sexta-feira, julho 08, 2011

Eu acredito na familia doriana.

Por Renato Vargens

O ativista  Beto de Jesus que é secretario para América Latina e Caribe da ILGA - International Lesbian and Gay Assotiacion e membro da Executiva da ABGLT - Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, travestis e Transexuais afirmou que a familia do tipo Doriana, composta por, papai, mamãe, filhinho, filhinha, já não existe mais e que o conceito de familia portanto deve ser reavaliado.

Caro leitor, Deus criou a família. As Escrituras afirmam categoricamente que foi o Senhor quem instituiu as relações familiares. Ora, do ponto de vista bíblico, a família começa com o casamento. Ao criar Adão e Eva, Deus  revelou seu plano básico para o homem: "Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne" (Gênesis 2:24). Este plano é claro! Um homem ligado a sua mulher, numa relação indissolúvel, vivendo juntos, gerando filhos, desfrutando do prazer de se viver em família. 

Ao contrário de Beto de Jesus, eu acredito na Familia Doriana. Apesar das idiossicrasias e incongruências do ser humano, eu acredito que seja possível viver plenamente em familia. Ora, o Evangelho de Jesus e as Escrituras nos trazem principios que se observados podem contribuir significativamente para saúde do individuo e da familia. 

Eu acredito na conversão dos pais aos filhos e dos filhos aos pais. Eu acredito no perdão, no amor desinteressado, na gargalhada apaixonada, na mesa farta de sorrisos e brincadeiras, nas lágrimas de companheirismo, nos abraços e afagos de quem  vive para amar. Eu acredito no diálogo entre pais e filhos, nos encontros e desencontros em volta da mesa, nas lembranças e sonhos que povoam o coração, no carinho, no beijo, na compreensão entre marido e mulher, no respeito entre pais e filhos. 

Prezado amigo, nosso país está repleto de familias "a la doriana". Do Oiapoque ao Chuí, existe um número incontável de lares que foram impactados pelo Evangelho da Salvação Eterna, fazendo  com que os que neles vivem experimentem de fato a verdadeira felicidade!

Louvado seja Deus por sua bondade e graça!

Renato Vargens

Pr. Matias disse...

Eu ainda acredito... O medo é que tudo isso parece se esvair com tempo... Cabe a nós, Igreja, continuarmos lutando...

Jonis disse...

Bom dia.

É Pr Renato, o triste é que tem gente que pensa assim - como o tal do Beto que não é de Jesus, ainda -, mesmo vivendo em família Doriana. Achei engraçado o comentário de uma conhecida minha que afirmou que as novelas mostram a vida como ela é. Afirmei que a novela tenta, e tem conseguido, fazer as pessoas acreditarem nisso, mesmo ela sendo heterossexual, vivendo um matrimônio saudável e feliz.
Infelizmente, poucas pessoas querem enfrentar as loucuras propostas pelo mundo.

El Misionero Matsuura Junichiro disse...

Como???? Beto de Jesus???? De Jesus???? Tem certeza???? Esse camarada deveria se chamar Beto do Diabo. Ou Beto de Satanás. Ou Beto de Belzebu. Ou Beto de Lúcifer. Ou Beto do Capeta. Ou Beto do Capiroto.
É uma BLASFÊMIA colocar o nome de Jesus, ainda que como sobrenome, nesse sujeito.

El Misionero Matsuura Junichiro disse...

Eu também acredito na Família Doriana!!!!

DORIANA FAMILY RULES!!!!

Carol Balan disse...

Eu também acredito na família Doriana! Não só pela formação da família, mas também pelos momentos felizes onde a família está reunida e que são cada vez mais raros nos tempos atuais.

... disse...

Um pequeno detalhe para quem defende a família Doriana: Família Doriana não tem negros em seus comerciais.

... disse...

Nas campanhas de Doriana as famílias são sempre loiras.

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only