A versão gospel da fábula da cigarra e da formiga

Adaptado por Renato Vargens
Era uma vez uma cigarra que vivia saltitando e cantando pelo bosque as músicas dos principais cantores gospel. Certa feita, enquanto decretava as bênçãos de Deus sobre a sua vida,  a cigarra esbarrou numa formiguinha, que carregava uma folha pesada.

Ao ver a cena inusitada, a cigarra falou: - Ei, formiguinha, para que todo esse trabalho? O verão é para gente aproveitar! O verão é para gente se divertir! Somos filhos do Rei! Somos herdeiros de Deus! Eu aprendi com o meu apóstolo que as bênçãos de Deus vem através dos decretos espirituais. Além disso, eu vi na televisão, um pastor dizendo que a prosperidade vem quando semeio ofertas em sua conta bancária. Eu creio nisso, e já até fiz um ato profético determinando a vitória em Cristo.

Ao ouvir a cigarra a formica replicou dizendo: - Não, não, não! Não é assim. A prosperidade vem pelo trabalho. Deus abênçoa aqueles que trabalham.  É preciso trabalhar agora para guardar comida para o inverno.

Ao ouvir a réplica da formiga, a cigarra pensou com seus botões: Pobre formiga, não entendeu a visão! É uma derrotada!

No dia seguinte a cigarra passou de novo perto da formiguinha que carregava outra pesada folha e disse: 

-Deixa esse trabalho para as outras! Vamos nos divertir. Vamos, formiguinha, vamos cantar! Vamos dançar! Tudo que Jesus conquistou na cruz é direito seu é direito nosso!

Todavia, a formiguinha permaneceu firme no seu propósito de continuar trabalhando. Contudo, movida por compaixão e misericórdia a formiga disse a amiga:  - Cigarra, se não mudar de vida, no inverno você há de se arrepender,  Vai passar fome e frio.

A cigarra nem ligou, antes pelo contrário, repreendeu a formiga dizendo: Tá amarrado em nome de Jesus! Tudo posso naquele que me fortalece!

Infelizmente para cigarra, o que importava era aproveitar a vida, e decretar a bênção.  Para que armazenar alimento? Pura perda de tempo! Afinal de contas ela já tinha adquirido a Bíblia da prosperidade e com isso a imunidade as crises deste mundo.

O tempo passou e com ele o verão. Certo dia o inverno chegou, e a cigarra começou a tremer de frio. Sentia seu corpo gelado e não tinha o que comer. Desesperada, foi bater na casa da formiga. Abrindo a porta, a formiga viu na sua frente a cigarra quase morta de frio que desesperada clamava: - Formiguinha, me ajude por favor, estou morrendo de frio.

Ao ver o desepero da cigarra  a formiga disse: - Ué? Mas você não tinha decretado a bênção? Não semeou as sementes da prosperidade? O que aconteceu?

A cigarra constrangida respondeu:  - Pois é minha amiga, eu estava errada. Fui enganada por esses falsos pastores e apóstolos e agora estou na mais profunda miséria.

Pense nisso!

Renato Vargens

13 comentários:

Buscai as coisas que são de cima..... Amém, linda mensagem...

Um pastor da igreja na qual frequento, está num momento bem complicado da vida dele, durante a pregação ele falou pra toda a igreja, NÃO ANDE PARA FRENTE, MAS PARA CIMA, ONDE ESTÁ O SENHOR, POIS MUITOS ESTÃO SE PERDENDO NO CAMINHO.

Deus nos Abençoe, pois todos precisamos dEle.

15 de maio de 2010 10:00 comment-delete

Apóstolos do 3º milênio, paipóstolos, vaidade destrutiva.

15 de maio de 2010 11:46 comment-delete

Os falsos ensinamentos podem levar as pessoas a serem consumidas.Que Deus venha abrir a mente do povo através da sua infinita misericórdia, amadurecendo as mentes.Fazemos o ordinário porque o extraordinário cabe ao Senhor!A canção diz:..."O seu trabalho é descansar em Mim".Não quer dizer que fiquemos sentados esperando cair do céu,até porque as bençãos cairam se trabalharmos e nos dedicarmos com as coisas do Reino de Deus e para o Reino de Deus.O nosso trabalho é decansar trabalhando.

