Vocação para rabugento

Por Renato Vargens

O técnico do Palmeiras, Muricy Ramalho é nacionalmente conhecido pelo seu mal humor. Toda vez que concede uma entrevista coletiva, independente se o seu time perdeu ou não, ele sempre responde aos jornalistas de forma mal-humorada e rabugenta. Muricy ficou conhecido pela sua rabugice e intolerância demonstrando com isso que nunca está de bem com a vida.

Caro leitor, por acaso você já percebeu que nossas igrejas estão repletas de pessoas rabugentas? Pois é, em nossas comunidades cristãs encontramos uma multidão de individuos mal-humorados, que murmuram por tudo, reclamando de tudo fazendo cara feira.

Ora, ninguém gosta de se relacionar com um rabugento, nem tampouco daquele que vê defeito em todas as coisas. Como já escrevi anteriormente , os rabujentos atraem para si, sentimentos adversos daqueles que com ele se relaciona, levando-os a impressão de que estão sozinhos e isolados neste “mundo cruel”. Junta-se a isso o fato de que alguns destes, são assombrados por fantasmas inexistentes os quais os levam a uma vida esquizofrênica e adoecida.

Infelizmente pessoas que desenvolvem este tipo de comportamento não aceitam criticas, sentem-se ofendidas quando suas opiniões são contrariadas, além obviamente de nutrirem a alma de julgamentos descabidos e preconceituosos.

Creio que somente o poder de Cristo e do evangelho pode mudar tais pessoas transformando-as em indivíduos mais bonitos, plenos e felizes. Para tanto, torna-se indispensável que haja no coração daquele que sofre deste mal uma abertura ao Espírito Santo, reconhecendo prioritariamente sua patologia bem como a necessidade de mudança imediata de comportamento.

Pense nisso!

Renato Vargens

1 comentários:

é Pr. Renato... este post veio bem a calhar... tenho visto isso bem de perto...

Carlos Gomes

Anônimo
10 de novembro de 2009 10:04 comment-delete