

Estou impressionado com a quantidade de pastores evangélicos defendendo o universalismo. Se não bastasse isso, não são poucos aqueles que afirmam a inexistência do inferno.  Ora, as Escrituras são extremamente claras em afirmar que o destino eterno daqueles que não forem salvos por Cristo é o lago de fogo e enxofre. 

Sim para contragosto dos liberais o inferno existe! Ele é  uma verdade clara  e indiscutível na Bíblia.

Bom, antes que eu seja acusado de ser alguém que se alegra com a existência da inferno, gostaria de sugerir que lessem um texto que escrevi sobre evangélicos que vibram com o inferno.

Isto posto e esclarecido vamos aos fatos:

A Palavra de Deus afirma categoricamente que “Os perversos serão lançados no inferno, bem como  todas as nações   que se esquecem de Deus.”  ( Sl 9.17) Além disso, a Bíblia o descreve como um lugar terrível, de tormento e onde estarão por toda a eternidade todos aqueles que não tiveram seus pecados perdoados por Cristo. Ela também ensina que na volta de Jesus todos os homens serão ressuscitados. Os justos para a Glória e os injustos para o castigo eterno ( Mt 25.31-46)

Segue abaixo alguns bíblicos que tratam da existência do inferno:

a) "Porque um fogo se acendeu no meu furor e arderá até ao mais profundo do inferno, consumirá a terra e suas messes e abrasará os fundamentos dos montes."Dt 32.22

b) "Os perversos serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus." Sl 9.17

e) "Os seus pés descem à morte; os seus passos conduzem-na ao inferno." Pv 5.5

f) "Eles, porém, não sabem que ali estão os mortos, que os seus convidados estão nas profundezas do inferno." Pv 9.18

g) "O inferno e o abismo nunca se fartam, e os olhos do homem nunca se satisfazem." Pv 27.20;

h) "Tu a fustigarás com a vara e livrarás a sua alma do inferno." Pv 23.14

i) "Eu os remirei do poder do inferno e os resgatarei da morte; onde estão, ó morte, as tuas pragas? Onde está, ó inferno, a tua destruição? Meus olhos não vêem em mim arrependimento algum." Os 13.14

j) "Eu, porém, vos digo que todo aquele que sem motivo se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento; e quem proferir um insulto a seu irmão estará sujeito a julgamento do tribunal; e quem lhe chamar: Tolo, estará sujeito ao inferno de fogo... Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te convém que se perca um dos teus membros, e não seja todo o teu corpo lançado no inferno." Mt 5.22,29;

k) "Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo." Mt 10.28;

l) "Tu, Cafarnaum, elevar-te-ás, porventura, até ao céu? Descerás até ao inferno; porque, se em Sodoma se tivessem operado os milagres que em ti se fizeram, teria ela permanecido até ao dia de hoje." Mt 11.23;

m) "Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela." Mt 16.18;

n) "Se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida com um só dos teus olhos do que, tendo dois, seres lançado no inferno de fogo." Mt 18.9;

o) "Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque rodeais o mar e a terra para fazer um prosélito; e, uma vez feito, o tornais filho do inferno duas vezes mais do que vós!... Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?" Mt 23.15;33

p) "Tu, Cafarnaum, elevar-te-ás, porventura, até ao céu? Descerás até ao inferno." Lc 10.15;

q) "Eu, porém, vos mostrarei a quem deveis temer: temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno. Sim, digo-vos, a esse deveis temer." Lc 12.5;

r) "No inferno, estando em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe a Abraão e Lázaro no seu seio." Lc 16.23

s) "Ora, a língua é fogo; é mundo de iniqüidade; a língua está situada entre os membros de nosso corpo, e contamina o corpo inteiro, e não só põe em chamas toda a carreira da existência humana, como também é posta ela mesma em chamas pelo inferno." Tg 3.6

t) "Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo." 2Pe 2.4

u) "e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno." Ap 1.18; e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno.

v) "E olhei, e eis um cavalo amarelo e o seu cavaleiro, sendo este chamado Morte; e o Inferno o estava seguindo, e foi-lhes dada autoridade sobre a quarta parte da terra para matar à espada, pela fome, com a mortandade e por meio das feras da terra." Ap 6.8;

w) "Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo." Ap 20.14

Caro leitor, repare que além de Jesus, os apóstolos, a lei e os profetas apontam para a existência do inferno, portanto, afirmar a sua inexistência além de ignorância teológica, pode significar também uma má intenção cujos propósitos visam encobrir uma multidão de pecados.

