Cantando na chuva

Por Renato Vargens


Hoje pela manhã, lembrei da cena clássica do cinema onde Genne Kelly protagonizou um dos momentos mais espetaculares da sétima arte cantando e dançando na chuva. (veja vídeo abaixo).

Pois é, a cena me fez pensar que mesmo em dias em que o céu encontra-se escuro, e as tempestades caem sobre nossas cabeças, vale a pena cantar e celebrar aquele que se encontra acima do temporal.

Caro leitor, em nossa caminhada que Deus permite com que tempestades venham sobre as nossas vidas. Ora, ninguém gosta ou sente prazer num furacão, antes pelo contrário, a tempestade nos apavora, nos amedronta. Em 2010 enquanto estava no Haiti eu experimentei uma tempestade tropical apavorizante! Lembro que o céu de uma hora para outra enegreceu de tal forma que  foi impossível não sentir medo.

Caro leitor, talvez você esteja passando momentos extremamente difíceis em sua vida, é possível  que os ventos da insegurança estejam dando com impeto contra a "copa da sua árvore"  trazendo-lhe a sensação de desespero total. Quem sabe você esteja passando por situações onde a impressão que tem é de que nunca mais desfrutará de momentos alegres e felizes?

Prezado irmão, em meio a tempestade quero incentivá-lo a nutrir o coração de esperança, bem como da certeza de que o Deus o qual servimos está acima de tudo e de todos, e que como o sol ele continua brilhando acima de nuvens e tempestades.

Isto posto, que tal celebrar àquele que vive e reina?

Pense nisso!

Renato Vargens


0 comentários: