Ir a um estádio de futebol é pecado?

Por Renato Vargens

Infelizmente alguns evangélicos têm promovido ensinamentos absolutamente antagônicos as Sagradas Escrituras. Tais pessoas movidas por uma espiritualidade esquizofrênica atribuem o bem a Deus e o mal a Satanás. Para elas o mundo se divide em duas partes, cujos governantes são Deus e o diabo. Os que crêem nisso, ensinam que tanto Deus como o Coisa Ruim, possuem poderes independentes, e como titãs que são, lutam pelo domínio do universo. Para estes, o mundo também foi dividido entre o bem e o mal, cujos ambientes apontam para o domínio e senhorio de Deus ou de satã. Nesta perspectiva, o templo é santo, o teatro pagão, a casa de show lugar de promiscuidade, e o estádio de futebol morada do capeta.

Volta e meio ainda ouço alguém dizer: Ouvir música do mundo é do diabo. Crente que é crente não se contamina com isso. Um cristão verdadeiro jamais irá assistir a um jogo de futebol, até porque, aquele lugar é antro de pecado.

Segundo esta perspectiva tudo aquilo que não esteja aparentemente relacionado com o sagrado é espúrio. Em outras palavras, os adeptos do dualismo cristão preferem viver a vida em guetos espirituais, “satanizando” tudo aquilo que Deus nos deu para o prazer.

Caro leitor, praticar futebol, assistir um jogo no estádio, ou torcer por um clube de futebol não é pecado, e nem tampouco ofende ao Criador. As Escrituras nos ensinam que somos seres inteiros e livres, e como tais somos chamados a viver uma devocionalidade equilibrada e saudável. É claro, que não convém no domingo você deixar de ir ao culto de sua igreja para ir ao Maracanã, entretanto, não existe nenhum problema em celebrar a vida, a família e os amigos indo ao estádio torcer pelo seu time do coração em datas alternativas.

Infelizmente o dualismo dos evangélicos “ budificou” a existência, transformando qualquer atividade que se faça fora da igreja como pérfida e sem “graça” . Sem que percebamos parte da Igreja de Cristo demonizou todo tipo de lazer, excluindo da agenda da fé qualquer atividade que possa implicar em risos, festas e celebração.

Prezado amigo, Cristo não nos escraviza nem tampouco nos aprisiona em um mundo burrificado onde a festa e a alegria é proíbida. Antes pelo contrário, por sua graça somos livres e não precisamos mais viver manietados a dogmas e conceitos do farisaísmo moderno.

A Ele toda glória!

Renato Vargens

23 comentários:

"""Volta e meio ainda ouço alguém dizer: Ouvir música do mundo é do diabo. Crente que é crente não se contamina com isso. Um cristão verdadeiro jamais irá assistir a um jogo de futebol, até porque, aquele lugar é antro de pecado""".

É por isso que na idade média surgiram os mosteiros para que os "servos" de Deus não tivessem contato com o pecado.
Isso é pura alienação. Pedro,no monte da transfiguração, fez uma proposta a Jesus para que todos ficassem ALÍ NO MONTE. AQUI TÁ BOM DEMAIS!!! Pedro fez uma proposta de alienação total. Que o mundo se exploda!! Jesus nem relevou tais palavras. Ao descer do monte, um pai desesperado o procura para que curasse o seu filho, porque os seus 8 discípulos não puderam fazer nada. E Jesus diz: "Traze o teu filho". Assim agem muitos hoje. Totalmente presos e alienados do mundo. Sem essa de não poder ir a um campo de futebol. Agir dessa forma é aceitar a proposta absurda de Pedro.
abço a todos
Paulo

25 de novembro de 2009 15:24 comment-delete

Que bom Pr. Renato, por que se não eu estaria perdido, jogado no 'caldeirão' e no olho do Furacão!!

Gloecir

25 de novembro de 2009 15:24 comment-delete

É isso aí. Só não pode torcer pelo Flamengo.... eheheheheh..... brincadeira...

Carlos Gomes

Anônimo
25 de novembro de 2009 15:26 comment-delete

Garotada isso não quer dizer que depois do culto podem ir direto pra Boate ok? kkk
Ótimo post!
Abraços Renato
Deus abençoe você!!!

