sexta-feira, maio 07, 2010

Respostas aos sem Igreja!

Por Renato Vargens

A Revista Igreja publicou uma matéria afirmando que grupos independentes de cristãos se multiplicam por todo país. Segundo estes é possível servir a Cristo e cultuá-lo longe das quatro paredes dos templos evangélicos. O Censo de 2000 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou para o fato de que quase 1,1 milhão de brasileiros que se declararam evangélicos não possuem vínculo institucional.

Lamentavelmente boa parte desse contingente que se declara desiludida com as instituições religiosas, resolveu formar um grupo de cristãos que realizam reuniões nos lares, sem vínculos com igrejas. Talvez o número de escandâlos financeiros e sexuais ocorrentes nas comunidades ditas cristãs, o surgimento e a multiplicação de heresias escabrosas, o coronelismo e a ditatura "ex-cátedra" dos apóstolos do século XXI, além do relativismo de um tempo pós-moderno, tenha contribuido para o aparecimento desta "nova classe" de evangélicos.

Em virtude disto, existe um grupo cada vez maior de cristãos que devido as frustrações eclesiásticas abandonaram a margem da existência o barco da koinonia. Alguns destes, movidos por uma espiritualidade capenga até fazem reuniões em casa, no entanto, já não vêem referências de cristianismo nas igrejas em geral.

Isto posto, gostaria de contra-argumentar aos que pensam que podem desenvolver uma fé longe da Igreja, afirmando que a Igreja de Cristo é uma instituição de origem divina. Ela não foi criada por homens inescupulosos, ou por religiosos despósticos cujo interesse fundamental era a satisfação pessoal. Muito pelo contrário, a Igreja foi criada por Cristo e para Cristo, o que nos leva entender que ela possui papel primordial na propagação dos valores do Reino. (Mt 16.15-19). Além disso, a igreja é a "communion Sanctos" , lugar de comunhão e relacionamento com Deus e com os homens cuja característica principal é o amor.

Junta-se a isso o fato de que a igreja é também um local de compromisso com Deus e com os eleitos de Deus, o que faz dela uma estrutura imprescindível ao crescimento cristão onde a Palavra é pregada como também os Sacramentos são ministrados.

Caro leitor, alguém já disse que Igreja é como a Arca de Noé, lá dentro o cheiro pode até ser insuportável, no entanto, é bem melhor estar dentro dela do que fora.

Sem a menor sombra de dúvidas a igreja é imperfeita e continuará assim até a volta de Cristo. Como bem disse o teólogo reformado Augustus Nicodemus, "a teologia Reformada não deixa dúvidas quanto ao estado de imperfeição, corrupção, falibilidade e miséria em que a igreja militante se encontra no presente. Ao mesmo tempo, ensina que não podemos ser cristãos sem ela. Que apesar de tudo, precisamos uns dos outros, precisamos da pregação da Palavra, da disciplina e dos sacramentos, da comunhão de irmãos e dos cultos regulares."

Pense nisso!

Renato Vargens
Calebe disse...

As igrejas estão virando um ponto de enriquecimento financeiro, acho isso ridículo. Já faz quatro meses que não vou na igreja por causa desta pouca vergonha, o pior que quem sai perdendo sou eu.

Porém, qual igreja está andando realmente no caminho do Senhor? Assembléia de Deus, não realmente, eu sou da Assembléia, e lá está virando uma outra baderna financeira!!!

Claudia disse...

Caro irmão,

É bom ver nos dias de hoje pessoas de boa índole preocupadas com a imagem da Igreja de Cristo, de Cristo SIM, porque tem algumas "pessoas" por aí achando que as igrejas são delas....

Precisamos está atentos, pois são nesses dias mesmo, que os falsos profetas, falsos mestres, falsos pastores, e etcc... estarão a postos.

Que Deus mesmo tenha misericórdia de nós e saibamos reconhecer a voz do pastor amado que quando chama suas ovelhas o reconhecem e o seguem.

Pr. Luiz Fernando disse...

Prezado colega Pr. Renato,
o corolário natural desta postura dos sem igrejas é a abertura de um abismo sem fim no qual cairão. Estarão abertos a toda sorte de doutrina e o estrago será imenso para estas vidas. Serão aeroportos sem bandeira, qualquer avião pousa. Dentro de pouco tempo estão cometendo os mesmos erros que encontram nas igrejas que deixaram e estarão numa situação pior, pois, não contarão nem com convenções e presbitérios para auxiliá-los a sairem destes abismo. Infelizmente a fuga das igrejas é uma realidade e você bem colocou os motivos. Mas Cristo morreu pela igreja e está ainda faz brilhar sua luz. Ela é imprescindível para o ser humano.
Parabéns pela postagem. Atual, prática é necessária.
Um abraço
Em Cristo

Luiz Carlos disse...