Pense nisso!

Renato Vargens

PS: Sugiro também a leitura do texto: O Papa Francisco e o ensino equivocado do universalismo.

9 comentários:

A- 1Ti 4:10 Pois para isto é que trabalhamos e lutamos, porque temos posto a nossa esperança no Deus vivo, que é o Salvador de todos os homens, especialmente dos que crêem.
B- 1Co 15:21 Porque, assim como por um homem veio a morte, também por um homem veio a ressurreição dos mortos.
1Co 15:22 Pois como em Adão todos morrem, do mesmo modo em Cristo todos serão vivificados.
--
Mais 100 evidências Bíblicas que apontam para a salvação de todos os homens aqui embaixo... (INGLES)
--
http://www.tentmaker.org/books/ScripturalProofs.html

29 de maio de 2013 14:40 comment-delete

Após minha conversão, comecei estudando partes da Bíblia que outrora não aceitava por achá-las contraditórias; Criação e Velho Testamento, Finanças, História da igreja, etc. Ao mergulhar na história da igreja, me deparei com outras doutrinas (tradição através do tempo). Modos diferentes de crer e pensar dentro do universo cristão são notórios nos dias de hoje, mas eu queria beber do evangelho puro, o mais próximo da fonte e só havia um lugar onde eu estava certo de encontra-lo, na igreja primitiva. Conforme a pesquisa avançava, eu ‘descobri’ algo que me fez parar e pensar. Uma doutrina que à primeira vista parecia ser ingênua e utópica. Eles acreditavam na salvação de todos os homens! O universalismo ou reconciliação universal, prega a restituição de todas as coisas de uma forma que eu nunca havia pensado antes. Salvação de todos os homens? Como podem sequer propor uma ideia dessas? Jesus não deixou claro o suficiente que existem dois caminhos? Então eu não preciso ‘fazer mais nada’ que eu vou para o céu? Perguntas precisavam ser respondidas (desde as mais tolas até as mais cruciais).

(...) Após uma pesquisa minuciosa e imparcial, a Bíblia e a história da igreja deixaram claro para mim que o plano de redenção não foi um plano ‘B’. Jesus é o cordeiro desde antes da fundação do mundo, sua vontade é a de salvar a todos os homens e é o que ele pretende fazer, ou melhor, já fez! Quando percebi o valor do tesouro que estava ‘cavando’, um frio subiu pela minha espinha e senti medo. Medo de repressão, descriminação e isolamento. Já passei tempo suficiente convivendo com cristãos para saber que o que o universalismo propõe seria considerado blasfêmia por virtualmente todos ao meu redor. Eu seria tachado de louco e, na melhor das hipóteses, seria ignorado. Mas o que é pior, a maioria das pessoas o faz baseados em NADA. Seja por preguiça ou imposição do sistema, ignorância ou desinteresse a maioria das pessoas rejeita a possibilidade sem sequer ler a respeito. É lastimável.

O proposto pelo o UNIVERSALISMO não é uma ideia nova ou uma seleção de versículos isolados para provar uma teoria humana. Muitas pessoas estão acordando para esta verdade. A reforma foi iniciada com Lutero, mas sua conclusão ainda está longe de ser alcançada. Continuemos a corrida rumo a um evangelho puro e cristocêntrico, com a palavra e o Espírito como nosso principal parâmetro de julgamento. Jesus Cristo é o salvador de TODA a humanidade. O Espírito, a palavra, a gramática, a história e a lógica confirmam o plano redentor de Deus.
(...) Que a Bíblia seja nosso norte e que qualquer ‘desvio de rota’ possa ser corrigido para a glória do Deus Pai!
--
Você acredita sinceramente, que seja impossível que pessoas com más intenções através dos séculos, tenham implantado doutrinas e heresias nas próprias palavras das Bíblias que carregamos?
--
http://www.comonosdiasdenoe.com.br/downloads/PDF/Perguntas%20e%20respostas%20honestas%20sobre%20o%20inferno.pdf
--
A história da igreja, a Palavra, a lógica e o Espírito confirmam.. JESUS É O SALVADOR DE TODA A HUMANIDADE, quer os religiosos gostem ou não.