25 de novembro de 2009 15:47 comment-delete

Maravilha ! Com esta postagem quem é contra é fariseu e quem é a favor
e vai assistir aos jogos, ja arrumou um motivo para se explicar.

Daqui a pouco quem é contra boates e motel tambem é fariseu.

É por isso que quem é a favor as igrejas estão crescendo, e quem é contra estão diminuindo.

Viva a Universal. Viva a Renascer!! ETC.ETC.

Ah eu ia esquecendo, Quem é contra novelas tambem é fariseu.

Então eu sou , continuo e sempre serei um fariseu .

Stefan Zakowski
szakowski@bol.com.br

Anônimo
25 de novembro de 2009 15:55 comment-delete

Prezados,

Pare e pense nesta frase:

"Esta é a coisa fundamental, a mais séria de todas: QUE ESTAMOS SEMPRE NA PRESENÇA DE DEUS."

D.M.Lloyd-Jones

25 de novembro de 2009 16:40 comment-delete

Pastor existem as coisas santas , as impuras e as comuns. As santas sabemos quais são , as impuras tmabem e as comuns tambem , o problema e que muitos gastam mais tempo com as comuns , se levar em consideração com as coisas impuras tudo bem , mas se comparar com as santas saímos perdendo. Eu digo aos jovens que em nada acrescenta ouvir musica do mundo mais destrói que constrói , quanto ao estádio e bom e gostoso mas pode me levar a idolatria e a palavrões , mas cabe a mim limitar-me. Prefiro fazer mais do santo , menos do comum e nada do impuro

25 de novembro de 2009 17:50 comment-delete

Concordo que podemos ir a uma partida de futebol, não somos ETs, porém seria bom irmos com entrolhos para vermos só a partida e não a violência em volta, irmos com fone de ouvido para ouvirmos só o comentarista narrando o jogo, e não ficarmos a ouvir tanto palavrão, palavras de baixo nível, tem que ter estomago de avetruz para digerir tanta coisa ruim junto, para ver 22 malucos correndo atráz de uma bola e 1 apitando o que lhe convém, tudo por dinheiro, muito dinheiro, ver pela telinha é melhor, não a violência, não as drogas, não ao fanatismo, seja equilibrado, seja FLAMENGUISTA, não aqueles que pertencem a quadrilhas, que expuseram seus instintos animais no último fim de semana.
Abraços, Gilbert Raposo.
Gilbert Raposo.
Gilbert Raposo.

Gilbert Raposo
25 de novembro de 2009 20:11 comment-delete

Olá pastor Renato,
Deus nos deu a capacidade de pensar.Através do pensamento o Senhor nos permite criar coisas para o nosso bem estar,afim de que possamos usufluir com alegria ,respeitando o nosso Criador,contudo,Deus fez com que o homem colocasse em prática a invensão futibol.Ir ao estádio para furtar , roubar,cometer homicídio etc é pecado ou trocar o domingo da igreja para assistir uma partida também é ,como foi mencionado no texto.Bom, já ouvi dizer que existem congregações que proibem os membros de irem á praia,neste caso,,foi Deus quem criou o mar para tirarmos os frutos e nos banhar.Poluir o mar é pecado.Neste comparativo,acredito com muita convicção na distorção do homem,ou seja,querem impedir o acesso naquilo que pode nos dá momentos preciosos de estarmos em comuhão com as pessoas diante da obra do Autor da vida,celebrando não só a natureza,mas o resultado dos frutos do pensamento,que no tocante digo futibol,até porque a vida é efêmera.

25 de novembro de 2009 22:03 comment-delete

Graça e Paz, caro Pastor!
Quanto a ir num estádio de futebol a própria Constituição dá esse direito ao cidadão (o de ir e vir), porém como cristão creio que não seja um lugar apropriado, em virtude do que ocorre na disputa de um partida de futebol. Lá há xingamentos, pelejas, brigas de torcidas que contrariam o que aprendemos nas Sagradas Escrituras.
Começando pelo O Salmo 1 que fala sobre a roda de escarnecedores, bem como II Coríntios 6:14 que diz: "Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas"?