é brincadeira como os falsos mestres se apegam em defesa de suas arapucas!
Parem, Cristo não determinou a nimguém estabelecer igrejas concorrentes! Ele apenas nos mandou ir é anunciar o Evangelho a toda criatura aquele que cre Nele será salvo e o que não crer já esta condenado, esta de pregar a palavra é conversa pra boi dormir. Nãso existe isso, somo orientados a anunciar a Palavra de Deus...
Abraços e me perdoem os grande empresários do evangelho mesquinho.
Luiz Carlos.

OH ! GLÓRIA. disse...

A igreja não somos nós ?
A igreja é um propósito de DEUS, a igreja de CRISTO, porém as denominações em numeros de milhar que existem plantadas pelo homem é de uma interrogativa em sua edificação, a primeira igreja dos apóstolos era de uma puridade inigualável e no passar dos séculos se corrompeu, Maranata SENHOR JESUS.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Anônimo disse...

igreja sou eu é voce beleza

Anônimo disse...

nós somos o templo do espirito santo,e não paredes de cimento ou madeira,chega de tantos rituais religiosos,orgulhos denominacional isso só tem afastado as pessoas do verdadeiro caminho,temem mais ao homem do que á DEUS chega dessa idolatria,basta.............

O Pastor disse...

Querido Pastor Renato,

Por incrivel "Jesuscidência" estava passando por alguns blogs quando vi seu post.
Eu sou o PASTOR HUMBERTO SILVA BARBOSA que é citado na reportagem citada acima. Eu e o PR Alex Carioca somo s pastores do ministério Aliança com Deus, tambem citado na revista.
Queria parabenizá-lo pelo ótimo trabalho com as famílias de Niterói.
Através do diretor da Rádio 95,3 FM - o irmão Ubirajara, reunimos 100 kits (pasta de dente e sabonete) e lhe enviamos. Espero que tenham recebido.
Estamos orando por seu trabalho aí e o que precisar, amigo, pode contactar.
Quanto a reportagem, dei essa entrevista já faz um tempo.
A visão continua a mesma: Os "sem igreja" precisam congregar. Concordo plenamente com sua visão. É apenas uma questão de amor e cuidado... na verdade, o verdadeiro evangelho, né.
PAZ.
Se puder, dá uma olhadinha lá no blog:
http://diariodoppastor.blogspot.com/2010/04/podcast-retendo-o-bem-o-dia-d.html

Vamos "trocar mais figurinhas", Paz.

Daniel disse...

O bom e velho modo evangélico: "Faça vista grossa as porcarias que acontecem dentro da igreja".

Sou totalmente a favor de que as pessoas façam reuniões em casas. Afinal JESUS não diz onde estiver dois ou três reunidos em seu nome, Ele vai estar lá ?

E se o grupo é formado por pessoas sérias e incorformadas com a podridão que a igreja evangélica virou, qual o problema ?? Como já foi dito: "A Igreja é cada um...".

Talvez esse movimento causa uma certa preocupação entre as denominações, por que se o crente abrir o olho e se revoltar contra esses "senhores da fé", o caminho deles será o de se reunir em casa e buscar a Deus lá, em pequenos grupos. E com isso a renda ($$$$$$) de muitas igrejas e pastores, irá cair drasticamente.

Realmente. Há motivos para se preocupar...hahaha.

O que acontece é que hoje muitos pastores tem os crentes na palma das suas mãos, não são contestados, por que se isso acontece, taxam o crente de rebelde. E com isso foram pessoas sem opinião, sem atitude e que aceitam tudo, e muitos pastores/bispos se aproveitam disso.

Que a igreja será sempre imperfeita,disso não há duvidas, todos nós seremos. Mais ISSO não é MOTIVO para fechar os olhos e dizer amém a tudo. É um argumento barato e sem nexo algum. Precisamos mudar a situação.

Abraço

Anônimo disse...

Pastor, O Rev. Augustus Nicodemus também escreveu sobre o tema. Segue abaixo o link para que possa conferir:

http://tempora-mores.blogspot.com/2010/04/os-desigrejados.html

D. CAROLINA disse...

existen tambien personas que actuan de esa forma
pero que insitan a otras a hacer lo mismo, eso es lo peor,
viven creyendo que estan haciendo lo correcto
pero la biblia dice que mejor es un dia en tus atrios que mil fuera de ellos, que Dios este obrando en los corazones
Dios le bendiga pastor renato

renatim disse...

