Sou cristão, posso jogar na mega-sena?

Por Renato vargens

Volta e meia alguém me pergunta se é lícito um crente em Jesus jogar na mega-sena ou em algum outro tipo de jogo de azar.

Pois é, apesar da Bíblia não legislar diretamente sobre o tema, acredito que ela nos traga algumas percepções que precisam ser observadas a fim de que tenhamos uma visão saudável sobre a legitimidade de se apostar ou não em loterias.

1º- É importante que entendamos que as Escrituras nos advertem claramente de que não devemos amar ao dinheiro. (I Tm 6: 10).   A Bíblia nos encoraja a ficarmos longe das tentativas de “enriquecimento fácil” (Pv 13: 11; 23:4-5; Ec 5: 10). Mesmo porque, segundo a perspectiva bíblica o jogo gira em torno do amor ao dinheiro o que inegavelmente faz com que as pessoas acreditem que na promessa de riqueza fácil e rápida.

2 º-  As Escrituras afirmam categoricamente que a prosperidade se dá mediante ao trabalho. (Pv 13:11) Todavia, ao contrário de acreditar nessa premissa, tenho a impressão que o inconsciente coletivo do brasileiro está pautado na ideia de que se é possível prosperar sem trabalhar. Talvez seja esta uma das razões para termos tantas loterias e raspadinhas espalhadas por este país. Sem sombra de dúvidas afirmo que os cidadãos tupiniquins almejam por prosperar, no entanto, para estes, esta prosperidade não pode em hipótese alguma relacionar-se com o trabalho, até porque, é muito mais fácil e rápido usar de subterfúgios mágicos com vistas ao enriquecimento, do que passar anos a fio dedicando-se ao batente.  Ora,  Calvino acreditava que o homem possuía a responsabilidade de cumprir a sua vocação através do trabalho. Na visão de Calvino, não existe lugar para ociosidade em nossas agendas. E ao afirmar isto, o reformador francês, não estava a nos dizer de que homem deva ser um ativista, ou até mesmo um tipo de worhaholic. Na verdade, Calvino acreditava que a prosperidade era possível desde que fosse consequência direta do trabalho.

3 º- A Bíblia nos ensina que o Senhor cuida dos seus e que devemos buscar o seu Reino em primeiro lugar na certeza de que agindo assim, as outras coisas nos serão acrescentadas.  (Mt 6:33)  Isto posto, ao apostarmos nossas fichas e recursos em uma loteria estamos em outras palavras afirmando que não acreditamos na providência de Deus. 

O grande pregador, Charlles Spurgeon certa vez afirmou:  “As coisas terrenas tem demasiadamente absorvido meus pensamentos hoje. Não tenho sido capaz de fixar minha atenção inteiramente em meu Salvador. No entanto, apesar disso, O Senhor não tem me ocultado o Seu rosto. Ainda que tentado, não fui abatido; ainda que provado, não fui vencido; verdadeiramente, tudo isso é pela soberana misericórdia de Deus... As chuvas de Abril estão caindo hoje; o Senhor não esquece Suas promessas. Jesus tomou meu coração: “Antes que eu o sentir, minha alma me pôs entre os carros de Aminadab”. “Faz-me saber, oh tú a quem ama minha alma ama, onde apascentas, onde descansa ao meio-dia”; quero estar sempre contigo, oh Amado meu, sem mancha e o mais formoso! 

Caro leitor, o Senhor é a nossa PROVIDÊNCIA! Aleluia!   Ele prometeu que cuidaria de cada um de nós e de que nenhum fio de cabelo cairia das nossas cabeças sem o seu consentimento! Louvado seja o seu nome por isso!

Diante destas afirmações, além é claro, do entendimento que o jogo é viciante e que apostas constantes podem quebrar o bolso do jogador,  prejudicando assim sua vida, saúde e família, aconselho o crente em Jesus a não apostar suas fichas e esperança em qualquer tipo de jogo de azar.

Naquele que vive e reina,

Renato Vargens

33 comentários:

Ótima palavra, Pastor Renato!

Abração, querido =)

1 de junho de 2011 12:25 comment-delete

Boa Renato,

Jesus satisfaz mais que o $.

Abraços,
Juan

1 de junho de 2011 13:12 comment-delete

Numa época de "tudo pode", é sempre bom voltar a assuntos como este!

