Essa noite eu tive um sonho lindo!

Por Renato Vargens

Essa noite eu tive um sonho lindo!

Sonhei, que os apóstolos brasileiros tinham se arrependido de suas heresias e regressado a ortodoxia das Escrituras.

Sonhei que o movimento gospel definitivamente tinha acabado e que os shows protagonizados pelos artistas evangélicos tinham deixado de assistir e que agora em diante todos os cantores cantavam para a glória de Deus.

Sonhei que a Igreja Brasileira tinha se unido em torno de Cristo e que doutrinas secundárias não nos dividiam mais.

Sonhei que as canções entoadas por nossos cantores eram exclusivamente cristocêntricas.

Sonhei que a Igreja Brasileira estava envolvida com missões, e que por amor a Deus, as mais variadas denominações enviavam missionários as nações.

Sonhei  que as teologias da prosperidade e confissão positiva tinham se extinguido e que os crentes em Jesus não deceretavam mais bênçãos e vitórias em seu cultos.

Sonhei que os atos proféticos foram abandonados pelos pastores e que os cristãos se contentavam agora em viver para a glória de Deus.

Sonhei que a Igreja do Senhor se preocupava com os pobres e miseráveis, auxiliando órfãos e viúvas, amando os que sofrem, cuidando com esmero de suas vidas, saúde e família.

Sonhei que todo e qualquer tipo de fã clube evangélico fechou as portas, encerrando suas atividades de idolatria.

Sonhei que as igrejas priorizavam a pregação da Palavra e que as Escrituras Sagradas eram a nossa única e exclusiva regra de fé.

Sonhei que os pastores abandonaram as técnicas de psicanálise em detrimento a exposição das Escrituras.

Sonhei que os pastores abandonaram as mensgens de autoajuda e passaram a pregar TOTA Scriputura.

Sonhei que adolescentes e jovens buscavam ao Senhor não por entretenimento, mas por reconhecimento a sua grandeza, amor  e soberania.

Sonhei que as famílias cristãs eram fortes e que os casais eram fieis uns aos outros e que o divórcio era comportamento inexistente.

Pois é, de repente acordei e vi que tudo não passava de um sonho de uma noite febril da verão.

Com lágrimas nos olhos,

Renato Vargens

6 comentários

  1. Martin Luther King tinha um sonho que, considerando a situação de seu tempo, podemos dizer que se tornou realidade. O seu sonho pode e deve se tornar realidade. O tabernáculo de Davi ainda vai ser completamente reerguido.

    ResponderExcluir
  2. Pena que seja apenas um sonho. E que não existam grandes possibilidades de se realizar. Porque essa turminha toda que o senhor citou, lamentavelmente, não vai querer se consertar com DEUS.

    VAMOS NOS CONVERTER!!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu também tenho esse sonho...mas, ao acordar, passo a ter pesadelos: Diante da tv escritura e dos shows apóstolos vejo que a igreja evangélica está se tornando "covil de salteadores"!

    ResponderExcluir
  4. ... Continuemos sonhando, pastor Renato.
    Que possamos viver na vida real aquilo que sonhamos para a maioria.
    Graça e paz!

    ResponderExcluir

Caro leitor,

(1)Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se. (2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, a única coisa que não aceitarei é esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor. Querendo aprender sobre o direito de julgar, leia estes artigos:

Não julgueis para que não sejais julgados. Como é isso?

Julgando os críticos ou criticando os juízes?

O conselho de Gamaliel e o pensamento Cristão

Nele,

Renato Vargens