Ministério de dança, um equívoco da igreja brasileira



Uma das mais marcantes características litúrgicas das igrejas neopentecostais são os grupos e ministérios de dança. Do Oiapoque ao Chuí tornou-se comum encontrar nas comunidades evangélicas grupos coreográficos que dançam em meio ao louvor.

Mediante passos coreografados, roupas extravagantes e esvoaçantes, além de variados acessórios, rapazes e moças dançam de forma esfuziante enquanto o povo de Deus entoa canções a Deus.

Bom, antes que seja apedrejado pelos bailarinos de plantão, quero afirmar que acho a dança uma arte belíssima, e que acredito piamente que possua o seu lugar e espaço no cenário evangélico. Entretanto, colocar a dança no culto além de antibíblico, é no mínimo mau gosto.

Ora, para inicio de conversa o momento de adoração deveria ser única e exclusivamente para adorar a Deus e não para a apresentação de grupos artísticos. Para piorar a situação algumas das danças em questão são absurdamente sensuais, de péssima coreografia e com uma roupa que faz inveja a qualquer concurso brega deste pais. Se não bastasse essa esquisitice toda, os que advogam o ministério de dança o fazem afirmando que quando dançam, agem profeticamente.

Como não poderia deixar de ser, os adeptos da ministério de dança gospel forçam uma interpretação bíblica fundamentando sua prática em textos do Antigo Testamento, como por exemplo, os episódios ocorridos a Miriã e Davi respectivamente. No novo Testamento encontram "base" para o seu comportamento ao afirmarem que João Batista estremeceu e saltou de alegria no ventre de sua mãe ao sentir a presença do Messias. Além disso, afirmam que a Igreja nasceu em Jerusalém, não em Roma e em virtude disto podem dançar com liberdade.

Pois é, os textos por aqueles que defendem a dança não se sustentam pelo fato de que são textos isolados fora do contexto, ademais, não encontramos nenhum texto nas Escrituras que justifique esse tipo de ministério.

Isto posto, ressalto que não sou contra a dança, desde que seja feita de forma contextualizada e FORA do momento de louvor com musica e do culto. O que não dá, é no meio da adoração, tirarmos a atenção daquele que nos salvou focando num bando de dançarinos despreparados, achando que aquilo que fazem é expressão de arte.

Como já escrevi anteriormente parece que nos últimos anos, a igreja se perdeu no caminho em direção ao trono do Altíssimo. Definitivamente a coisa está feia! Minha oração é que o Senhor nosso Deus nos reconduza a sala do trono e que lá possamos adorá-lo integralmente entendendo assim, que a glória, o louvor, a soberania pertence exclusivamente a Ele.

Pense nisso!

Renato Vargens

42 comentários:

Pr.Renato

Sou membro da maior igreja pentecostal do Brasil e leio seu blog há alguns dias já tendo feito até um link dele em meu blog (nomaisbelohorizonte.blogspot.com), particularmente eu acho que o crescimento da música gospel contribuiu em muito para a propagação do Evangelho no Brasil, é verdade que há meninices por alguns, idolatria por outros, diversos estrelismos, mas cabe a nós orarmos pra que os tais corrijam seus caminhos e voltem para a direção a qual Deus estabeleceu...

Quanto a forma de adorar a Deus eu acho que ela é particular de cada um, logicamente com decência e reverência ao Senhor, agora se eu preencho estes requisitos quando adoro a Deus, não tenho a mínima preocupação se A ou B vai achar estranho ou esquisito, o que importa para mim é como Deus receberá a minha adoração.

Com apreço, saudações em Cristo.

Presbítero Edward Junior
Belo Horizonte - MG

Edward Junior
22 de julho de 2009 09:31 comment-delete

A Paz do Senhor!
Pastor concordo plenamente com a sua fala. Eu particularmente já discuto isso em minha congregação: que o grupo de coreografia deve ter uma parte exclusiva para a apresentação dentro do culto, e, em ocasiões especiais de comemorações na igreja, e não junto ao momento do louvor, onde nos concentramos em adorar ao Senhor, para não nos distrairmos com as evoluções dos bailarinos que vão de um lado para o outro.
Também não sou contra, muito pelo contrário, uma dança bem ensaiada e no momento certo da liturgia, só vem a edificar o povo da igreja.
Mas temos que reconhecer que o exagero tomou conta de muitas igrejas.
Que Deus abençoe a todos nos dando discernimento na hora de prepararmos nossas liturgias.

