O Congresso Nacional pode estabelecer o dia do sexo!

Por Renato Vargens

O deputado federal Edigar Mão Branca (PV), com atuação parlamentar discreta na bancada baiana, decidiu ganhar os noticiários de forma inusitada: defendendo um projeto de lei, de sua autoria, que institui o dia 14 de janeiro como o Dia Nacional do Sexo. A proposta, segundo ele, “tem como objetivo retirar do contexto social a idéia de que sexo é uma forma de promiscuidade, ato impuro, ou qualquer outra forma pejorativa dada ao ato sexual, conforme expostas nas letras musicais, comerciais e em diversos programas de TV”, defende, no texto do projeto, apresentado no dia 24 de março de 2010. 

Caro leitor, confesso minha perplexidade diante de um projeto tão inusitado.  Sinceramente, essa "corja politica engravatada" só é eficiente para tirar dinheiro do bolso do contribuinte, o que fazem com maestria. Ora vamos combinar uma coisa? Tanta coisa séria para ser discutida neste país, e os "nobres" deputados estão preocupados em estabelecer um dia para se comemorar o sexo? Porque então não estabelecem o dia da vergonha na cara, da ética, da honestidade e da justiça social?
 
Lamentalvelmente esse pessoal que perambula naquele antro de corrupção denominado Congresso Nacional me envergonha!
 
Diante do exposto tenho uma proposta:  No dia 03 de outubro, dê um basta a isso tudo não elegendo a cargos públicos canditados despreparados.

Pense nisso!

Renato Vargens

6 comentários:

Não dá para comentar uma coisa destas, mas uma coisa é certa a Copa está aí e muitas coisas acontecerão e ninguém vai se dar conta, quando acabar a euforia da copa e que veremos o tamanho do "Troféu" que ganharemos deste congresso, não será a primeira vez, e infelizmente, nem a última.
Chego a desejar que o Brasil não passasse da primeira fase, mas confesso que não conseguiria torcer contra, mas que dá vontade, ahhhh isso dá!!!!

8 de junho de 2010 16:41 comment-delete

Paz
O irmão trouxe uma matéria sobre Pr Isaltino, falando da maneira como os culto de louvor tem avcontecido em nossos dias, e não deixou de ser uma crítica contra os hinetos de nossos dias.
Mas quem é Pr Isaltino? E ele representa toda uma denominação batista?
Gostaria tb que o irmão apresentasse uma matéria sobre um Pastor batista que esteja apoiando a maneira "sadia" de louvar ao Senhor com nossos hinetos "brasileiros".
Fique na benção

Celso Antonio
8 de junho de 2010 17:14 comment-delete

Sem comentários.

Anônimo
8 de junho de 2010 20:07 comment-delete

Bom, a idéia declarada por trás disso é boa (mostrar que o sexo não [e aquilo que a m[idia est[a sempre mostrando e denunicar o capitalismo sexual) mas o problema é criar um dia oficial para isso e chamá-lo de Dia Nacional do Sexo. Imagina o que daria de promiscuidade nesse negócio...Digo, as pessoas acabariam interpretando mal a coisa.

O que esse deputado podeeria fazer melhor é criar uma campanha de conscientizacÃo em massa do real valor do sexo, se é isso que ele de fato está querendo fazer.

9 de junho de 2010 07:53 comment-delete

Nada mais sério do que estabelecer o dia do sexo. A final o que os políticos fazem com a gente não é uma sacanagem?

Anônimo
9 de junho de 2010 08:33 comment-delete

Lendo o texto chega a ser pândigo, tal proesa do ilustrissimo deputado. Substimam nossa inteligencia e nos fazem ver que somos imbecis, pois "aceitamos" na maior normalidade.Tantos projetos a serem discutidos e esta "anta" pensando em dia do sexo. Perdão, mas será que esta suprema inteligencia so faz amor uma vez ao ano?

19 de junho de 2010 15:35 comment-delete