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele”. (I João 2 : 15)

Frutos da carne:“Idolatria, feitiçaria,inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias" (Gálatas 5 : 20)
No Aurélio essas definições dizem:
"[Do lat. vulg. inimicitate.]
S. f.
1. Falta de amizade; aversão, malquerença.
porfiar1

[De porfia + -ar2.]
V. int.
1. Discutir acaloradamente; contender, debater, altercar: 'Porfiaram horas seguidas, sem chegar a acordo.'
V. t. i.
2. Debater com ardor; discutir, altercar: 'porfiar com alguém.'
3. Fazer empenho; teimar, insistir, obstinar-se.

[Do lat. aemulatione]
S. f.
1. Sentimento que incita a igualar ou superar outrem.
2. Competição, rivalidade, concorrência.

[De ira + -ar2.]
V. t. d.
1. Causar ira a; irritar, agastar, encolerizar, enfurecer: 'As calúnias iraram-no.'
V. p.
2. Irritar-se, agastar-se, encolerizar-se, enfurecer-se.

“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam”. (I Coríntios 10 : 23)

Andemos em Espírito. Que Deus vos abençoe!

Anônimo
26 de novembro de 2009 00:04 comment-delete

Mais uma vez Pr Renato escreve com perfeição coisas sobre o nosso dia-a-dia e quebra tabus... Parabens! Cada dia mais o Senhor o tem uitilizado!
Quanto a torcer pelo Flamengo não pode mesmo! Há bases teológicas para explicar pq o crente n´poder ser flamenguista:
1) A maior torcida do Brasil: "...larga é a porta que leva a perdição...muitos entrarão por ela!"
2)Mascote: urubu... come animais mortos: "... ligação a cadáveres, é abominação ao Senhor"
3)As cores...preto e vermelho: Preciso escrever onde encontramos estas cores ?
4)O time surgiu da divisão de outro: " 5 coisas ao Senhor aborrece...a sexta ele abomina: Aquele que causa dicensão entre os irmãos"

Brincadeira... Deus o abençoe

26 de novembro de 2009 04:26 comment-delete

Excelente postagem Pr. Renato, qualquer diversão saudável nos é permitida, claro que temos que ter bom censo para discernir o que é bom e o que não é bom.
Agora sobre o futebol, claro que não é pecado ir ao maracanã ou outro estádio qualquer ver um jogo de futebol, dependendo do time, se for o único time carioca que nunca foi para a serie B ou C do Brasileirão tudo bem senão só ajoelhando no milho e orando a noite toda para ter seu perdão.


Nada pessoal Pr. Renato.

Abração

26 de novembro de 2009 08:46 comment-delete

"É claro, que não convém no domingo você deixar de ir ao culto de sua igreja para ir ao Maracanã"

Essa frase acabou com o artigo e pra mim foi um tanto quanto infeliz. Lamentável ler isso...

Danilo
26 de novembro de 2009 09:10 comment-delete

Que todas opiniões sejam respeitadas, cada um responderá pelos seus atos, tenham atitude de cristão, " Não critique, auxilie "
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Gilbert Raposo
26 de novembro de 2009 11:15 comment-delete

Faltou alguém dizer: a mulher cristã pode ir à praia, praticar topless e até nudismo (neste caso também o homem); afinal, foi Deus que nos deu o mar e a praia.
A postagem foi bastante coerente mas, alguns comentários ninguém merece.

27 de novembro de 2009 01:47 comment-delete

Pastor!! Estou ficando enjoadinho no meio de vocês com meus comentários, talvez este comentários nem vai pro seu blog, como temos liberdade de expressão somos livres para pensar, concordar, discordar e fazer o que dér na cuca... assim venho falar algo, mas até parece que este o sr. não vai exibir junto com os outros comentários, mas lá vai:

vc fala dos defensores da doutrina da prosperidade, condena-os, mas proclama uma doutrina que tem como galardão a mesma sentença que eles, os da prosperidade, também têem. por que pastor?

o sr Renato Vargens fala:
"Caro leitor, praticar futebol, assistir um jogo no estádio, ou torcer por um clube de futebol não é pecado, e nem tampouco ofende ao Criador. As Escrituras nos ensinam que somos seres inteiros e livres, e como tais somos chamados a viver uma devocionalidade equilibrada e saudável. É claro, que não convém no domingo você deixar de ir ao culto de sua igreja para ir ao Maracanã, entretanto, não existe nenhum problema em celebrar a vida, a família e os amigos indo ao estádio torcer pelo seu time do coração em datas alternativas."