Caro Renato Vargens.

Gosto muito de seus posicionamentos, porém sua posição em defesa de uma igreja instituicional é para mim, nada mais do que religiosismo. Porque? Sua argumentação de que a igreja é uma instituição divina (como todos falam por aí, assim como quaisquer outras religiões falam o mesmo) não tem muito fundamento, pois a igreja em si não é uma instituição mas uma comunidade invisível dos santos, que se manifesta a esse mundo de forma visível através da diferença de cada membro em relação a sociedade que vive. Logo, a igreja deve viver o Evangelho, e isso pode ser feito sim fora das 4 paredes de um mero templo ou fachada denominacional.

Cristo não inventou nenhuma instituição. Quem instituicionalizou a igreja foi Constantino. Só existem todas essas denominações que se chama de ïgreja x" por causa de Constantino. Assim sendo, a igreja instituicional, por mais que se esforce, continuará sendo a igreja de Constantino, embora seus membros possam fazer parte da igreja de Criso.

Me considero um sem-igreja, ainda que frequente um igreja instituicional. Mas não me considero um sem-igreja no verdadeiro sentido da palavra, porque eu faço parte da igreja de Cristo. O problema dos evangélicos em geral é que se tem a idéia absurda de que templo + denominação = igreja. Nada mais falso do que essa equação.

[E claro que temos os sem-igreja que simplesmente se aproveitam da baderna de hoje e fazem que nem os ateus e largam tudo pra lá e vão viver a vida... Porém, há outros que devido a verem a igreja sendo constantemente estuprada pelos falsos mestres, falsos profetas e pelo poder religioso, acabam saindo das igrejas instituicionais (como foi o meu caso) para que pudessem viver o Evangelho sem vínculos denominacionais.

O problema é achar que só há salvação dentro das denominações, o que é falso. Curiosamete, apesar de sempre dizerem que salvação só existe em Cristo, os membros da igreja instituicional costumam dizer que o irmão que saiu de sua instituição é um "desviado', e está fadado ao inferno se não voltar ao templo. Quanta hipocrisia!

Bem, estou terminando de escrever um artigo sobre isso, onde pretendo explicar melhor os fatos e coloco aqui o link depois.

No mais,que Deus lhe ilumine sempre!

Daniel disse...

Concordo com cada palavra sua renatim. É exatamente isso que eu penso.

Também não vou a igreja e a cada dia que vejo essa podridão penso em não voltar. Não é por causa desse papo de que a Igreja é formada por homens e sempre será errada, concordo. Mais por causa da submissão cega dos crentes. Que aceitam tudo e não questionam nada. A igreja hoje coloca uma venda nos olhos das pessoas a ponto da religiosidade encobrir qualquer coisa e achar que é tudo normal.

Quando você questiona, algum pastor taxa você de rebelde. É isso que sabem fazer. São tão seguros que não suportam um questionamento.

A Igreja em pequenos grupos é muito mais humana.

Claro que a preocupação da igreja não deve ser apenas por causa das pessoas e sim pelo o que está deixando de arrecadar. Se todo crente for esperto, certamente faltará gasolina no avião do Malafaia e no helicóptero do Valdemiro.

Abraço

Eduardo Medeiros disse...

GRAÇA E PAZ !!

Estamos falando de qual igreja ??
Estamos falando do Corpo de Cristo, que Ele mesmo se coloca como a própria igreja ??
Sabemos que Saulo NÃO estava perseguindo "JESUS" propriamente dito, mas a "IGREJA", e Jesus pergunta:
. . ."Saulo, Saulo, porque me persegues ??" . . .

Ou seja, o próprio Jesus não faz diferença entre a sua igreja e Ele mesmo.

Nesse caso, se vamos abandonar a igreja, seja qual for o motivo, eu poderia parafrasear :
. . ."Fulano e Cicrano, porque me abandonastes??" . . .

Diante dos escanadalos que acontecem nas igrejas evangélicas, vejo isso como uma forma de juízo de Deus aos que não querem a Sã Doutrina, não querem o Evangelho da Graça, e aqueles que se incomodam com esses escandalos, procurem então uma igreja saudável.

NINGUÉM DISSE QUE SERIA FÁCIL !!

SOLI DEO GLORIA

Costa Moreira disse...