22 de julho de 2009 09:51 comment-delete

Pr Renato, voce esta mesmo inspirado
Que Deus lhe conceda mais inspiração ainda
Dou graças a Deus pela sua franquesa e ousadia
Que Deus o abençoe

Paulo
22 de julho de 2009 11:01 comment-delete

Concordo demais!
Sou dançarina há 12 anos e já fui convidade infinitas vezes pelas mais diversas igrejas para "usar o talento que Deus me deu, de forma espontânea (que para mim está mais para instantânea), durante o período de louvor com músicas.
Minha resposta sempre é e será: NÃO!
Claro que não!
Entendo o papel da dança como sendo outro no contexto evangélico.
E sim, já fui muito incomodada pelas "dançarinas" que sem ensaiar, dizem fazer o seu melhor. Além de tirarem a nossa atenção pouco têm a nos mostrar de belo.

Posso assinar embaixo do texto? Principalmente da afirmação de que nos distanciamos da adoração ao altíssimo.

ótimo post

22 de julho de 2009 16:59 comment-delete

Concordo porque a dança nas igrejas precisam ter o seu espaço na hora e no lugar certo.

22 de julho de 2009 22:13 comment-delete

para mim a dança e neutra !!!

23 de julho de 2009 00:31 comment-delete

Participei de um evento em Goiânia que reuniu grupos de danças evangélicos de muitas partes do país.
Balé, jazz, street dance,danças judaica e flamenca e muitas outras encheram nossos olhos e coração. Existe mta gente séria, se dedicando, preparando-se e ofertando o melhor para Deus.
Não devemos nos esquecer que vivemos em um país "gigantesco", onde acontecem coisas que talvez nunca venhamos a saber,(seja qual for a esfera a que nos reportemos) Ficamos apenas com a ponta do iceberg no eixo Rio-São Paulo.
Deus está no controle e seus adoradores em espírito e em verdade continuam a se agregar e a fazer diferença por onde quer que andem!

23 de julho de 2009 15:15 comment-delete

Graça e paz a todos,sabe o que está acontecendo na igreja é que as pessoas estão querendo ocupar o lugar de Deus, o Pastor Fanini contou que um dia foi pregar na africa e quando chegou no culto o templo era uma grande oca, e no meio do culto os irmão foram louvar cada um pegou um tambor e começaram a dançar e rodar na igreja, o pastor fanini ficou só olhando, o pastor que o convidou falou para ele que se ele naõ dançace ali as pessoas não iriam ouvi-lo então ele entro na dança e naquele dia Deus salvol mais de tresentas almas quando agente entra na igreja é cultuar a Deus não ser cultuado o culto tem que agradar a Deus e não ao Eu meu tio tem uma frase que é uma maxima para os dias de hoje e olha que ele tem 88 anos e 70 de convertido ele fala assim: Deus comtempla os ipocritas que estão de mãos levantadas e dançando, e também os que estão sentados pra ele a ipocrisia é a mesma. fico com meu tio.

24 de julho de 2009 16:35 comment-delete

Tudo que é extremo caminha por uma trilha perigosa de se fazer "Juiz" entre o certo e o errado. Achei de total falta de sabedoria esse texto, mesmo que ele possua pontos verdadeiros, porém sua maneira soi tola de expor seus pensamentos...

Mesquita - Curitiba - PR
25 de julho de 2009 15:04 comment-delete

Olá pastor Renato, graça e paz! Em sua visão, em qual momento do Culto caberia a dança?
Grato
Pr.Fernandes

27 de julho de 2009 14:25 comment-delete

Você esqueceu de comentar que os bailarinos (sexo masculino, para ser maisespecífico) se movimentam com trejeitos afeminados.

28 de julho de 2009 11:19 comment-delete

A Paz!

Sou uma adolescente evangélica e sou a dirigente do ministério de dança de minha igreja ..

gostaria de deixar algumas observações no meu ponto de vista sobre as suas afirmações..

"para inicio de conversa o momento de adoração deveria ser única e exclusivamente para adorar a Deus e não para a apresentação de grupos artísticos"
= Irmão, para ser um adorador,para adorarmos ao Senhor,nós não precisamos ter uma boa voz nem um belo sorriso mas sim ter um coração quebrantado diante do Senhor..eu acredito que Deus recebe toda a adoração se o adorador estiver verdadeiramente com o coração quebrantado diante dEle.. seja dançando..ou cantando.. ou tocando..

"O que não dá, é no meio da adoração, tirarmos a atenção daquele que nos salvou focando num bando de dançarinos despreparados,"
=Irmão..não dá pra "tirar a atenção daquele que nos salvou" pois a todo momento tanto na letra do hino quanto nos gestos estará sempre em primeiro lugar o SENHOR JESUS..
Querido irmão,NÃO JULGUE TODOS POR CAUSA DE ALGUNS, a Bíblia Sagrada diz:'Não julgueis para não seres julgados'!"um bando de dançarinos despreparados".. existem pessoas que fazem a obra de DEUS relaxadamente..mas também existem pessoas que fazem com AMOR..e se preparam .. ensaiam.. E FAZEM O MELHOR PARA O PAI..

