sexta-feira, abril 19, 2013

A Igreja e a ressurreição do paganismo

Por Renato Vargens

A revista Claudia na década de 70 publicou uma reportagem no mínimo interessante. Na ocasião, uma de suas  matérias de capa  convidava as moças a manterem-se virgens até o casamento. De lá pra cá, muita coisa mudou. A desconstrução da família, a relativização do adultério, a banalização da virgindade, além da ênfase na homossexualidade tornaram-se marcas de uma sociedade que se deixou influenciar pelo pecado e seus valores destrutivos. Se não bastasse isso, a Igreja que antes cumpria o papel de ser sal da terra, preservando  a sociedade da putrefação do pecado imiscuiu-se em comportamentos  dúbios que em muito afrontam a Palavra do Senhor.

Ao ler essa afirmação  talvez você esteja dizendo consigo mesmo: Por que o mundo mudou tanto nos últimos 40 anos? Quais são de fato os reais  motivos que levaram a sociedade ocidental a comportamentos tão antagônicos aos ensinamentos cristãos? 

Pois é, na minha perspectiva nossa sociedade mergulhou num abismo sem fim e isso se deve exclusivamente ao fato que os pilares pelos quais nossas repúblicas estavam fundamentadas foram destruídos. Ora, com o avanço do cristianismo, a queda do império Romano e o abandono das práticas do paganismo, os valores comportamentais da humanidade mudaram significativamente. Mais tarde, com a o surgimento da Reforma Protestante, o mundo mudou mais ainda, passando assim valorizar, respeitar, bem como defender os ensinamentos judaico-cristãos. Todavia, nas últimas décadas os valores defendidos pelos nossos antepassados tem sido desconstruídos sistematicamente a ponto de conceitos antes inegociáveis serem relativizados pelos nossos governantes.

Isto posto, ouso afirmar que se estamos a viver dias nevrálgicos, isso se deve ao fato de que a Igreja de Cristo deixou de cumprir o papel de ser sal da terra e luz do mundo, permitindo assim com que os valores das trevas ganhem notoriedade entre os filhos de Adão.

A questão é que ao negociar os valores do reino autorizando com que o liberalismo teológico ganhasse notoriedade, sem que desse conta a Igreja permitiu com que doutrinas diabólicas minassem os ensinamentos cristãos. Nesta perspectiva, ao concordar com a relativização das Escrituras,  a igreja permitiu a médio prazo o ressurgimento do paganismo. Ora, para a nossa tristeza, o paganismo outrora subjugado pelo cristianismo acordou do sono pesado e está mais forte do que nunca.

Caro leitor, Ao escrever este texto não o faço como um fatalista que acredita que perdemos a batalha e que brevemente seremos destruídos pelos valores do paganismo. De maneira alguma! Antes pelo contrário! Creio que o Deus da história  tem o governo em suas mãos, e que absolutamente nada pode frustrar suas vontades e desígnios. Como bem afirmou o reformador alemão Martinho Lutero, até o diabo pode ser considerado servo de Deus, o que nos traz o conforto de que o Eterno usa quem quer, da forma que quer e do jeito que quer. Ora, o fim da história já foi escrito e segundo as Escrituras o Leão da Tribo de Judá é o único e Soberano vencedor.

Isto posto, resta-nos portanto confiar em Cristo além é claro de rogarmos ao Senhor que tenha misericórdia da nossa nação concedendo-nos um avivamento. Sim! Eu creio num avivamento! Eu acredito piamente que se confessarmos os nossos pecados, chorando pelos que se perdem,  voltarmos as Escrituras, servindo ao Senhor e a sua Palavra, poderemos experimentar um avivamento sem precedentes em nossa nação! E se Deus avivar o Brasil, os pecadores serão salvos e o nosso Senhor glorificado.

Pense nisso!

Renato Vargens




juca disse...

estou firme em pregar a Jesus como unico suficiênte exclusivo e eterno slavador. agora mais do que nunca, quero te agradecer Pr. Renato Vargens por tamanha inspirição que o Eterno tem trazido a sua vida...
o Sr. é inspiração para minha vida, muito obrigado..

Joelson Peruggia (jucaperuggia@hotmail).

BiBi Teó disse...

de vez enquando leio seus textos, feliz em achar coisa que presta,são palavras concientes tá claro pra mim que é por ai mesmo que só nos resta confiar nos planos Deus e orar..

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only