Como saber se você está frequentando a igreja errada?

Por Renato Vargens

Volta e e meia alguém me escreve perguntando sobre alguns comportamentos e práticas dos cultos evangélicos no país. A pergunta destes irmãos destina-se ao fato se as ênfases litúrgicas de suas igrejas estão de acordo com o padrão bíblico. 

Pois bem, tentando ajudar àqueles que me indagaram a respeito das incongruências evangélicas segue abaixo algumas dicas que poderão ajudar qualquer um a  avaliar e descobrir se a igreja que  frequenta está com um culto equivocado e distante do padrão bíblico:

1- No culto fala-se mais de dinheiro do que de Jesus.  Lamentavelmente existem igrejas que a palavra sobre ofertas tem o mesmo peso e tamanho da pregação. 

2- O principal foco do culto é vitória pessoal ou a prosperidade do individuo.

3- O Momento de louvor com música é valorizado demasiadamente em detrimento a pregação da Palavra de Deus. Nesta perspectiva destina-se um longo espaço as canções e poucos minutos a exposição das Escrituras.

4- O culto é terminantemente antropocêntrico.

5- A palavra do pastor é mais importante do que a Palavra de Deus.

6- No culto não há espaço para confissão ou arrependimento de pecados, muito pelo contrário, o culto é marcado por decretos, determinismos e ordens a Deus onde que mais importa são as bênçãos divinas.

7- No culto jamais se fala, canta ou prega sobre a cruz.

Caro leitor, se a igreja que frequenta tem por características estes comportamentos aconselho que saia dela procurando uma comunidade cuja centralidade esteja em Cristo e sua Palavra.

Pense nisso,

Renato Vargens

Ps: Sugiro também a leitura do texto onde eu trato das 10 marcas de uma igreja apóstata. 

7 comentários:

Eu tenho uma pergunta: se todas as igrejas próximas de casa tem essas características, o que uma pessoa deve fazer?

19 de maio de 2013 12:35 comment-delete

Fazer um esforço pra ir á uma igreja mais distante,ou realizar o seu própio culto em casa pra Deus,mas claro ir para uma boa igreja com sempre novas palavras é mais gratificante!

29 de maio de 2013 19:44 comment-delete

Resposta simplista demais... pra quem ver a situação de fora tudo é muito simples.

26 de junho de 2013 23:24 comment-delete

Uma resposta menos simplista: a pessoa deve pegar um busão e ir até uma igreja de verdade ou esconder-se atrás da desculpa de que não tem nenhuma próxima de sua casa.

18 de julho de 2013 14:18 comment-delete

Uma pessoa aliançada com Deus não se importa com distância. Eu moro em São Vicente e congrego em Praia Grande, sem problema algum!

18 de julho de 2013 15:06 comment-delete

Não foi menos simplista, Molina. Foi praticamente a mesma da anterior. Na verdade eu congrego em uma igreja perto de casa. Só queria ver a sensibilidade das pessoas.

18 de julho de 2013 21:03 comment-delete

Queres conhecer a verdade?

6 de fevereiro de 2017 14:15 comment-delete