Pais que não desistem de seus filhos

Por Renato Vargens

Há pouco revimos em nossa casa o filme “Procurando Nemo”. Nemo é um pequeno peixe-palhaço, que repentinamente é sequestrado do coral onde vive por um mergulhador e passa a viver em um aquário. Decidido a encontrá-lo, seu tímido pai sai em sua busca, enfrentando tubarões, águas vivas, e problemas dos mais diversos.

A película nos mostra que Melvin, mesmo diante de seus medos e limitações não mede esforços para recuperar seu filho, até porque, para o pai do desobediente peixe, nada é mais importante do que o regresso de seu rebento a casa do pai.

À luz desta pequena história fico a pensar em inúmeros pais que pelos motivos mais banais desistiram de seus filhos. Pais que em virtude da rebeldia de uns, da desobediência de outros, abandonaram na estrada da vida aqueles os quais o Senhor os confiou.

Caro leitor, os pais devem ser tolerantes com alguns erros dos seus filhos. Pais que amam, jamais desistem de seus “meninos”. Pais apaixonados não abdicam do privilégio de tê-los ao seu lado, mesmo que estes os decepcionem andando por caminhos tortuosos, continuam esperançosos em tê-los de volta. Pais que amam lutam por seus filhos, “enfrentam tubarões”, ultrapassam limites, vencem sentimentos, na certeza de que no final da história será possível voltar a sorrir.

Pense nisso!

Renato Vargens

0 comentários: