domingo, maio 10, 2009

A Disney, o entretenimento infanto-juvenil e a prática de topless

Renato Vargens

O incentivo a promiscuidade se tornou marca desta geração. O jornal O Globo publicou que a Disney World, empresa de entretenimento dos EUA, que atrai crianças e adolescentes do mundo inteiro tem permitido que os freqüentadores dos brinquedos "Splash Mountain e The Tower of Terror" pratiquem o topless com generosas doses de adrenalina.

Para piorar a coisa o parque tira várias fotos das pessoas nos brinquedos, para que virem souvenirs. As imagens são então exibidas, quase em tempo real, em grandes telas na saída das atrações, às quais todos os visitantes - incluindo milhares de crianças - têm acesso.

Caro leitor, sem sombra de dúvidas vivemos momentos complicadíssimos. Num tempo onde os valores absolutos tem sido relativizados pelos meios de comunicação, torna-se indispensável que a igreja evangélica se posicione audaciosamente contra a promiscuidade que tanto nos apavora. Aliais, vamos combinar uma coisa? Que relação existe entre parques temáticos e imoralidade? Claro que nenhuma. Entretanto, o que vemos de forma absurda é o incentivo por parte da sociedade a todo tipo de perversão sexual.

Caro leitor, em hipótese alguma devemos aceitar essa violência contra a moral e a decência. Tenho plena convicção de que como cristãos, não devemos nos curvar diante da imoralidade que tem destruído parte da sociedade brasileira. Como discípulos de Senhor, temos por missão anunciar a esta geração, Cristo, o qual é único capaz de satisfazer o vazio da alma transformando gemidos em esperança, escravidão em liberdade, vazio exitencial em plenitude.

Pense nisso!

Renato Vargens
Gilbert Raposo disse...

Pastor, isso vai se alastrar mais rápido que a gripe suina, e esta geração só se preocupa com as doenças do fisico, mas a mente está adoecida, a espiritualidade nem se fala, portanto sejamos o diferencial comportamental nesses dias que vivemos, pois somos observados 25 horas dia.
Bom dia, Gilbert Raposo um aprendiz em Cristo Jesus.

Anônimo disse...

Pastor, a pessoa que postou acima tem razão, e em breve não será só nos parques de Orlando nos Estados Unidos, mas ao redor do mundo!!!
O que nós cristão precisamos fazer é a diferença, não sedendo aos modismos do mundo.

Augusto Elias disse...

É necessário que haja um despertar nas igrejas sobre a questão da imoralidade entre todas as fases etárias.A raiz desse mal se reflete na juventude também.Ao adolescer,rapazes e moças são recebidos pelas piores violências que a mídia,contribuinte, pode oferecer,o resultado é que essa "galera" vai desapartando do seio familiar,como também dos valores e conceitos de família.Continuo defendendo uma formação mais sólida desses homens com compromisso com a verdade da palavra de Deus,contudo,é fator fundamental estudo,coragem nas oposições contra as pregações politicamente corretas,tem que falar a verdade,sem dubitação!As igrejas precisam saber da força que tem,pois sabedora disso e inserida no meio social, haverá mudança sim!Precisamos ir ao povo desarraigando todo esse mal em nome do Senhor Jesus e que está virando um câncer no mundo , que vem se tornando uma bola de neve.

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only