"achando que aquilo que fazem é expressão de arte."
= Realmente .. não é expressão de Arte mas sim EXPRESSÃO DO NOSSO LOUVOR..E como eu já disse..é também um modo de ADORAR O ALTÍSSIMO..

"Ora, se querem dançar, que o façam em momentos diferentes através de ritmos diferentes e com roupas menos esquisitas".
="momentos diferentes"..não há melhor momento para ADORAR A DEUS do que em um CULTO DE LOUVOR E ADORAÇÃO À DEUS..
="ritmos diferentes"..novamente irmão,não julgue,não seja pre-conceituoso.. só porque alguns grupos ficam na mesmice não quer dizer que todos também fiquem.. que não mudem de rítmos ..de passos..etc.
="roupas esquisitas"..existem roupas que são específicas para cada tipo de dança..assim com o irmão não vai de terno pra praia, ninguém faz coreografia sem roupa de coreografia..

Amado irmão, espero que o senhor leia meu comentário.. pois o escrevi com carinho dizendo o que penso ..
que a paz esteja com todos que acessarem essa pág.
Abraços..

17 de agosto de 2009 22:38 comment-delete

oque vc me diz de Davi ele dançava em adoraçao e a adoraçao dele é ou era a mais linda e pura
e ai sera que DEUS mudou e nao gosta mais de adoradores que dançam na presença do senhor

23 de setembro de 2009 16:32 comment-delete

Davi dançou dentro de um contexto específico,natural e muito particular. Ela não dançou por dançar e tampouco o fez para louvar a Deus.Deixou-se embriagar-se pela alegria e só. O que essas
dançarinas (ou bailarinas)"gospel" fazem, lembram mais as festas grandiosas nos palácios dos Césares. Tsc..tsc..tsc..

11 de dezembro de 2009 11:43 comment-delete

a paz do Senhor, olha eu sou dançarina do Nosso Senhor, e danço quando o louvor toca SIM, porque é minha forma de adoração, sinceramente irmãos acho que adoração não se discuti, e outra não atrapalhada nada, pelo contrario, atraves de muitas meninas dançando já senti a presença de Deus, e quem dever gostar é Deus! invés de criticarem pessoas cristãs, que estão simplismente adorando, vão em busca dos perdidos!

Tamiris
20 de março de 2010 18:36 comment-delete

Paz do Senhor!!
Sou lider de ministerio, e o que mais ensino que o ministério não é enfeite de igreja, e sim mais uma maneira de adoração, e tenho certeza que Deus pode muito bem usar a dança, para evangelizar, libertar e curar pessoas.
O que o POVO de Deus, começando pelos proprios pastores, é deixar a religiosidade, abrir o coração, e não deixar que o diabo coloque vendas em seus olhos, pois foi ele quem disvirtuou a dança. nossos corpos são nosso maior instrumento de adoração, não importando local, ou momento do culto...o que importa é como e o que vc quer oferecer ao Senhor....

18 de abril de 2010 19:46 comment-delete

Olá sem querer achei essa pagima e acabei lendo o que escreveu sobre a dança na igreja e me desculpe mas eu descordo de vc, pois na minha igreja não é assim como vc relatou, e tudo o que tenho pesquisado por aqui não tenho visto nada de errado, e vc como uma pessoa de DEUS não deveria julgar e nem falar mal de outras pessoas chama-las de brega gosto não se discute e eu acgo que tudo que fizemos de coração e adoração ao senhor é uma benção, na minha igreja so tem danças em ocasioes especiais e não a todo culto, e na biblia diz sim que devemos adorar ao senhor com danças, cabe a cada um fazer a sua parte e com conciencia, é por que vc não gosta por isso critica, me desculpe mas tinha que falar o que pensei assim que li o seu depoimento, e pense nessa frase que tem ai mesmo na sua pagina não julgueis para que não sejais julgados. Amém

Fabiola

Bia
16 de maio de 2010 14:24 comment-delete

....NAo leve a mal mas pniao nao se descute..mas acho que vc entende de dança entao porque vc nao ensina..!!!da umas dicas sei la...é serio ia ser uma ajuda tbm...é uma boa pedida!! temos que dar o nosso melhor a Deus...Agradecemos a Deus que esses jovens dançam pra Deus , do que estarem dançando pro mundo!! concorda?????!!!

SARA RUTE
17 de maio de 2010 14:59 comment-delete

Olá Pastor, bom dia!

