Nívea Soares chora ao falar da idolatria gospel

Por Renato Vargens

Nívea Soares ex-integrante do Ministério Diante do Trono, chorou ao falar da idolatria na música gospel. A entrevista foi dada ao repórter fotográfico do portal CREIO, Getúlio Camargo e publicada na mesma seção do portal durante a Conferência Livres 2010 na Igreja Bola de Neve em São Paulo.

- Nós fomos gerados num contexto bem diferente do que está hoje. Na minha época não existia a palavra show e eu me lembro dos cultos que a gente tinha e não existiam celebridades nestes cultos. Não tinha interesse em tirar fotos porque a presença de Deus era tão palpável que as pessoas mergulhavam na presença-, afirmou.

Após ministrar no Diante do Trono em 2003 a cantora iniciou carreira solo e gravou os álbuns ‘Reina Sobre Mim’, ‘Enche-me de Ti’ e o último no formato acústico no Citibank Hall em fevereiro de 2009. Durante o congresso Nívea disse que ministrou sobre este tema aos jovens e alertou como as novas gerações precisam esquecer as aparências e se focar na palavra. “A gente quer Jesus mais do que quer tirar foto com o cara que quer ministrar. Precisamos voltar este tempo”, argumentou aos prantos.

Caro leitor, fico extremamente feliz em saber que ainda existem pessoas que servem ao Senhor por aquilo que Ele é. Confesso que foi  extremamente gratificante  descobrir que a Nívea Soares repudia  o espírito idólatra do denominado movimento gospel.

Minha oração é que o Espírito Santo de Deus ministre sobre a vida dos cantores evangélicos convencendo-os de seus delitos e pecados, levando-os por consequinte a um estilo de vida simples, apaixonado e  centrado no Senhor.

Pense nisso

Renato Vargens

25 comentários:

Estive nesse Congresso, o Livres 2010,inclusive me vi no video, fui atraído pela participação da minha banda predilteta, a Leeland, são cheios da unção de Deus, mas acabo me contextualizando no que a Nívea diz na entrevista. Tirei tanta foto, filmei tanto que estava ocupado pra receber tudo que Deus tinha pra derramar sobre minha vida ali.
Aprendo uma lição com tudo que ela falou, no próximo ano vou ficar só ligado em Deus exclusivamente. Pra que tanta foto, tanta filmagem se tem uma equipe preparando o DVD do evento. Essa postagem me ajudou muito.Sinceramente.

11 de junho de 2010 21:51 comment-delete

Graças a Deus há pessoas que ainda buscam servir ao Reino!!!! Sempre questionei a existencia de fã clube de artistas gospel....

11 de junho de 2010 21:51 comment-delete

É disso que estou falando! devemos voltar ao primeiro amor, devemos voltar a Deus.

11 de junho de 2010 22:32 comment-delete

Maravilhosoooooo este vídeo!!Graças a Deus!Como é bom poder ouvir isso vindo de alguém do meio gospel nesse tempo tão confuso que vivemos!!!

11 de junho de 2010 23:40 comment-delete

Olha, e complicado cantores gospel falar sobre idolatria, sendo que eles mesmo fazem de tudo pra estar na mídia,os cantores promovem shows fazem tantas propaganda,marcketings,e acontece isso mesmo,o sucesso sobem pela cabeça,e esquecem que Jesus e o Cristo centrico.
Quando o mimisterio DT surgiu eram uma benção,as letras das musica falava profundamente no coração tanto de crentes como não crentes,e se olharmos para o DT hoje vejamos uma imagem bem distorcida,o sucesso subiu,o dinheiro falou mais alto,e o que aconteceu? ESTA FICANDO NO ESQUECIMENTO, PORQUE Deus não divide a sua Glória com ninguém.
Deus tem que ser exaltado em tudo,e nos temos que ser diminuido,pra que Ele cresça mais e mais.
Nívia cuidado com o sucesso,poderas te trazer graves consequências.

Ny
11 de junho de 2010 23:51 comment-delete

Queridos,

Nem sei mais o que dizer ..... O que me consola é que o Espírito Santo é o mesmo e fala com a Igreja do Senhor em todo o tempo e lugar.

Recebo o devocional dos Rev. David Wilkerson diariamente e vejam o tema da mensagem de ontem :
"A casa de Deus transformada em cova de ladrões"
http://www.worldchallenge.org/es/node/8656

Coincidência ? Creio que não ......

Por que será que os "servos" não desejam ser "a voz" do Senhor (como João Batista), por que todos precisam ter "nomes" em letreiros, propagandas, ministérios, produtos e afins ????