1 de junho de 2011 14:06 comment-delete

É UMA QUESTÃO CULTURAL, NA CHINA, IRMÃOS VIVEM DE JOGOS, SÃO JOGADORES PROFISSINAIS, E DÃO DIZIMO DO QUE GANHAM EM JOGOS.
NO RIO DE JANEIRO, MUITOS IRMÃOS DÃO DIZIMO COM DINHEIRO ILÍCITO.
EM TODO O BRASIL EXISTEM IRMÃOS QUE SÃO MARAJÁS, SINECURISTAS
NO SUL DO PARANÁ, OS IRMÃOS PLANTAM FUMO, E DÃO ODIZIMO DO FUMO, OS INDIOS DE MATO GROSSO DIVIDEM SUA CAÇA COM O SEU OBREIRO ETC... CADA CASO É UM CASO...O CONSORCIO NÃO DEIXA DE SER UMA ESPECIE DE LOTERIA,OS CONCURSOS PUBLICOS E VESTIBULARES DA MESMA FORMA SÃO LOTERIAS,MAS, NA VERDADE, TUDO QUE VICIA É PECADO.
Emanuel Arce
emanuelarce_@hotmail.com
Campo Grande-MS

Anônimo
1 de junho de 2011 17:16 comment-delete

Bom dia pastor Renato!
Acredito que esses tipos de jogos tornam-se um vício mesmo, assim como o jogo do bicho e tantos outros existentes, já tive convívio por exemplo com uma pessoa que era viciada em jogo de bingo e quanto mais ganhava, mas queria jogar, até que isso levou-a a ruína, ao ponto de perder a estabilidade financeira que ela possuía! Jogo de azar, quanto mais se ganha mais se quer ganhar!

2 de junho de 2011 09:38 comment-delete

@Anonimo (Emanuel Arce): "OS CONCURSOS PUBLICOS E VESTIBULARES DA MESMA FORMA SÃO LOTERIAS"

Achei a comparação ilógica.

O sucesso nesses casos vêm com muito esforço.
Acredito que nesse caso também vale o pensamento de calvino "prosperidade é consequência direta do trabalho".
Há quem faça provas sem estudar e nutra esperança de algum êxito?

Carlos Sousa
2 de junho de 2011 10:51 comment-delete

Espetacular...

Hoje mesmo fui indagado, pela minha consciência e por um amigo, e não tive muitos argumentos a não ser que todo "salário" deve ser resultado do esforço para se conseguir o "pão-diário".

Obrigado pelo show de exegese bíblica.

3 de junho de 2011 00:44 comment-delete

Caro pastor seu post é muito pertinente para tirar algumas duvidas sobre um assunto tão importante e que alguns neopentencostais associam para a realização da teologia da prosperidade. Bem o texto de Matheus 6.33 não é as demais coisas e sim "estas" coisas, um pronome demonstrativo que indica para algo que Cristo estava falando, em suma as coisas a serem acrescentadas são comida, bebida e vestimenta, ou seja, o básico para nossa existência. Com isso entendo o texto como Deus afirmando que supri as minhas necessidades, conotação uma sadia prosperidade. Deus vos abençoe.

3 de junho de 2011 09:23 comment-delete

Renato,
Você já sonhou com algo (números, bichos, ou qq coisa) e pensou ter recebido uma "revelação" ou aviso Divino pra jogar na loteria?

Com pensamento Calvinista, conforme os decretos da soberania de Deus...
"sabendo que mesmo não ganhando nada, e que não posso viciar-me, mas permanecerei firme na fé em Cristo e não na sorte...
e se Deus planejou para eu jogar hoje, jogarei ou não?"


* Não sou jogador de loterias ou jg bicho... apenas uma hipótese.

6 de setembro de 2011 08:29 comment-delete

Pastor, discordo.

Enriquecimento fácil é diferente de desonesto. E fácil, é uma coisa que não é. Já acertei 2 vezes na quadra da mega sena. Em ambas dei dízimo do meu prêmio. Jogo sim, sem ser viciado. Se precisar parar de jogar por qualquer motivo, pararei instantaneamente.
Não tenho amor ao dinheiro, quero sim ganhar dinheiro, mas não abdico de pagar minhas contas e honrar compromisso para jogar. Não sou viciado!
Acredito que não podemos simplesmente dizer que não se pode fazer, é mais fácil e tbm mais trabalhoso, ensinar o povo a pensar e orar. Acho que cada um deve se avaliar e orar pois se nossa consciência nos condena, melhor que não façamos!
Enfim, não vejo nenhum mal nisso, a bíblia não condena! Não deixo de trabalhar enm virtude disso, tampouco pauto minha fé na mega sena...