Nem sei quem é o senhor, não o conheço e acessei esse blog por acaso, acredito que havia um propósito nisso. Meu nome é Alexandra sou de Itajaí SC , sou uma dessas dançarinas "fora dos padroes", pois bem... não posso deixar de relatar aqui testemunhos que temos vivido, para a partir dai sim, considerar qualquer crítica. Temos na equipe de adolescentes, uma menina que foi levada por uma outra "dançarina" até a igreja, ela tem uma história difícil, os pais se separaram, vivem brigando e ela , filha única, entre os dois. Essa menina passou a frequentar os ensaios de grupo de dança e em um culto , vendo essas mesmas meninas dançar, na hora da adoração, se rendeu ao Senhor e o aceitou. Entrou também na equipe de dança, ensaiando arduamente para aprender e dar o seu melhor a Deus! Pois bem, depois de muitos ensaios foi o dia de pela primeira vez ser um instrumento nas mãos do Senhor afim de levar pessoas à adoração através de sua dança, enquanto se preparava, no ensaio da tarde anterior a noite do culto em que ministraria, convidou seus pais para irem a igreja vê-la dançar, o fato de vê-la dançar foi um pretesto para que os pais pudessem ser ministrados naquele culto. Os pais compareceram à igreja , e naquela noite, vendo sua filha que estava sofrendo tanto com a separação , dançar tão feliz, tiveram seus corações transformados... no momento em que foi feita a pergunta à igreja se alguém desejava aceitar Jesus naquela noite, os dois se entregaram ao Senhor, hoje reataram o casamento e voltaram a ser uma família. Aquela menina naquele dia usava roupas esvoaçantes, dançava na hora da adoração e talvez sem o preparo da Ana Botafogo, mas com o coração focado totalmente em Deus , com um coração puro, rendido ao Senhor... Um coração quebrantado e contrito, não desprezarás óh Deus! Pastor sinceramente acredito que não são as roupas, o movimento do corpo, o momento em que isso acontece que define se é de Deus ou não... tudo está na intenção do coração... Não sei se sabe mas na África as danças são parte da adoração a Deus, mais que a propria ministração falada, e a dança deles é totalmente diferente da nossa, mais esfuziante ainda, e muitas tribos quase que semi-nus, será que Deus rejeita essa adoração? Tenho também o meu testemunho que só retornei ao convívio com irmãos em Cristo após ser recebida e acolhida com muito carinho pelas dançarinas , foram as únicas que me aceitaram como sou... no momento não convém falar como sou, quem sou, mas quem sabe em uma nova oportunidade.

Desejo que Deus ministre ao seu coração e que todos os paradigmas sejam quebrados.

Fica aqui meu respeito e meu abraço.

No amor de Cristo.

Alexandra

18 de maio de 2010 09:15 comment-delete

Me perdoem, mas com tanta situação em nosso meio para se preocupar,porque se preocupar com a maneira,forma ou lugar que se adora ou como se adora, se é de todo coração não importa,sabe-se que a adoraçaõ com danças em um culto também é uma forma de evangelismo.Além de que , muitos jovens que participavam de grupos mundanos se converteram e no primeito instante Deus os orienta a fazer parte de um grupo gospel..
Fica aqui minha opinião .
Deus os abençoe

Rosângela
30 de maio de 2010 15:52 comment-delete

Renato,
Quando você se refere a dança na Igreja como "mau gosto", isso é a sua opinião, certo? Pois gostos são diferentes, e nem todos pensam como você.
Ao contrário do que você disse, não estamos lá para nos APRESENTARMOS. E sim, para ADORARMOS. Se somos livres, podemos adorar ao Senhor da maneira que queremos. E se alguns possuem a habilidade de dançar, pq não adorá-lo com a dança?
Concordo com você sobre algumas roupas serem sensuais, algumas pessoas despreparadas e com coreografias e roupas feias... Mas isso não ocorre em todos os lugares, então não podemos radicalizar, certo? Cabe então, aos pastores de tais igrejas tomarem as atitudes devidas.
A adoração vem de dentro, é em Espírito e em verdade. Portanto, se é verdadeira ou não, só quem adora pode saber.
Quanto aos textos bíblicos, creio que eles nem precisam ser usados. Mesmo que não tivesse nada na Bíblia, (mas tem), a dança é uma arte bela, com certeza criada por Deus, portanto não há mal algum em usá-la para adorar ao Senhor.
Além do que, a dança embeleza o culto e diferencia. Sendo assim, um grande meio de evangelização. (Eu mesma conheço várias pessoas que se firmaram na Igreja estimuladas pela dança).
A atenção que você dá no momento de adorar, só depende única e exclusivamente de você. Vc pode se distrair por inúmeros motivos, não somente pela dança.
E acredito que vc não saiba, mas a dança não é feita só em músicas lentas, de adoração. Há ritmos diferentes sim, ao contrário do que vc disse. rs.
Vc pode verificar isso através de duas apresentações do grupo ao qual faço parte.
Uma adoração, pra vc ver como uma coregografia pode ser bela sim.
E um ritmo diferente, pra vc ver como isso existe.

http://www.youtube.com/watch?v=30zrPaWuNp8
http://www.youtube.com/watch?v=DSZ4Kc4mJR4

A paz do Senhor,
Rebeca.

