sexta-feira, abril 29, 2011

Sex shop e Swing gospel era o que faltava.

Por Renato Vargens

O portal O Galileo anunciou em seu site o mais novo empreendimento gospel. A nova empreitada se constitui na criação de um Sex shop, onde além de oração,  cliente pode encontrar brinquedos  e estimuladores sexuais cristãos. O site pioneiro “Book22.com” começou em 2008. A proprietária, Joy Wilson, disse em entrevista ao site religioso “NPR.com” que ao procurar alguns brinquedos pela internet para melhorar a vida entre quatro paredes com o seu marido, ambos se depararam com pura pornografia. Não era isso que procuravam: “Fiquei muito surpresa que era tão ruim”. Por isso, ela resolveu começar seu próprio sex shop "livre de pecados". O site comercializa livros, brinquedos e até mesmo conselhos sexuais e amorosos. O nome da loja faz referência ao salmo 22 da bíblia. 

Pois é, se não bastasse isso, há pouco fiquei sabendo da notícia de que uma pessoa colocou um anuncio em um site interessado em encontrar parceiros evangélicos para a prática do swing gospel.  Sinceramente o nível de promiscuidade de alguns daqueles que se denominam evangélicos é apavorante. 

Diante de tanta promiscuidade, sou levado a acreditar  que definitivamente chegamos ao fundo do poço. Confesso que assusta-me o fato de saber que o pecado esteja sendo tratado de forma tão banal pela Igreja de Cristo. Diante disto tudo a impressão que tenho é os evangélicos outrora compromissados com as Escrituras, "catolificaram"a fé, tornando-se assim meros evangélicos nominais.

Diante do exposto,  chego a conclusão que em hipótese alguma devemos aceitar como normal este tipo de  prática e comportamento. Tenho plena convicção de que os verdadeiros cristãos, não devem se curvar diante da imoralidade que tem destruído parte da sociedade brasileira. Como discípulos de Senhor, temos por missão anunciar a esta geração, o Evangelho da Salvação Eterna, cujo conteúdo confronta o homem em seus delitos e pecados.

Caro leitor, fomos chamados pelo Senhor a vivermos de modo absolutamente diferente dos que compõem esta geração. Compromisso com a moral, decência e santidade devem fazer parte da vida daqueles que nasceram de novo, levando-nos a exalar sobre os que se encontram em estado de putrefação espiritual o bom perfume de Cristo.

Pense nisso!

Renato Vargens
Josias disse...

Nossa , realmente já pensaram em tudo cara isso é uma barbaridade, esse evangelicos tem que abrir os olhos e ver que isso não tem base biblica nenhuma .
Que Deus tenha misericordia !
Deus te abençoe Pastor Renato

Igor Araújo disse...

E o pior é que vai ter clientela em lugares como este e pares procurando por esta prática abominável.

Que Deus possa abrir os olhos destas pessoas que estão fazendo este tipo de coisa.

Soli Deo gloria.

Anônimo disse...

Isso é o fim do mundo.
Os princípios de Deus estão sendo sufocados por uma "flexibilidade gospel" satânica.Estes "cristãos" querem viver uma vida conforme a vontade e prazer de suas carnes, e não na retidão de uma vida santificada e abençoada por Deus. é Lamentável o ponto que a humanidade chegou.

Anônimo disse...

" SEM COMENTÁRIOS!!! "

Norma disse...

Olá, Renato,

Que horror! De fato, quando leio isso, não posso deixar de pensar nas marcas que Calvino aponta quanto à verdadeira igreja, sendo que uma delas é a disciplina. Se as igrejas identificassem e coibissem corretamente o pecado nas igrejas, certamente não chegaríamos a esse ponto. Pelo menos, os bagunceiros tarados teriam que achar outra religião para divulgar suas maluquices.

Os tempos são difíceis... Que Deus nos ajude a discerni-los!

Abraços!

Rafa Designer Cristão disse...

Swing é sacanagem... desculpe o duplo sentido... hehehe

mas, sex shop... acho besteira criar um sex shop pra crente... o crente que quiser que vá num sex shop normal...
detesto ver esse tipo de coisa... faz tudo pra crente... como se o mundo inteiro já não produzisse coisa bastante pra consumirmos diáriamente... daqui a pouco é arroz evangélico... pão evangélico... e por aí vai...
mas, pensando pelo lado mercadológico... é um baita empreendimento, pq esse lado do mercado vêm crescendo vertiginosamente... ganhar dinheiro com crente tá na moda... dentro e fora das igrejas...

Em amor, e sem sacanagem...

Rafa

Renato Vargens disse...