Apenas dois pontos nas palavras acima já revela a sua pretenção. Quando condena a doutrina da prosperidade, vc também está se condenado a si mesmo, pois dá a imprensão que vc quer está no lugar deles. Porque entre a doutrina da prosperidade e os que praticam o que o mundo oferece (como o sr. ensina acima) não faz diferença nenhuma, ambos cairão no mesmo buraco - é um cego guiando outro.

1º ponto: A doutrina acima que vc oferece aos seus seguidores revela toda a sua pretensão: "encher suas igrejas de outros tantos crentes condenados a escravidão da carne sem nunca poder se livrarem, pois seu próprio lider diz que não é pecado tal e tal coisa".

veja o que diz a palavra de Deus:
"Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará."

A liberdade não é para dar ocasião à carne.
Gl 5:13
"Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade; porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne; sede, antes, servos uns dos outros, pelo amor."

Tudo me é lícito, mas nem tudo me convém.
I Co 6:12
"Todas as cousas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as cousas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas."

2ºponto: claro, que não convém no "domingo" você deixar de ir ao culto de sua igreja para ir ao Maracanã, entretanto, não existe "nenhum problema" em celebrar a vida, a família e os amigos indo ao estádio torcer pelo seu "time do coração" em datas alternativas.

"no domingo" - aqui vc se condena pelas suas próprias palavras. Todos os cristãos até o século III guardavam o sábado, e, para se cumprir a profecia de Daniel cap 7, foi mudado Depois do decreto oficial, do imperador Constantino, que estabeleceu o primeiro dia da semana como feriado em todo o Império Romano, a partir do ano 321, do dia de descanso semanal, do sábado, o sétimo dia, para o primeiro dia da semana (domingo), houve, também, a instituição de calendário, conhecido como Calendário Gregoriano.

Só não enxerga quem não quer; os 10 Mandamentos da Bíblia são escritos de um modo e foram escritos pelo dedo de Deus (Exôdo 31:18), enquanto que os da Igreja Católica (e que são seguidos por grande parte do mundo evangélico, os que ensinam que a graça nos dar liberdade para estarmos onde quisermos, como é o caso acima, embora que esse ambiente seja promíscuo a nossa fé) claramente enaltecem a guarda do domingo e dos chamados dias "santos" do calendário católico.

27 de novembro de 2009 18:43 comment-delete

defender o que eu postei no primeiro comentário se torna um farizeu. Mas desse tipo de "farizeu" eu quero ser até morrer!


concordo com o : Anônimo disse...

Graça e Paz, caro Pastor!
Quanto a ir num est...

e com o:
Então eu sou , continuo e sempre serei um fariseu .

Stefan Zakowski
szakowski@bol.com.br

Eu também Etefan, se para o pr. Ranato Vargens e seus seguidores, farizeu de hoje é o que fala contra o mundanismo na congregação dos santos, eu também serei um eterno farizeu contra o mundo.


bay, Jefft Louis
quem quiser me conhecer, deixo meu e-mail aqui sem medo de morrer em defesa da sã doutrina. jl.martinns@hotmail.com

27 de novembro de 2009 20:39 comment-delete

defender o que eu postei no primeiro comentário se torna um farizeu. Mas desse tipo de "farizeu" eu quero ser até morrer!


concordo com o : Anônimo disse...

Graça e Paz, caro Pastor!
Quanto a ir num est...

e com o:
Então eu sou , continuo e sempre serei um fariseu .

Stefan Zakowski
szakowski@bol.com.br

Eu também Etefan, se para o pr. Ranato Vargens e seus seguidores, farizeu de hoje é o que fala contra o mundanismo na congregação dos santos, eu também serei um eterno farizeu contra o mundo.


bay, Jefft Louis
quem quiser me conhecer, deixo meu e-mail aqui sem medo de morrer em defesa da sã doutrina. jl.martinns@hotmail.com

