O Deus da Bíblia não é o Deus do Open Theism.

Por Renato Vargens

O open theism ensina que Deus não conhece os eventos futuros, que Ele pode ser surpreendido por eles, que Ele aprende o que acontecerá à medida que as pessoas fazem escolhas. Isto posto, a luz desta teologia espúria fico a imaginar um diálogo nos céus entre Deus e seus anjos:

Gabriel: Senhor, aconteceu um terremoto na África!
Deus: Não acredito! quando foi isso?
Gabriel: Há poucos minutos, um anjo veio me avisar.
Deus: Quantos morreram?
Gabriel: Ainda não sabemos, vou mandar contar.
Deus: Por favor, faça isso o mais rápido possível.

Brincadeiras a parte,  é exatamente isso que os teólogos do open theism ensinam. Infelizmente para eles Deus não conhece todo o futuro e pode até mesmo ser surpreendido.

Caro leitor, As Escrituras não nos ensinam isso. Muito pelo contrário, elas nos mostram um Deus que está no controle de todas as coisas. Nosso Deus reina soberanamente sobre a História. Nosso Senhor tem em suas mãos o poder da vida e da morte, e faz tudo acontecer debaixo dos seus propósitos eternos, nada pode surpreendê-lo.

Estas são as verdades contidas na Bíblia. Elas respondem à nossa necessidade existencial de crer que por trás do tragicamente inexplicável existe alguém no controle, ainda que olhando a tragédia a partir de dentro, ela pareça nos revelar exatamente o contrário!

Ora, as tragédias da vida não fogem a onisciência do Criador. Os desastres naturais, não podem em hipótese alguma surpreender ao Todo-Poderoso. Como rei e sustentador do cosmos, ele rege os acontecimentos, fazendo dos dramas da existência um profícuo instrumento de amplificação, cujo propósito é falar ao coração dos homens sobre a brevidade da vida e a sandice de viver sem Cristo.

Tenho plena convicção de que o meu Redentor governa soberanamente. Do Gênesis ao Apocalipse, Ele se revela como o Sustentador do Universo. Acreditar nesta verdade me proporciona a certeza de que absolutamente nada foge ao seu conhecimento.

A Ele toda glória!

Renato Vargens

4 comentários:

O DEUS verdadeiro pego de surpresa ?, isso prova e mostra a limitação do homem, mesmo tendo todas as evidencias resgistradas na biblia, da criação até o que está por vir, os camaradas fazem as suas versões sobre DEUS.
O SENHOR merece respeito.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Gilbert Raposo
6 de janeiro de 2010 09:37 comment-delete

Bem, eu diria que Deus só existe um, mas, deuses såo tantos, e, cada um pode falar das caracteristicas do seu deus. Esse que nåo conhece o futuro e, pode ser surpreendido, é um deus e nåo Deus.
Vamos respeitar os que se preocupam em informar-nos as caracteristicas dos seus deuses, mas, esses nåo me interessam, pois, para mim, só importa seguir o da Biblia, que é o Deus.


JOAO MAPIE
MAPUTO-MOÇAMBIQUE

6 de janeiro de 2010 10:19 comment-delete

Caro Pastor Renato
Fiquei feliz em descobrir seu blog através de uma máteria no blog tempora.
Quanto ao seu artigo, vemos que "alguns homens" continuam tentando aproximar Deus de sua própria imagem.No fundo eles têm muita dificuldade de aceitar a soberania de Deus, porque reconhecer isso, significa se render ao Eterno em toda sua vontade.

Graça e Paz
minreligare.blogspot.com

8 de janeiro de 2010 08:47 comment-delete

prezado Pr.Paulo,

Obrigado pelo carinho.

Abraços,

Renato Vargens

8 de janeiro de 2010 08:50 comment-delete