quinta-feira, setembro 09, 2010

Sindrome de Dick Vigarista

Renato Vargens

Quando criança gostava de assistir “A Corrida maluca”, desenho animado produzido por Hanna Barbera. Nele, o personagem Dick Vigarista juntamente com o seu companheiro de mutretas Muttley, tentavam a todo o custo vencer as corridas, sem contudo, alcançarem êxito. Em cada episódio, Dick Vigarista tentava passar a perna em alguém, elaborando estratégias desonestas ou criando atalhos espúrios aonde através de uma conduta ilícita visava-se à vitória.

 A simples lembrança deste desenho animado me faz pensar na existência de algumas pessoas que não desejam vencer na vida de forma honesta. Infelizmente, parte da sociedade brasileira, se caracteriza por um estilo de vida absolutamente censurável, onde o que importa, é chegar em primeiro na corrida da vida. O comportamento em questão encontra-se presente em todas as esferas da sociedade, (principalmente no Congresso Nacional), cujos protagonistas possuem por lema e filosofia a "espetacular" idéia de que o “esperto” sempre leva vantagem sobre o “otário”.

 Pois é, as vezes tenho a nítida impressão que somos um país de otários, onde a corrupção além de edêmica, tornou-se génerica. Para piorar a coisa, os evangélicos que deveriam lutar em favor da ética e da moral, definitivamente romperam com a decência e os bons costumes. Um exemplo claro disto é a quantidade impressionante de "irmãos" que vendem, compram e comercializam produtos piratas. Nas grandes cidades é absolutamente percepitvel encontrarmos nossos "irmaozinhos" ganhando a vida vendendo nas esquinas CD´s e DVD´s falsificados, até porque, para estes, os fins sempre justificam os meios.

 A sociedade brasileira está cansada de tanta pilantragem, de tantos "Dicks Vigaristas" , de tantos sem-vergonhas, de tantas desculpas esfarrapadas, de tanta podridão.

 Caro leitor, infelizmente no mundo real, ao contrário do que acontecia na "corrida maluca", Dick Vigarista, tem vencido muitas corridas, ensinando a esta geração que "custe o que custar" o que importa é ganhar.

Em 03 de outubro pense bem antes de votar e não conduza pessoas desonestas ao as Assembléias Legislativas e Congresso Nacional.

Pense nisso!

Renato Vargens
Fedora C.O.R.E. disse...

Pastor Renato,
Gostaria de fazer um pequeno comentario.
Quando me lembro do Dick Vigarista, lembro-me claramente mais do que o pastor sabiamente citou em alusao aos dias de hoje, Dick era sem sombra de dúvida o melhor corredor, ele, na verdade nao queria ganhar corridas, porque ele estava SEMPRE A FRENTE dos outros... ele perdia as corridas, justamente por tentar a todo preço fazer o mal.
o Dick Vigarista, era mal por vocação e nao apenas pelo interesse em vencer a qualquer custo.
Acrescento isso, porque na sua analogia, os irmaos que realizam o comercio pirata, ainda assim sao como o Dick, nao por querer ganhar a qualquer preço, e sim, por que mais que ganhar, querem estar ali por livre e expontanea vontade, nao é o GANHAR que os move, mas o "TRAMBIQUE" por si só.
Em um pais em que as pessoas roubam clips de papel, impressores, elasticos e tudo mais de suas empresas para seus escritorios domesticos, para o trabalho dos filhos, da faculdade e tudo parece LICITO porque a empresa tem bastante... em um pais onde se compra o CD pirata porque o original é mais caro do que deveria, como se pode reclamar de quem rouba um carro, afinal, a logica nao seria a mesma? "Enquanto o carro custar o que custa, irei roubar para ter o meu."
O roubo no Brasil so é visto quanto é contra o patrimonio da vitima, mas enquanto ela "rouba pouco" dos outros, nao tem problema.
Tenho medo de Tiriricas, Mulheres frutas e o que mais esta por vir no dia 3

OH ! GLÓRIA. disse...

Olá pastor, és da minha época hein, eu gostava da Penelope charmosa por sua sensibilidade, e o muttley também tirava sarro de seu dono o Dick, porém o homem tem a natureza má e independente de ser evangélico ou não, tendo caráter torto burlará e ainda dirá ser benção, infelizmente temos muitos exemplos bem próximos de nós, aproveitando e época ponho como exemplo os envolvidos com políticos, querendo ou não se envolvem na corrupção direta ou indiretamente, não basta ter dom tem que ter caráter.

Anônimo disse...

Pr Renato Vargens tenho recebido em meu email seus comentários. Talvez por meio da missionária Rozilda Frauzino, que estar em Piura no Peru com o pr Francisco Zapata o meu email tenha chegado até o senhor. Mas eu gostei pois venho recebendo seus comentarios sobre diversos temas e isso tem me edificado. Tenho percebido que o sr é adepto do puro evangelho de Cristo, defensor ardoroso da mensagem da CRUZ, o que deveria ser normal para todo crente verdadeiro. Parece que prá muita gente a GRAÇA não basta. Leio tambem os comentarios logo em seguida. Gostaria de saber se o sr responde a perguntas por email? como isso é um simples contato, o sr não vai postar. O meu email é fra.ma.ta@hotmail.com. Em muitas outras oportunidades que vão aparecer darei tambem a minha opinião dependendo do tema abordado. Que DEUS abençoe seu ministério e sua vida pessoal e familiar. Um abraço em Cristo.

Jorge Noda disse...

Renato, recentemente conversei com um empresário sobre o comportamento de muitos profissionais evangélicos. Ele me disse que pensava em não contratá-los mais porque eram péssimos funcionários. Aqueles que não professavam a fé demonstravam muito mais ética e compromisso com o seu trabalho. Isso é realmente desevangelização!

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only