Meu caro pastor e Xará

A igreja de Jesus, a verdadeira, a que Ele teve vontade de criar, não é física. Não tem limitações materiais como denominação, horário de culto ou qualquer outro tipo de barreiras terrenas.
A igreja do Senhor Jesus não cobra dízimos como se esta fosse a única caridade possível a um cristão, não impõe sacrifícios ("misericórdia quero e não, sacrifícios"), não cultua disfarçadamente a Mamom como as igrejas caça-níqueis que conhecemos.
Nada contra quem busca ao Pai nas igrejas, mas uma leitura atenta dos Evangelhos Canônicos deixa claro que Jesus não buscava ao Pai nos templos e sim, buscava Seus Filhos neles (vide Mateus 23).
É perfeitamente possível ser seguidor do Cristo fora das igrejas e penso que sou um deles. Talvez realmente não seja possível ser cristão, ou seja, ser um seguidor dogmático de Jesus, sem estar na igreja. Mas isto é assunto longo demais para se debater aqui.
Costuma-se dizer que a igreja é imperfeita e até que é "um mal necessário". O Pai não precisa de manifestações imperfeitas de Sua divindade e plenitude e muito menos se utilizaria de um "mal necessário".
Que a igreja se humilhe para ser exaltada, pois enquanto se exaltar sera humilhada.
Faço um trapo imundo de trabalho com pessoas que jamais iriam a uma igreja. Falo de Jesus para elas e falo de um Jesus possível, mas completamente fundamentado nos Evangelhos. E acredite, meu valoroso Xará, é emocionante ver seus olhos brilhando quando eu os apresento ao verdadeiro Jesus, o dos Evangelhos...
Não são os homens que precisam ir até a igreja e sim a igreja que precisa vir até os homens. Despir-se de toda calhordice que a permeia e purificar-se, para, enfim, ser digna do Cristo. A igreja precisa finalmente passar a ensinar o Evangelho de Jesus de Nazaré e esquecer os que diluiram sua Palavra criando uma religião que nasceu e permanece anátema. Precisa esquecer-se da auto-salvação conveniente e se dedicar à salvação do próximo, seja o próximo quem for.
A igreja, meu caro Vargens, precisa se reinventar. Porque, enquanto ela se afunda em escândalos, os cristãos estão se reinventando, e, acredite, se aproximando do Cristo de quem já se encontravam distantes.
Que a igreja aproveite esta onda de indignação e faça a sua mea-culpa e se cure. Antes que seja mesmo tarde demais.
Com imenso carinho e admiração
Renato Costa Moreira.
Cristo sempre!

Gláucia Carneiro disse...

Lendo e chorando, é assim que me sinto ao ler o seu texto. Onde encontrar tal igreja...

Num mundo de hereges, como podemos ousar nos reunir separados nos considerando melhor que tais hereges, sem nos tornar mais um deles.

Mais um herege, malditos hereges, malfados e malfadados a cada dia que passa; e para onde correr, para onde fugir da presença deles, sem se tornar um igual.

ONde está esta igreja. Cadê a comunhão dos santos. Estou sofrendo a ausência de mim mesma, é um dos sintomas da "epilepsia".

Uma doença que não nasci com ela, mas provocada por um tumor que tive. Cadê a igreja, cadê os irmãos?

Prefiro habitar em uma terra deserta, a estar desolada aos olhos de todos os que passam.

Eu não danço como eles dançam, não canto como eles cantam, nem me curvo diante de cada um dos ídolos humanos deles.

No deserto o povo de Israel fez um bezerro de ouro; hoje há tantos bezerros de ouro dentro de cada igreja de crente, que eles se estapeiam literalmente por adoração.

É essa igreja que o Senhor, Pastor Renato, sugere, que eu,uma sem igreja, uma deseigrejada, frequente?

Levi Bronzeado disse...

Caro Pastor Renato Vargens


Seria possivel isto ocorrer?

Da igreja se afastar dos que a frequentam.

Comumente só se pensa assim: "Aqueles que deixaram a igreja..." e nunca o contrário.

Abraços fraternais

Levi B. Santos

francisco disse...

Prezado pastor, esta mais do que claro que os sem igreja correm riscos de entrarem em doutrinas estranhas, sem duvidas, mas tem coisa mais estranha do por exemplo negar que Deus nos dias atuais ainda opera maravilhas, como curas etc ? ainda tem a questao dessa maldita doutrina da falsa prosperidade, o legalismo, nepotismo eclesiatisco, entre outras milhares cde coisas que acontecem nas instituiçoes,
Nos desigrejados ou movimento de igrejas no lares peloi menos a questao financeira geralmente tem mais transparencia

Gláucia Carneiro disse...

"Além disso, a igreja é a "communion Sanctos" , lugar de comunhão e relacionamento com Deus e com os homens cuja característica principal é o amor."

