O goleiro Bruno, Elisa Samudio e a violência contra a mulher.

Por Renato Vargens

O caso do desaparecimento e possível assassinato da modelo Elisa Samudio tem comovido a sociedade brasileira. O goleiro Bruno, atleta do Flamengo, ex-namorado da moça, tem sido considerado pela polícia uma peça importante no desvendamento dos crimes. Elisa já havia se queixado do jogador, devido as inúmeras agressões e ameaças sofridas, o que fez com que a polícia declarasse o goleiro como principal suspeito do sumiço de Eliza.

A tragédia de Elisa nos faz lembrar da violência que inúmeras mulheres sorem cotidianamente.

O jornal O FLUMINENSE publicou em 18/10/2009 que as mulheres continuam sendo as maiores vítimas de violência no Estado do Rio de Janeiro. Segundo o jornal, em 2008, 1.016 mulheres receberam ameaças em Niterói, enquanto 1.848 sofreram lesão corporal e outras 10 foram mortas. Em São Gonçalo, os números são ainda mais preocupantes: 1.823 sofreram ameaças provenientes de violência doméstica, 2.314 foram agredidas e 20 foram assassinadas, de acordo com dados do Dossiê Mulher, divulgados pelo Instituto de Segurança Pública do Rio (ISP-RJ), este ano. O mais grave nessa cruel estatística é que cerca de 70% dos agressores são conhecidos ou muito próximos das vítimas, quando não seus próprios companheiros.

Caro leitor, os altos índices de agressão contra a mulher no Brasil exigem de todos nós um posicionamento e atitude que traduza o compromisso ético, político e público de contribuir para a erradicação desse tipo de violência. Lamentavelmente, casos como o de Elisa se multiplicam aos borbotões em todo território nacional, levando o cidadão a nítida impressão de que os que atentam contra a vida das mulheres não sofrerão maiores consequências.

Diante do exposto, afirmo que os culpados pelo desaparecimento, morte e ocultamento de cadáver de Elisa precisam ser encontrados, além de SEVERAMENTE punidos pela justiça brasileira. 

Renato Vargens

25 comentários:

Só uma questão Pastor. Ela nao era "ex-namorada" do Jogador, porque o jogador é CASADO.

O correto seria amante ;-)

Prof.MsC. Dalton Gerth

7 de julho de 2010 09:56 comment-delete

A realidade é mais triste ainda, porque não existe severidade na justiça brasileira... não vai dar em nada, quando muito ele fica pouco tempo em alguma prisão, mas com celular e outras mordomias, digamos... umas férias!

7 de julho de 2010 10:28 comment-delete

Bem, tenho acompanhado esse filme, mas, é necessario que as mulheres assim como Homens, aprendam com isso, pois, se ela aceitava ser amante, podia imaginar um possivel perigo, assim como ele sabia que o adulterio é pecado, por isso, cada um está recebendo o seu salário.
Todo que se envolve em adulterio, ou amantismo, tarde ou cedo, sempre recebe algum salário justo por isso.


JOAO MAPIE
MAPUTO-MOÇAMBIQUE

7 de julho de 2010 10:29 comment-delete

João,

Nada justifica a violência. Nada justifica tirar a vida de alguém. Ela pode ter tido inumeros erros na vida, no entanto, nada e nem ninguém tem o direito de lhe tirar a vida.

Pr. renato Vargens

7 de julho de 2010 10:33 comment-delete

cONCORDO COM O PASTOR, NÃO IMPORTA O RÓTULO TANTO PODE SER NAMORADA, AMANTE OU ESPOSA, O FATO É QUE SE TRATA DE UMA VIDA E SE FOI CEIFADA, DEVE SER FEITA A JUSTIÇA

Moysés Tadeu
7 de julho de 2010 10:42 comment-delete

E o pior de tudo isso é que querem fazer da vitima culpada por seu desaparecimento e morte,pois circula na internet ,filmes pornô,que ela fazia programa,que ela não era namora e sim amante ,(confesso que não vejo diferença) ,pois bem ..oque ela fazia ou era,não importa ,cada qual faz da vida o que quer,ninguém tem o direito de fazer tal violência.Essa moça prestou queixa contra o Bruno no final do ano passado ,e a policia nada fêz,pra que existe Delegacia da Mulher? lei Maria da Penha?aqui em minha ciadade uma mulher foi morta pelo ex-marido ,sendo que o havia denunciado 3 VEZES ,e ele nunca intimado a comparecer na delegacia.
Mas quem manda Eliza e outras mulheres violêntadas e mortas ,atravessarem os caminhos dos homens e ainda por cima denuncia-los? nesse pais ,quando uma mulher é violêntada e morta ela não é vitima foi ela quem obrigou o companheiro a violênta-la.