Já disse (aqui) e repito, queridos, precisamos para de "consumir" idolatria gospel !!!! Só assim este câncer será estirpado do nosso meio.

A Paz do Senhor !!!!

ELiana

Anônimo
12 de junho de 2010 09:14 comment-delete

penso que deveria haver mais vigilância partindo da liderança da igreja de onde esses grupos surgem, caso observassem alguns desvio daquilo que foi estabelecido no minímo tal grupo não recebesse o apoío dos demais evangélicos,fiquem na Paz, Marcos-DF

Anônimo
12 de junho de 2010 13:45 comment-delete

Concordo plenamente com o dizer da Nívea, pois oq vemos hoje são "shows" psicodélicos fazendo reverencia ao "mundo" e Deus,bem, este em último plano. Como que os cantores gospel fossem o Deus. Basta ver em outdoor: "Grande show gospel com o cantor" (a) mas, esquecendo-se que o grande é o Mestre e isso ñ citam.


abraços!

12 de junho de 2010 14:11 comment-delete

Agora esses "cantores" e "seus ministérios" vem chorar, usandos espressões como "voltar ao primeiro amor"..., como eu gostaria que esse choro fosse na verdade, na consciencia de Cristo;
a própria forma como se colocam na midia, o que cantam como "arte de algoritimos que dão certo",
Ai diz: "antigamente as pessoas sentiam a Deus nos momentos de louvor" então persiste a idéia que todos compram como louvor de momento marcado, "momento de JIJUS aparecer"...o que se diz que já inicia o processo de autodestruição da essencia da verdade do evangelho, ai vai uma pergunta: vai mudar a capa? vai tirar o nome "show" das apresentações?
li que Cristo cantava com os seus mas..., que amor era esse que se deve voltar? Multidão no máximo, superficialidade.
Conversão de verdade, releia os evangelhos, metanoia!
Me perdoe a forma, que a Verdade baste! Chega de re-formar o começou errado, como disse Paulo METANOIA!
Juan Ricardo Sierra.

12 de junho de 2010 15:46 comment-delete

é pra rir ou pra chorar? Não estou entendendo nada! Ela é uma das que promove os show e agora vem com essa conversa de dar a glória só a Deus! me polpe.

Pb. Edinei, Th.B

Edinei
12 de junho de 2010 20:57 comment-delete

Desde 2002 vou nos Congressos do DT e nas gravações. Nunca vi o DT ou qualquer integrante se deixando levar pela idolatria. Eu mesmo, quando estive no primeiro congresso, tentei tirar uma foto do bach vocal João Tannure e ele me advertiu. Perguntou-me qual a minha motivação em tirar aquela foto dele.
O DT e seus integrantes sempre tiveram essa postura.
Acho que quem fala deles nunca estiveram presentes em suas ministrações.
Quanto a palavra show, não vejo nenhum problema. A Fernanda Brum mesmo afirma que faz show sim, pois ela mesmo se converteu em um show gospel, aqui na minha cidade, Nova Iguaçu.
Não importa o nome, se estão levando pessoas pra Jesus, isso que importa!

Marcelo
12 de junho de 2010 22:31 comment-delete

A Paz do Senhor.
É Marcelo, o importante é que estejam levando Jesus para os outros. Afinal, esta mercadoria vende muito e tem boa aceitação. Pena que esse Jesus não seja O verdadeiro Jesus. É apenas uma imitação barata.
Mas, graças a Deus, algumas pessoas estão se dando conta da idolatria gospel e estão procurando reverter a situação. Mais importante que ouvir músicas do seu cantor ou grupo preferido, é ouvir a mensagem de Jesus Cristo - aquele que salva - e não do Jesus Mercadoria - aquele que é vendido.

14 de junho de 2010 08:05 comment-delete

Caro Renato,
Precisamos de uma consciência de uma adoração emtempo integral.

Adoração em tempo integral
*por Evaldo Rocha

Utilizo a expressão adoração em tempo integral para apontar para um tipo de adoração que está para além das fronteiras de um espaço físico. Quando pensamos na adoração nestes termos, passamos a valorizar nosso compromisso com Deus nas vinte e quatro horas do dia. Erroneamente, muitas pessoas prestam sua “adoração” no espaço físico e sai para viver de forma independente e irresponsável diante dos homens e de Deus. A resposta talvez repouse na frágil visão de adoração que muitos ainda cultivam. Como discípulo de Jesus você precisa adorá-Lo enquanto caminha entre homens e realiza as tarefas do seu cotidiano. “É inaceitável que nossa adoração coletiva não seja a expressão da nossa vida de adoração”, disse John Mac Arthur Jr.

