Namorados que se masturbam cometem pecado?

Por Renato Vargens

Eu nunca fui para a cama com o meu namorado. Nós não fazemos sexo com penetração, o problema é que as vezes nós nos masturbamos por acaso será isso um pecado? 

Por mais incrível que possa parecer essa tem sido a pergunta de muitos jovens cristãos. Na verdade, nossas igrejas estão repletas de jovens que masturbam-se mutuamente acreditando que com isso não estão pecando contra Deus. Eu mesmo já ouvi algumas pessoas dizendo que se não houver penetração, vale qualquer coisa. 

Caro leitor, ainda que as Escrituras em nenhum momento trate da masturbação, por razões claras e obvias todos aqueles que se masturbam pecam contra o Senhor, isto porque,  a prática de estimular o próprio órgão sexual ou do namorado afronta o padrão de moralidade e decência estabelecido pelo Criador. Ora, a Bíblia é extremamente clara em afirmar que o prazer do sexo pertence exclusivamente aos casados e que aqueles que desfrutam de relacionamentos sexuais fora do casamento pecam contra Deus.

Outro fato importante é que nunca soube de ninguém que se masturbasse sem que contudo cobiçasse  outra pessoa.

Prezado amigo, cobiçar o namorado ou a namorada constitui pecado e imoralidade. Se não bastasse isso, o namorado que estimula sexualmente a namorada e vice-versa, defrauda o seu irmão em Cristo tomando para sim algo que ainda não lhe pertence.

Isto posto, afirmo sem titubeios que toques, intimidades e liberdades sexuais segundo as Escrituras é um direito exclusivo dos casados, portanto, se você é daqueles que ultrapassa os limites estabelecidos por Deus em sua Palavra,  desobedece as orientações do Senhor trazendo sobre si a condenação.

Veja abaixo alguns versos bíblicos que tratam sobre a imoralidade sexual:

"...mas, por causa da imoralidade, cada um deve ter sua esposa e cada mulher o seu próprio marido." 1 Coríntios 7:2

"Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também de nenhuma espécie de impureza e de cobiça; pois essas coisas não são próprias para os santos."Efésios 5:3

"Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria." Colossenses 3:5

"Também não se arrependeram dos seus assassinatos, das suas feitiçarias, da sua imoralidade sexual e dos seus roubos." Apocalipse 9:21

"Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos,, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus." 1 Coríntios 6:9-10

"Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem..." Gálatas 5:19

"Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também de nenhuma espécie de impureza e de cobiça; pois essas coisas não são próprias para os santos. Não haja obscenidade, nem conversas tolas, nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas, ao invés disso, ações de graças. Porque vocês podem estar certos disto: nenhum imoral, ou impuro, ou ganancioso, que é idólatra, tem herança no Reino de Cristo e de Deus." Efésios 5:3-5

"A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa..."1 Tessalonicenses 4:3-4

“Amados,peço-vos, que abstenhais das concupiscências carnais que combatem contra a alma; Tendo o vosso viver honesto entre os gentios; para que glorifiquem a Deus pelas obras que em vós observem” (1 Pe 2:11)

Renato Vargens

30 comentários:

Pastor Renato, e o namoro, tem apoio bíblico?

3 de junho de 2013 21:45 comment-delete

Muito bom pastor gostei e achei interessante, adoro seus artigos, raramente tenho alguma opnião contra o postado aqui. Deus abençoe você e seu blog!!! Sola Deo Glória!

3 de junho de 2013 21:55 comment-delete

- Muito bom, adorei achei extremamente interessante gosto muito do seu blog e raramente discordo de algum post seu, eu acho muito edificante embora dificilmente deixe algum comentário nele O.o, esse post serve de exemplo pra muitos que estão se enganando, eu aprendi que o melhor seria esperar ainda que demorasse muito, concerteza será marcante. Momentos especiais benção de Deus. Obs: Sou solteiro :D Deus abençoe .