Pastor Renato, continuo a perguntar onde se encontra esta igreja? Em que nação? Em que país? Em que lugar?

Uma nação é um povo que se carrega no peito, através de gerações, são raças e raças, que compõem um povo, como por exemplo, a nação brasileira, sabemos que somos brasileiros, porque isso ultrapassa as nossas fronteiras.

Uma igreja deveria ter em si o mesmo sentimento de uma nação, que ultrapassasse o limite das denominações; mais latente que o sentimento de uma raça, porque não foi um sangue hereditário, foi um sangue derramado que criou esta nação.

Cadê esta igreja, este lugar de comunhão?

Estou em uma cidade assolada pela corrupção, o pai dela, o líder dela, o que começou com ela, o que ensinou seus lacaios a roubar, vai às urnas, e vai se eleger novamente.

E são os crentes, as igrejas de toda a capital federal que vai votar neste cara, corrupto, que foi capaz de enterrar urnas eletrônicas para ser eleito em segundo turno.

Os cabos eleitorais dele são líderes de igrejas, de várias denominações; e que igreja é essa, é esta?

Gláucia Carneiro disse...

"Junta-se a isso o fato de que a igreja é também um local de compromisso com Deus e com os eleitos de Deus, o que faz dela uma estrutura imprescindível ao crescimento cristão onde a Palavra é pregada como também os Sacramentos são ministrados."

Concordo com cada uma de suas palavras. Gostaria de encontrar e conhecer pessoas aqui, em Brasília/DF, pessoas que pensassem e agissem exatamente como está escrito aí.

Quem sabe pra clamar, orar a DEUS, pedir a ELE, em o nome de JESUS, para ELE ter misericórdia de nós.

Viver debaixo da corrupção, pagando impostos altíssimos, para bancar a corrupção; tem aposentado do DF que nem está recebendo o salário direito, principalmente quem se aposentou por invalidez permanente.

Que pagou imposto direitinho, o estado recolheu e não repassou, mas colocou nas meias ou na cueca.

São problemas sérios, são viúvas, idosos, pessoas decentes que estão sendo assaltados por ladrões de colarinho branco.

E sabe quem é que acaba fazendo um pouco de justiça, um juiz iníquo, porque já está de saco cheio com a imprensa, com os processos, com a cara de pau dos bandidos...

...porque a igreja não faz nada, ela está junto com eles, no assalto aos cofres públicos.

Gláucia Carneiro disse...

"Caro leitor, alguém já disse que Igreja é como a Arca de Noé, lá dentro o cheiro pode até ser insuportável, no entanto, é bem melhor estar dentro dela do que fora."

Mais uma vez concordo contigo. Olha bem a situação da "Arca de Noé", o cheiro podia até ser insuportável, eles estavam literalmente cercados de águas por todos os lados, esperando que aparecesse terra firme, sem poder ver, através de grandes janelas, ou pequenas janelas transparentes.

Mas eles tinham na "Arca", o inexistente nas igrejas atuais: um companheiro, pois entraram na "Arca" dois a dois, aos pares.

Quantos pares há na igreja atual? Quanto companheirismo? Quanta amizade? Quanto amor?

augusto elias disse...

Igreja,Templo Sagrado.
Esqueceram? Jesus não era o própio Deus na terra?
Então? Ele ia ao Templo.Se somos imitadores de Cristo,devemos ir no lugar Santificado porque lá está o Poder de Deus se manifestando.Ou não vão seguir o exemplo de Jesus?Ah! Podemos nos alfabetizar em casa,sim.Tenho relatos de pessoas que se alfabetizaram em casa.Bom,mas não poderam passar disso.Portanto,na igreja lugar que aprendemos uns com os outros,lugar de buscar informações das coisas,local para termos ajuda através dos irmãos...são tantas coisas que podemos falar,inclusive de edificação.Temos que ter o cuidado de observar o conceito que criamos para deixar de fazer o que o Mestre mandou.Contudo manos,examinemos as escituras.

Renato Vargens disse...

Calebe,

Eu sou feroz combatedor das heresias pregadas por esses falsos profetas. Contudo, é inegável a existência de igrejas sérias e extremamente compromissadas com a verdade. Procure com calma que vc encontrará comunidades das denominações mais diferentes centradas na Palavra de Deus.

Abraços,

Renato VArgens

Renato Vargens disse...

