domingo, novembro 29, 2009

Paz em meio a Tribulação

Por Renato Vargens

Conta-se à estória de um rei que ofereceu um prêmio ao artista que pintasse o melhor quadro que representasse a paz. Muitos artistas tentaram, contudo, não conseguiram através da sua arte despertar a curiosidade do rei. Entretanto, dois destes hábeis pintores sobrepujaram o trivial, despertando substancialmente o interesse do monarca.

O primeiro quadro retratava um lago sereno, cujo espelho d’água era de uma transparência de impressionar. Ao fundo percebiam-se altas e pacíficas montanhas, e em cima um céu azul com nuvens brancas como algodão. Todos os que viram este quadro acharam que ele era um perfeito retrato da paz. Já o outro quadro também tinha montanhas, todavia eram escarpadas e calvas. Além disso, o céu não era límpido e claro, mas negro e ameaçador do qual caía abundante chuva. Da encosta da montanha caía uma cachoeira espumante, a qual não parecia nada pacífica. Quando o rei olhou a paisagem pintada, percebeu ao lado da cachoeira um pequeno arbusto crescendo numa fenda da rocha. No arbusto, uma mãe pássaro havia feito seu ninho. Lá, no meio da turbulência da água feroz, se instalara o pássaro em seu ninho na mais perfeita paz.

Qual pintura você acha que ganhou o prêmio? Pois é, o rei escolheu a segunda, sabe por quê? Porque para o rei viver em paz, não significava estar num lugar onde não existam barulho, problemas ou trabalho duro. Possuir paz significa estar no meio disso tudo e ainda desfrutar de tranqüilidade. Nesta perspectiva é possivel enfrentar lutas no trabalho e ainda viver em paz, experimentar crises financeiras substanciais e ainda assim desfrutar de quietude na alma.

Diante disto, torna-se importante que entendamos que ter paz não significa necessariamente ausência de problemas. O Senhor Jesus nos ensinou que neste mundo teríamos aflições, mais que deveríamos mesmo diante das tempestades que a vida nos reserva ter bom ânimo.

Anima-te! Confie nEle, entregue seus problemas a Ele, e deixe que o mais Ele fará por você.

Pense nisso!

Renato Vargens
Marcus Vinicius disse...

Prezado Sr. Renato,

Já fiz essa pergunta a diversos pastores, padres e estudei esse assunto em diversas religiões, mas até hoje nenhuma resposta confortou meu coração, ou me deu um entendimento final. Gostaria de vossa opinião, pessoa que admiro, quanto ao porquê de sofrermos nesta vida, e se sofremos por vontade Divina, para aprendermos, qual seria então a finalidade da prece com o objetivo de amenizar nosso sofrimento?

Gilbert Raposo disse...

Acho que todos nós estamos num estágio terreno de provações, até que se chegue o Reino dos Céus, não existe felicidade completa aqui no planeta Terra, todos nós somos carentes em alguma área de nossas vidas, então entre as dificuldades, lutas do dia a dia, tenhamos a certeza da eternidade com Jesus Cristo que nos deu a liberdade, sejamos alegres e otimistas.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Crisato Jesus.

Renato Vargens disse...

Prezado Marcus Vinicius,

Paz!

O Sofrimento se deve exclusivamente ao pecado. Por causa do pecado a humanidade experimenta dores, agruras, e desiluções.

abraços,

Marcus Vinicius disse...

Sigo sem uma explicação definitiva.....mas agradeço as respostas.
Abraço

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only