Utilizo a expressão adoração em tempo integral para apontar para um tipo de adoração que seja saudável, e não perfeita. São muitos os momentos em que falhamos como adoradores. Entretanto, somos convocados a viver cada minuto de nossa vida agradando ao Pai e trazendo alegria ao Seu coração. Quando esta é a meta, a vida de Deus se manifesta em nossa vida e o testemunho do evangelho acontece sem máscaras e com a autoridade de quem caminha com o Mestre dos mestres. Quando “enjaulamos” a adoração em um evento ou programa com hora marcada para acontecer, aquilo que as pessoas chamam de adoração, pode se transformar em um espetáculo bem elaborado com conteúdo comprometido.

Utilizo a expressão adoração em tempo integral para apontar para um tipo de adoração que não se deixa escravizar por uma forma qualquer. Alguns estão procurando um local que possa ajustar a sua forma e visão. Acabam numa revolta “santa”, porque acham que a adoração praticada na igreja não se coaduna com seu gosto pessoal. Quando pensamos na adoração em tempo integral não nos perdemos em detalhes secundários, nos libertamos da forma e valorizamos o conteúdo, caminhando na direção do motivo maior pelo qual fomos criados, amando a Deus sobre todas as coisas.

Utilizo a expressão adoração em tempo integral para apontar para uma adoração que agrada mais a Deus que os homens. Uma adoração que não busca espetáculos, nem mesmo demonstração de espiritualidade. Uma adoração que vence as polaridades e se configura na Palavra de Deus. Em um tempo de analfabetismo bíblico, faz-se necessário rever tudo que é chamado de adoração, para que triunfe aquilo que a Bíblia chama de adoração. Este é o único caminho saudável para vencer os “descaminhos” deste tempo.

Utilizo a expressão adoração em tempo integral para apontar para uma adoração que traz o brilho verdadeiro de Deus na face daquele que o vê. Que testemunha enquanto adora, verbalizando seu testemunho com amor aos perdidos. Que reconhece sua fraqueza enquanto descansa na graça do Pai. Que possui um coração de servo buscando oportunidades de servir independente dos holofotes. Que vive procurando ser como Jesus em obediência e submissão ao Pai. Que ama o Todo-Poderoso e se identifica como parte da família de Deus.

Utilizo o termo adoração em tempo integral para desafiar você a viver tudo aquilo que Deus deseja para sua vida. Como disse Erwim Lutzer: “O lugar santíssimo é o corpo de cada cristão. A adoração pode ocorrer em qualquer lugar; estamos sempre na presença de Deus, e Ele está sempre aberto para nossa adoração”. Seja um adorador em tempo integral!

*Pastor Evaldo Rocha – PIB em Seropédica - RJ

Evaldo Rocha
14 de junho de 2010 14:32 comment-delete

MARCELO DE RIO CLARO - SP

PASTOR RENATO É DE MINISTROS ASSIM QUE PRECISAMOS E NÃO DE ARTISTAS!!!
EU ESTAVA NO LIVRES 2010 E VI A SIMPLICIDADE E A UNÇÃO DESSA IRMÃ, QUE ADORA COM O CORAÇÃO! REALMENTE SERVA.
UM ABRAÇÃO!

15 de junho de 2010 11:07 comment-delete

Pois é cara pálida, só que ela sobrevive dessa idolatria e produz Shows de música "Gospel".
Parece muito mais um pouco de auto-comiseração, sei lá, vai saber o que se passa na cabeça dela?!

15 de junho de 2010 11:35 comment-delete

sabe amigo, antes eu não via estes movimentos golpel como apostatas, nos ultimos anos, mudei radicalmente de opinião - acredito que são "shows" de fato nada mais. O Senhor certamente não se agrada disto.

Anônimo
15 de junho de 2010 14:51 comment-delete

Não sei se todos os que se manifestam contrários ao DT e a Nívea estiveram em suas ministrações para constatar o que expressam com tanta veemência . De minha parte, das vezes em que por graça pude estar adorando e sendo ministrada por eles, tenho por testemunha o Espírito de que a Presença Santa trazida pela atmosfera de adoração em suas canções e vidas impactou-me real e profundamente, revolucionando meu interior.

15 de junho de 2010 18:25 comment-delete

poxa ela tem razão, hj em dia vc ñ vê mais adoração a Deus e sim aos artistas gospel. Mais eu sim sei q o unico digno de toda honra e de todo louvor é o Senhor Jesus... adimira-los ñ é pecado pq alguns louvores nos faz aproximar-se um pouco mais de Deus...

