Espanhola disse: Por que demorei tanto tempo para conhecer a Cristo?

Por Renato Vargens

Eu, Sérgio e Maria Dolores
Hoje tive o privilégio de conhecer dois novos cristãos. Seus nomes Maria Dolores e Sergio, moradores de Moura um "Pueblo" com mais de 1200 anos de história. Pois bem, até aí tudo bem, o inusitado disse tudo é o fato de que eles talvez sejam as primeiras pessoas a terem sido salvos por Cristo naquela cidade.

A experiência de conversão de Maria Dolores foi espetacular. Criada num contexto católico de muita idolatria, Dolores como boa parte dos Espanhóis considerava os evangélicos como membros de uma seita não cristã. Todavia, ao ouvir as Boas Novas da Salvação por parte de uma missionária brasileira radicada na Espanha, ela não teve dúvidas em confessar os seus pecados e entregar sua vida a Cristo.

Ao conversar com ela sobre sua conversão, Dolores me disse: "Por que eu não soube disso antes? Por que demorei tanto para conhecer a Cristo?" 

Pois é, infelizmente não tive o que responder a ela. Na verdade, me calei omitindo a triste verdade de que nós cristãos brasileiros estamos muito mais preocupados com as bênçãos de Deus do que fazer missões.

Diante de fatos como o narrado torna-se impossível esquecer-me das palavras do Apóstolo Paulo que dizia:

“Como Ouvirão se não há quem pregue?”


Prezado amigo, o que temos feito diante da idolatria que tem levado ao Inferno um número incontável de espanhóis? O que a Igreja brasileira tem feito em prol de uma Europa morta em seus delitos e pecados? Temos anunciado o Evangelho de Cristo Jesus, ou vivemos preocupados com a nossa satisfação e realização pessoal?

Amados, não nos esqueçamos que os campos estão prontos, Deus nosso Senhor nos redimiu e nos comissionou a noticiarmos as boas novas da salvação a todos quanto pudermos! É imprescindível que apregoemos a esta geração a verdade absoluta de que "há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem" (1Tm 2:5), e que "não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos" (At 4:12).

Os homens não necessitam da intercessão de Maria ou de quaisquer santos, nem tampouco tem eles poder para tal. A obra de Cristo é suficiente para a nossa salvação. Maria e todos os demais herois da fé só puderam ser salvos pela graça e mediação eficaz do nosso Senhor. 

Maria Dolores e Sérgio antes estavam presos aos rudimentos do catolicismo medieval que os escravizava a ponto de viverem uma vida desprovida de Salvação, todavia, agora, por graça, mediante sua fé em Cristo tornaram-se nossos irmãos.

Outro fato interessante é que ao saberem que um pastor brasileiro estava em seu país, ambos saíram de sua cidade, 40 quilômetros de onde estou hospedado para ouvirem a Palavra de Deus. Ao encontrá-los pude testemunhar aquilo que o Senhor havia feito em seus corações. Pela misericórdia do Eterno, eles tinham sido regenerados pelo Espírito Santo.

Em nossa conversa perguntei sobre sua igreja e ela prontamente respondeu: Não tenho pastor. Na minha cidade não existe igrejas evangélicas.

Caro irmãos, confesso que a fala de Dolores não sai da minha cabeça. 

Verdadeiramente os campos estão brancos e esse é o tempo de anunciarmos o Evangelho.

Solus Christus

Renato Vargens

0 comentários: