Mas tudo passa, tudo passará

Por Renato Vargens

A frase que dá título a este post ficou famosa numa canção de Nelson Ned que faleceu aos 66 anos de idade.

Pois é, tudo passa não é verdade? A vida passa com um rapidez enorme e sem a gente se dê conta, os amigos, os familiares, os parceiros se foram. Conheço pessoas que já perderam pais, cônjuges, filhos e amigos e que podem testemunhar que a vida realmente passa.

A efemeridade da  existência humana  sempre me faz lembrar da atriz Dercy Gonçalves que morreu aos 101 anos.  Alguns anos antes de morrer, a famosa atriz em uma apresentação no teatro disse. "A vida sempre foi maravilhosa, pena que está acabando."

A  vida acaba não é verdade? Ainda que se viva 101 anos, a vida termina. Pensei nisso, ao receber a notícia da morte de Nelson Ned.  

Prezado amigo, como já escrevi inúmeras vezes tudo nesta vida é incerto e passageiro. Ela passa com uma rapidez enorme e numa velocidade espantosa. Por acaso você já parou para pensar que a vida que Deus nos deu é como que um sopro diante da eternidade?

Caro amigo, a vida é efêmera, cuide bem dela, arrependa-se de seus pecados e converta-se a Cristo, porque amanhã Deus poderá lhe chamar.

"Atendei agora, vós que dizeis: hoje, ou amanhã, iremos para a cidade tal, e lá passaremos um ano, e negociaremos e teremos lucros. Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois apenas como neblina que aparece por instante e logo se dissipa. Em vez disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos como faremos isto ou aquilo. Agora, entretanto, vos jactais das das vossas arrogantes pretensões. Toda jactancia semelhante a essa é maligna. Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz, nisso está pecando" (Tg 4: 13-17)

Pense nisso!
Renato Vargens

3 comentários:

muito bom,edificante.

6 de janeiro de 2014 11:56 comment-delete

Verdade! Ouvi em uma entrevista com o grupo Titãs que eles só começaram a dar valor a coisas que realmente tem valor após a morte do guitarrista Marcelo Fromer. As vezes penso: "Quanta coisa na vida eu deixei pra depois". Abraço amigo.

6 de janeiro de 2014 16:45 comment-delete

Perfeito Pastor.
Estamos aguardando ansiosos sua chegada aqui no Recife.
Grande abraço e seja bem vinda a Veneza Brasileira.
Samuel Alves

7 de janeiro de 2014 04:24 comment-delete