trazendo a memória o que pode dar esperança

por Renato Vargens

A esperança consegue ver o céu através das mais densas nuvens”. (Thomas Brooks)


Na vida enfrentamos situações nem sempre agradáveis. Existem determinados momentos em nossa caminhada existencial, que nos parece que o mundo está praticamente desabando em nossa cabeça.

Abraão durante todo o tempo em que esperou pelo nascimento daquele que seria a concretização dos seus sonhos, sentiu-se dominado pela expectativa de que, no tempo determinado, a promessa de Deus se cumpriria em sua família.

Ao aceitar o chamado do Senhor, Abraão foi envolvido pela impressão de que brevemente na sua vida tudo se tornaria novo. Entretanto, a bíblia nos afirma que foram necessários muitos anos pra que a visão dada por Deus a Abraão se cumprisse.

Ora, na maioria das vezes em que o tempo insiste em resistir aos nossos sonhos, somos tomados por uma significativa insegurança que imprime no centro da alma o sentimento de desesperança.

São em ocasiões similares a estas que se torna necessário nutrirmos a mente e o coração com tudo aquilo que pode nos dar esperança. Foi isto que Abraão fez. Ao ver os anos passando, ele se apegou à palavra de Deus que era a única coisa capaz de alimentar a sua alma com esperança.

Durante a vida, existem momentos em que o dia dá lugar à noite, que a fé dá lugar ao desânimo e que o vigor cede espaço à desesperança. São em ocasiões como estas, que precisamos tomar, por exemplo, as atitudes de homens de Deus, tais como Abraão e erguer os nossos olhos ao céu na expectativa de ouvir a voz do Senhor.

“Então conduziu-o até fora, e disse: Olha para os céus e conta as estrelas, se é que o podes. E lhe disse: Será assim a sua posteridade.”
Gênesis 15:05

Será que você é capaz de observar as estrelas na noite? Será que é possível, mesmo diante da escuridão que o cerca enxergar as promessas de Deus? Você já parou para pensar que juntamente com a noite escura Deus faz com que as estrelas se transformem em bússola para orientação de seu povo?

O Senhor não nos permite que enfrentemos as dificuldades da vida sem que antes sonhos tenham sido plantados em nossos corações. Exatamente porque, ele sabe que os seres humanos são motivados por aquilo que vêem. A visão de um futuro melhor e mais bonito nos incentiva a esperar dias melhores. Quando sonhamos, abandonamos o estado de apatia e inércia espiritual, em prol de uma vida ativa que, por conseguinte nos impulsiona a olharmos sempre para frente.

Os sonhos são importantes, pois nos incentivam a continuar andando mesmo diante das complexidades que a vida nos reserva ao longo da caminhada.

Jeremias, ao escrever o livro de Lamentações aos remanescentes de Judá, o faz no intuito de lamentar o sofrimento imposto ao povo de Deus pela destruição infundida por Nabucodonozor a cidade de Jerusalém em 586, AC. O profeta relata momentos terríveis de sofrimento, agonia e dor. Porém, nos parece que no meio de tanta desgraça, Jeremias, encontrou espaço em seus pergaminhos para incentivar os restantes de Judá a trazer a sua memória aquilo que lhes poderia dar esperança.

“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança” . (Lamentações 3:21)

É possível que ao ler as páginas artigo você esteja experimentando uma série crise. Talvez você tenha chegado à conclusão de que os seus sonhos terminantemente findaram. Quem sabe, você tem se questionado quanto a sua veracidade. Será que são autênticos? Ou produtos de uma mente adoecida?

Quero incentivá-lo, a lembrar-se das palavras de Deus nas escrituras sagradas, a rememorar o dia em que ele lhe ortorgou alvos, desejos e expectativas. Lembre-se do quão emocionado e impactado você ficou ao sentir a graça e o amor do Senhor envolvendo seu coração.

O apóstolo Paulo, em sua epístola aos filipenses, nos incentiva a ocuparmos nossas mentes com valores e virtudes.

“Finalmente, irmãos, tudo que é verdadeiro, tudo que é respeitável, tudo que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso que ocupe o vosso pensamento.”
(Filipenses 4:08)

Preste atenção: ocupe sua mente com coisas boas. Encha o seu interior com aquilo que lhe pode dar esperança. Encharque sua alma nas águas do rio de Deus. Gaste tempo meditando na Lei do Senhor.