15 de maio de 2010 18:23 comment-delete

Excelente versão que criou para a estória e muitos pastores têm pregado que prosperidade é riqueza e muitos procuram a igreja querendo simplesmente resolver seus problemas financeiros e enriquecerem de repente, com a benção do pastor. Deus continue usando sua vida.

Elizabeth
15 de maio de 2010 19:46 comment-delete

Gostei muito dessa versão da fábula da cigarra e da formiga. Parabéns!!!

18 de maio de 2010 21:57 comment-delete

Excelente comparação! Mas ela poderia ter tido um final mais explícito... algo como "agora vá, cigarra, atrás desses profetas da prosperidade! Peça a eles para lhes fornecer calor, abrigo, para determinarem as bênçãos de Deus sobre tua vida na prática. Enquanto isso deixe-me usufruir das bênçãos do fruto do meu trabalho". Abraço, parabéns pelo ótimo texto.

11 de julho de 2010 10:46 comment-delete

Adorei a comparação...parabéns!

26 de setembro de 2010 02:10 comment-delete

Muito boa!!!!!
Uma amiga, de uma floresta bem distante, me contou que na igreja das formigas receberam a visita de uma cigarra cantora GOSPEL, até famosa, cantou bonito, deu uma palavra comovente e no final levantou uma oferta para ajudar no Ministério Aposto na cigarra do Fogo, pois ela era uma cigarra profeta, apresentou as 28 teses,(leia a seguir)
http://renatovargens.blogspot.com/2011/01/eles-se-acham-acima-do-bem-e-do-mal.html
e naquele inverno ela ficou bem servida. Mas já está preparando as 28 teses p/ o ano seguinte.
Não acredito que escrevi isso.........

27 de janeiro de 2011 17:07 comment-delete

Coitada da cigarra. Não entendeu nada.

Deus nunca mandou ninguém ficar de braços cruzados esperando as bençãos caírem do céu. Ao contrário, Ele sempre mandou que nos esforçássemos. É só ver quantas vezes aparece na Bíblia a palavra "esforça-te". Quem se esforça (=trabalha), crendo firmemente que Deus já o abençoou (conforme a palavra de Deus deixa bem claro para quem quer ver), será abençoado, pois Deus não mente e a Sua Palavra não volta atrás. É ineviável. Quem experimentou isso sabe do que falo.

Infelizmente, muitos crentes tradicionais, talvez a maioria, olham com maus olhos (coisa terrível os maus olhos) qualquer coisa que demande esforço espiritual da parte deles. Sempre vêm com a desculpa de que "se Deus quiser isso vai acontecer na minha vida", como se milhares de coisas Ele já deixou explicito que quer ver em nossa vida, que é um direito que Ele dá a quem o segue e a quem se esforça para obter esse direito. E o pior é que chamam essa atitude tímida e negligente de "humildade".

Na verdade é simplesmente falta de fé, é pura descrença na palavra de Deus. Estranho não? Mas pensem um pouco e verão que é verdade.

Quando uma pessoa dá ordem para que um demônio saia ela está simplesmente fazendo a vontade de Deus explícita na palavra, pois Jesus morreu para, em primeiro lugar, nos dar a salvação e, em segundo lugar, acrescentar todas as demais coisas na vida daqueles que crêem e o seguem, e isso inclui tirar o mal da vida das pessoas.

Jesus inclusive diz que tais manifestações (curas, libertação, etc) serão sinais que "seguirão" os que crêem nEle. E um sinal é mais do que uma promessa, é praticamente uma obrigação do cristão ter em sua vida, assim como um fuzil é mais do que um simples assessório de um soldado, mas o objeto mais importante que ele carrega consigo.

Um soldado desarmado é tão inútil para um exército quanto um cristão sem os sinais em sua vida é para Deus. É o tal "servo inútil" que enterrou as moedas e ainda achou que estava fazendo algo muito legal para seu senhor, conforme conta a parábola.

O pior é que tais pessoas ainda criticam quem se esforça para mostrar a coragem e a ousadia que Deus exige de nós. Não quer entrar, não deixa os outros entrarem e ainda quer tirar de dentro quem está lá.