Norma, concordo com vc plenamente.

Abraços,

Renato Vargens

Marcos Sampaio disse...

Renato Vargens,

Como se chama o blog do Augustus Nicodemus, Mauro Meister e Solano Portela: O Tempora, O Mores. "Que tempos os nossos! E que costumes!"[Cícero].

Que Deus tenha misericódia do seu povo!!!

Marcos Sampaio
http://marcoszine.blogspot.com

Irmão Israel disse...

Eita !

É o fim da linha mesmo !

Daqui a pouco vai ter "igreja" com luz vermelha na porta !!!

Alê Franco disse...

Concordo com tudo.
Só não entendi a expressão "Catolificaram", neste texto.
Gostaria de saber o que o catolicismo tem haver com o sex shop e swing gospel. Achei o termo tão preconceituoso quanto desnecessário.
Há católicos praticantes e mesmo se não existissem, o julgamento não cabe a nós e sim o Amor Incondicional.
Não sou católica.
Sou Cristã, aprendiz e serva de Jesus, o Cristo, o do Bíblia.

Thiago e Teresa disse...

Olá Pastor Renato,

É um verdadeiro absurdo ler isso, hoje tudo é gospel. Essas pessoas fazem isso porque sabem que existe uma grande parcela de “crentes” desorientados e vivendo na carnalidade, achando que tudo é normal, caindo em todo tipo de pecado e engano por não seguirem a verdade. De Deus não se zomba..swing gospel?Tudo que pende demais mais pro lado sexual sem limites traz só destruição, vemos vários exemplos na bíblia, quando a promiscuidade era extrema o fogo descia. Eu tenho profunda tristeza por essas pessoas, mas mamon ta feliz, estão fazendo o trabalho direitinho.

Na paz daquele que em breve voltará..Aleluia!!

Bryan disse...

Realmente é uma forma muito baixa e sem criatividade de se promover um comércio.

Uma pequena retificação: Creio que o site "book 22" refere-se ao livro de Cantares. Outra: Dá a entender que o site "o Galileo" está promovendo um artifício novo; mas na verdade, o "book22" foi criado em 2008. Ou seja, essa bagunça já vem rolando há algum tempo! Quanto ao "swing Gospel," essa é mais do que surpreendente: é repugnante. Se há qualquer crença desse casal se enquadrar no no contexto "Cristão," então precisamos de uma nomeclatura nova, para identificarmos melhor os que realmente seguem a Cristo.

Mas com tudo isso, cair no desgosto talvez seja o mais fácil. Será que não há algo mais que possamos fazer?

Gabii Palma disse...

Achei preconceituosa a expressão "catolificação". Evangélicos tem que aprender a não se julgarem donos da verdade. Existem MUITOS católicos mais corretos que muitos que se dizem evangélicos por aí.
O fato do Swing Gospel é realmente repugnante. Mas o Sex shop é algo aceitável, desde que seja dentro do casamento, pois eu creio que Deus não quer que não tenhamos prazeres, se não, não teria falado "crescei-vos e multiplicai-vos". O sexo é um ato de amor na santidade do casamento, abençoado pelo espirito santo.

Fabio Rodrigues disse...

Paz Pastor Renato, realmente chegamos ao fundo do poço. As vezes pensamos que já vimos de tudo aí aparece uma pior ainda. O relativismo tem tomado conta. Se acham que é certo então é! Esquecem de olhar para a Palavra de Deus que é a nossa bússola! Não podemos basear nossas opiniões no achismo.

Um abraço!

Carlos Alexandre disse...

É lamentável, os rudimentos do mundo e suas paixões "pecado" impregnam nossas Igrejas e o povo adere este comportamento. Creio ser um laço de morte, pré-queda, se podemos assim dizer."Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.
Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.Tiago 1:14,15.
Que o SENHOR livre seu povo desta desgraça.
Abraços.

Fabio Gardenal disse...

Paz!
Infelizmente temo que isso seja apenas a ponta do iceberg, pois eu sempre soube de casos de adultérios entre crentes, uns "consentidos" ("voyeurismo" mesmo), homossexualidade de pastores, filhos de crentes que seriam usuários de drogas e mais promíscuos que prostitutas e até lideranças denominacionais que, ao saberem de tais desvios sexuais/morais, apenas mudavam os pastores de uma para outra igreja bem distante (pra abafar o caso já que na nova região essa fama não o precederia) ou só repreendiam os membros da igreja em reservado, mas raramente usando a disciplina devida.

Esse caso do SSGospel ficou notório porque caiu na internet, mas devemos nos vigiar muito mais por aquelas delta ações que as cúpulas eclesiais e gabinetes pastorais escondem deliberadamente.