9 de setembro de 2011 09:17 comment-delete

Moisés Rodrigues, Caxias do Sul-RS

Não creio que seja pecado, porém se viciar ai é outra história, já ouvi de muitos pregadores que é errado e um monte de argumentos, porém já vi os mesmo falando da "Rifa Beneficinte"para tudo, Mega-Sena não pode mas Rifa pra construir o banheiro da igreja pode? Hipocrisia!

18 de janeiro de 2012 09:43 comment-delete

Aplicando esses mesmo princípios não seria lícito, por exemplo, preencher aqueles cumpons para sorteio de carro em supermercado, ou receber herança pois também seria uma maneira fácil de ganhar dinheiro. Não tenho posicionamento ainda sobre este tema mas achei estes argumentos muito genéricos.

18 de janeiro de 2012 11:02 comment-delete

Amém, pastor. Muito bom... Mas em uma variante do mesmo tema, o que eu acho interessante é que tem crente que afirma que jogar na mega-sena é pecado, mas dá aleluias e glórias a Deus quando surge um depósito de dinheiro em suas contas bancárias... EM relação a isto, convido-lhe a ler um artigo meu, que versa sobre estes depósitos milagrosos: http://esquizilton.blogspot.com/2012/01/sobre-mega-senas-depositos-bancarios-e.html

18 de janeiro de 2012 11:20 comment-delete

Não tenho hábito costume de jogar , mas se jogasse e ganhasse um prêmio grande o senhor aceitaria uma contribuição voluntáriamente da minha parte para ajudar sua denominação ? seu ministério?

18 de janeiro de 2012 13:37 comment-delete

É um assunto que sempre levanta debate.

E temos que considerar algumas coisas:

1 - Se nao for vício, se não comprometer seu sustento, e for apenas por diversão, sem ter as expectativa real de ganhar ? Ainda assim é pecado ?
2 - Aplicações em ações, que "apostam" na valorização do mercado, podendo deixar alguém rico ou pobre conforme a "sorte" do mercado ? É pecado também.

O site da OPC (Orthodox Presbyterian Church) já respondeu este questionamento também. Veja http://www.opc.org/qa.html?question_id=177

18 de janeiro de 2012 14:40 comment-delete

posso ate concordar que nao seja comletamente correto jogar na loteria

da masma forma como nao concordo com o crente dizimar para ser abençoado na graça


e tambem participar de sorteios em igrejas temos jogos em igrejas que sao contra a lei tambem

18 de janeiro de 2012 14:41 comment-delete

É como diz a palavra de Deus, "todas as coisas me são lícitas mas nem tudo me convém" embora não haja na biblia uma condenação para esta prática,na minha opinião o cristão não deveria recorrer a este meio para ter suas necessidades supridas, acaba depondo contra aquilo que pregamos que o Senhor é a nossa esperança, que dependemos dele, que ele é quem cuida de nós e etc... acredito que aos olhos do não crente é uama grande contradição.

18 de janeiro de 2012 14:48 comment-delete

Pastor me permita um comentário sobre suas palavras:
1º- É importante que entendamos que as Escrituras nos advertem claramente de que não devemos amar ao dinheiro.

- se usarmos esse argumento não podemos então termos cristãos ricos. Pois se joga necessariamente não quer dizer que ama o dinheiro. Posso ter dinheiro, ele é que não pode me ter.

A Bíblia nos encoraja a ficarmos longe das tentativas de “enriquecimento fácil” (Pv 13: 11; 23:4-5; Ec 5: 10).
- pessoas no mundo inteiro lutam por menos horas de jornada de trabalho, antes eram 8 horas, depois 6 horas e  já temos lutas por 4 horas diárias, quem trabalha 4 horas por dia ganhou dinheiro mais fácil do que aquele que trabalhou 8 horas, certo?
Vamos lutar então por 12 horas!
Se alguém ganhar herança o que fazer? Se abster. Declinar. 