8 de junho de 2010 12:09 comment-delete

Concordo com o comentario de Debora!!!!
"Não julgueis para não seres julgados"
fiquem na paz do Senhor.

Anônimo
12 de junho de 2010 22:11 comment-delete

paz a todos amados irmãos,

vejo que a tantos comentários e opiniões diferenciadas, vejamos então o que esta escrito no salmo 150 "adore-o com adulfes e danças" em outras traduções "adulfes e flautas". Bem queridos muitos dissem que não respaudo biblico que sustende a dança com parte do culto ao SENHOR, ou como citado da liturgia, mas onde esta escrito que DEUS não recebe a dança como parte do louvor?
Muitos criticam dissem que não a fundamento biblico, jugam os que nos chamamos de ministro de dança, mas então me diga onde esta escrito que Deus não gosta da dança? onde ELE PROIBE a dança no momento do louvor, sei que já vi Deus se manifesta várias vezes atraves da dança, e se vc se destrai no momento que ver alguem dançando, vc vai se destrair quando alguem espirrar, tossir,falar em linguas,gritar gloria a Deus, sabe por que? por que vc esta mas preocupado com o irmão do lado do que de adorar a DEUS.
PENSE NISSO!
não gaste o seu tempo em se preocupar com os instrumentos que o PAI usa para ministrar sobre a sua noiva, preocupesse em receber do que esta dentro deste instrumento. se o espirito habita nele então deixe-o se manifestar como bem o parece(o espirito santo).
abraços a todos. Fiquem em paz.

Anônimo
14 de julho de 2010 15:36 comment-delete

A paz do Senhor amado!
Sou líder do ministério de louvor e discordo e muito de algumas colocações que para mim foram puramente preconceituosas. A palavra de Deus não diz em nenhum momento que existem REGRAS para adorar ao Senhor. E se Deus é o mesmo ontem, hoje e sempre porque não seriam válidas as expressões utilizadas por muitos que relatados no antigo testamento ADORARAM á Deus? Existem muitos testumunhos de pessoas que receberam a JESUS como Senhor e Salavador através da dança, MUITAS pessoas que foram libertas com o agir de Deus em meio as coreografias porque o nosso Deus habita em meio ao louvores e para mim Sua presença é notória quando o adoro com o coração quebrantado, em espiríto e em verdade. É bem verdade que existem pessoas despreparadas tanto artisticamente como espiritualmente e para mim ver uma coreografia bonita não é o mesmo que sentir o Espírito Santo se movendo e sondando o meu coração ao presenciar uma coreografia.
Não se baseie querido em meros momentos que presenciou. Deus proucura aqueles que o adorem em ESPÍRITO E EM VERDADE. Muitos exímios bailarinos fazem da dança profissão, MUITOS estão pelo mundo a adorar o diabo e alguns se dedicam exclusivamente a adorar a Deus.
Eu adoro a Deus com tudo o que tenho. Com meu corpo, minha voz, meu coração, minha mente e não há melhor coisa do que ADORA-LO O TEMPO TODO.Ou será que além de haverem regras para adoração, há também tempo?
Como disse o irmão, se presenciar a adoração do irmão á Deus te desconcentra, então é melhor que o alvo seja revisado porque o foco não está nem de perto sendo Deus.
Deus o abençoe!

22 de julho de 2010 21:17 comment-delete

Olá! É uma prazer poder compartilhar minha opinião com todos vocês.
Tenterei ser simples e objetiva ao tecer minha opinião sobre o tema.

Nunca havia visitado este blog, e confesso que apesar de "não ter vindo de encontro a mim", gostei muito da coragem, ousadia e expresso de opinião nele contido. Por isso, parabéns.

Cresci em igreja tradicional, onde até aplaudir era algo proibido, pois era visto como escândalo. Passei 14 anos de minha vida, na mesma situação. Aos quinze anos, Deus me presenteou com a chance de poder adora-lO através da dança. Nosso grupo, dançava apenas em eventos especiais, em cultos bem "enfeitados", e cumpriamos todos os quesitos descritos acima pelo sr. Renato. Nossos ensaios, eram cheios de técnicas, alogamentos e uma coreografia praticamente perfeita. E confesso que eu não gostava daquilo. Não me sentia bem, em ensaiar para adorar. Me sentia assim: "Ensaio para dançar, apenas".

