domingo, agosto 30, 2009

o trajeto que os vencedores costumam traçar

Por Renato Vargens

“Bem aventurados os humildes de espírito, pois dos tais é o Reino dos céus”. (Mt 5:03) Essa afirmação de Jesus Cristo foi um grande escândalo no primeiro século. Isto porque, o pensamento e a filosofia grego-romana consideravam desprezíveis pessoas que valorizassem virtudes como a humildade. Tanto para os gregos como romanos, a humildade estava relacionada aos fracos, aos débeis, doentes e incompetentes. Para a classe dominante, nunca, em hipótese alguma, pessoas bem sucedidas na vida, deveriam cultivar valores como simplicidade e humildade. No entanto, Jesus como Filho de Deus se contrapôs a valores como esses afirmando categoricamente, que o Reino de Deus não é propriedade dos soberbos e arrogantes desta vida, antes pelo contrário, só é possível herdá-lo mediante simplicidade e singeleza de coração.

Jonathan Edwards costumava dizer que um “homem verdadeiramente humilde é consciente da diminuta extensão de seu próprio conhecimento, da grande extensão de sua ignorância e da insignificante extensão de seu entendimento comparado com o entendimento de Deus. Ele é consciente de sua fraqueza, de quão pequena sua força é, e de quão pouco ele é capaz de fazer. Ele é consciente de sua distância natural de Deus, de sua dependência dele, da insuficiência de seu próprio poder e sabedoria; e de que é pelo poder de Deus que ele é sustentado e guardado; e de que ele necessita da sabedoria de Deus para lhe conduzir e guiar, e de Seu poder para capacitá-lo a fazer o que ele deve fazer para Ele.”

Thomas brooks, afirmou certa vez que “Os homens mais santos são sempre os mais humildes”. Robert Leighton, disse: "As melhores amizades de Deus são homens humildes." Em outras palavras isto significa, que quando mais próximos de Deus estivermos, menos arrogantes seremos. Na perspectiva do Reino é importante que entendamos que só alcançamos o trono do altíssimo descendo as escadas.

Terminantemente as Escrituras afirmam que Deus exalta os humildes e abate os soberbos. Ora, o trajeto que os vencedores costumam traçar nunca foi e nunca será o caminho da presunção e da prepotência, antes pelo contrário, os vencedores carregam em si a marca indelével da humildade e da simplicidade. Portanto lembre-se: Os que vencem na vida são aqueles que reconhecem que o segredo do sucesso é depender exclusivamente da graça de Deus.

Pense nisso!

Renato Vargens

GILBERT RAPOSO disse...

" Aquele que admite que não sabe nada, terás feito seu primeiro aprendizado ", DEUS capacita os escolhidos e não escolhe os capacitados, ninguém é mais do que ninguém somos uma corrente que depende de todos os seus elos para se sustentar, cada um na sua pressão, cada um com seu dom, cada um com sua boa vontade, porém todos com hmildade e simplicidade, pois fora disso tudo é vaidade.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Ivan César da S Barboza disse...

Pr. Renato Vargem é um privilégio desfrutar de palavras tão edificantes sobre vitória, no atual contesto evangélico existe uns que estão tentando tirar essa característica de humildade e simplicidade do povo de Deus, mas podemos encontrar na Bíblia tantos exemplos de humildade que seria loucura pensar diferente das palavras postadas nesse texto, Graça e Paz do Senhor

AUGUSTO ELIAS disse...

De acordo com o texto teremos um leque de colocações voltadas para o assunto.Bom,para mim,JONATHAN EDWARDS, com sua afirmção sensacional,aponta,além de outras coisas,para certos irmãos que se dizem estar desenvolvendo um caráter cristão e não é verdade, pelo fato de estarem inseridos na qualificação do EDWARDS. Uma opinião minha para o que o TOMAS BROOKS escreveu vai direcionar,por exemplo, para muitos pastores com seus progamas caríssimos e suas manutenções através dos elevados índices de arrecadação do povo pobre e que muitas das vezes depositam a sua economia como se estivessem estapeado por aqueles que pedem descaradamente no ar!Existem outras características voltadas para a afirmção do BROOKS que os deixam distante da Santidade.Em resumo,é necessário que tenhamos humildade e confesso que eu não gostaria de assistir no dia do Juízo a decepção de muitos,até porque a frustação será por eles mesmo,pois não entederam a mensagem ou se entederam o que Deus queria de nossa parte,não cumpriram em amor para com os irmãos.
Que deus tenha misericórdia de nós!!

Dougllas knnor disse...

A humildade para mim e a maior virtude que o homem poder ter!!

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only