Andre Valadão e o erro bíblico em afirmar que a cruz não revela o pecado

Por Renato Vargens

O cantor André Valadão em sua página no Facebook emitiu uma declaração que em muito diverge do ensino das Escrituras. André afirmou que "A cruz não é a revelação do nosso pecado e sim a revelação do nosso valor. (Veja aqui).

Ora, como assim? Revelação do nosso valor? Esse não é o ensino bíblico. Na verdade, ao afirmar que a cruz não revela ou aponta para o pecado do homem, Valadão comete defende um grave desvio teológico.

As Escrituras afirmam que não existe um homem neste planeta que possa considerar-se justo pelos seus próprios méritos. Na verdade, a Bíblia afirma que “todos pecaram, e que todos estão destituídos da graça de Deus.” (Rm 3:23), diz também “que o salário do pecado é a morte” (Rm 6:23), e que quem peca, “transgride a lei” (I Jo 3:04), e que o pecado faz separação entre os homens e Deus. (Is 59:02)

A Bíblia diagnostica o pecado como uma deformidade universal da natureza humana, deformidade que se manifesta em detalhes na vida de cada indivíduo. A Palavra de Deus ensina que o homem é totalmente depravado e que necessita desesperadamente de salvação. O Apostolo Paulo ao escrever a igreja de Éfeso afirmou: "estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais" (Efésios 2:1-3). Ora, segundo o ensino paulino toda pessoa não regenerada pelo Espírito Santo de Deus está espiritualmente morta, fazendo a vontade da carne, do mundo, além de viver uma vida absolutamente escravizada por Satanás.

Em outras palavras, isso significa que cada um de nós nasceu como um completo pecador. Nossa essência é pecadora, todo nosso ser é pecador, nossa mente, emoções, desejos, e até mesmo nossa constituição física está corrompida, controlada, e desfigurada pelo pecado e seus efeitos. Ninguém escapa desse veredicto. Nós somos totalmente depravados. Efésios 2:1 resume a doutrina da depravação total ao afirmar que os homens estão mortos em delitos e pecados. 

Isto posto, afirmo sem titubeios, que as afirmações feitas por Andre Valadão que a cruz não revela o pecado, nem tampouco a miserabilidade do homem afronta os ensinamentos bíblicos. Nosso Senhor ao morrer na cruz, levou sobre si os nossos pecados. Pecados esses que nos levariam com justiça para o inferno, portanto, afirmar que a cruz apontava nosso valor e omitir o significado real dela, é um grande e grave equivoco.

Concluo este post com uma frase de Paul Washer: "A cruz de Cristo não é uma amostra do quanto somos preciosos, mas do quanto somos depravados."

Pense nisso!

Renato Vargens

13 comentários:

Estes homens que disseminam tamanha mensagem contaminada não temem o Deus Soberano das Escrituras, não conhecem Seu Tamanho, são "analfabetos bíblicos disfuncionais". E o pior, jamais se arrependem...

11 de abril de 2016 16:49 comment-delete

VAMOS DAR UMA BÍBLIA PARA ELE.
ISSO É UMA DESCONSTRUÇÃO DA CRUZ.
MAIS UMA HERESIA DOS VALADÕES.

11 de abril de 2016 16:52 comment-delete

Esse Valadão não dá uma dentro.

11 de abril de 2016 18:37 comment-delete

o preço pago por nós foi muito alto , a morte de Jesus. Por isso ele compara a cruz como o nosso valor,somos preciosos para Jesus.

11 de abril de 2016 18:42 comment-delete

Acho que o que ele quis dizer foi, que de fato, o Espirito Santo e quem nos convence do pecado joao 16,nao a cruz,que e redime do pecado, vc e tao importante(seu valor) pra Deus que Ele enviou seu unico filho, um valor incalculavel, por vc. mesmo se fosse so uma pessoa, mesmo assim Ele enviaria Jesus por vc! O meu valor comparado com o plano de redencao(cruz) revela o quanto nos somos valiosos para Deus!
Marcos Dias

11 de abril de 2016 18:48 comment-delete

Concordo com vc, Marcos Dias, ele morreu por nós ! Não há maior amor do que o sacrifício de Jesus naquela cruz!Ele ressuscitou e vivo está para o que o adoremos em espírito e em verdade!Devemos ter cuidado em publicar pensamentos que causam dupla interpretação! Cabe a Deus julgar o pastor André , pois só Ele conhece o seu coração!

11 de abril de 2016 21:27 comment-delete

Voces estao todos equivocados. Me parece que estao, como sempre, pegando texto fora de contexto.
Nao verdade as duas afirmações sao verdades. A cruz revela o quão desesperadamente precisamos de Deus, mas ao mesmo tempo revela o quanto valemos para Deus. As duas afirmacões se complementam.

12 de abril de 2016 02:12 comment-delete

Obediência é maior que todo sacrifício 1 SM 15;22
Ninguém tem poder para tirar a minha vida,eu dou a minha vida e depois a tomo de volta.jo 10;17
Enquanto nós tentamos mostrar quem entende mais da bíblia alguém precisa de uma palavra de bênção,não julgo ninguém mais busco apresentar à salvação para alguém,o nome dele é Jesus.

12 de abril de 2016 17:26 comment-delete

Marcos desculpa o cara fez una afirmação estupida e sem sentido, não tem essa de que ele quis dizer sendo que o mesmo fala um monte de bobagens

12 de abril de 2016 23:36 comment-delete

Bando de bitolado ele só quiz ressaltar a morte de Cristo na Cruz por nós. Que ressalta o valor que temos.

13 de abril de 2016 11:38 comment-delete

Encontrei uma pessoa que pensa aqui rsrs

23 de abril de 2016 12:36 comment-delete

Em Mateus 7.28-29, Após Jesus discursar sobre: A proibição de julgar a outros, A perseverança na Oração, A regra de Ouro, Dois caminhos contrastados. Os falsos profetas, Profissão de Fé falsa e a Parábola dos dois fundamentos, constata-se que seus ouvintes quedaram-se maravilhados. Maravilhados, por que? Porque os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas. Esse é o grande problema de certos pregadores que ao invés de pregarem a Bíblia, ficam inventando jargões baratos, tentando implementar um sincretismo entre a Palavra de Deus e a filosofia humana, falando o que não devem. Fomentando a dúvida na mente dos neófitos na Fé.

10 de maio de 2016 11:45 comment-delete

Oque a Bíblia diz sobre a cruz? Não quero saber de opiniões de ninguém... Dos valadões e nem mesmo dos "valadetes" fãs que não questionam segundo a palavra e recebem tudo sem julgamento segundo a reta justiça.

20 de junho de 2016 13:59 comment-delete