7 de julho de 2010 10:52 comment-delete

A violência contra a mulher sempre existiu, seja fisica, seja moral, o que acontece agora é que se divulga com mais amplitude, nesta minha trajetória de vida várias vezes interví em algumas situações de agressões fisicas contra mulheres que nem conhecia, ultimo acontecido foi neste sábado próximo, quando passava de carro e percebí um homem negro e forte espandando uma mulher, e ela já estava sem a parte superior da roupa e sem sutiã, recebí em meu coração que eu não poderia ser omisso, então analisei a situação do agressor ( ví se portava arma, seja de fogo, seja arma branca ), e rapidamente o neutralizei e a moça foi esperta e se desvencilhou e correu, ele me disse uma história que não me convenseu, disse estar sendo roubado por ela e a moça nem arma portava, logo ele pegou um ônibus e seguiu para seu destino, agradeci ao SENHOR por ter sido usado naquele momento, e não exitaria em fazer de novo, ninguém tem o direito de ser julgador, condenador e executor, o estado é que tem este poder.

Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

7 de julho de 2010 11:12 comment-delete

Nao quero defender o Bruno, isso seria um absurdo. Creio na justica, principalmente na de Deus. Agora quero levantar uma questao importante. Todos os holofotes estao sobre o Bruno e os outros indiciados, mas o que dizer do comportamento dessa jovem. Talvez nao seja a hora certa, mas os pais devem estar bem atentos aos seus filhos como diz a Palavra de Deus. Um mulher que sai com homem casado, que fez filme porno, que saia com varios jogadores, varios parceiros, e disse - deixa rolar - so mostra o baixo nivel de algumas mulheres atualmente. Nada justifica, o assassinato, no entanto a midia nao deve esquecer de debater esse assunto, se nao agora, pelo menos depois. O que diz os pais dela sobre isso. como permitiram tal coisa. infelizmente a sociedade - como a Palavra de Deus mostra - esta cada vez mais afundada no lamacal do pecado.

7 de julho de 2010 12:00 comment-delete

Abismo chama abismo, tudo indica que ele se envolveu com ela por causa do sexo, e ela por causa do dinheiro dele, vidas estragadas por falta da presença de DEUS, a moça foi criada pelo pai e parece que com muita liberdade relata a mãe que a teve por convivencia dos 14 aos 15 anos e ela não quiz continuar por não aceitar regras impostas pela mãe como: hora de acordar e dormir, tarefas diárias, hora de voltar à noite, estudar, etc; logo de no que deu, temos que ser presentes e atuantes a finco na criação e educação de nossos filhos desde pequeninos, que eles chorem enquanto pequeninos ao educá-los, limitá-los, do que nós quando eles estiverem já adultos, porque ai ~já não terá volta.

Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

7 de julho de 2010 14:54 comment-delete

Segue porção da Palavra de Deus em Provérbios 5:3-13(ARA)

"...os lábios da mulher adúltera destilam favos de mel, e as suas palavras são mais suaves do que o azeite; mas o fim dela é amargoso como o absinto, agudo, como a espada de dois gumes.
Os seus pés descem à morte; os seus passos conduzem-na ao inferno.
Ela não pondera a vereda da vida; anda errante nos seus caminhos e não o sabe.
Agora, pois, filho, dá-me ouvidos e não te desvies das palavras da minha boca.
Afasta o teu caminho da mulher adúltera e não te aproximes da porta da sua casa; para que não dês a outrem a tua honra, nem os teus anos, a cruéis; para que dos teus bens não se fartem os estranhos, e o fruto do teu trabalho não entre em casa alheia; e gemas no fim de tua vida, quando se consumirem a tua carne e o teu corpo, e digas: Como aborreci o ensino! E desprezou o meu coração a disciplina!
E não escutei a voz dos que me ensinavam, nem a meus mestres inclinei os ouvidos!

7 de julho de 2010 15:42 comment-delete

NÃO DEVEMOS JULGAR NINGUÉM.MAS É TRISTE ESTE CASO COMO OUTROS QUE ESTÃO ACONTECENDO EM NOSSO PAÍS.AS PESSOAS QUE ASSIM O PROCEDE DEVERIAM PENSAR
QUE A VIDA É UMA DÁDIVA DE DEUS.PARA QUE FAZER ISTO?NÃO SERIA MELHOR CULTIVARMOS O AMOR,O RESPEITO,A AJUDA AO PRÓXIMO?VAMOS ORAR MAIS PELO NOSSO BRASIL E PREGARMOS O EVANGELHO,PORQUE É ISTO QUE O SER HUMANO ESTÁ
PRECISANDO.