O mal esta no amor ao dinheiro e não em tê-lo então. Pois podemos citar pessoas que tem muito dinheiro e não é egoísta, sovina ao passo que temos pessoas com menos possa e bens que amam mais o seu 1 real do que a Jesus.

- Abraão na sua peregrinação recebeu presentes de alguns reis, ( outras vezes negou) ou seja não trabalhou por isso, o que dizer? Que ele nao deveria ter aceitado, porque aqueles presentes iriam corrompê-lo? 

Todavia, ao contrário de acreditar nessa premissa, tenho a impressão que o inconsciente coletivo do brasileiro está pautado na ideia de que se é possível prosperar sem trabalhar. Talvez seja esta uma das razões para termos tantas loterias e raspadinhas espalhadas por este país. Sem sombra de dúvidas afirmo que os cidadãos tupiniquins almejam por prosperar, no entanto, para estes, esta prosperidade não pode em hipótese alguma relacionar-se com o trabalho, até porque, é muito mais fácil e rápido usar de subterfúgios mágicos com vistas ao enriquecimento, do que passar anos a fio dedicando-se ao batente.  Ora,  Calvino acreditava que o homem possuía a responsabilidade de cumprir a sua vocação através do trabalho. Na visão de Calvino, não existe lugar para ociosidade em nossas agendas. E ao afirmar isto, o reformador francês, não estava a nos dizer de que homem deva ser um ativista, ou até mesmo um tipo de worhaholic. Na verdade, Calvino acreditava que a prosperidade era possível desde que fosse consequência direta do trabalho.

A frase acima é uma generalização, nem todos pensam e agem dessa forma, portanto se um, um que seja não pensar dessa forma, poderia jogar?

3 º- A Bíblia nos ensina que o Senhor cuida dos seus e que devemos buscar o seu Reino em primeiro lugar na certeza de que agindo assim, as outras coisas nos serão acrescentadas.  (Mt 6:33)  

- se usarmos o verso de Mateus a isso, creio que se for essa a equação,  acho que algumas igrejas deverão repensar seu modus operanti, pois em muitos púlpitos elas nao buscam em primeiro lugar a Basiléia de Deus. ( e não faço aqui referência a pentecostais ou neo pentecostais. Tenho telhado de vidro...)

Isto posto, ao apostarmos nossas fichas e recursos em uma loteria estamos em outras palavras afirmando que não acreditamos na providência de Deus.  ( falácia?!)

Essa frase acima creio que soaria como falácia no meu modo de entender pela perspectiva filosófica. Bebo um pouco da água servida por Agostinho que usava da filosofia como ponte a teologia e o mesmo nos ensinava a pensar no que cremos.

18 de janeiro de 2012 23:41 comment-delete

Então pq muitas pessoas que frequentam igrejas fazem algo errado, a cultura secular de cada região deve moldar nossos atos ? Como é isso ? Outrossim, desde quando o método meritocrático dos concursos virou uma loteria ? Muito desprovido de lógica e discernimento sua publicação.

28 de dezembro de 2012 12:22 comment-delete

O catecismo maior de Westminster traz bons parâmetros para essa discussão, principalmente a questão 142:

140. Qual é o oitavo mandamento?
O oitavo mandamento é: �Não furtarás.�
Ex 20:15.

141. Quais são os deveres exigidos no oitavo mandamento?
Os deveres exigidos no oitavo mandamento são: a verdade, a fidelidade e a justiça nos contratos e no comércio entre os homens, dando a cada um o que lhe é devido, a restituição de bens ilicitamente tirados de seus legítimos donos; a doação e a concessão de empréstimo, livremente, conforme as nossas forças e as necessidades de outrem; a moderação de nossos juízos, vontades e afetos, em relação às riquezas deste mundo; o cuidado e empenho providentes em adquirir, guardar, usar e distribuir aquelas coisas que são necessárias e convenientes para o sustento de nossa natureza, e que condizem com a nossa condição; o meio lícito de vida e a diligência no mesmo; a frugalidade; o impedimento de demandas forenses desnecessárias e fianças, ou outros compromissos semelhantes; e o esforço por todos os modos justos e lícitos para adquirir, preservar e adiantar a riqueza e o estado exterior, tanto de outros como o nosso próprio.
Êx23:4,5;Lv6:4,5;25:25;Dt15:7,8,10;22:1-4;Sl 15:2,4; Pv 6:1-5;10:4;11:15;12:27;21:20;27:23,24; Mq 6:8; Zc 8:16; Lc 6:30,38; Jo 6:12; Rm 12:5-8,11;13:7; I Co 6:7; Gl 6:10; Ef 4:28; Fp 2:4; I Tm 5:8;6:8,9,17,18.