Aonde o Espírito Santo esta, há liberdade.
E todo o que tem folego, deve louvar ao Criador.

Então, começamos a ministrar com o louvor. Nada muito extraordinário. Sem ensaiar, alongar, apenas entrando no Santo lugar, adoravamos.
No começo, era um pouco díficil, pois as técnicas ainda estavam evidentes. E a falta de ensaio, nos deixava meio perdidas.
Com o passar do Tempo, fomos aprensendo a Adorar de forma simples e sincera.

Hoje, tenho uma Cia de dança evangelística. E faço parte de um Ministério de Dança Profética. Sim. Acredite se quiser, nós não ensaiamos, não combinamos nada. E através de nés, pessoas são curadas, libertas, transformadas e assim como Deus usa a Banda de louvor, Deus usa os adoradores através da dança profética. Somos profetas da Dança.

Acredite se quiser.

A pergunta que deixo a vocês é:
Se eu não tenho dom de cantar, dom de tocar instrumentos, dom de pregar ou falar em público, dom de compor textos e canções... Se o que eu sei fazer é apenas dançar/interpretar/expressar com o corpo, o que eu faria para me sentir ministerialmente completa e alegria o coração de Deus?

Dançar.

Aonde Deus esta, há liberdade. E todo aquele que se entrega de coração, sua adoração (seja ela como for) sobe ao trono. E o reflexo disso, são as pessoas que serão transformadas, libertas e restauradas.

Parabéns novamente pelo blog.

Atenciosamente,
Thais Lira

11 de setembro de 2010 22:01 comment-delete

Olá!

Discordo plenamente deste post, a dança é uma forma de adoração, então porque realiza-la fora do momento da adoração?!?!

By: Amanda Kemelly

11 de novembro de 2012 16:13 comment-delete

Graça e Paz !

Eu descordo de sua afirmação. Cada um tem seu jeito de se expressar a Deus. Se a dança quer "tomar lugar de Deus" porque os músicos estão no altar também? já que tira atenção porque não coloca um louvor de um cd e desce todos do púlpito até o Pastor e adora? Gostaria também que revesse o modo que fala, pois foi de um tom ARROGANTE, e o servo de Deus é seguidores de Cristo, e Cristo tinha MANSIDÃO. Eu acho que ao invez de estar aqui blogando esses tipos de coisa, poderia fazer um post para evangelizar ou até mesmo ADORAR a Deus, já que este é o assunto.
A minha forma de adorar somente Deus sabe, pois eu danço COM ele e PARA ele. "Porque dele por ele para ele são TODAS as coisas" Eu defendo sim o ministério de dança pois foi onde Deus me chamou. e as "roupas esquisitas" são as vestes que o MUNDO não é capaz de vestir pois antes as vestes eram feitas pra cobrir hoje é para mostrar. Está o motivo de roupas largas,esvoaçantes sim! E não acho que devem julgar todas as danças iguais pois existem exceções. assim como já vi dança sensual em igreja eu já vi danças que glorificam a Deus. roupas que cobrem de menos e também roupas comportadas, vestes bonitas e vestes feias.. Então, não julgue! somente o Soberano tem este poder de julgar, afinal, a dança é para ele.

E REESCREVO ESSAS PALAVRAS DE MINHAS IRMÃS QUE A CIMA ESCREVERAM:
- Se somos livres, podemos adorar ao Senhor da maneira que queremos. E se alguns possuem a habilidade de dançar, pq não adorá-lo com a dança?

- Aonde o Espírito Santo esta, há liberdade.
E todo o que tem folego, deve louvar ao Criador.

1 de dezembro de 2012 11:00 comment-delete

E além disso eu tinha me esquecido Pastor Renato com todo respeito mas, bregas porque adoramos a Deus através da dança? eu prefiro ser brega na dança e estar bem espiritualmente e me encher do Espírito Santo do que me encherem de elogio e ficar cada vez mais cheia de orgulho.
Não julgue para não ser julgado, ao invés de julgar, ridicularizar nós bailarinos, porque não dá dicas de dança ? Afinal, tudo o que criticamos é porque sabemos fazer melhor, o senhor tem alguma referencia bíblica de que não pode adorar a Deus com danças? ou que não podemos louvar dançando, ou dançar nas horas do louvor? Se você tiver me passa, que eu leio e mostro pro meu ministério e paramos de adorar em meio aos louvores.
E em questão de "destrair" o povo de Deus, mt gente se vê conversando na hora do louvor, mexendo na unha, no cabelo, na gravata, na gola da blusa, olhando para os lados e etc até mesmo aqueles que tem níveis mais altos na igreja como Presbíteros e Pastores porque EU já vi, de certo o senhor já deve ter visto também. Então as pessoas se destraem com muitas coisas e não com a dança pois eu mesma fui ministrada através da dança. Um dia todos vão conhecer o meu nome por meu testemunho de vida, que não vem ao caso agora, mas passei muitas vezes pela morte e hoje estou ministrando dança, porque Deus me resgataria pra dançar se ddançar não agradasse a Ele? fica esta pergunta, e espero que possa responder todos os comentários dos bailarinos que aqui fizeram e qual nenhum foi respondido, o senhor só respondeu os que concordam contigo.

a Paz do Senhor esteja contigo, e te de muita sabedoria principalmente antes de ministrar algo em um blog.

