O que penso sobre Baby do Brasil e os evangélicos que pulam carnaval

Por Renato Vargens

Eu já havia escrito sobre as discrepâncias promovidas pela "popstora" Baby do Brasil. (leia aqui

Hoje, um ano depois, volto a escrever sobre cantora brasileira que resolveu tocar no periodo do carnaval em um trio elétrico animando os seguidores de momo.

Numa entrevista fornecida ao G1, A cantora gospel afirmou ser a "Matrix de Deus". Além disso, ela é também disse que o "Carnaval é uma coisa muito louca."

A cantora voltará a capital baiana para tocar músicas próprias e sucessos dos Novos Baianos, grupo que integrou e ajudou a fundar na década de 1970. Clássicos como "Menino do Rio", "Telúrica", "Sem pecado e sem juízo", "Todo dia era dia de índio", "Tinindo Trincando" e "Barrados na Disneylândia" estão na lista.

Pois é, o que me assusta é que tem gente que não vê nada de mais nisso. Para muitos, a cantora "evangélica" está certíssima em "pregar" Cristo na festa da carne, mesmo que com isso, tenha que negociar valores cristãos e bíblicos. 

Caro leitor, à Luz das Escrituras afirmo que do ponto de vista bíblico não existe compatibilidade entre luz e trevas, santidade e mundanismo,  Cristo e satanás.

Como escrevi anteriormente não vejo base bíblica para o crente pular carnaval. (leia aqui) e os que o fazem, demonstram assim não conhecer os pressupostos bíblicos quanto a relacionar-se com o mundo.

Isto posto, afirmo sem a menor sombra de dúvidas que Baby do Brasil e todos aqueles que aderiram a festa de Momo, estão equivocados em participarem de um evento que em muito se contrapõe a Palavra do Senhor.

Encerro este post com uma frase do meu amigo Judicley Santos:

"A capacidade humana de justificar os seus pecados deixa os demônios orgulhosos e os anjos escandalizados."

Pense nisso!

Renato Vargens

21 comentários:

Caro pastor Renato, o senhor foi até educado ao colocar no título "o que penso sobre Baby do Brasil e os evangélicos que pulam no carnaval", pq nesse caso eu particularmente me recuso a pensar.

Tá bagunçado demais esse mundo.

Maranata, ora vem Senhor Jesus!

21 de fevereiro de 2014 11:27 comment-delete

Pr. Renato,

minha igreja possui um "bloco" de carnaval, onde saimos para evangelismo nos dias de carnaval, pois ja foi época de cristão terem medo de estar no Rio no período da "festa da carne" se escondendo em retiros, creio que a palavra deve ser levada sem alterações, mas se pode utilizar diferentes meios, vale ressaltar que o bloco da minha igreja, não acompanha outros e "desfila" sozinho, a ideia é realmente chamar atenção e existe uma equipe de obreiros, diáconos, jovens que vão pelas ruas evangelizando, e temos verdadeiras conversões todos os anos, tendo em nosso rol de membros e obreiros, pessoas que conheceram a Jesus em um desses evangelismos estratégicos! tendo reuniões nesse período também em nossa igreja local, não são apenas os "bloco" que saem durante dois dias da conferencia que dura 5 dias! concordo com o que o senhor diz a respeito de não nos misturar com as trevas, Obrigado pelos posts que tem me edificado, abençoado minha vida e levado o verdadeiro evangelho para os cristãos!

ps. onde consigo comprar seus livros? (fisicamente)

Graça e Paz.

21 de fevereiro de 2014 11:42 comment-delete

Bom Dia!
Concordo com você em relação a postura da "popstora" que em meu ponto de vista é mais uma aproveitadora do mercado evangélico que a meu ver também é ridículo.
Mas um ponto que o senhor tocou me chamou a atenção pois não temos de fato base bíblica para pular carnaval, mas também não temos base bíblica para comemorar natal, para assistir TV e para muitas outras coisas que fazemos, inclusive, no dia-a-dia e nem por isso é uma pratica errada.
É correto minha afirmação ou estou equivocado em relação à isso?