142. Quais são os pecados proibidos no oitavo mandamento?
Os pecados proibidos no oitavo mandamento, além da negligência dos deveres exigidos, são: o furto, o roubo, o tráfico de seres humanos e a recepção de qualquer coisa furtada; as transações fraudulentas e os pesos e medidas falsos; a remoção de marcos de propriedade, a injustiça e a infidelidade em contratos entre os homens ou em questões de confiabilidade; a opressão, a extorsão, a usura, o suborno, as vexatórias demandas forenses, o cerco injusto de propriedades e a desapropriação; a acumulação de gêneros para encarecer o preço; os meios ilícitos de vida, e todos os outros modos injustos e pecaminosos de tirar ou de reter de nosso próximo aquilo que lhe pertence, ou de nos enriquecer a nós mesmos; a cobiça, a estima e o amor desordenado aos bens mundanos, a desconfiança, a preocupação excessiva e o empenho em obtê-los, guardá-los e usar deles; a inveja diante da prosperidade de outrem; assim como a ociosidade, a prodigalidade, o jogo dissipador e todos os outros modos pelos quais indevidamente prejudicamos o nosso próprio estado exterior; e o ato de defraudar a nós mesmos do devido uso e conforto da posição em que Deus nos colocou.
Êx21:16;Lv25:17;Dt12:7;16:14;19:14;Is5:8;33:15;Sl37:21;50:18;62:10;73:3;Pv1:19;3:30;11:1,26;18:9;20:10;21:6,17;23:5,20,21;29:19;29:24;Ez 22:12,29;Am 8:5;Mq 2:2;Mt 6:25,34;23:25;Lc 12:15;16:11,12;At 19:19;I Co 6:7;I Jo 2:15,16;3:17; Tg 2:15,16;5:4,9; Ef 4:28; I Tm 1:10;I Ts 4:6; II Ts 3:11.

---
MOLINA

28 de dezembro de 2012 12:50 comment-delete

Concordo Pastor

Continue firme na sã doutrina, pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males

Abraço

28 de dezembro de 2012 19:03 comment-delete

Não faz sentido o que você falou: no consórcio, o bem virá, cedo ou tarde, pois você está pagando por ele. Para passar em um concurso, você pode até precisar de uma parcela de sorte, mas pelo menos 99% dependerá do seu esforço, e não da sorte.

29 de dezembro de 2012 00:43 comment-delete

Bem....Eu não sou viciado, mas às vezes jogo, sim. Entendo que estou participando de algo legalizado - as loterias são controladas pela CEF, ou seja, pelo Governo Federal. Uma espécie de acordo tácito em que milhões de pessoas concordam em contribuir para que apenas um pequeno número delas (dois, três ou quatro) recebam os prêmios. Não estou duvidando de que Deus é o supridor de minhas necessidades (como sempre tem sido), mas ALGUÉM ganha - e se for eu? Também duvido que exista qualquer pregador que recuse o dízimo, oferta ou (principalmente) oferta de primícias que venha de um dinheiro não oriundo do trabalho. Digamos - por exemplo - uma oferta resultante de um título de capitalização do Banco do Brasil - OUROCAP. Certamente dirá algo como "vamos abençoar esta oferta", e boa.
E aproveito para colocar esta questão: Não poderia, então, o cristão ter um título de capitalização? Porque o que nos move a adquirir um destes produtos não é a intenção de guardar 50 ou 60 parcelas de R$ 50 ou R$ 100, mas sim a possibilidade de ser sorteado num dos grandes prêmios e ter um incremento financeiro razoável. Como fica?
P.S.: sou aposentado do Banco do Brasil e uma vez acertei 4 números no OUROCAP, que me renderam pouco mais de R$ 280 líquidos. Me lembro que vibrei muito.

31 de dezembro de 2012 20:54 comment-delete

Concordo com voce, irmão Leonardo, exceto no tocante a PARCELA DE SORTE, tendo em vista a inexistência da mesma diante da SOBERANIA DIVINA.
Abraço fraterno.