3 de junho de 2013 21:59 comment-delete

Olá pastor, fui Líder de Jovens por dez anos e vivi a dor de muitos que lutavam contra o "problema" e quando "caíam" se sentiam sujos e indignos. Creio que a igreja tem que rever os conceitos e ao invés de "não pode" trabalhar a consciência com os motivos do "porque não deve". Infelizmente apesar de vivermos a era da comunicação, alguns líderes insistem em tratar jovens e adolescentes com métodos que negam o diálogo e a compreensão.

4 de junho de 2013 06:58 comment-delete

Cada vez que eu leio ou escuto algo sobre esse assunto (sexo), mas a minha certeza aumenta sobre o fato de ser/estar solteiro ser uma maldição. Somos criaturas sexuais, não tem jeito. Deus nos fez assim e ponto, não há o que fazer. Diante disso, eu fico pensando naquelas pessoas que por algum motivo não conseguiram casar, apesar de ter desejado isso... Imagina o que é para essas pessoas escutarem direto sobre isso nas igrejas, que sexo é um previlegio para os casados, que o casamento é uma ideia de Deus... Elas se sentem completamente FORA dos planos deu Deus para essa área. Eu sei disso por que várias pessoas nessa situação externaram esse sentimento(inclusive pessoas na minha igreja). A igreja é para casados (esse é o sentimento dessas pessoas que estão fora do padrão, ou seja casados). E não vejo a liderança das igrejas falarem sobre a situação dessas pessoas, elas simplesmente não existem... são completamente ignoradas... Na minha opinião esse é UM dos motivos do crescimento de casamentos mistos dentro das igrejas.

4 de junho de 2013 07:57 comment-delete

O problema é qualificar a imoralidade sexual. Não creio que na prostituição a que Paulo se refere, se enquadre o ato sexual entre duas pessoas comprometidas diante de Deus, ainda que em namoro. Quando Paulo fala "por causa da prostituição tenha cada homem sua própria mulher, e a mulher o seu marido", Paulo está querendo identificar o problema da libertinagem, muito mais do que o da prostituição em si. Paulo recorre ao casamento pq este era o principal meio de testemunho de uma união entre duas pessoas. Ainda que não tenha a mesma força, e não tem de fato, o namoro constitui um compromisso (me refiro ao namoro entre cristãos) entre duas pessoas de buscarem um relacionamento que leve ao casamento, onde haja conhecimento, respeito, fidelidade. Qualificar o ato sexual, dentro dessa realidade como "prostituição", é um tanto pesado, pois, repito, o namoro não existia naquela época. Embora, por outros motivos vários, eu defenda que o relacionamento sexual deva ser preservado para o casamento.

4 de junho de 2013 09:49 comment-delete

Muito bem, pastor Renato, você postou sobre o tema que sugeri. Todavia, falou de maneira bem superficial sobre a auto-masturbação , que é a principal dúvida no meio evangélico (até mesmo entre os próprios pastores). Ora, a masturbação mútua é claramente pecado, nem precisamos nos alongar muito nessa discussão. A grande questão é a auto-masturbação, essa sim precisa ser debatida. Há os que defendem essa prática, e dizem que não há nada de errado nisto. Mas também temos os que satanizam a prática e dizem que os que a fazem estão condenados ao eterno quinto dos infernos (com exageros e tudo).

Já o senhor, no pouco que falou sobre o tema, me parece ter deixado claro que é contra, e que está pecando quem tal coisa pratica. Pois agora vou lhe lançar alguns pensamentos:

1 - A liberdade sexual no casamento existe pelo fato de as pessoas se tornarem "uma só carne" quando se casam, por isso podem ter liberdade uma no corpo da outra. O próprio apóstolo Paulo fala: "A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher." (1 Co 7.4). Isso ocorre pelo fato de serem casados, isto é, são uma só carne. É como se fossem um só corpo. "Como eu não poderia ter liberdade em meu próprio corpo?", esse era o raciocínio de Paulo. Da mesma forma, creio eu, os solteiros tem liberdade em seu próprio corpo para a auto-masturbação.

2 - Você certamente deve estar pensando: "mas os que se masturbam, têm pensamentos impuros de suas namoradas". Todavia, quando Jesus condenou o pensamento sexual, Ele o fez contra os homens casados, que cobiçavam outras mulheres, como fizera o rei Davi. A questão de Jesus era condenar o pensamento, para evitar que dando margem aos pensamentos se chegassem a prática do adultério propriamente dito.

