quarta-feira, janeiro 12, 2011

A principal diferença entre Cristo e Maomé.

Por Renato Vargens

Há alguns meses eu escrevi um texto onde abordei de forma prática a e objetiva algumas diferenças entre Cristo e Alá. Hoje, gostaria de compartilhar a principal diferença entre o nosso Salvador e o profeta Maomé.

Certa feita, um mulçumano disse a um pastor o seguinte: "Nós temos uma prova de nossa religião, que vós não tendes, porque quando vamos a Meca, podemos ver o túmulo do profeta. Temos, pois, a prova de que ele viveu e morreu. Quando, porém, ides a Jerusalém, não podeis ter a certeza do lugar em que Jesus foi sepultado. Não tendes um túmulo como nós. É verdade, disse-lhe o pregador. De fato, não temos túmulo em nossa religião, porque não temos cadáver. Nosso evangelho não termina em morte, mas em vitória. Não em túmulos, mas em triunfo. Por isso, radiante otimismo vive em nosso coração.” Cristo Ressuscitou! 

Querido Leitor, o NT anuncia um Cristo que esteve morto e está vivo, não um Cristo que esteve vivo e está morto. Quão maravilhoso é saber que o nosso redentor VIVE!  Que maravilha é ter a certeza de que a morte não pôde detê-lo!

Como bem disse o Teólogo J.I.Packer, "A vítima do Calvário está agora livre e a vontade!"

Soli Deo Gloria!

Renato Vargens

augusto elias disse...

Já sentenciado para receber a pena de morte, como enforcamento,Sadam,ex presidente do Irak,e literalmente com a corda no pescoço,declarou que só existia um único Deus e que o profeta Maomé,quero aqui parafrasera,era o que era,segunda o conceito dos mulçumanos,ou seja,tirava Jesus do foco e em seu lugar,colocava Maomé como o grande.Assim como Sadam,todos estão mortos que seguiram Maomé,pois todos morrerão seguindo Maomé.

Laimons Bumbeers disse...

Amém!!!
Como disse o casal Bill e Gloria Gaither na música "Because He Lives":

"Porque Ele vive, eu posso enfrentar o amanhã!"
Ainda que o amanhã seja de dor, de viver entre vida e morte, não preciso temer, pois Ele me garatiu na vitóoria sobre a morte, que eu também teria essa vitória! Isso me motiva a prosseguir com esperança!

Soli Deo Gloria!

Will Romanini disse...

achei muito interessante seu ponto de vista, que acredito ser o principal argumento utilizado para "tornar" cristo maior ou melhor que maomé, ou alá, ou qualquer entidade religiosa.
Porém ao meu ver, a principal diferença de Jesus para qualquer outro ser existente ou não, independe de fatores misticos e miraculosos como ressureição, curas, salvação de um suposto inferno e etc...Mas a diferença está no amor. Jesus é incomparavel pela sua mensagem de paz, pelo seu amor dedicado ao excluido, por ser a pessoa mais humana que eu ja ouvi falar. Jesus não queria competir com ninguem muito menos ser reconhecido como o verdadeiro Deus, o que ele fez foi caminhar com as pessoas, ajudar, estender a mão, perdoar, e amar...Essa é a beleza que vejo nele, até porque se por algum acaso o fato da "ressurreição" não existir, se o inferno não exisir, se qualquer doutrina ou segmento das religiões forem somente criações humanas, ainda sim Ele será o Senhor a quem quero seguir e tentar ser parecido.

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only