31 de dezembro de 2012 21:32 comment-delete

Eu sou cristã e jogo na loteria sim,isso pra mim não é pecado,isso foi criado pelos homens,não passa de uma mera brincadeira de distração,sou contra pessoas que apostam altas contias,não vejo mau algum em gastar 5 reais em jogo,pra mim não é jogo de azar,pra mim não existe sorte,existe Deus!!

Alias muitos crentes de igrejas tipo:assembleia de Deus,Deus e amor,Congregação e essas varias igrejas pentecostais ai,tem manias de impor doutrinas que não existem na bíblia,tipo: Linguás Estranhas, affs interpretam muito mau.

Do que adianta falar que não pode fazer apostas nas loterias,sendo que 90% dos pastores roubam os dízimos dos fieis,que é dinheiro suado? tem logica uma coisa dessas não.

13 de novembro de 2013 18:11 comment-delete

Eu, minima poeira teológica, digo que acho este post legalista!
"O que joga, não critique o que não joga; e o que não joga, não critique o que joga".
Sem mais delongas, paz a vós outros!

17 de novembro de 2014 10:38 comment-delete

Eu penso que não seja errado. Pois trata-se de algo que é legalizado pelo governo, algo que envolve caixa econômica federal, paga-se imposto, etc. Entendo ainda que não é pecado possuir dinheiro, o pecado é deixar o dinheiro nos possuir. O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Note bem: O amor ao dinheiro. Existem milhares de cristãos ricos espalhados pelo mundo afora que continuam andando com Deus. O que determina se uma pessoa vai continuar andando com Deus ou não é simplesmente uma questão de conversão. Nada neste mundo pode ocupar o lugar de Deus eu meu coração. O que é errado é a cobiça que leva uma pessoa a obter dinheiro a qualquer custo.

18 de novembro de 2014 19:38 comment-delete

Pastor tenho um sonho de ser médica,porem este sonho é caro, as vezes jogo mais nao quero ganhar milhoes e sim a quantidade necessária para pagara a faculdade.O que eu devo fazer?

21 de dezembro de 2014 15:37 comment-delete

Querida Poliana e queridos a todos. Lamento ter visto este post so cerca de um ano depois com respeito a' data em que foi escrito. Peço disculpa pelo erros na pontuaçao e na grama'tica, sou crente estrangeira casada com um irmao brasileiro, mais meu teclado de computador continua sendo italiano. Faltam quase todas as pontuaçoes e letras portuguesas. Pelo que eu sei, no que diz respeito ao equivalente italiano do mega-sena (que chama-se superenalotto), sim, è pecado por esta razao principal: envolve bruxaria. Os nu'meros jogados estao relacionados a's cartas dos tarots. Quando joga-se um nu'mero, esse està envolvido num sentido ma'gico, cada nu'mero equivale a uma carta dos tarots. Se o mega-sena, igualmente, envolve as pessoas que jogam em esquemas de bruxaria como esse superenalotto, entao è pecado. Nenhum que fala ser crente deve mexer com obras de bruxaria. Pelo contra'rio, se o mega-sena em nada se parece com o superenalotto italiano e nao envolve as pessoas em bruxarias, o assunto fica diferente. So seria esbanjar dinheiro (e quem esbanjar ate' ficar viciado tambe'm peca) porque'sabemos muito bem que nesses jogos millares de personam perdem e so um ganha. Eu aconselharia bem melhor investir em ti'tulos de capitalizaçao. Sei que a Caixa Econo'mica permite investir ate' mesmo pouca quantidade de dinheiro (es. 200 reais). Podem nao ser sorteados, mais nesse caso o dinheiro nao fica perdido, mais ate' na pior hipo'tese vai ser resgatado e com juros. Para Polyana: desejo o ma'ximo dos e'xitos em seus sonhos. Orei por voce e posso dizer-lhe que se for a vontade de Deus seu sonho de ser me'dica vai realizar-se. Se suas condiçoes atuais nao lhe deixam, nesta hora, cadastrarse na faculdade de medicina (mais em futuro, quem sabe, Deus pode mudar sua situaçao), que' tal enfermagem e a seguir uma especializaçao? mais via'vel para quem nao tem recursos suficientes para estudar medicina (e creia-me, as universidades pu'blicas brasileiras sao bem mais baratas das italianas e europeias em geral, onde nas pu'blicas, so de taxa custam mediamente 1500 euros, acerca de 5000 reais cada ano! Sem falar de medicina, che vai custar uns 3000, acerca de 10000! Das privadas nem digo. Na Europa estudar nunca foi um direito, sobretudo na Ita'lia, mais sim, um luxo para poucos privilegiados. E ate' poucas de'cadas atra's, so para poucos privilegiados HOMENS, a aspiraçao ma'xima de uma mulher, mediamente, podia ser de costureira). Neste sentido o Brasil è um pais abençoado. Espero ter ajudado, que Deus abençoe ao pastor Vargens (parabens pelo artigo) e a todo mundo