Deus nos mandou a esse mundo para sermos testemunhas do Espírito Santo, testemunhas do poder de Deus, para que com a salvação conquistada pela fé em Cristo e em seu sacrifício e uma vida plena como testemunho vivo, sejamos servos bons perante os olhos de Deus. Quem dá bom testemunho com depressão, doente, cheio de problemas na família, passando necessidade básicas? Testemunho de miséria espiritual talvez. Testemunho do poder de Deus, certamente não.

Davison
4 de março de 2011 11:57 comment-delete

Imagine se uma pessoa endemoniada estivesse se debatendo na frente de um crente e esse dissesse "é, vou pra casa orar para ver se é da vontade de Deus tirar esse demônio ou se é pra ele ficar assim mesmo, se ainda não está no tempo de Deus". Certamente essa pessoa mostraria a todos que é uma fraude como cristão, pois ninguém em sã consciência acreditaria que Deus quer deixar uma pessoa naquele estado lastimável, quando Jesus deixou bem claro que QUER que libertemos as pessoas e nos mandou explicitamente fazer isso.

No entanto, quando se trata de doenças, de prosperidade, de felicidade no lar, etc, a conversa muda de figura. Aí vem o "se Deus quiser", "se for a hora", "pode ser provação" e outras conversas fiadas vindas de pessoas que não tem comunhão com Deus, não conhecem nada da vontade de Deus para seus filhos e que querem dar uma de crente humilde quando na verdade não passam de hipócritas perante Deus.

Como não tem fé e não acreditam na palavra (quando conhecem), atacam os que verdadeiramente obedecem a Deus pois não podem admitir que estão numa situação espiritual lamentável. Não podem admitir que Deus quer que todos sejam curados, pois então teria de haver curas em seu meio, e não há. Não podem admitir que Deus quer que todos sejam prósperos, pois então teria de haver prosperidade em seu meio, e não há. Não podem admitir que Deus quer que todos sejam felizes, pois então teria de haver felicidade em seu meio, e não há. E por aí vai.

É muito mais fácil botar a culpa em Deus dizendo "eu estou doente e na miséria porque é a vontade de Deus". Essa doutrina de miséria (em todos os sentidos, e não só a financeira)transforma as pessoas em blasfemadores, pois colocam a culpa em Deus de todas as obras que o diabo vem fazendo nesse mundo. Transformam a Deus em um torturador de crentes, em um ladrão, assassino e destruidor. Transformam a Deus no próprio diabo.

Não é a toa que as pessoas no mundo que não conhecem nada de Deus acham que Ele é um tipo de psicopata. É isso que os crentes tem mostrado para o mundo, esse é o testemunho deles a respeito de Deus. Servos maus.

É terrível, já que depois inventam historias totalmente fora de realidade do que é pregado e vivido por aqueles que conhecem a Deus não só de ouvir falar, mas por vê-Lo se manifestar com poder, somente para ter um alívio psicológico, uma desculpa com capa religiosa para seguirem suas vidas como querem, para fazerem o que os agrada, e não a vontade de Deus.

Quem tem dúvida, que pergunte com sinceridade a Deus o que de fato o agrada e terão uma surpresa muito grande. Depois, se vão obedecer ou seguir acreditando no que querem acreditar, fica a critério de cada um.


Um abraço e que Deus abençõe a todos.

Davison
4 de março de 2011 11:58 comment-delete

Meu caro Davison alguns pontos (prá nõ dizer muitos) em seu comentário é realmente preocupante...Vou listar apenas dois:

1. Quem dá bom testemunho com depressão, doente, cheio de problemas na família, passando necessidade básicas? Testemunho de miséria espiritual talvez. Testemunho do poder de Deus, certamente não.

Esta sua afirmação leva-nos a concluir q cristãos podem não pasar por tais problemas relatados. Vá ao livro de salmos e perceba a angústia presente em muitos salmistas. Veja a história da igreja e perceba conflitos em família q missionários passaram. Spurgeon (o príncipe dos pregadores) por exemplo é considerado um dos maiores evangelistas de todos os tempos e no fim de seus dias enfrentou a depressão q levou a sua morte. Ele foi tão envolvido com problemas da igreja q afetou sua saúde...

8 de agosto de 2012 13:44 comment-delete

2. 2. Não podem admitir que Deus quer que todos sejam curados, pois então teria de haver curas em seu meio, e não há. Não podem admitir que Deus quer que todos sejam prósperos, pois então teria de haver prosperidade em seu meio, e não há.

