sábado, agosto 01, 2009

É agosto o mês do desgosto?

Por Renato Vargens

O mês de agosto é popularmente conhecido como o mês do desgosto. O interessante é que essa superstição é comum a diversas nações. Na Argentina, por exemplo, não é recomendável lavar a cabeça durante este mês, pois atrai a morte. Já em Portugal, no período da expansão marítima as mulheres não se casavam, visto ser a época em que os navios zarpavam em busca de novas terras, o que elevava consideravelmente as chances de ficarem viúvas. No Brasil não são poucos aqueles que dizem que um idoso enfermo dificilmente atravessa o mês do desgosto com vida.

Para alguns evangélicos ver um gato preto numa sexta-feira de agosto é mal pressagio. Para outros, passar debaixo de uma escada ou defrontar-se com um despacho de macumba numa encruzilhada é atemorizante. Há ainda aqueles que têm medo de olho gordo e por isso deixam a Bíblia aberta no salmo 91 visando afastar a inveja e maldade de suas casas e trabalho.

Pois é cara pálida, infelizmente parte dos cristãos tupiniquins se tornaram extremamente supersticiosos, isto porque, cada vez mais usam e abusam do galho de arruda, do sal grosso, além de uma quantidade inimaginável de óleos ungidos e bibelôs. Ora, ser evangélico e ao mesmo tempo supersticioso é estar fadado a uma vida neurótica e frustrada. Além disso, é uma enorme contradição, simplesmente pelo fato de que as raízes históricas e teológicas do protestantismo sempre foram contra toda e qualquer manifestação supersticiosa. Aliaís, vamos combinar uma coisa? Agosto é um mês como qualquer outro e nada mais.

Cristo nos libertou das mandingas e superstições descabidas que povoam o imaginário popular. Somos de Deus e vivemos para Deus e o maligno não pode nos tocar.

Pense nisso!

Renato Vargens
cincosolas disse...

Pr. Renato,

Protesto contra a associação da imagem do gato com o azar. Como amante de felinos, não me conformo com a injustiça que sofrem. Desde desenhos animados até a histórias de bruxas, são sempre mal-vistos.

Se não tirar esse gato daí, seu blog passará a ter azar. Que tal colocar um corvo no lugar?

Em Cristo,

Clóvis

Blog Gomes dos Santos disse...

Realmente Cristão com superstição não combina, apesar da rima. A propósito, não tenho nada contra o mês de agosto, muito pelo contrário. Nasci no mês de agosto, comecei a trabalhar no mês de agosto, me casei no mês de agosto (há 20 anos), e um de meus filhos nasceu no mês de agosto.

Dougllas knnor disse...

o povo evangelico esta se acostumando com essas besteiras do mundo ,supertições etc
um cristão com atos desses não e um ser trasformado pela palavra de Deus !

GILBERT RAPOSO disse...

Há gosto para o bom gosto, o imperador Augustus ficaria triste em saber que aplicações negativas estariam vinculadas ao mes de agosto, mesmo no tempo em vivia nas teorias Budistas, kardecistas nunca fui dado a surpertições, já pensava eu, que era bobagem, agora conheço evangelicos que não pssam embaixo de escada, não quer ver o gato preto, pelo amor de DEUS, o SENHOR merece respeito.

Cleber 33 disse...

Que desgosto tiveram meus pais à 34 anos atrás!

Acho que não, pois se tratava do nascimento da criança mais linda daquela maternidade, tudo bem, hoje ja não tão belo assim mas...

Por falar nisso no próximo dia 17 eu faço 34 anos de vida, quem sabe, não vou me surpriender com muitos presentes um bolo enorme de chocolate, etc...

Não me contem nada, é tudo surpresa!!!

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only