terça-feira, setembro 28, 2010

Lula, Dilma, a Tartaruga e o poste!

Por Renato Vargens

Alguém já disse que a Dilma é igualzinha a uma tartaruga em cima do poste. Por si mesma ela não teria a menor condição de subir lá. Daí a necessidade de que alguém  a colocasse no topo.

Tudo bem. Mais o que uma tartaruga faz em cima do poste? Nada. Ela fica parada lá.

Pois é, o desejo do "barbudo estadista" em 03 de outubro é botar a Dilma em cima do poste para não fazer nada. Na verdade, nosso presidente,  quer ser um tipo de "1º ministro" do Brasil, onde o presidente em cima do poste não passa de uma figura decorativa.

Talvez isso explique a enorme obsessão de Lula em eleger Dilma.

Caro leitor, sabe ultimamente o que mais me tem deixado indignado ? É o fato de Lula  acreditar que foi eleito para colocar a tartaruga em cima do poste. Ora, vamos combinar uma coisa? Lula foi eleito para governar a nação. No entanto, neste ano de eleições, nosso presidente não tem feito outra coisa do que campanha politica. Na TV, no rádio, nos palanques, nas inaugurações públicas e tantas outras coisas mais, só dá  Lula.

Pois é, sinceramente isso é uma vergonha!

Bom, diante disto tudo se eu pudesse dar um conselho ao presidente iria sugerir a ele que deixasse a tartaruga subir no poste sozinha.

Duvido que ela conseguisse!

Renato Vargens
porele disse...

Tem um ditado que diz:

"Tartaruga em cima de um poste, ou foi enchente, ou foi mão de gente!"

Ou seja, ou ela foi parar lá por acaso, por conta de uma tragédia, ou alguém mais forte e mais hábil que ela a colocou lá em cima...

O incapaz quelônio por si só, não seria capaz de chegar em um local tão elevado...

Ah Deus, dá esclarecimento à esta nação!

nEle
Carlos

fps3000 disse...

Eleger o que se costumou chamar de poste é a alternativa a entregar o país na mão de gente que não dá um passo sem consultar o Caboclo ou o astrólogo de plantão; e, entre satanistas e ateus, quem o sr. escolheria, reverendo?

Filipe Degani disse...

pastor Renato,

com todo o respeito que tenho pelos seus escritos e por seu direito a ter a opinião política que lhe convir, mas não concordo com suas repetidas falas contra uma candidata (em um blog que se caracteriza por ser um espaço de pregação da verdade).
Infelizmente não há muita diferença com o que nosso ilustríssimo Malafaia ao enxovalhar uma candidata e declarar o voto em outra.
Cristãos devem se manfiestar sobre suas opiniões políticas, na condição de cidadãos. Nunca no exercício de seu ministério.
sei que o blog é seu, nele você escreve o que quiser...não necessariamente prega, mas compartilha o que está em seu coração... Mas um blog com a relevãncia na blogosfera cristã que este possui, opinião pessoal e exercício ministerial se confundem.

na comunhão,
Filipe Degani

Renato Vargens disse...

Filipe,

Tenho plena consciência do que estou fazendo. Não vejo nada de errado em manisfestar minhas opiniões neste blog. Em nenhum momento, vc me viu dizendo para votar no candidato A ou B. Agora, como você deve saber, tenho compromisso com a verdade, com a justiça e com a decência, o que me faz posicionar-me de forma contundente contra os mandos e desmandos de um governo que se opoem veementemente contra os valores cristãos.

Em Cristo,

Pr. Renato Vargens

Karin disse...

Irmão, dá uma olhada nesse blog http://gospelgay.blogspot.com, e vê se não é o fim do mundo!

Daniel Braun disse...

QUEM JÁ ESTUDOU CIENCIA POLITICA SABE QUE ESTE PROCEDIMENTO FAZ PARTE DO JOGO. MAQUIAVÉL PRECURSOR DO PENSAMENTO POLITICO MODERNO AFIRMOU CERTA FEITA QUE UMA VEZ ALCANÇADO O PODER, FAR-SE-Á DE TUDO PARA CONCERVA-LO.
DESTA FORMA EXPLICA-SE A MUITO CONHECIDA FRASE DE SUA AUTORIA "OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS"

UMA ABRAÇO A TODOS

Daniel Braun disse...

Entrei no blog que a irmã Karin indicou acima.
Meu Deus!!!!!!!!!!!não acredito!!!!!!!!!!!!
Fiquei abismado.
A coisa tá feia mesmo.

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only