sábado, setembro 05, 2009

Os evangélicos, o domingo e a TV gospel

Por Renato Vargens

Ultimamente tenho percebido a multiplicação de programas evangélicos na televisão brasileira. Debates, pregações, shows e programas de auditório são cada vez mais constantes na telinha da TV. Aliais, vamos combinar uma coisa? Ouvir e ver programas evangélicos na televisão brasileira é um desafio, até porque, as bobagens ditas pelos apresentadores da moda, nos fazem ruborizar de vergonha. Isto sem falar nos tais cantores gospel, que em nome de Deus enriquecem comercializando a fé evangélica.

Antes que alguém me apedreje vale a pena afirmar que sei da existência de programas sérios na TV brasileira, como alguns da TV Boas Novas, ou da Maranata do Pr. Paulo Brito, ou ainda o Palavra Plena do Antônio Carlos Costa, e outros mais. No entanto, confesso que me preocupa o fato de que milhares de cristãos em detrimento de algumas programações, estejam substituindo a prática cristã de participar de um culto público a Deus por uma programação televisiva.

Infelizmente tenho visto pessoas permanecerem em suas casas em pleno domingo alegando problemas dos mais variáveis. Aliás, boa parte destas pessoas procuram se justificar afirmando que apesar da ausência física encontram-se presentes “em espírito” através do programa televisivo. Ora, por mais "abençoador" que seja um debate na TV, por melhor que seja a apresentação do cantor que tanto gostamos, nada, absolutamente nada se compara ao momento impar de estarmos juntos uns dos outros na presença do nosso Deus.

A relação com Deus e com a igreja deve ser pessoal e afetiva. Nós não fomos chamados a uma relação fria e utilitária. Não nos é possível criar vínculos, amizades e relacionamentos com pessoas através da TV. O autor da epistola aos Hebreus com muita propriedade nos adverte dizendo: “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns...”

Caro leitor, tenho absoluta certeza que fomos e somos chamados à comunhão. Somente na Congregação dos Santos que amamos e somos amados, consolamos e somos consolados, exortamos e somos exortados, tocamos e somos tocados, perdoamos e somos perdoados.

Cuidado com desvios e atalhos. Lembre-se que o amor e o cuidado do Pai nos são ministrados quando juntos em comunhão buscamos a face de Deus.

Pense nisso!
GILBERT RAPOSO disse...

Concordo que temos que ser uma massa homogenea, ir aos domingos à igreja é lei, porém eu assisto por ex: aos sábados 11:50 rede TV o ministério " Voz da verdade " a que ouço e vejo acho-os excelente, seus louvores são palavra de DEUS , assisto algums pregações do Silas, do R.R. Soares, e adentro em " Examinai tudo, retende o bem " 1 T 5:21, esses programas citados pelo pasto nunca vi essas emissoras em rede, no meu bairro, nem no meu municipio, então não posso comentar, somos diferentes, mas que estejamos no mesmo objetivo rumo ao alvo.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Renato Vargens disse...

Meu amigo Gilbert,

Sinto lhe decepcionar mais o Silas e RR. Soares não pregam o Evangelho. O que eles anunciam pode até parecer com o evangelho, entretanto, de evangelho não tem nada.

Abraços,

Márcio de Souza disse...

Não se enganem... O ministério voz da verdade é unitarista... O silas mafafaia cobra 900 paus por uma bíblia e o RR Soares assina embaixo de tudo que TL Osbourne e Kanneth Hagin escrevem... Com esses caras, eu nem tomo ceia...

Renato Vargens disse...

Gilbert,

O unitarismo e o uncismo não são doutrinas cristãs; Tais pessoas fazem parte de uma seita que se opôem a doutrina da trindade.

Esse Minitério voz da verdade não é cristão. Precisamos tomar muito cuidado com o que vemos na TV.

Abraços,

Luiz Carlos 0053@ disse...