27 de novembro de 2009 20:39 comment-delete

Renato
Este texto me faz lembrar de tantas outras perguntas que me faço e ouço outros fazerem, não apenas ir ao estadio, mas tb do tipo, mulher usar calças é pecado? A Mulher cristã não pode se maquiar? A frase que fecha seu texto é a mais verdadeira "CRISTO NÃO NOS ESCRAVIZA"! Vejo muitas pessoas atribuindo tudo de ruim ao diabo, como se não fossemos responsaveis por nossas atitudes, tudo é o diabo que colocou na mente, no ouvido, e o livre arbitrio? fica onde? Assim fica facil justificar todas as desgraças e bobagens que fazemos... o cara violentou uma criança,ah foi coisa do diabo.. e o infeliz que fez a besteira passa por doente mental e vai se internar!
Eu tenho conhecido a Palavra e ela tem o poder de libertar, Jesus é quem faz a obra!
Um abraço,
Dayane

Dayane
31 de maio de 2010 18:18 comment-delete

Em outro tempo eu lhe diria: Ser vascaíno, hoje em dia como nova criatura que eu sou eu lhe respondo: seja só de Jesus!!!

19 de setembro de 2013 10:52 comment-delete

E tem mais, e os que são de Cristo, deixaram as sua paixões e concupiscências.
Futebol é algo considerado pelo mundo uma paixão. E os que são de Cristo deixaram as suas paixões, em outras palavras, abandonaram, vc quer mas ok??? E sobre música mundana ou melhor dizer profana, muitas delas são consagradas ao capeta, e como diz a palavra: É melhor ouvir a repreensão do sábio do que a canção do tolo ou insensato. Está na Bíblia pastor.

19 de setembro de 2013 11:02 comment-delete

A grande questão é deixar de ser hipócrita, e como deixar de ser hipócrita? é parar de falar dos pecados dos outros porque vc também peca, e não importa qual pecado seja, pois para Deus pecado é pecado, sexo, mentira, matar, ocultar, todos são pecados, então não adianta vc falar do irmão que vai na balada, ou no estadio de futebol, ambos os lugares não são lugares de adoração e o que vc faz em um pode fazer no outro, marcar esquema, beber bebida com álcool, talvez até sexo no banheiro, como já vi em algumas filmagens no youtube, vai da sua linha de raciocínio, se vc escolher dizer, ali eu não vou porque não é Deus, então não pode ir no estadio, mas se vc for do tipo que sabe discernir o certo do errado pelo menos, e não fica falando que isso eu não ouça pq não é de Deus e ali eu Não vou pq não é de Deus, vc pode ir no estadio, vai saber se comportar como uma pessoa de Deus, depois do jogo vai voltar para casa e pronto, entenda o seguinte, vc não entendeu que Jesus morreu naquela cruz por nos para nós livrar da condenação do Pecado
(a morte eterna) bem se vc não entendeu isso, esqueça tudo, mas por favor pare de ser Hipócrita.

28 de novembro de 2013 01:25 comment-delete

Não consigo entender. Porque continuam enfiando o futebol no meio das "paixões infames mundanas". Cara, PECADO é PECADO!! PECADO!!!!!!!!!! Pecado, mundo, é o que nos afasta de Deus, o que aborrece a Deus, que alimenta a nossa carne e nossa vaidade. É engraçado como nós somos medíocres e idiotas, e tentamos colocar a NOSSA culpa em outras coisas. Costumamos colocar a culpa do NOSSO pecado de desequilíbrio na bebida, enquanto a bebida, enquanto a Bíblia em lugar nenhum condena o álcool, e sim o ALCOOLISMO . O pecado está em nós! Na nossa carne! Que há de errado num esporte como futebol? Pelo amor de Deus... Dois times tentando colocar uma bola dentro de uma rede. Há bebedice? Glutonaria? Mentira? Adultério? Fornicação?Prostituição? Ou qualquer outra cosia mencionada na Bíblia como pecado? Ah, mas lá tem muita gente fazendo meio mundo de cosia, xingando, brigando, prostituindo, então não é um lugar que convém... Então não estude! Não vá a universidades! Não vá na casa do seu tio cachaceiro! Não saia de casa! Raspe a cabeça e vire monge! Porque se você é tão fraco a ponto de não conseguir viver num mundo contaminado e não se contaminar (que, a propósito, foi uma ORDEM de Jesus) tenho uma péssima notícia pra você.

Em Cristo.

14 de fevereiro de 2014 12:58 comment-delete