Tenho muita coisa a dizer sobre esse assunto, mas para não alongar o texto, vou parar por aqui. Quando vc refutar o que disse acima, postarei mais alguma coisa.

Abraços!

4 de junho de 2013 13:36 comment-delete

A bíblia é bem clara quando diz em Gênesis 2.18: disse mais o SENHOR DEUS: não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lher seja idônea.
'não é bom', o homem pode viver sozinho, mas viver sozinho lhe causa conseqüências, DEUS é be, claro nesse verso, apenas saiba interpreta-lo!
DEUS abençoe!

4 de junho de 2013 19:27 comment-delete

Nao entendi o pq de vc ter citado essa passagem biblica, ja que eu nao usei a biblia para embasar nenhuma afirmacao. Eu relatei o que esta acontecendo dentro das igrejas. De qualquer forma ja que voce citou essa passagem, vamos la: De acordo com esse trecho da biblia, fica claro o maleficio de ser / estar solteiro (nao e bom que o homem esteja so) diante disso as pessoas nessa situacao tendem a enfraquecer, desanimar ao longo do tempo. E e aqui que esta o perigo, nao so para essas pessoas mas para a propria igreja. Nao adianta ficar batendo na tecla do espera no Senhor, sexo e privilegio para os casados. Esse discurso com o tempo nao funciona mais para essas pessoas (desanimadas tanto psicologicamente como espiritualmente). Vc disse que eu nao sei interpretar essa passagem, mas acho que vc e que nao soube interpretar o meu texto. Pq essa passagem vai de encontro com o que eu coloquei acima: nao e bom que o homem esteja so. Se nao e bom, logo o homem nao ira ficar satisfeito nessa condicao, ele nao estando satisfeito nessa condicao, ele fara de tudo para mudar (e esse tudo , e que e o problema). Quando eu digo que o problema nao e somente dessa pessoa, e pq no desencanto dela, ela pode atingir outras pessoas. Exemplo que aconteceu numa igreja: uma moca solteira, acima dos 30 anos, nao se sentia enquadrada em nada dentro da igreja dela, sofria humilhacoes por conta de ser solteira com mais de 30, etc, resultado: se envolveu com um homem casado (do ministerio da igreja), e ele deixou a mulher para ficar com ela. Por isso eu digo que essa questao , e um problema da igreja, e que nao e tratado com a devida atencao, pelo contrario. Nesse exemplo, 3 pessoas estao com as vidas comprometidas seja espiritualmente ou psicologicamente (a ex-esposa esta em depressao profunda). O que era problema de apenas uma pessoa , passou a ser de mais 2. E muito serio para a igreja ignorar dessa forma.

5 de junho de 2013 18:40 comment-delete

Faço coro aos comentários de Beth e Thiago. Já estou em idade avançada para oa padrões evangélicos de casamento. Encontro-me em depressão profunda pelo simples fato de ser solteira. Sou muito realizada na vida profissional e acadêmica mas não dei sorte no amor. A igreja é dedicada aos casados e sempre foi. Estamos (solteiros) cansados desse papo de "espera em Deus", "sexo só no casamento". Cara, não dá pra controlar seus instintos sexuais. Chega uma hora q o organismo pede sexo e vc tem q fazer um esforço do caramba, tomar banho frio de madrugada, ouvir 365 louvores pra não se masturbar e no dia seguinte mais uma batalha. Auto-masturbação é um enigma. Se masturbadores vão pro inferno, podem considerar q o céu vai ter só os profetas da bíblia mesmo! Tem mto mentiroso, desonesto por aí, mas a masturbação é tratada como desvio mental dentro da igreja, doença, delírio. Ela é pior q a mentira para a maioria dos cristãos. Logo isso q nasce conosco, é tão julgado...vem cá, se é ruim pq Deus não tira o desejo e o dá só no casamento?? Domínio próprio não se aplica a este caso. Se eu estiver com fome e me controlar pra não comer eu vou morrer. Mas pq a masturbação é tão condenada? Se eu nunca me casar vou explodir de tantos hormônios?? Sinto-me inútil por ser solteira. Só são considerados abençoados e alcançadores da promessa os q se casam. É mta dor, gente. Mto desprezo, mta angústia, mta revolta!