Deus quer q todos sejam curados? Pq então Paulo manda Timóteo tomar um pouco de vinho por causa de suas frequentes enfermidades? Pq Paulo Simplesmente não usou de sua credencial apóstólica e o curou? Pq os tais "apóstolos" de hj não curam todos? Eles deviam ir aos hospitais e curar a todos e assim resolveriam o problema da saúde no Brasil. Não adianta dizer "é pq muitos não tem fé"...Jesus operou o milagre mesmo qdo o homem disse "Senhor ajuda-me na minha incredulidade"

Deus quer q todos sejam prósperos financeiramente? Pq existiam os cristãos pobres da Macedônia em Atos dos Apóstolos? Pq Jesus nos adverte do perigo das riquezas? Pq Paulo diz q devemos não querer ficar ricos e estarmos satisfeitos com o q comer e com o q vestir?

Meu caro...Reflita! Estude a bíblia, a história da igreja, procure ver os "2 lados da moeda" e entenderá Pq o Pr Renato publicou o q publicou...

Paz de Cristo

8 de agosto de 2012 13:55 comment-delete

Caro Devison,
Fazia bastante tempo que não lia tantas bobagens como as que você escreveu. Preocupante!

Mas vamos lá.
Tenho 27 anos, bem casado a 4 anos, bem empregado, obreiro da Igrejado Senhor. Muito feliz. Mas nem sempre foi assim. Nasci com uma doença chamada osteogênese imperfeita (é a falta de colágeno e cálcio na formação óssea) é popularmente conhecida como “ossos de cristal”. Essa doença, querido, é subdividida em 4 níveis. Quem nasce com o grau 4 não sobrevive. Um dos meus irmãos nasceu com esse grau, então ele não sobreviveu. Meu outro irmão nasceu com o grau três, mas com 9 meses ele caiu do colo de uma tia e fraturou o crânio e também não sobreviveu. Restou eu, nasci com o grau três. Sobrevivi, mas minha infância e adolescência foi bastante trabalhosa. Tive muitas fraturas em meu corpo (contabilizo mais de 50 e muitas intervenções cirurgicas). Passei 90% do meu desenvolvimento dentro de hospitais.
Amigo, talvez você possa olhar para as primeiras frase e pensar: --- Conheceu a Jesus e Ele o curou o libertou etc..
Não, não foi assim. Antes de eu aprender dizer papai e mamãe eu aprendi adizer --- Eu sei que o meu redentor vive! Quero dizer com isso, que desde que me conheço por gente eu conheço as as sagradas letras que nos podem conduzir a vida eterna.
Amigo Devison, sua Teologia é preocupante, bem como o conhecimento de “Deus” que boa parte do povo “evangélico” tem hoje.
Posso dizer que Cristo sempre cumpriu a sua palavra em minha vida, todas as vezes em que eu quebrava algum osso do meu corpo e ficava em algum hospital, Ele estava lá comigo. Afinal de contas ele disse que estaria conosco todos os dias e que nesse mundo nós teríamos aflições. Lembro-te que quem venceu o mundo foi Ele não eu e você. (joão 16.33)
Por que eu não determinei que todo esse sofrimento acabasse? Faltou fé? É isso que você quis dizer amado? Olha querido, a fé é um dom de Deus (Rm 12.3), portanto se temos ela é por que Ele nos dá. A fé não é um mérito que alguém possa ter, caso contrário já entraria no roll das obras. Querido certamente sempre tive fé.
O fato é que Deus é soberano, tem os seus prpósitos em todas as coisas, controla todas elas e nós, miseráveis pecadores, não somos dignos de nada a não ser a morte e o inferno. Mas Ele é bom e nos salva da ira vindoura. Deixo dois texto para sua meditação.
“E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”.
(Romanos 8:28)

“Quem primeiro me deu, para que eu haja de retribuir-lhe? Pois o que está debaixo de todos os céus é meu”.
(Jó 41:11)

OBS: cuide a fonte onde você tem bebido.

“Quem fere por amor mostra lealdade, mas o inimigo multiplica beijos”. (Pv 27.6)


Em cristo.

8 de agosto de 2012 15:52 comment-delete