Bom dia!

1 de dezembro de 2012 11:21 comment-delete

Ola bom dia!

Nao concordo com o q publicou pois a dança e uma forma de adorar a DEUS nao para exibicionismo... assim como as pessoas do louvor adoram ao senhor cantando e tocando o ministerio de dança adora ao SENHOR dançando pois todos os dons foram dados por Ele e todos devem ser usados para adorá-lo... E nem sempre as roupas são estravantes... sao varios os modelos de roupas assm como tb os tipos de dança... adoração, hip hop, funk, axe... ou seja TUDO QUE TEM FÔLEGO LOUVE AO SENHOR... LOUVE CO9M DANÇA, LOUVE COM LOUVOR, LOUVE COM TEATRO... LOUVE LOUVE SIMPLESMENTE LOUVE!!!

10 de dezembro de 2012 10:34 comment-delete

Permita-me discordar totalmente, afinal estamos numa discussão. Não há falta de reverência na dança, e as vezes o despreparo dos envolvidos é o mesmo dos ministros de louvor, que se esforçam para dar o melhor. A dança além de arte, de expressão de liberdade, é uma forma de inserir principalmente nas meninas o senso do que é ter uma vida de adoração e compromisso com o Reino. Falo isso não porque danço, mas porque enxergo dessa forma. O problema é essencialmente doutrinário, não está nas expressões artísticas em si. Bom senso deve-se ter em qualquer âmbito, a dança não pode pagar o pato.

21 de fevereiro de 2013 16:21 comment-delete

Pastor pelo que percebir nos ultimos comentários um grupo de meninas de uma determinada igreja resolveram se juntar e críticar o estudo kakakakaka.Não ví um argumento por parte delas com embasamento bíblico.

21 de fevereiro de 2013 16:32 comment-delete

EU, APESAR DE CRENTE TRADICIONAL NÃO CONCORDAVA COM SIGMUND FREUD, MAS ELE ACERTA EM CHEIO. A SEXUALIDADE E A RELIGIÃO ANDAM JUNTOS. LI OS COMENTÁRIOS E NELES NÃO EXISTE NOVO TESTAMENTO, NÃO HÁ BÍBLIA EM NENHUM DELES, TUDO É NA BASE DA EXPERIÊNCIA DE CADA UM, NO "ACHÔMETRO". AS ESCRITURAS DO NT, NAS DOUTRINAS DE PAULO E PEDRO SÃO DEIXADAS DE LADO. É PURA FALTA DE CONHECIMENBTO DAS ESCRITURAS, IGNORÃNCIA BÍBLICA. não possui nenhuma exegese responsável e como dá dinheiro, muitos se dão bem com isso, lá vai a igreja atrás e a culpa é de de seus líderes que montam nas besteiras de jovens sem miolos, dominados pela sexualidade etc. Jovem não possui espiritualidade, não têem tempo pra isso. Sei de exceções apenas. Mas isso vem de desmiolados. Freudianos... e nem sabem que são utilizados poe mídias incrédulas. Dançar é para o mundo. Culto é TRABALHAR, é LAAVODAR, não é entretenimento e templo não é auditório.

21 de fevereiro de 2013 17:03 comment-delete

Que heresia. Não tem um versiculo biblico sequer para se apoiar

28 de fevereiro de 2013 22:17 comment-delete

Alexandra, concordo plenamente com você, por isso também vou expressara aqui minha versão.

Deus abençõe.

20 de julho de 2013 08:49 comment-delete

Bom, sou de um grupo de dança de uma igreja “neopentecostal” e senti vontade de comentar seu texto. Eu concordo, em partes, com o texto, pois vejo muita gente fazendo qualquer coisa no momento do louvor e com roupas que de fato são de péssimo gosto, mas nós temos a visão de que, a dança é muito importante no louvor, pois é uma forma de adoração a Deus, e fazemos a dança espontânea, ou seja, no momento do louvor dançamos conforme o Espírito Santo vai nos guiando. Espiritualmente a dança ajuda nas guerras que se travam no momento da adoração, e para edificar-nos, há momentos que os intercessores veem anjos dançando conosco.
Eu fui criada numa igreja tradicionalíssima, e não entendia nada disso, mas graças a Deus alguns paradigmas foram quebrados e hoje tenho outra visão da dança. Colocar a dança na adoração não é de “mau gosto”, mas é mais uma forma de adoração. Há vários relatos de pessoas que se sentem tocadas e se achegam à igreja vendo a dança, não como um “show”, mas pela forma de quebrantamento diante do Senhor. E cremos sim que agimos profeticamente, pois na hora da dança o Espirito Santo nos direciona a fazer o passo que Ele deseja, e expressar algo que Ele deseja passar para a igreja.