EDIVANDER FORTUNATO
7 de julho de 2010 18:35 comment-delete

Amado Pr. Renato, paz.
Um fato que eu percebi, e que não justifica o crime contra a pessoa humana, é o familiar.
No caso da vítima: ela foi abandonada pela mão aos quatro meses de idade, e criada pelo pai, segundo o próprio, mas que relatou que ela era muito rabelde. Morava com outra pessoas que não a família.
No caso do suposto acusado, ou um dos supostos acusados, o Bruno:
Foi abandona pelo pai e mãe, também aos quatro meses de idade, e criado pelos avós, segundo ele próprio revelou temps atrás.
Então vejamos: A família é fator preponderante para uma boa relação entre pessoas, e o desregramento emocional vem desse tipo de criação.
Roguemos a Deus para todos os envolvidos nesse caso venham a se arrepender e ter um encontro realmente verdadeiro com o Senhor Jesus.
J. Lanes

7 de julho de 2010 19:48 comment-delete

Nada justifica a violência ninquém tem direito de lher tirar a vida!

7 de julho de 2010 20:01 comment-delete

A justiça com certeza deve ser feita, portanto não vai aqui nenhuma defesa ao goleiro Bruno, ele deve pagar pelo crime se o cometeu. Mas observo que na grande maioria das vezes, somos os responsáveis pelas nossas tragédias, nós quase sempre a procuramos, pois não atentamos aos conselhos de Deus. "De que se queixa o homem, a não ser do seu próprio pecado?".
Eu vejo diferença sim, quem é casado(a) não pode ter namorado(a), a união que Deus aprova é a monogâmica, portanto a que se definir, se é casado não pode ter namorada, tem é amante mesmo.

7 de julho de 2010 20:52 comment-delete

Em toda a terra existe violência contra a mulher,
o Brasil não é diferente. Só que cada dia que se passa
a violencia e mais forte e banal,tudo isso porque o inimigo
esta pronto mesmo pra matar roubar e destruir, ele tem encontrado
portas abertas, como por exemplos, desajustes financeiros,espirituais,
jugos desiguaus,falta de amor ao proximo,falta de amor em Deus.
A midia ela as vezes tem uma parcela pra tais violencias,pois anunciam o culto da beleza,da libertade sem compromissos,dos relacionamentos faceis,
se não de certo vamos partir pra outa.As vezes as pessoas procuram problemas com as proprias mãos,tanto homens e mulheres, o caso do goleiro Bruno e a modelo Elisa e exemplo de um triangulo amoroso,e nestes triangulos se a treceira pessoa não reconhecer que e a mais, e continuar o que vai acontecer e isso a morte de alguém,porque gerou ciunes,revolta,odio,escandalos,e ai a fora.Querem sempre levar a melhor tirar algum aproveito,como por exemplos a mulher fica gravida de um cara famoso cheio de dinheio,pra ter uma pensão garantida pro filho e viver disso,e muitos desses caras eles não querem assumir a paternidade e acontecem crimes horriveis como o caso da Elisa.Sem esquecermos da pequena Izabella que nem pediu pra nascer foi a maior vitima de um relacionamente conturbado.A advogada Mercia Nakashima,relacionamento jugo desigual,resultado morte violentada e cruel.Aqui em Goiania também um crime terrivel o caso da garota inglesa,desobediencia aos pais,vem para um pais pra se aventurar resultado morte cruel.Gente o amor esta cada vez mais se esfriando e cada vez mais as pessoas longe de Deus.

Ny
7 de julho de 2010 22:18 comment-delete

Temos que aprender que ser homem de verdade...
não é ter várias mulheres
não é desrespeitar a mulher
não é ser agressivo (nem mesmo com palavras)
não é viver o bateu-levou
não é xingar a quem nos fez algo

não é fácil... mas é (entre outras coisas)
ser fiel a uma só mulher
conquistá-la a cada dia
cuidar e zelar como a parte mais frágil
ser manso
ser humilde
não concordar mas, respeitar o próximo ainda que ele seja, bandido, homossexual, drogado, prostituto ou qualquer outra coisa
e tentar ser como Jesus o único Deus o qual se fez homem de verdade
por amor a nós...
Carlos Gomes

Anônimo
7 de julho de 2010 23:30 comment-delete

O estado tem culpa nisso, as leis fazem a mulher andar de pires na mao passando por hu,ilhacao pra registrar um filho, que patria é essa ? o cidadaozinho nao tem direito a um pai, se o cara nao for pai que prove ao contrario !!!