11 de agosto de 2013 00:54 comment-delete

Concordo. Muito bom. Pastor Renato Vargens, eu sou Rosangela, do blog Rosangela.dEle.

4 de outubro de 2013 00:34 comment-delete

Eu sempre digo: Quem diz que nunca se masturbou, das duas uma, ou é mentiroso ou tem algum problema.

4 de outubro de 2013 10:28 comment-delete

Para mim quem diz que nunca se masturbou, das duas uma, ou é mentiroso ou tem algum problema.

4 de outubro de 2013 10:31 comment-delete

Aprecio o zelo do Pastor Renato Vargens em procurar manter a santidade no meio do povo.

Todavia, precisamos encarar a realidade prática da vida das pessoas. Assim, apenas dizer que é pecado, tá proibido e ponto, está errado.

Conheci um rapaz que recebia essa mesma instrução do seu pastor e era sincero e fiel a Deus e chegou a um ponto que, para não se masturbar, enrolou todo o seu membro com esparadrapo. Ficou assim por alguns dias, mas chegou um momento que a fissura foi tão grande que ele não aguentou e no afã de se satisfazer arrancou tudo com violência e, com o esparadrapo, foi junto pele, pelo.... precisou de ajuda médica.

Outro por não conseguir se conter acabou se suicidando... fora os que saem da igreja por não conseguirem se adequar, já que não dá para ser santo, vou é aproveitar a vida antes de ir para o inferno - pensam eles, etc... etc...

Falam que não se pode masturbar pela questão do pensamento, mas é o contrário, antes de se masturbar os pensamentos já estão a mil, alimentados pelos hormônios.... A masturbação, nesse caso, vem aliviar e colocar as coisas no lugar.

A Igreja precisa ajudar a aliviar o fardo dos jovens, não a colocar mais peso ainda.

Fica a dica.

4 de outubro de 2013 10:46 comment-delete

Não. Não há apoio bíblico no namoro em si na Bíblia. Sabemos que devemos conhecer da forma mais pura a pessoa com que queremos e buscamos nos relacionar, porém, esse namoro como é pregado no mundo não está na Bíblia. As pessoas deturpam as coisas, e muitas vezes dizem que seu "namoro é santo", porém, quando analisamos de verdade, vemos que se encaixa nos mesmos padrões que a Bíblia tanto rejeita. Um irmão muito abençoado, que o Senhor já chamou para a Sua Glória Eterna, escreveu algo muito interessante sobre o tema. Quem tiver a oportunidade, vale a pena conferir... http://www.igrejaemvitoria.com.br/site/namoro.aspx

18 de outubro de 2013 02:49 comment-delete

Existe um livro, publicado por um Irmão que o Senhor Jesus tomou para si e o levou para a Glória, que fala exatamente sobre isso. É uma obra muito boa e esclarecedora, que diz com todas as letras que o namoro como é feito NÃO ESTÁ NA BÍBLIA. Não exclui a possibilidade de você conhecer a pessoa, como ele lida com a família, essas coisas, mas a forma como é praticado o namoro, esse sim não está na bíblia.

18 de outubro de 2013 02:53 comment-delete

O livro que eu falei no comentário anterior é esse, caso haja algum interesse http://www.igrejaemvitoria.com.br/site/namoro.aspx

18 de outubro de 2013 02:54 comment-delete

verdade

14 de janeiro de 2014 14:36 comment-delete

é verdade , gostei do seu comentario .