Creio sim, que a igreja atual está vivendo muitos “des(caminhos)”, muitos enganos, apostasia e se perdendo, fazendo qualquer coisa para Deus, achando que é festa, mas eu prefiro guardar minha língua e deixar o julgamento disso tudo para Deus, pois não compete a nós o julgamento, Ele que sondas os corações e enxerga tudo muito melhor que nossas percepções e ideologia, prefiro apenas não compactuar com o que discordo.

Que Deus tenha misericórdia desses juízes que não sabem o que dizem, pois não vivem o que dizem.

Vi que você é pr., e de forma alguma quero desafiar sua autoridade, isto é só para que possa ver as coisas por outro ponto de vista. A dança no louvor é uma benção e tenho certeza ABSOLUTA que o Senhor se agrada muito dela, quando feita de forma correta.
Eu amo adorar a Deus pela dança !
Deus o abençõe !

20 de julho de 2013 08:52 comment-delete

Eu também acho essa desculpa de "distração" como algo que vem da pessoa, quem está diante de Deus em adoração não está nem aí para o que está acontecendo ao seu redor ...

20 de julho de 2013 08:54 comment-delete

falou tudo! :) sem mais!

19 de novembro de 2013 08:31 comment-delete

verdade!

19 de novembro de 2013 08:33 comment-delete

Boa tarde, graça e paz!
tenho servido ao Senhor como ministro de louvor, e tenho comigo uma jovem que louva ao Senhor com sua dança, enquanto ministramos com nossos instrumentos e cânticos, não vejo diferença nisso, a bíblia não fala em momento algum sobre ministério de louvor, ou departamentos nas igrejas,e muito menos sobre o de dança ou "horario especifico" para a dança,contudo temos tudo isso na igreja, como uma forma de nos adequar ao formato da igreja em nossos dias, tudo será valido e respeitado se em primeiro lugar houver extremo TEMOR ao Senhor, e reverencia a sua santidade.
Acho que o que se precisa fazer é deixar de fazer cultos que agradem aos homens e começar a agradar a Deus, e para finalizar, seria muito melhor retornarmos aos tempos da oração, que tal perguntar a Deus se ele gosta da dança destas meninas que com dedicação apresentam seu louvor, expressado por danças???

6 de abril de 2015 12:43 comment-delete

Olá, não sei se alguém ainda vai ler mas eu gostaria de dar meu ponto de vista, realmente não vejo a Bíblia mencion
Na vida comunitária e religiosa do povo judeu, desde os tempos bíblicos, a dança sempre foi considerada uma expressão de alegriaar a dança como ministério, mas creio que assim como um dia Deus mandou Moisés construir o tabernáculo e nele não tinha música, Davi quando teve a sua oportunidade de edificar um santuário a Deus colocou o louvor 24 hs por dia e na sua ousadia estabeleceu o louvor no templo, não só por isso mas tbem por isso creio que Deus disse que ia restaurar o templo que apesar de ser um projetótimo de David foi construído por Salomao,
Mas agora me utilizando de argumento bíblico, o último Salmo que foi um Salmo especial por ter sido criado pra fechar o livro fala do porque temos que levar a Deus, e depois ele de forma imperativa diz como se deve louvar, (louve com tamborim, flauta, instrumento de cordas e louvem com dança) não está na ordem mas se vc perceber nesse texto do mesmo jeito que alguém toca ou canta pra louvar tbem dança, e finalizando Deus habita em meio aos louvores!!!

4 de março de 2017 03:10 comment-delete

ORIENTAÇÕES BÍBLICAS
1 - O Culto precisa ser racional - Romanos 12.1
2 - O Culto não pode ser estético, precisa ser em ESPÍRITO - João 4.24
3 - O Culto público precisa-se pensar no próximo - Romanos 14.21
4 - Quer dançar? Entre no seu quarto, feche a porta e dance - Mateus 6.6
Com carinho e respeito.
Pr. Aparecido Fernandes
WhatsApp (11) 99768-8659 - Vivo

8 de março de 2017 11:10 comment-delete

Me mostre biblicamente base para seu argumento!

18 de junho de 2017 22:15 comment-delete