E entendo que o termo "catolicizar a fé" se refira apenas a uma confissão de fé meramente nominal e não algo afeto à Igreja Católica, pois ela é bastante conservadora em matéria de sexo e família, ex.: a maioria das igrejas protestantes não estão nem aí para a questão do divórcio ou da castidade, enquanto a ICAR se mantém irredutível em seus posicionamentos canônicos. Pena que boa parte dos católicos não segue as prescrições morais como deveriam.

Cláudio Arantes disse...

caros Irmãos
quando essas coisas acontecerem erguei para o alto vossas cabeças pois a vossa redenção se aproxima
Aquele que vem breve virá, e não tardará
veio como cordeiro humilde, rejeitado e maltratado
voltará como conquistador, rei e Juiz
ai daqueles que seguem a besta em TODOS OS SEUS DOMÍNIOS
restar-lhe-á a ira de Deus

"aquele, pois, que julga estar de pé, cuide para que não caia"
Maranata

Pr claudio arantes

Gabriel F. Moreira disse...

Quanto ao swing gospel (troca de parceiros entre casais, para o Anônimo ai em cima, hehe) que é totalmente indefensável, concordo com o que diz, é promiscuidade, algo que não devemos sequer cogitar. Mas quanto ao uso de acessórios ou brinquedos eróticos entre casais cristãos, não vejo problema enquanto na degrade nenhum dos envolvidos (seus corpos e almas)tendo suas consciências embasadas na palavra como parâmetro (e Cantares nos dá bastantes sugestões frutíferas nesse campo). Por exemplo, qual o problema de se adicionarem cheiros, perfumes, sabores e texturas ao sexo entre casados? Não devem ser considerados, estes, acessórios também? Lembro de C.S.Lewis em seu livro "Os Quatro Amores", quando censura a tendência de alguns cristãos de deificar o sexo, tirando lhe o caráter de entretenimento que o próprio Deus o deu. Diversas vezes na Bíblia o termo para relação sexual é 'brincar'. Acho que isso nos diz alguma coisa. Abraços.

Gabriel F. Moreira disse...

Quanto ao swing gospel, que é totalmente indefensável, concordo com o que diz, é promiscuidade, algo que não devemos sequer cogitar. Mas quanto ao uso de acessórios ou brinquedos eróticos entre casais cristãos, não vejo problema enquanto na degrade nenhum dos envolvidos (seus corpos e almas)tendo como parâmetro a consciência de cada um embasada sobre a palavra de Deus (E ela nos dá, inclusive, diversas sugestões 'frutíferas' no livro de Cantares). Por exemplo, qual o problema de se adicionarem cheiros, perfumes, sabores e texturas ao sexo entre casados? Não devem ser considerados, estes, acessórios também? Lembro de C.S.Lewis em seu livro "Os Quatro Amores", quando censura a tendência de alguns cristãos de deificar o sexo tirando lhe o caráter de entretenimento que o próprio Deus o deu. Diversas vezes na Bíblia o termo para relação sexual é 'brincar'. Acho que isso nos diz alguma coisa. Abraços.

Gabriel F. Moreira disse...

Agora, realmente, o fato de ser um Sex Shop gospel é hilariante... mas um nicho de comércio gospel, e isso me preocupa muito.

Johnnÿ Sleazer disse...

A questão de "brinquedos sexuais" ai vai da cabeça do casal, agora um sex shop "cristão" afff... falta do q fazer viu.

E quanto ao swing gospel vou NEM comentar pra não ser grosseiro com o filho do capeta que inventou isso.

Pr. Dario Rigolberto disse...

kkkkkkkkkkkkkk se converter é bom se não tem amparo biblico é heresia com o povo escolhido e se vc mexe com o povo escolhido mexe com o proprio Deus e te falo isso com amparo biblico. Entao kkkkk ta errado mané e se continuar assim vai morrer com 90 anos dentro da igreja e ainda vai pro inferno kkk eu ein !!! Que pelomenos na minha vida Deus tenha misericordia e se vc kiser entender leia ROMANOS 1 todo varias vezes ate vc entender ...

Sex Shop disse...

Não existe sex shop evangélico, existe sim evangélicos que possuem um sex shop e aproveitam da fidelidade dos evangélicos para ser bem sussedido na vida.

Ana Paula disse...

MISERICÓRDIA!!!!

Ítalo disse...

Paz.
Jesus te ama, vá a uma igreja evangélica e aceite Jesus como seu Senhor e Salvador, eu te rogo pelas misericórdias de Deus.Amém?

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only