21 de fevereiro de 2014 11:45 comment-delete

Pastor ficou muito claro i texto, mas o que pensa a respeito de ministérios que promovem evangelismo no carnaval, em lugares de grande concentração de gente como Ouro Preto, Olinda, Salvado? Obrigado

21 de fevereiro de 2014 11:59 comment-delete

Luciano,

Sou contra! Não são ações deste nipe que promovem conversão nos incautos e sim a pregação do evangelho.

Do ponto de vista bíblico isso é mundanismo.

Abraços,

Renato Vargens

21 de fevereiro de 2014 12:03 comment-delete

Querido Pr. Renato Vargens. Concordo plenamente com tua opinião. Esse tipo de situação dentro da Igreja evangélica a torna cada vez mais parecida com o mundo e não com Cristo. A igreja tem muitas maneiras e formar de evangelizar, mais sadias. Será que daqui a pouco algumas igrejas vão desfilar em alguns lugares com rifles e outros tipos de armas a fim de evangelizar os bandidos? Será que vai se vestir com roupas de cultos afro-brasileiros para evangelizá-los? Será que vai de vestir de muçulmanos para evangelizá-los? Acho que é hora de acordar e não seguir os que querem, simplesmente, chamar a atenção. Que o Senhor nos abençoe e nos livre desse tipo de comportamento.

21 de fevereiro de 2014 12:31 comment-delete

Em Ouro Preto tem o bloco Jesus bom a beça, já participei é maravilhoso, não pulamos carnaval saimos cantando Jesus. A noite saimos para evangelizar e muitos se convertem. De madrugada é resgatados aqueles que estão jogados na rua por causa da bebida e cuidamos deles. Ali apresentamos o evangelho, o amor a justiça e a misericórdia. Isso mesmo seja contra! Não sou contra aos retiros no carnaval, querem cuidar da alma deles! Mas prefiro mil vezes sair pelas ruas de Ouro Preto e pregar a Jesus para aqueles que acham que são felizes em 4 dias apenas. Muitos ali iam se matar, mas ouviram sobre o amor de Deus em seu Filho Jesus, e largaram o carnavale hoje vivem para o Reino de Deus,meninas que se prostituiam e agora buscam a santidade , pois conheceram Aquele que é Santo! Somos mundanos então? Você já participou em Ouro Preto? Se não, não fale do que não sabe! Sempre te respeitei e vou continuar te respeitando.

21 de fevereiro de 2014 13:05 comment-delete

Pois eu sou cristão, presbiteriano e vou pular o carnaval! E tem mais, o pulo vai ser gigantesco! Vou pro acampamento na próxima quinta feira dia 27/2 e só volto dia 10/3. Vai pular essa semana toda! Essa semana vai ser "pulada"! kkkkkk

21 de fevereiro de 2014 15:41 comment-delete

concordo plenamente com o texto, em vez de pular carnaval venham aprender a palavra de Deus na consciência cristã em Campina Grande PB, será muito melhor para edificação espiritual.

21 de fevereiro de 2014 15:52 comment-delete

Penso que há casos e casos. No caso em discussão, sobre a Baby do Brasil, de fato está totalmente em desacordo com as escrituras. Porém, não conheço o bloco mencionado pelo Orvalho, da cidade de Ouro Preto.

Lembro do que Paulo diz: "Que se fez de Judeu, para com os Judeus".
Será que Paulo não ia as sinagogas com os Judeus?
Será que ele não se infiltrava para ganhar confiança deles, afim de ter oportunidade de pregar o evangelho?

Contudo, uma coisa é certa: " Não podemos usar desta desculpa pra alimentar a carne, pra lembrar do Egito".

Acredito que há outros meios de evangelizar, sem necessariamente criar um bloco de carnaval, que nada tem haver com evangelho. Podemos nos infiltrar pra evangelizar? sim. Contudo, sou contra criação de blocos de carnavais pra isso.

21 de fevereiro de 2014 16:26 comment-delete

Prezados,

Acabei de escrever um texto sobre blos carnavalescos evangélicos. Os que desejarem ler é só clicar no link abaixo:

http://renatovargens.blogspot.com.br/2014/02/o-que-eu-penso-sobre-os-blocos.html

Renato Vargens

21 de fevereiro de 2014 17:22 comment-delete

Pastor Renato, graça e paz do Senhor!