Irmão Raposo, isso é campo minado!?
Entenda! Não se iluda! Tudo, tudo é farinha do mesmo saco. Só mudam a marca.
VAN BAALEN DISSE:
COMO ABORDAR OS ADEPTOS DAS SEITAS
O pesquisador Jan Karel Van Baalen afirma: Os adeptos das seitas são as pessoas mais difíceis de evangelizar. 18 Dentre as razões apresentadas por Van Baalen, apontamos as seguintes:
a) Os adeptos das seitas não são pessoas que devem ser despertadas para a religião. O herege deixou a fé tradicional em que foi criado e adotou segundo pensa, coisa melhor, chegando até mesmo a hostilizá-la. Ele renunciou o plano de Deus para salvação em troca de algum sistema de auto-salvação. Assim, para ele, a afirmação do profeta: todas as nossas justiças são como trapo de imundícia (Isaias 64.6) não reflete a verdade de Deus.
b) O sectário bem informado é consciente das falhas da religião protestante e evangélica. Ele não consegue entender a variedade denominacional. Além disso, pensa que sabe tudo acerca de sua fé e está convencido de que conhece mais acerca do que cremos do que nós mesmos.
c) Muitos adeptos fizeram sacrifícios, contrariaram os seus familiares, suportaram a zombaria dos amigos etc. Como reconhecer agora que estão errados e a paz que encontraram não é verdadeira?
Conhecendo a nossa fé
Diante do exposto, diz o pesquisador: Antes de entramos nessa discussão, estejamos bem seguros do nosso terreno. A resposta escolar: Eu sei, mas não sei explicar engana somente o estudante. Se não soubermos responder ao argumento do sectário, é só porque não dominamos os fatos. É nosso conhecimento inadequado que nos obriga a abandonar o campo derrotados, desonrando o Senhor.
Concordo não apenas com Van Baalen, mas também com Lutero, que disse: Se não houvesse seitas, pelas quais o diabo nos despertasse, tornar-nos-íamos demasiadamente preguiçosos e dormiríamos roncando para a morte. A fé e a Palavra de Deus seriam obscurecidas e rejeitadas em nosso meio. Agora, essas seitas são para nós como esmeril para nos polir; elas nos amolam e estão lustrando nossa fé e nossa doutrina, para se tornarem limpas como um espelho brilhante. Também chegamos a conhecer Satanás e seus pensamentos e seremos hábeis em combatê-lo. Assim a palavra de Deus torna-se mais conhecida.
Paz ao seu coração.

tais ac filha do rei disse...

ja assisti a Voz da verdade e como sou bem instruida percebi algo fora da palavra lá e nao assisto mais e o Silas entao anda dizendo que para ser abençoado temque comprar biblia de 900 reais a minha paguei 70 3 acho que saiu cara é a biblia da mulher eu gosto dela e acho que ja dis tudo oque preciso sabewr é a palavra de Deus e nao precisa de mais nada

Blog Gomes Cristão disse...

Pr. Renato, pelo que eu entendi, os unitaristas, entre outras coisas: não creem na Trindade e nem na Inerrância e inquestionalidade da Bíblia. Neste caso, pode-se afirmar que o Min.Voz da Verdade é unitarista? A confissão de fé deles inclue estas coisas?

Renato Vargens disse...

Gomes,

Leia por favor este artigo no CACP:

http://www.cacp.org.br/pseudocrista/artigo.aspx?lng=PT-BR&article=408&cont=1&menu=11&submenu=1

abraços,

basilio 18 disse...

O Pr Renato Vargens está com td a razão, tenho visto alguns programas da Renovação Carismática Católica, que estã dando de 10 a zero nos programas evangélicos, temos que tomar mesmo muito cuidado com o que está indo pra TV hj em dia, principalmente qdo se diz que é programa Gospel, que deveria evangelizar e na verdade só estão pensando em dinherio. Se o Apóstolo Paulo vivesse em nossos dias iria ruborizar-se com tantos absurdos.

Anônimo disse...

Paz de Cristo a todos,

Muito fico entristecido, de ver irmãos na fé injuriando homens (Pr. Silas e R.R. Soares) ungidos por Deus e que muito já têm feito para Deus. Se achar o "sabe-tudo" da bíblia, por si só, já é uma ignorância anti-Cristã. É verdade que os homens erram e nem sempre são perfeitos em tudo, todavia, o Prs. Silas e R.R.Soares, apesar de seus erros simplórios, têm levado o evangelho de Cristo à multidões enquanto muitos criticam sem ao menos fazer 1/1000 da obra missionária que estes homens tem feito.

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only