Acredito que, se cada um daqueles que receberam de Deus as sementes dos sonhos, banhasse incessantemente a alma nos rios do Senhor, muitas das suas crises seriam automaticamente dirimidas, isto porque, a palavra de Deus tem o poder de nos confortar quando nos sentimos desolados, tem a capacidade de nos consolar, quando estamos inconsoláveis, tem a competência de nos desafiar a continuar marchando, quando por força das circunstâncias temos vontade de desistir.

Pense nisso!


Renato Vargens

7 comentários:

"E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos coraçõs pelo Espírito Santo que nos foi dado." Rm 5:3-5

3 de agosto de 2009 09:34 comment-delete

Obrigado pela palavra bonita, realmente precisava ouvir isso..
Marcia

Anônimo
3 de agosto de 2009 12:21 comment-delete

É muito importante a meditação na palavra de Deus.Já tive experiência diversas em momentos em que me pegava sem forças para lutar,sem pespectiva nenhuma,ouvindo vozes de que não iria vencer,de que eu não realizaria os meus sonhos e o Senhor se manifestava nas escrituras Sagradas me trazendo esperança porque "ELE É O SENHOR"! "O SENHOR TE GUIARÁ CONTINUAMENTE, E FARTARÁ A TUA ALMA EM LUGARES SECOS,E FORTIFICARÁ OS TESU OSSOS;E SERÁS COMO UM JARDIM REGADO,E COMO UM MANANCIAL,CUJAS ÁGUAS NUNCA FALTAM.

QUE DEUS NOS PROTEJAS.

3 de agosto de 2009 14:24 comment-delete

Meu amado Pastor Renato Vargens, aprecio suas mensagens e esta até parece que o senhor esta sabendo de tudo que estou passando quando escreveu "trazendo à memoria o que pode dar esperança"- porem sei que é Deus que está falando usando o senhor como canal - muitos dos meus sonhos de outrara ficaram num passado remoto. Passei por crise no casamento e na minha vida espiritual, entrei em depressão e volta e meia algo de ruim que renascer e tira minha paz. Pr. a minha esperança, de amar a Deus e ser amado por Ele fica abalada, porem agora vejo que temos é que ficar firmes mesmo quando tudo parece perdido.

Graça e Paz da parte de nosso SEnhor Jesus.

3 de agosto de 2009 21:58 comment-delete

Estou vivendo este momento agora. Estou com um problema seríssimo de doença na família e só Deus para trazer à memória todas as suas promessas e seus feitos miraculosos. Meu padrasto não é evangélico, já falei com ele sobre JESUS, mas nunca diretamente, sempre através de alguma reunião em minha casa, e no hospital, antes de entrar em coma induzido, perguntei se aceitava somente Jesus como Senhor e salvador da vida dele, ele respondeu que sempre aceitou... Só Deus conhece verdadeiramente seu coração, os nossos também... Ore por ele, seu nome é Adriano.

Obrigada e fique na paz do Senhor!

4 de agosto de 2009 23:18 comment-delete

Glórias ao Deus que é único, soberano, uniciênte,...

Se Ele colocou o sonho em nossas mentes é porque para Ele ja é real, ja está acontecendo, cabe a nós esperar-mos pelo Seu tempo.

Se ele prometeu Ele vai cumprí!

Agora, é importante que não confundamos sonhos com pesadelos, sonhar é ver segundo a vontade de Deus, perceber oque Ele quer para nós, focar nisso e seguir. Pesadelos é ver segundo a nossa vontade, as nossas vontades só trazem prazeres para a "carne".

...a minha esperança está no Senhor que fez os Céus e a Terra.

5 de agosto de 2009 18:27 comment-delete

Excelente texto.
Deus é perfeito demais. Ele cuida de nós de um forma que é incompreensível.
Nós não temos o conhecimento da dimensão do seu amor por nós. Ele faria tudo de novo.
Precisamos sonhar. Vamos sonhar. Vamos deixar Deus guiar nossas vidas.
Abraços.


Thiago

1 de novembro de 2010 13:25 comment-delete