Ótima abordagem! Graças a Deus que, no Brasil, dispomos de homens que se levantam contra o pecado, identificando-o, denunciando-o e condenando-o à luz do texto sagrado.

"E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as. Porque o que eles fazem em oculto, o só referir é vergonha" (Efésios 5.11-12).

Forte abraço!

João Paulo

21 de fevereiro de 2014 18:20 comment-delete

A cada dia que passa minha convicção se fortalece de que tomei a mais sábia decisão ao ABANDONAR DEFINITIVAMENTE essa bagunça chamada evangelho e suas igrejas-negócio.

21 de fevereiro de 2014 19:46 comment-delete

Este comentário foi removido pelo autor.

21 de fevereiro de 2014 20:59 comment-delete

Pastor Renato Vargens, sábias palavras!! Que o Senhor o capacite cada dia mais!

21 de fevereiro de 2014 21:26 comment-delete

aí meu amigo na minha opnião isso é um pretexto para poder estar lá..carnaval é um festa diabólica o nome ja diz tudo!!! nada a ver, existe varias outras formas de se pregar a palavra de Deus sem ser preciso se misturar a essa roda de escarnecedores!!!

21 de fevereiro de 2014 23:30 comment-delete

É hoje em dia para muitos não tem nada haver quero ver no grande dia esse tal de nada a ver sabe de uma coisa a VAI PARA O INFERNO.luz é luz trevas e trevas pronto falei.

22 de fevereiro de 2014 01:00 comment-delete

VAI SE CONVERTER, "APÓSTOLA" BABY DO BRASIL!!!!
Mais uma vez não vou ter a oportunidade de ir para Guaramiranga no Carnaval.
Mas, Amém. Glória a DEUS assim mesmo.
VAMOS NOS CONVERTER!!!!

Ao invés de ficarem atirando pedras ao vento e em qualquer um que ouse contrariar os interesses da doutrina humana cristã, porque não atentam para o que foi dito pelo Filho de Deus e está transcrito em Mateus 23 e 24"..Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que fechais aos homens o reino dos céus; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando.

29 de junho de 2014 02:55 comment-delete

Temos base bíblica sim, sobre todas estas coisas que você menciona e tudo mais, e é bem simples "Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. Mateus 22:21....O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui. João 18:36" Portanto vos digo que as coisas deste mundo pertence a este mundo e não ao outro, sendo licito todas as coisas, mas devendo por sabedoria advinda do Espirito Santo de Deus escolher as que lhe convenha. Então é licito sim, ter um carro, uma casa para morar, uma tv para assistir, uma feta para festejar(carnaval, natal, dia dos pais, aniversário, casamento, futebol, etc...) até por que, "Yeshua Ha Mashiach Ben Yosef" (vulgo Jesus "o nazareno") é o que mais festejou segundo a biblia"Veio o Filho do homem, que come e bebe, e dizeis: Eis aí um homem comilão e bebedor de vinho, amigo dos publicanos e pecadores. Lucas 7:34" Por tanto amigo Felipe, o errado não é o que fazem para si mesmo, pois isto quem mudará ou não é o Espirito Santo de Deus, que agirá no coração e na razão, errado é o que fazemos aos outros, mas não cabe a nenhum de nós, muito menos aos que tem títulos dados por homens, quer sejam pastores, bispos, sacerdotes ou qualquer outro, dizer que isto ou aquilo é certo, ao contrário, cabe a estes orar ao Pai, para que envie o seu espirito para revelar aos corações a sua vontade, Sendo licito a alguns beber e a outros não, a uns festejar e a outros não, a alguns fazerem gerras e a outros não...

29 de junho de 2014 03:21 comment-delete

Precisa pregar o evangelho so nos dias de carnaval? O ano tem tantos outros dias, concordo com o Adriano isso eh pretexto de vcs. Td isso eh vontadr de pular tbm, nao misture o santo com profano

8 de março de 2016 19:40 comment-delete