10 Dicas para quem deseja ser bem sucedido no casamento

Por Renato Vargens

“Alguns dizem que o casamento é como uma ilha deserta. Os que estão fora querem entrar e os que estão dentro querem sair.”

De que maneira você pode ser bem sucedido no seu casamento?

1. Entenda que o lar, a família, a relação entre marido e mulher, a relação entre pais e filhos fazem parte do plano original de Deus. Foi o Senhor que criou a família. Foi ele que tomou a iniciativa de constituir esta que com certeza é a principal célula da sociedade.

2. Entenda que juntamente conosco Deus está plenamente interessado na felicidade conjugal e de toda a família.

3. Edifique seu relacionamento conjugal sobre os fundamentos da verdade e transparência.

4. Seja fiel. O Amor exige fidelidade!

5. Valorize as virtudes de seu cônjuge e diminuindo os defeitos da pessoa que ama. Nossa tendência é o contrário disto! Realçamos os defeitos "O alvo da união conjugal não é pensar igual, mas pensar junto" As nossas diferenças nos completam.

6. Não tente mudar o seu cônjuge com criticas e murmurações constantes. Uma das primeiras tentações no casamento é que um ou ambos queiram bancar o "criador" e criar o outro novamente "segundo a sua própria imagem".

7. Não seja exigente em demasia com o seu cônjuge. Somos demais exigentes com o nosso cônjuge. Precisamos admitir a nossa própria fragilidade e sermos mais tolerantes...e não esperar demais do outro. Ame o cônjuge que tem, e não o cônjuge imaginário. Procure fazer o melhor, passando por cima de muita coisa, perdoando, renunciando, amando muito.

8. Seja Grande nas coisas pequenas.

9. Tenham tudo em comum. Sonhos, alvos, planos, objetivos, dinheiro.

10. Compreenda que nunca é tarde demais para mudar ou recomeçar.

Pense nisso!

Pr. Renato Vargens

5 comentários:

Amém. Acredito que o casamento seja uma excelente oportunidade de melhorarmos como pessoa. Pelo menos pra mim, tem sido.

Carlos Gomes

Anônimo
27 de novembro de 2009 10:07 comment-delete

Mto bom, pastor.

Amei a frase: "O alvo da união conjugal não é pensar igual, mas pensar junto".

Deus continue te abeçoando.

Shalom Adonai.

27 de novembro de 2009 11:14 comment-delete

Estamos no mesmo barco, e devemos remar para a mesma direção, o bem tratar desde pela manhã até ao dormir à noite, amar é querer ver o outro feliz, eu amo a minha mulher, eu amo a minha familia.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Gilbert Raposo
27 de novembro de 2009 11:45 comment-delete

Renato sou casado a 6 anos,antes tive uma namorada e com ela uma filha que hoje tem 8 anos,minha namorada falecel nos ja estava separado a 6 meses e nossa filha com 8 meses.Enfim,10meses depois me casei,mas minla esposa tem moito ciume de minha filha que nao mora com migo,mora com os avos materno,tem tambem ciume dos meus pais,nao tem nada a ve,nos brigramos muito,sou um esposo que dela nada exije,e as coisa vao acontecendo como ela quer,e eu deichando de viver os melhores momentos com minha filha,que atitude voce tomaria.A nao gosto dela como gostava.Isso nao e um comentario queria um conselho obrigado

Anônimo
1 de abril de 2011 21:02 comment-delete

Renato como vc pode me ajudar a conquistar meu marido pois ele é super rigoroso comigo, muito ciumento. Cobra muito de me , mas eu sempre só vivi para ele. Ele nunca me elogia, questiona muito as coisas e tudo de ruim que acontece dentro de casa a culpa é minha. Ele nunca me defendeu de nada, principalmente se eu discuto com alguém ou questiono alguma coisa ele sempre me deixa pra baixo,nunca reconhece o que eu faço por ele. Minha estima só vive para baixo. Ultimamente ele discute comigo todos os dias. Não temos feriados e nem finais de semanas juntos sem brigar. O que vc acha que devo fazer. Será que ele tem outra ou não me ama mais, apenas me atura devido os filhos e o lar que contruimos juntos?

Anônimo
25 de maio de 2011 01:15 comment-delete