Niterói, calamidade dor e solidariedade.

Por Renato Vargens

O dia de hoje em Niterói foi caótico. O trânsito em virtude dos desmoramentos ocorridos na cidade estava um verdadeiro nó. O clima no municipio era o pior possível, mesmo porque, todos ainda trazem na memória a tragédia do Morro do Bumba. Para piorar a situação no meio da tarde um boato de arrastão tomou conta da cidade, fazendo com que os moradores do Centro, Icaraí, Santa Rosa e Fonseca fossem tomados pelo desespero.

As Igrejas Cristã da Aliança de Pendotiba e do Rio do Ouro começaram a receber doações de roupas, colchões e alimentos não perecíveis. Além disso, algumas igrejas e irmãos em Cristo ofertaram recursos financeiros que serão aplicados na compra de alimentos e material de higiene para os desabrigados e desalojados.

Infelizmente, apesar da chuva ter diminuido ainda vivemos momentos de extrema tensão, até porque, a cidade possui inúmeros focos de possíveis desabamentos.

O Prefeito de Niterói, Jorge Roberto Silveira, decretou nesta quinta-feira Estado de Calamidade Pública no município. Após decretar Situação de Emergência no dia 7 de abril, o prefeito fez novo decreto devido ao agravamento da situação em função do aumento das enxurradas no município.

Nossos postos de recolhimento continuam recebendo doações de roupas e alimentos não perecíveis, colchões, água potável, além de material de higiene pessoal. Os que desejarem contribuir poderão levar suas doações para a Igreja Cristã da Aliança de Pendotiba e do Rio do Ouro.

Se você quer saber como ajudar entre em contato com um dos nossos pastores ou corrdenadores sociais pelos telefones (21) 9123-7399, (21) 8139-4764, (21) 7360-9568, (21) 9899-3875 (21) 8309-9590.

Naquele que reina soberamente.

Pr. Renato Vargens

1 comentários:

Uma lástima que tenhamos que conviver com a terrível culpa de ter eleito uma pessoa que diz ter conhecimento de que ali existia um lixão, mas que estava desativado a tempo... Que desculpa infeliz para lavar as mãos no sangue de tanta gente inocente!
Espero que tenhamos aprendido a lição de jamais vendermos a nossa dignidade a canalhas como esses quando em época de eleição oferecem um milheiro de tijolo em troca de nosso voto, tijolos esses que mais tarde cairão sobre as nossas cabeças.

9 de abril de 2010 21:26 comment-delete