Daniel,

Quem disse que devemos fazer vista grossa as "porcarias" que acontecem dentro da Igreja? Se vc costuma ler o meu BLOG vc verá que eu sou daqueles que denuncia de forma veemente a podridão da igreja evangélica. Agora, vamos combinar uma coisa? afimar que em virtude do pecado da igreja devemos estigmatizá-la é um pouco demais, não é verdade?

Renato Vargens

Renato Vargens disse...

Glaucia,

Acredito que vc tenha experimentado momentos dificeis em sua caminhada cristã. Contudo, acredito que existam inúmeras comunidades saudáveis espalhadas por todo este país.

Abraços,

Renato VArgens

Alex Carioca disse...

[b]Olá Pastor Renato Vargas,

Sou Pastor do Ministério Aliança com Deus em Anchieta - RJ.

Juntamente com o Pr. Humberto Barbosa, temos lutado contra a Teologia da prosperidade e chamado a atençãos dos "sem igrejas", levando-os a acreditar que Deus está à fora de muitas igrejas de hoje em dia ("Eis que estou à porta e bato", Isso foi falado para a Igreja do Senhor. Ele estava do lado de fora da igreja que se dizia ser de propriedade D'ele).

Sou amigo do Jornalista Ubirajara Oliveira e fizemos uma entrevista com o senhor na Rádio 95 FM em Nilópolis.

Como o mundo dá voltas, estamos(Ministério Aliança com Deus)em matéria no seu Blog e acqabamos de somar nessa luta por materiais de Higiêne Pessoal para Niterói e São Gonçalo para os desabrigados!

Nos dispomos para o que for preciso!

Att,

Pr. Alex Carioca
alex.lucio-vida@hotmail.com

Paz!

Renato Vargens disse...

Pastor Alex e pastor Humberto,

Obrigado pelo carinho. Que o Senhor nosso Deuys possa abençoa-los de forma abundante.

Abraços,

Renato Vargens

francisco disse...

Prezado pastor

Com Jesus esta TUDO maravilhoso, mas com o sistema perversos que se instalou na suposta igreja esta uma lastima
O sistema precisa ser revisto, a igreja evangelica deixou de ser protestante e praticamente copia tudo do mundao
Temos coisas de dar dó, cobram dizimos e ofertas como na lei mas esquecem de exercem a misericordia para com os necessitados da propria comunidade da igreja, vemos igrejas recebendo dizimos e ofertas para contruir predios luxuosos, bancar luxo de donos de igrejas (refiro- me a denominçao nao a igreja de cristo) mas na igreja nao pagam uma conta de luz de uma pobre viuva ou pai de familia desempregado
Temos uma verdadeira situaçao da idade das trevas ,nepotismo basta ver a direçao de algumas convençoes,comunidades igrejas etc, temos simonia, administraçao puramente humana em muitos lugares, por esse motivo ate concordo com os sem igrejas prefiro referir a eles como sem ministerio, comnunidade ou denominaçao, ali geralmente as coisas sao mais transparentes, as ofertas para alguma coisa sao feitas com transparencia, todos tem voz, tudo e decidido em comum
Estamos vendo uma cristandade falida onde quem manda e o bispo, apostolo, ou dono mesmo da igreja, um cristianismo de consumo mesmo

renatim disse...

Sr. Augusto Elias, oermitame discordar de sua opiniao, que esta baseada em religiosismo, não na igreja verdadeira. Afirmar que templo é um lugar santificado e que os chamados templos cristãos são de fato a igreja de Cristo é muita pretensão. Porque? Ora, não se pode afirmar de maneira nenhuma que templos como IURD sáo de fato igreja. Além disso, o fato de Jesus estar num templo também nada dsignifica, porque uma análise correta do texto indica que ele procurava seus seguidores lá, mas sua pregacao foi essencialmente nas ruas, casas e praças.

Além disso, uma coisa muito interessante está escrito em Apocalipse 21:22 sobre a Nova Jerusalém "... E náao vi templo algum ali, porque o próprio Deus era o templo". Ou seja, não há lugar ou espaço para templos no reino de Deus!

Daniele Meireles disse...

Curiosamente, escrevi sobre esse tema na semana passada em meu Blog www.itsnotmovie.blogspot.com, onde inclui um video de um famoso que hoje é um sem-igreja. Muitas pessoas estão realmente decepcionadas não com pessoas, ou tiveram apenas um problema de relacionamento etc, mas se feriram com pastores e liderança, gente que de certa forma deveriam ser exemplo para a totalidade dos membros, de decepções do tipo omissão, mentiras, indiferença, interesse financeiro, política mesmo, nada diferente do que acontece no nosso governo. Acho bem difícil quando acontece com LIDERANÇA porque a ovelha acaba descredenciando sua autoridade como ministro de Deus e profeta. Como ouviremos, como comungaremos com quem não dá testemunho de remido? Penso que o problema é bem mais profundo, pois mexe na questão da igreja deixar de ser o que ela foi destinada a ser. Ai, isso de torna apenas uma reunião de pessoas, um clube social, onde vc de sente bem e tem afinidade com algumas pessoas.

