Algumas coisas que Deus gosta.

 Por Renato Vargens

Deus gosta de música, de dança, de arte e cultura. 

Deus gosta dos ritmos diferenciados, de instrumentos diversificados, de contemplação, balanço e gingado. Deus gosta da música do sabiá, da canção afinada do pintassilgo, da melodia do curió, da suavidade do rouxinol. 

Deus gosta de cores, gosta da mata, dos verdes campos, do azul do mar, do vermelho das flores; Deus gosta dos animais, das plantas, dos vegetais, dos simples pardais.

Deus gosta de poesia, de belas canções, de doces melodias, de festa, do sorriso, de alegria.

Deus gosta da vida, do silêncio, dos tons musicais, das interpretações teatrais, da gargalhada descompromissada, do choro emocionado, de ternos abraços apaixonados.

Deus gosta da amizade guardada a sete chaves debaixo do peito, Deus gosta de cumplicidade, de carinho, dignidade e respeito.

Deus gosta do almoço de domingo, da família unida, do por do sol, das noites de verão, das tardes festivas, do beijo entre irmãos, de carinho, perdão e reconciliação.

Deus gosta de paz, de harmonia, de afeto noite e dia. Deus gosta do sorriso da criança, Deus gosta de mim, gosta de você.

Como Deus é maravilhoso!

Renato Vargens

10 comentários:

eu amei! =D

4 de março de 2011 08:31 comment-delete

E seus filhos vão aprendendo a gostar do que Ele gosta!

Bartira
4 de março de 2011 09:18 comment-delete

Parabéns pastor. Sou estudante de teatro e gostaria de lhe sugerir escrever algum post sobre a arte na igreja, não como simples entretenimento para os membros, mas como uma arte que exalta e glorifica ao nome do Senhor Jesus. Valeu e a paz do Senhor.

4 de março de 2011 10:19 comment-delete

Muito dez, pastor. Tem gente que prefere um Deus carrancudo e de mau humor constante. É lógico que Deus se ira e creio que os rumos que o homem tem tomado não têm lhe deixado feliz. Mas, apesar de tudo isso, ainda existe beleza e sorriso, não é verdade? Que tal um pouco de poesia? Abração! Sandro Pinto.


Manhã colorida

Pela manhã Deus sorriu pra mim.
Os seus dentes eram brancos como nuvens
Brincando nos limites dos céus;
E o brilho dos seus olhos calmos
Era o sol.

Não um sol qualquer,
Mas o tipo que brilha
Na medida precisa que aquece o frio
E me esquece do calor.

Ao ver as borboletas
Fazendo cócegas nas flores,
Deus se fez incontido
E deu uma espaçosa risada.

Foi uma grande gargalhada colorida,
Como a das crianças que choram de rir,
Sentem dor na barriga
E (OPS!)
Fazem xixi.

4 de março de 2011 11:33 comment-delete

As coisas que DEUS gosta estão muito claras em sua palavras e sem adaptações!

4 de março de 2011 15:46 comment-delete

Um texto maravilhoso... muito bonito.
O nosso Deus é muito mais do que tudo aquilo que pensamos.

4 de março de 2011 16:39 comment-delete

Há sol, Deus é bom!
Está nublado, Deus é bom!
Há emprego, Deus é bom!
Está desempregado, Deus é bom!
Há saúde, Deus é bom!
Está doente, Deus é bom!
Deus é bom em todo tempo!

Joab Barros

4 de março de 2011 18:29 comment-delete

Deus gosta de pessoas que escrevem assim. *-*
Muito lindo.

7 de março de 2011 17:43 comment-delete

Acesso o blog as vezes e acho as matérias bem trabalhadas.
acessem o meu recem criado blog:

http://jonatasteixeira.zip.net/index.html

Deus abençoe

12 de março de 2011 01:34 comment-delete

Apesar de poesia...
É uma pena que nem toda a música, dança, arte e cultura, bem como os "ritmos diferenciados, de instrumentos diversificados, de contemplação, balanço e gingado" sejam para a glória de Deus.

7 de junho de 2012 20:10 comment-delete