Rick Warren e a doutrina da eleição incondicional.

Neste trecho da entrevista realizada por John Piper com Rick Warren, este responde a perguntas sobre a soberania de Deus na salvação do homem.

Em breve publicaremos outros trechos, nos quais Warren se posicionará sobre doutrinas como a expiação limitada, a graça irresistível e a perseverança dos santos.


8 comentários:

Quem quer saber sobre Rick? Esses vídeos são bons apenas pq tem o Rick para atrair os peixes (não cristãos) e o John para lhes pregar o evangelho.

21 de junho de 2011 20:49 comment-delete

Sei não.

Não sei de nada.

Ainda conheço muuuuuuito pouco.

Mas sei que o John Piper prega o Evangelho. Puro e simples. Gosto muito de suas pregações e as aplico no meu cotidiano.

Shalom!

21 de junho de 2011 21:30 comment-delete

Renato, embora os vídeos da série pareçam interessantes, não creio num Rick Warren calvinista. Talvez passarei a crer quando ele vier a público e refutar seus próprio livros pragmáticos e antibíblicos. Essas entrevistas estão cheirando a tentativas do Piper de "reaver" seus adeptos (não é a expressão correta, mas devido à queda de honras que ele teve depois de convidar o Warren pra conferência, é o que aparenta) e tirar sua imagem de associação com alguém com doutrinas bíblicas detupardas.

Grande abraço!

Filipe Luiz C. Machado
www.2timoteo316.blogspot.com

21 de junho de 2011 22:35 comment-delete

Pastor Sidinei. O irmão Piper é uma benção e o mano Rick, sinceramente, não conheço muito, mas sei que é bem famoso também. O fato é que no vídeo acima nada propiciou a forma arrogante e preconceituosa de falar utilizada pelo senhor. Talvez devesse aprender com o mano Jonh um pouco mais sobre como ser mais amoroso e sábio nessas questões... Não estou simplesmente reclamando do senhor, apenas estou dizendo como um irmão seu que lhe ama e quer o bem do Corpo de Cristo que muito frequentemente a língua tem o poder de ser um instrumento de destruição (ver: Tiago), quando isso poderia ser claramente evitado. Costumo dizer, se não edifica, não transmita. Paz e graça!

Observe o exemplo do comentário do mano Filipe, por exemplo. Ele também criticou o Warren, mas fundamentou melhor sua fala, além de não ser grosseiro na forma da mesma.

Pelo vídeo, como calvinista que sou, vejo em Warren uma compreensão que falta, infelizmente em muitos manos calvinistas. Contudo, não enxergo incoerências em sua fala, biblicamente falando. A Bíblia é assim mesmo: em um versículo Deus nos elegeu, em outro versículo ai de nós se não porfiarmos por andar no caminho estreito. "Quem lê entenda".. rs Acho que pelo vídeo, parece que o Warren entendeu..

21 de junho de 2011 22:56 comment-delete

Muito bom o vídeo e o blog, Renato. Já to te seguindo no twitter. Farei o mesmo no blog! ;-)

21 de junho de 2011 22:57 comment-delete

Sou apreciador de John Piper, mas sinceramente ainda não entendi a razão do seu grande esforço por redimir Rick Warren no meio reformado. Se o Rick Warren é aquele politicamente correto como conhecemos, quem garante que suas declarações neste vídeo não são mais uma tentativa de agradar aos gregos e aos troianos? Visto que noventa minutos de vídeo será difícil de redimir um ministério inteiro de contradições. Gostaria de ver um Rick Warren sem a sombra do Piper, sem suas dicas, escrevendo e vivendo conforme a fé reformada que ele disse crer. Discordo do Piper quando diz que Rick Warren é o pastor mais influente do mundo. Influente para quem e onde? Como missionário já vivi em quatro continentes e nunca vi tamanha influência. É a velha mania americana de achar que os EUA é o mundo, francamente! Luis Branco

22 de junho de 2011 11:57 comment-delete

Perdoem-me por escrever novamente, apenas gostaria de indicar um blog, com um comentário do Dr. Michael Horton sobre as 'posições calvinistas" do Rick Warren: http://apprising.org/2010/04/01/dr-michael-horton-on-the-chameleon-like-rick-warren/

22 de junho de 2011 12:26 comment-delete

Mais importante do que ser calvinista, arminianista, ou sei-lá-o-quê, é ser cristão. E isso, Rick Warren, definitivamente, NÃO É!!!!

30 de agosto de 2011 16:58 comment-delete