11 de agosto de 2015 20:36 comment-delete

Respeito o entendimento de cada um, eu, porém, aposto com minha consciência tranquila. Você que é contra fique sabendo disso:As apostas são administradas pela CEF, e através dos jogos lotéricos, são gerados muitos empregos, e ainda mais: 3%: Fundo Nacional da Cultura
1,70%: Comitê Olímpico Brasileiro
0,30%: Comitê Paraolímpico Brasileiro
18,10%: Seguridade Social
7,76%: FIES - Crédito Educativo
3,14%: Fundo Penitenciário Nacional
20,00%: Despesas de Custeio e Manutenção de Serviços
Deste percentual 10,00% são de Tarifa de Administração, 9,00% da Comissão dos Lotéricos e 1,00% do FDL - Fundo Desenvolvimento das Loterias. Aliás,quem é contra não deveria se aposentar pelo INSS, pois muitos sabem que a contribuição individual não é suficiente para pagar as aposentadorias, e, também, não deveria se beneficiar dos FIES, que é um bom programa pra quem estuda. Há poucos meses um pastor da AD ganhou 37 milhões na mega. Por fim, a diversidade na conduta do povo de Deus é algo aprovada por Ele mesmo, lendo A Palavra eu não vejo procedimento padrão, por exemplo, eu não vejo o Senhor repetir um milagre durante o tempo em que esteve aqui na terra vestido de carne. Afinal tudo que não é feito por fé é pecado.

12 de agosto de 2015 13:34 comment-delete

Caro Pr Renato,
Muito boa e sugestiva a sua palavra. É um tema bem propicio e atualizado para a crescente perda de valores morais / cristãos que estamos enfrentando dentro das nossas congregações. Gostaria de evidenciar que o jogo de azar cujo o objetivo único é o enriquecimento, através de dinheiro coletado de situações de extrema carência espiritual, tem espirito do deus mamon reinando absoluto no negocio, é pecado sim, e DEUS não contempla pecado! A palavra nos afirma em Deut.18:10-14 que prognosticar É "abominação ao SENHOR" e não entrará no REINO DE DEUS quem pratica tais coisas. Valores recebidos de tais apostas vem recheados com uma carga altissima de desgraça alheia, de todo tipo ações erradas praticadas por quem aposta. Como que os servos do SENHOR podem querer participar de tais coisas?

12 de agosto de 2015 13:49 comment-delete

Bom o texto.
Mas, particularmente, prefiro aceitar que o Senhor é soberano e que os Seus Caminhos não são os nossos caminhos, muitas vezes.
Ele pode, se quiser, enriquecer um filho seu, certamente não de maneira ilícita (pois isso contraria o caráter Santo Dele), mas do dia para noite, se essa for a Vontade Dele.
Gosto de extrair da Palavra de Deus os ensinamentos claros... Sem fazer composições e conjecturas para chegar a alguma conclusão.
Se a Bíblia não diz claramente em seu contexto que é pecado, não me vejo no direito de criar dogma por interpretação particular.
Não gosto de "enlatar" Deus e o seu agir... Creio que, se Ele quer, Ele faz, ainda que ninguém entenda as razões.
Apenas aceito a Sua Vontade!!!
Mas, na dúvida, é melhor buscar a Ele em oração, consultar seu Santo Espírito e se deixar dirigir por Ele.




29 de outubro de 2016 11:22 comment-delete

Se Deus e soberano criador de todas as coisa, que traz a existencia o que nao existe.O melhor que podemos fazer como cristaos tementes .E saber esperar no Senhor.

30 de dezembro de 2016 00:33 comment-delete