Sonia disse...

Concordo plenamente com a matéria. Graças a Deus, pertenço a uma Igreja, que é imperfeita, pois é composta por seres humanos, e eu amo participar das reuniões de oração. Eu amo participar da Escola Dominical. Eu amo participar dos cultos da manhã e da noite. Eu não troco a convivência com irmãos imperfeitos, como TODO ser humano, por nada! Fazemos reuniões de oração nas casas, também, mas isso não substitui as reuniões no templo. Graças a Deus!

Sonia disse...

Acabei não finalizando o meu pensamento! Eu acredito que por mais imperfeita que seja a Igreja, por mais imperfeitos que sejamos, a Igreja é o melhor lugar para estarmos, para louvarmos a Deus, para adorarmos a Deus, para estarmos na presença dEle e a Ele prestarmos culto! Como é agradável estarmos unidos com os irmãos em oração, em adoração. Creio que reuniões sem um direcionamento acabam perdendo o foco. Precisamos da presença do Pastor, que são pessoas escolhidas por Deus, para nos ministrar, nos orientar e até mesmo nos admoestar. Minha mãe, graças a Deus, sempre nos ensinou a respeitar nossos Pastores. Aliás, o meu irmão mais velho é Pastor. Cresci na Igreja! infelizmente já me desviei, mas graças ao nosso bom Deus, retornei ao lugar de onde eu nunca devia ter me afastado,Talvez por causa disso, hoje eu valorize tanto a Igreja. Mesmo com todas imperfeições, ela ainda é o melhor lugar para se estar!

Daniel disse...

Bom pastor Renato, eu não disse que você faz vista grossa. Disse? Todo caso procure interpretar as coisas de maneira correta. Pois eu leio seu blog e sei o que você pensa (em partes claro).

Quando digo que esse é o modo evangelico, é que muitas igrejas e lideres são assim. O crente hoje virou marionete de pastor, se ele questiona algo, nunca tem razão, isso quando não é taxado de rebelde por estar indo contra, pois a palavra do pastor está acima de todas.

Agora tratar as pessoas como "desigrejados", isso é um pouco de prepotência em não aceitar o que as pessoas pensam. Não é por que estão sem igreja, que estão sem comunhão com Deus. Tem muita gente que está dentro da igreja, esquenta banco toda semana, ceia e faz tudo conforme a cartilha, e não tem nada de Deus.

Como disse, isso não afeta as pessoas, pois Deus não está só dentro de um templo, porém afeta a arrecadação das igrejas. Pois a igreja é igual a politica, tem que aproveitar enquanto o povo é ignorante. Depois fica dificil. E isso já vem de muitos séculos, enquanto o povo é ignorante os "lideres" aproveitam.

Lamentável.

Abraço

Julia disse...

"a igreja é também um local de compromisso com Deus e com os eleitos de Deus, o que faz dela uma estrutura imprescindível ao crescimento cristão onde a Palavra é pregada como também os Sacramentos são ministrados."

Já começa que igreja não é um local, mas mesmo relevando isso, eu tnho tudo isso que você falou sem ir ao templo. Me parece que há uma grande desinformação nas igrejas tradicionais sobre o que significa, e como funciona uma igreja em casa.

Raitler Mathos disse...

jesu disse que veio para os doentes e a igreja,no meu comentário, é o hospital. Nada e absolutamente nada encontra argumentaçã e apoo bíblico para os sem denominações se sustentarem

Alonso disse...

Caro Renato Vargens

"a Igreja de Cristo é uma instituição de origem divina. Ela não foi criada por homens inescupulosos, ou por religiosos despósticos cujo interesse fundamental era a satisfação pessoal."

Que Igreja o amigo está falando? Da instituição, ou da Verdadeirda Igreja de Deus, aquela que não CNPJ, Endereço de rua, nº, bairro e etc...?

É bom que se esclareça que Jesus estabeleceu um Reino Espiritual, e não secular, caracterizado por segmentações humanas!

"Sem a menor sombra de dúvidas a igreja é imperfeita e continuará assim até a volta de Cristo. Como bem disse o teólogo reformado Augustus Nicodemus, "a teologia Reformada não deixa dúvidas quanto ao estado de imperfeição, corrupção, falibilidade e miséria em que a igreja militante se encontra no presente."