14 de janeiro de 2014 14:37 comment-delete

verdade

14 de janeiro de 2014 14:39 comment-delete

Olha, intendo o padrao moral de Deus, mas também sei que sou imundo e pecador, eu me masturbo, nao por prazer, mas minha carne e fraca, para todo lado que vejo , eu vejo mulheres mostrando suas partes, e pior as cristãs são piores, pois gostam de decotes, roupas transparentes, eu nao quero ser impocrita, ja tentei da cabo a minha vida por isso, por nao querer pecar contra Deus, pois o pecado esta no meu DNA EU QUERO fazer o bem e nao consigo, palavras bonitas que o senhor escreveu , e a que esta na bíblia, também , mas a realidade e essa, hoje e dia o SEXO esta dentro de casa na rua na tv no radio no jornal na internete o dia inteiro , me diz como fugir disso? entra no meu quarto e me trancar? falar em obedecer e facil mas na pratica, muitos mentem, so Deus sabe,

Queria poder ser Livre, mas ja tentei de tudo ,orações, monte consagração, buscar a Deus, tudo jejum , e o que posso dizer e nao foi bom pra mim, pois era como eu nao viver mais, ser um robo, uma maquina que veio ao mundo com DEFEITO, e melhor me matar,

muitos falam e bom fazer esportes, desviar a atenção, abandonar o que te faz pecar, mas uma ora o pecado vem , e So Deus pra perdoar, e nisso acho que ja estou condenado a Morte, pois o que quero e agradar a Deus mas eu so sei fazer o Errado, Odeio fingir que sou Santo, Quando na verdade nao sou , so Deus pra me perdoar de mim mesmo , so Deus ,

Queria uma Resposta Satisfatória, mas onde encontrar

13 de dezembro de 2014 17:05 comment-delete

Lala, acho que esse é o livro do qual falas: http://www.igrejaemvitoria.com.br/wp-content/uploads/2014/03/LivroNamoro.pdf

13 de dezembro de 2014 19:18 comment-delete

A Jesse Gomes embasou a afirmação dela simplesmente na Palavra escrita de Deus, e vc achou ruim ?
Creio que Deus é soberano, no meu caso, tenho 21 anos e oro e peço a Senhor uma esposa e uma família abençoada, e como qualquer outro jovem da minha idade quero e acredito que vou ter essas bençãos na minha vida, todavia como Cristo orou no Pai Nosso " Seja feita a tua vontade" , e é nesse preceito que levo mi nha vida, oro com fé pedindo uma família abençoada, todavia espero em Deus, talvez ele conceda essas bençãos ou não.
Em resumo, temos que ter fé, mas sabendo da soberania do nosso Deus.
E essa questão de irmãos que excluem a gúria por ela ser solteira, é mera questão humana, vivemos nesse mundo e vamos a igreja para amar e adorar a Deus e amar o próximo independente das circunstâncias..
Apesar de falar ser fácil, mas é a pura verdade.
A graça de Cristo esteja conosco.

20 de janeiro de 2015 20:15 comment-delete

É pecado sim sim fazer isso e pensar na menina,ou ela pensar nele já pecou
Kkkk eu não faço isso é o que eu penso.

14 de abril de 2016 16:07 comment-delete

queria muito saber,sei que blasfêmia é pecado, e sei também que se estou em duvida se pequei é porque não cometi, mas agora que sei que não o fiz devo continuar em duvida ou posso prosseguir em minha caminhada em paz? por favor me ajude.

1 de maio de 2016 11:23 comment-delete

Mas o que dizer do beijo? Em um passado próximo ele era restrito a casados. Certamente por ser uma preliminar.
Então, se beijo é certo que eu cobiço a pessoa que estou beijando.
Dessa forma, o namoro como praticamos é imoral.

30 de agosto de 2016 16:22 comment-delete

Peçamos ao pastor prolongar o assunto explicando a corte bíblica.

21 de outubro de 2016 18:15 comment-delete

Forte os comentários... Realmente falar é fácil... E geralmente quem gosta de falar sobre essas coisas são pessoas que já são casadas !! Muito mimimi... Me perdoe de coração... Lamentável muitos que casam porque não suportam mais esperar e acabam tendo um divórcio por ter um casamento precose !!!

21 de outubro de 2016 20:14 comment-delete

CasamentoS mal alicerçados.

30 de outubro de 2016 14:12 comment-delete

Verdade

30 de janeiro de 2017 19:05 comment-delete