A Bíblia, o único livro para um homem moribundo.

Clique na imagem para ler os quadrinhos:

Até pouco tempo os evangélicos eram pejorativamente denominados de "bíblia." Isso de devia ao fato de que era extremamente comum ver pelas ruas de nossas cidades uma multidão de pessoas com um livro preto debaixo do braço. Além disso, tinham os crentes em Jesus o salutar hábito de não somente meditar no conteúdo das Escrituras, como também obedecer seus preceitos e orientações, crendo de forma irrefutável de que este livro verdadeiramente é a Palavra de Deus.

Hoje, a situação é bem diferente. Lamentavelmente, o chamado povo de Deus não tem se relacionado como deveria com o Texto Sagrado, mesmo porque, boa parte destes, optaram por seguir as determinações dos falsos apóstolos a ouvirem aquilo que a Palavra de Deus tem a nos dizer sobre os dramas e dilemas da vida.

Caro leitor, não dá para vivermos uma vida cristã saudável sem que façamos da Palavra de Deus bússola para as nossas almas. Não possuo a menor dúvida em afirmar que a Palavra de Deus é viva, infalível, eterna e totalmente fidedigna. É somente por ela que devemos nortear as nossas mais variadas e complexas decisões. É ela que sacia a fome do coração e preenche as lacunas da existência. É ela que revela o Criador, bem como o seu amor imensurável pelos eleitos de Deus.

Certa feita o Dr. John MacArthur Jr. contou um história extremamente interessante a respeito de um famoso novelista e poeta britânico, chamado Walter Scott.

Diz-se que quando Scott estava em seu leito de morte, pediu ao secretário: "Traga-me o Livro". Seu secretário pensou nos milhares de livros que Scott tinha em sua biblioteca e perguntou: "Dr. Scott, qual livro?". "O Livro", replicou Scott, "A Bíblia, o único livro para um homem moribundo!"

O reformador João Calvino costumava dizer que o verdadeiro conhecimento de Deus está na Bíblia. É através da leitura da Bíblia que somos consolados, confortados e reanimados diante das batalhas que travamos. É mediante a leitura da Bíblia que a esperança brota no peito, que o coração se enche de fé e que a vida é encharcada do maravilhoso e imensurável amor de Deus.

Pense nisso!

Renato Vargens

4 comentários:

Leitura e oração, o conhecer de DEUS e estar ligado com DEUS, interceder, agradecer e pedir perdão.
Obediência é sabedoria, ai está o segredo, o SENHOR nos deixou a faca e o queijo nas mãos.
Obrigado DEUS !!!!!!
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

25 de fevereiro de 2010 09:16 comment-delete

Na minha juventude li e reli Ivanhoé, obra de Walter Scott e não sabia deste episódio na vida dele. Colocarei esta história com Walter Scott no meu blog. A Bíblia é o livro de todos os momentos inclusive na hora da enfermidade.

25 de fevereiro de 2010 10:47 comment-delete

Luiz,
De fato hoje é comum ver pessoas que se dizem crente só nas casas de orações, mas em outros lugares não testemunho de Jesus Cristo.

Luiz
25 de fevereiro de 2010 11:33 comment-delete

Pastor, eu lembro que quando compramos qualquer aparelho de som, televisão, computador, etc. lemos o seu manual para fazermos um bom uso e para que sua vida útil seja prolongada.
Assim tb. ocorre com o ser humano, a bíblia é o seu manual, se cada um de nós vivermos obedecendo oque lá está escrito viveremos melhor e teremos sucesso em todas as áreas de nossas vidas.
Na bíblia encontramos lições e exemplos para tudo, eis alguns:
*Nutrição- Daniel;
*Economia- Jose;
*Gestão- Moises e Jesus;
*Empreendedores- Calebe e Josué.
Todos viveram de acordo com oque Deus quería e determinava e por isso, acredito, no último dia de suas vidas não precisaram recorrer a uma ação de quase desespero ou recurço derradeiro, porque fizeram tudo o que era para ser feito do jeito certo na época certa e o mais importante, ouvindo à Deus.
Ler a bíblia não é apenas um ato religioso, é importante para nossa vida e é assim que apredemos a nos defender até de nós mesmos. O tempo todo temos que tomar decisões e se recorrermos às nossas próprias idéias certamente decidiremos de forma equivocada trazendo para nós problemas maiores.

25 de fevereiro de 2010 20:04 comment-delete