Se a teologia reformada estabeleceu um carater de impérfeição à Igreja, essa é somente a igreja reformada, cuja origem está na apostata romana criada por constantino, e nada tem a ver com a Igreja do Senhor Jesus, fundada na sua morte e erguida na sua ressurreição.

Não me admira essa colocação do teólogo Nicodemus, pois a teologia não representa a sabedoria do Espírito, mas do homem.

A Igreja do Senhor Jesus é perfeita, mas a criada e reformada no século 16, essa pode ser imperfeita, pois nada tem da sabedoria do Espírito.

É dessa instituição que os verdadeiros cristãos estão fugindo! Saindo do meio dela! Libertando das amarras dogmáticas e legislativas doutrinárias, das quais Cristo nos libertou ao morrer na cruz, cumprindo toda a lei para que o homem deixasse de ser condenado por ela!

Proponho aos teólogos que se voltem para a sabedoria divina, e façam como Paulo: "considerem lixo, todo o conhecimento acadêmico adquirido como se fosse Sabedoria Divina!

Atenciosamente - Alonso Banheti - alonso@coocafe.com.br

Marcelo disse...

1- Templo Cristão é uma heresia, visto que nasceu das mãos de Contantino seguindo o padrão dos templos pagãos. Antes disso os discípulos se reuniam nas casas.

2- A Igreja de Cristo era uma dividida apenas pela Geografia (Cidades). E não pela heresia chamada "denominação", que existe hoje, criadas por propósitos egoístas e egocentricos.

3- Pastor não era cargo como hoje. Os líderes eram os presbíteros, que eram escolhido pela própria Igreja, e eles não eram ditadores como os "pastores" de hoje. Eles eram apenas um referencial, um exemplo para os discípulos.

4- Pastor não era uma função de liderança, era uma função como a do profeta, professor... não tinha nada haver com comandar, mas servir de maneira igual aos outros irmãos.

5- Todos os discípulos são sacerdotes, líder não é melhor do que ninguém. Mas hoje não é assim.

6-A Igreja de Cristo não é uma instituição! O Caminho, não é uma religião, como tal, não precisa de castas superiores, mas vcs caíram na heresia dos nicolaítas.

A coisa é bem simples! Se vcs não tivessem a mente tão cauterizada pela religião, e procuressem a verdade com afinco, sem medo de se decepcionarem, com certeza a encontraria!

Paz seja com todos!

Marcelo V. Luna.

Marcia disse...

Bom dia Pastor.

O que eu não consigo entender é: afinal uma reunião em casa não é uma igreja??

A igreja primitiva não era exatamente isso?????? Reuniões em casa de pessoas?

Se estou errada acho que nunca entendi a bíblia....

Orlando disse...

Prezado pr Renato

Acho que discordo do Sr em alguns pontos. Gostaria do seus comentários quando possível referente ao meu novo post sobre o tema em discussão!

Abraços
Orlando
souteologico.blogspot.com

Jayjairo Castelo disse...

Calebe também sou da Assembléia de Deus nasci nela a 72 anos. Realmente muita coisa mudou para pior. Porem,participei e congresso e visitei varias Igrejas. Verifiquei que onde tem homem.É praticamente tudo igual. Jesus tinha um Judas. Ladrão. Então como precisamos de estar numa Igreja. Estou orando por uma mudança radical que ?Deus pode fazer. Eu creio..

David Palazzo disse...

Concordo! Igreja é todo aquele que crê em Jesus, e a congregação destes se dá em qualquer lugar: debaixo de uma árvore, duma ponte, numa garagem, enfim, em qualquer lugar, até mesmo dentro de um templo. É só ler os Evangelhos a partir de Jesus e não da igreja institucional, para enxergar que é assim. O problema em aceitar que a Igreja é como Jesus diz que é, desestrutura muita gente, tira o poder de muita gente, tira a ostentação, os privilégios, as barganhas que fazem em nome de Deus. Para outros, aceitar o Evangelho de Jesus como escrito nos Evangelhos, é impossível porque é muito simples, sem frescuras,claro demais, e assim, não dá. É preciso enfeitar, criar regras, dogmas, estruturas, e tudo o mais que se vê por aí. Tolos! Não estão vendo que fazendo assim estão dizendo que o que Jesus ensinou é muito pouco? Que não basta? Não percebem que estão rejeitando o verdadeiro Evangelho de Cristo?
Que Deus nos abra o entendimento para discernir o que é Dele e o que é do homem!

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only