20 de setembro de 2010 21:52 comment-delete

Se esta declaração da irmã Nívea, é sincera e verdadeira, então eu sugiro que ela deixe fazer apresentações e somente faça palestras para o alerta quanto ao perigo da idolatria.

Anônimo
20 de setembro de 2010 22:17 comment-delete

Por isso que eu curto d+ essa morena! Irmã Cristã mesmo! oremos! oremos!!! feliz em ouvir isso da Nivea!

21 de setembro de 2010 12:53 comment-delete

Paz irmãos! Tivemos a presença da Nivea Soares aqui onde moro na cidade de Mococa dia 06 de setembro de 2010 para a marcha para Jesus, eu ja gostava muito do ministerio dela dentro do diante do trono e ministerio solo, mas nesse dia da marcha, fiquei feliz em ver a ministração dela, ela louva, ela adora.Ela levou todas as pessoas que estavam la a adorar, a se por de joelhos pela nossa cidade, pelos nossos pastores, pediu para que os pastores dessem as mãos e orassem juntos, foi maravilhoso.Ela não é uma cantora, ela não faz shows, nem apresentações. E em momentos da ministração ela disse isso, para que as pessoas adorassem, levantassem suas mãos e dizia que ela estava ali para adorar conosco.Mas, qdo ela terminou de ministrar, muitas pessoas correram para atras do palco, querendo fotos e autografos, e ela tinha que ir pra /são Paulo pegar o avião para Belo Horizonte, um pastor teve que pegar o microfone e pedir por favor, para que as pessoas deixassem ela, o marido e integrantes da banda entrarem no carro sem problemas e sair.Isso me deixou muito triste.É incrivel como as pessoas gostam de escolher pessoas ou coisas para adorarem, qdo na verdade devemos adorar somente a Deus.Eu gosto muito da Nivea, como gosto da Ana Paqula Valadão, Ludmila Ferber, Filhos do Homem e etc, mas os vejo como irmãos em Cristo, é assim que devem ser vistos, homens e mulheres de Deus que são como nós, de carne e osso, querendo ter intimidade com o Pai Celestial.Beijos a todos

21 de setembro de 2010 16:40 comment-delete

Eu odeio idolatria gospel e, em consequência disso deixei de participar de todo evento evangelico cujo marketing classifica de show, até por uma questão didática, uma vez que ensino contra esse tipo de movimento gospel. Pena que, mesmo sendo contrária, a nivea soares continua realizando seus shows gospels, a exemplo de sua ultima apresentação aqui em RB, Acre, cujo cartaz apresentava "Show de nivea soares"... de repente ela desconhece o material de apresentação do evento, porém, já que se posiciona dessa forma, deveria fazer parte de suas exigencias a exclusão, pelo menos, deste tipo de chamada...

Nunca vi Jesus, Paulo ou qualquer servo de Deus de sua época participar de eventos para entretenimento (show) do povo.

Fica a proposta para esse debate...

Ruy Cavalcante
intervalocristao.blogspot.com

21 de setembro de 2010 18:08 comment-delete

Sabe gente, eu só acho que quem louva a Deus e quer e visa a presença DELE nas igrejas, não tem que cobrar cachê de forma alguma. Essa atitude de louvor-pago é que desconfigura a verdadeira adoração. Os cantores "gospel" dão o melhor de si à platéia (se vestem com muito bom-gosto, com roupas caras e brilhantes, em nada diferentes de qualquer cantor secular), pq querem ser contratados sempre e, assim, ganharem mais e mais. Tenho pra mim que pagar para alguém louvar o Senhor já é o exagero do exagero. Se as pessoas vierem a Jesus, tem que ser apenas e tão somente pelo que ELE é.
Sei que existe a turma que idolatra esses cantores, por isso é que proliferam tanto. Erros de toda parte, pq louvar a Deus não tem nada disso, não é não?

27 de abril de 2011 17:43 comment-delete

mto bonita essa palavra!!

Rômulo Barcelos
27 de abril de 2011 18:13 comment-delete

Há alguns dias teve um show promovido por uma denominação neopentecostal aqui em minha cidade (Campina Grande - PB)e fico muito feliz em dizer que a cantora Nívea Soares pregou CONTRA a teologia da prosperidade em pleno palco! Para o horror da corte neopentecostal presente. Glória a Deus por isso.

27 de abril de 2011 19:10 comment-delete