Se o inferno ‘cristão’ é verdade, por que Deus não nos advertiu a respeito logo no inicio da Bíblia? Deus não disse que a penalidade por terem comido o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mau era a morte?- -não uma eternidade em fogo e enxofre.
--
Se o inferno for uma realidade, como pode todas as coisas convergirem em Cristo? – Ef 1:10
---
Poderia continuar aqui por páginas e páginas, mas o que quero deixar claro é que o universalismo NAO CONTRADIZ A PALAVRA, A HISTORIA OU A LÓGICA.

Quem lê, entenda.

Quem quiser mais material entre em contato comigo. Paz.

29 de maio de 2013 16:25 comment-delete

Interessante é vermos Jesus Cristo, a expressão exata do Pai, ter ido nas cidades de Tiro e Sidom, não ter feito nenhum sinal miraculoso nestas cidades, mesmo sabendo que elas se arrependeriam. Além disso, é no mínimo curioso, ver que Jesus Cristo, que é um com o Pai, explicar para Seus discípulos que Ele falava por parábolas para que o de fora não entendessem o que era dito (Marcos 4:11-12). Ora, se a fé vem pelo ouvir a palavra de Deus, como é que Jesus ensina para as pessoas não entenderem?

Eu vejo Jesus Cristo, que é a expressão máxima do amor de Deus, sequer conversar com um dos ladrões na Sua crucificação. Ele ainda foi capaz de pedir que o Pai perdoasse seus algozes, mas ao ladrão da cruz que O desdenhava, Ele sequer dirigiu a palavra.

Será mesmo que o universalismo está na Bíblia?

Até mais, Marcos.

30 de maio de 2013 08:23 comment-delete

Então, Ramiro, o que dizer da condenação de Sodoma e Gomorra, e outras mais? ;)

15 de novembro de 2013 10:09 comment-delete

Ramiro, então o que dizer dos meus irmãos morrendo decapitados na Síria em pleno século XXI por amor a Cristo? A resposta dos liberais seria: "é questão política", mas a Bíblia fala sobre os mártires. Você quer dizer que muçulmanos não convertidos serão salvos? Faça-me o favor! É melhor ignorar a Bíblia do que distorcê-la!

C
15 de novembro de 2013 11:59 comment-delete

Ok Jesus é o salvado r de Toda a humanidade, mas para TODO aquele que crer e aceita segui-lo. Pra que Ele diria "vinde a mim Todos os que estais cansados e oprimidos..." pra quê Ele falou tanto sobre o IDE... estamos perdendo tempo???? Pra que ele apontou 2 caminhos...etc etc etc etc. Desculpa, mas tbm estudei a bíblia como todos vcs, e pra eu acreditar nessa TEORIA do Universalismo, eu teria que rasgar a minha Bíblia e seguir a um outro Cristo!!

15 de novembro de 2013 15:58 comment-delete

Ramiro, se o universalismo não contradiz a logica, você precisa estudar mais logica, como programador posso te passar algum material. 😊

17 de novembro de 2013 08:33 comment-delete

Sem querer me exaltar, já li vários livros (entre eles, algumas Teologias Sistemáticas) que discorrem sobre o tema "inferno", os quais (todos) apresentam farta citação de textos bíblicos, vétero e neotestamentários, que confirmam a existência do inferno (alguns deles, falas do próprio Senhor Jesus), além de argumentativa, numa linha sadia e de fácil compreensão.

Isto posto, quando um neoliberal, adorador de um "deus-de-um-só-atributo", vem questionar sua existência meramente usando o argumento de que "Deus é amor", e jamais lançaria alguém no inferno", me dá duas vontades: [1] a de mandá-lo pastar e [2] pedir que ele me liste textos bíblicos que demonstrem a NÃO EXISTÊNCIA do inferno.

Antes, apenas Espíritas e Testemunhas de Jeová negavam-lhe a existência, e Adventistas a eternidade. Agora, pessoas que se dizem "pastores evangélicos" se juntam a estes!!

Eu gostaria, E MUITO, que o inferno não existisse. Mas não é isso que a Escritura diz! E para deixar de crer na sua existência, eu teria que relativizar a Escritura... Então, prefiro relativizar os neoliberais!!

O exclente texto do pr. Renato Vargens vem apenas acrescentar!

17 de julho de 2015 16:27 comment-delete

Bom, se todos já estão " salvos", então não há motivos para pregar o evangelho das boas novas!

Já no antigo testamento, ou seja,antiga aliança muitos morreram no deserto e não herdaram a terra prometida!

Essa doutrina do universalismo é mais uma interpretação do coração enganoso e com uma ajudinha do espírito do engano!

18 de julho de 2015 11:50 comment-delete