Anônimo
9 de julho de 2010 12:17 comment-delete

Abençoado Pastor Renato Vargens.
Tenho acompanhado pelo noticiário o caso do goleiro Bruno.Sinceramente,o homem sem Deus,o seu caráter,demonstra as reações que culminou neste crime bárbaro.Pensando,ele que o dinheiro vai comprar a liberdade,porque não vai.Este é o submundo do profissional de futebol,sexo,orgias e drogas.Entretanto,o que podemos tirar de exemplo é que as más conversações corrempem os bons costumes.Minha mãe sempre falou que quem se mistura com porco farelo come.Não temos que julgar este ou aquele,porém,este país,que não é um país de tolos,tem que realizar uma mudança na educação,pois sem educação,seremos notícia,estaremos atráz das grades e certamente seremos páginas principal dos jornais deste País.Termino estas poucas linhas,afirmando,o que eu aprendí desde cedo."O Evangelho salva e educa.José Luiz Tavares do Nascimento.

Anônimo
12 de julho de 2010 19:12 comment-delete

Nada justifica a violência contra a mulher! Nao existe severidade na lei nao somento no Brasil, mas em todo o mundo. Na Italia, por exemplo em cada 10 mulheres assassinadas, 7 foram pelo marido, namorado, companheiro, amante até mesmo por um parente. A familia mata mais que a màfia.Vergonha!!!

Anônimo
14 de julho de 2010 07:40 comment-delete

O mundo é assim mesmo, Jesus afirmou o principe deste mundo veio para matar, roubar e destruir. Então porque ficamos surpresos; a questão é que a violencia não tem sexo e a mulher sendo a mais fragil leva a pior, se fosse o homem a parte fraca teriamos a mesma violencia da parte da mulher. A solução é JESUS CRISTO. Conclamamos as denominações de um modo geral a sairem de dentro do templo para pregarmos as BOAS NOVAS DE SALVAÇÃO trazendo assim a Paz do NOSSO SENHOR JESUS CRISTO a este mundo perdido.

Pr. Carlos Grangeiro

Pr. Carlos Grangeiro
15 de julho de 2010 22:19 comment-delete

olha ,eu não estou defendendo o goleiro bruno, mais vamos lá, primeiro a elisa de garota de programa passou a ser namorada, o crime ocorreu em minas ea policia do rio é que supostamente resolveu o caso apreendendo o menor (sem carta precatória da policia de minas para investigar o caso). o goleiro bruno foi preso depois do depoimento de um menor super viciado, sem crédito nenhum e pra piorar o delegado truculento e pelo que li na imprensa responde a varios processos, mandou prender o bruno sem que juntasem provas suficiente para tal. e se empolgou com os holofotes, está se achando uma estrela de cinema. a REDE GLOBO vai contrata-lo . valeu

cariri
16 de julho de 2010 09:18 comment-delete

SABE QUERIDOS ELEITOR TEMOS QUE TER MISERICORDIA DESSES ASSASSINOS AGORA PO0RQUE POR ELA NÃO TEM MAIS O QUE FAZER,TEVE TANTAS PESSOAS QUE PODERIA TER EVITADO ESTÁ TRAGEGIA E NÃO FEZ ESSAS PESSOAS DEVEM TER A CONCIENCIA MUITA PESADA MAIS NÓS SABEMOS QUE SE ELAS SE ARREPENDER NÓS TEMOS UM JUSTO ADVOGADO JESUS QUE ENTERCEDE POR NÓS JUNTO AO PAI E COM CERTEZA ELES ACANÇARÃO MISERICÓRDIA ASSIM DIZ A PALAVRA DE DEUS ...........MUITO OBRIGADO POR ESSA OPORTUNIDADE IRMÃ CÉLIA...........

CELIA NEVES
18 de julho de 2010 07:13 comment-delete

Independente do que ela foi ele nao tinha o direito de tirar a vida dela,pelo pouco que vejo ele vai sair impuni e ela que vai ser a culpada da morte dela e um absurdo isso,detalhe sou mineira e esotu morrendo de vergonha das minhas conterraneas que estao na porta do presidio esperando ele sair para poder tirar fotos dele que feioooo tenho vergonhaaaaaaaa.

Anônimo
4 de agosto de 2010 19:40 comment-delete

Independente do que ela foi ele nao tinha o direito de tirar a vida dela,pelo que vejo ela vai ser culpada da propiria morte e ele vai sair impune,detalhe sou mineira e estou com vergonha da atitude das minhas conterraneas que fica na porta do presidio para tirar fotos dele que vergonha.

Anônimo
4 de agosto de 2010 19:46 comment-delete

Independente do que ela foi ele nao tinha o direito de tirar a vida dela,pelo que vejo ela vai ser culpada da propiria morte e ele vai sair impune,detalhe sou mineira e estou com vergonha da atitude das minhas conterraneas que fica na porta do presidio para tirar fotos dele que vergonha.

claudia
4 de agosto de 2010 19:47 comment-delete