Confissão pública: Eu aderi a doutrina do decreto espiritual

Por Renato Vargens

Caro leitor, preciso confessar que aderi a doutrina do decreto espiritual. Sim essa é a mais pura verdade! Eu agora sou um decretista!

Eu decreto que sou pecador, um miserável e pobre pecador.

Eu decreto que não possuo direito algum, e que se não fosse Cristo ter me amado primeiro eu jamais teria me voltado para ele.

Eu decreto minha eterna gratidão por aquilo que fez na cruz do calvário em favor dos salvos.

Eu decreto minha dependência de Cristo. Reconheço que a minha vida está em suas mãos, bem como, minha família, sonhos, projetos, igreja e ministério.

Eu decreto minha insignificância, bem como humilhação diante daquele que reina Soberanamente.

Eu decreto minha limitação quanto ser humano e que não possuo poder nem direito de ordenar ao Todo-Poderoso que intervenha em meu favor.

Eu decreto minha incapacidade de dar ordens a anjos, visto que este atributo pertence exclusivamente ao Senhor que fez os céus e a terra.

Eu decreto que Nele me movo, existo e vivo e que sem Ele, nada sou, nada possuo e nada tenho.

Eu decreto que nada sou, nada sei e que em virtude disso não possuo o  direito, muito menos o poder de dar ordens a Deus, determinando aquilo que tem que fazer.


"Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém." ( Rm 11:36)

Renato Vargens

6 comentários:

Olá Pastor Renato!
O senhor acabou com a doutrina do decreto, eles não querer saber disso.
É o fim do Diário Oficial Gospel.
Abraços, permaneça na Paz de Cristo.
Adão Marin

21 de maio de 2012 11:03 comment-delete

Olá Pastor Renato!
O senhor acabou com a doutrina do decreto, eles não querer saber disso.
É o fim do Diário Oficial Gospel.
Abraços, permaneça na Paz de Cristo.
Adão Marin

21 de maio de 2012 11:03 comment-delete

A paz, pastor, tenho acompanhado seu blog, apouco tempo, admiro suas posicoes, e gostaria que nos falasse a sua opiniao a respeito do calvinismo, arminianismo, tenho grande duvidas a esse respeito e tem muitos que defendem aferro e afofogo, como acho sua posicao centrada, peco que nos fale ou indique algum texto. Obrigado christan silva

Anônimo
21 de maio de 2012 12:23 comment-delete

Paz Pr.Renato,
Quero dizer que posso, também, decretar que os pastores, serão pastores, que terão cheiro de ovelha, deixarão 99 para resgatar uma, que adorarão ao Deus do céu, e não, o humbigo na terra; isto declaro, pra minha vida em nome de Jesus!

Obrigado, por compartilhar.

21 de maio de 2012 14:03 comment-delete

Amém, pastor!!!! Eu também!!!!

VAMOS NOS CONVERTER!!!!

21 de maio de 2012 21:04 comment-delete

Excelente!!!!!

29 de janeiro de 2014 10:04 comment-delete