Megalomaníacos da fé e a Síndrome de Lúcifer.

Por Renato Vargens

O pastor Cáio Fábio escreveu há alguns anos um livro cujo título era a “Síndrome de Lúcifer”. Nele o autor abordava o comportamento de indivíduos megalomaníacos, que necessitam de holofotes, bajulação, bem como se alimentam da glória que não lhes pertence. Tais pessoas optaram por uma vida narcisista, construindo um império particular cujo sistema de governo é monárquico e absoluto.

Infelizmente por esse “brasilzão de meu Deus” o que mais encontramos são pastores que possuem por filosofia de ministério a construção de mega-projetos onde o seu nome e pastorado são colocados acima do bem e do mal. Tais pessoas, não admitem ser questionadas, até porque acreditam possuir a revelação divina para a nação.

Para piorar a situação os “Ungidos do Senhor”, se consideram filhos privilegiados do Altíssimo, simplesmente pelo fato de acreditarem que Deus não leva em conta os seus inúmeros pecados cometidos. Junta-se a isso que os “luciferianos” acreditam que são representantes diretos de Deus e que em virtude disto ninguém pode questionar suas revelações proféticas.

Pois é, no sermão da Montanha o Senhor Jesus afirmou: “Bem aventurados os humildes de espírito, pois dos tais é o Reino dos céus”. Vale a pena ressaltar que essa afirmação de Jesus foi um grande escândalo no primeiro século. Isto porque, tanto o pensamento como a filosofia grego-romana consideravam, desprezíveis pessoas que valorizassem virtudes como a humildade.

Para os gregos como romanos, a humildade estava relacionada aos fracos, aos débeis, doentes e incompetentes. Para a classe dominante, nunca, em hipótese alguma, pessoas bem sucedidas na vida, deveriam cultivar valores como simplicidade e humildade. No entanto, Jesus como Filho de Deus se contrapôs a valores como esses afirmando categoricamente, que o Reino de Deus não é propriedade dos soberbos e arrogantes e megalomaníacos desta vida, antes pelo contrário, só é possível herdá-lo mediante simplicidade e singeleza de coração.

Thomas brooks, afirmou: “Os homens mais santos são sempre os mais humildes”. Robert Leighton, disse: "As melhores amizades de Deus são homens humildes". Em outras palavras isto significa, que quando mais próximos de Deus estivermos, menos arrogantes seremos.

Na perspectiva do Reino é importante que entendamos que só alcançamos o trono do altíssimo descendo as escadas. Terminantemente as Escrituras afirmam que Deus exalta os humildes e abate os soberbos. Ora, o trajeto que os vencedores traçam nunca foi e nunca será o caminho da presunção e da prepotência, antes pelo contrário, os vencedores carregam em si a marca indelével da humildade e da simplicidade. Portanto lembre-se: Os que vencem na vida são aqueles que optaram em serem amigos de Deus.

Como bem dizia Agostinho "A suficiência dos meus méritos está em saber que meus méritos não são suficientes."

Pense Nisso!

Renato Vargens

5 comentários:

Se voce teria tempo de comentar o livro que escrevi "Céus na Terra, o Reino dos Céus entre Nós". Te mando o pdf se vc tiver tempo.

snapshot: https://www.createspace.com/3370149

4 de outubro de 2009 08:05 comment-delete

Saúdo a todos com a Paz de Deus. Sou cristão há mais de 40 anos e nunca pensei
em ver tantas aberrações cometidas em nome da evangelização. Hoje, existe um
"vale tudo" para supostamente estarem salvando almas para Cristo. Na verdade,
esses Pastores estão salvando seu próprio bolso e com certeza recebendo o seu
galardão aqui mesmo na terra, como está escrito. No vale tudo está o carnaval
(Blocos dos crentes), danceterias, boates, etc...

Jose Lucena
http://www.joselucena.net

Anônimo
4 de outubro de 2009 08:08 comment-delete

" Do homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da boca", " Todos os caminhos do homem são limpos aos seus olhos, mas o SENHOR pesa o espirito", " Confia do SENHOR as tuas obras, e teus pensamentos serão estabelecidos", " O SENHOR fez todas as cousas para os seus próprios fins, e até o impio para o dia do mal", Pv 16: 1 ao 4.
" Da soberba só provém a contenda, mas com os que se aconselham se acha sabedoria" Pv 13:10
Egocentrismo, auto afirmação, estrelismo próprio, acho que esse não é o comportamento de que quer ser servo do DEUS unico e verdadeiro, que se fez carne, nasceu junto a animais, não tinha onde repousar, nem onde comer, mas tinha e tem o puro e verdadeiro amor e misericórdia por nós, o homem é vaidade.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

GILBERT RAPOSO
4 de outubro de 2009 16:26 comment-delete

Excelente blog. parabéns, já me tornei seu seguidor. Se puder fazer o mesmo ficaria grato. Abraços!!!

9 de outubro de 2009 09:33 comment-delete

Salve irmão Renato...

Gostaria de lhe pedir, se for possivel, de o Amado Irmão, colocar em seu blog, um "FEED" para que possamos assinar e toda vez que o irmão postar um artigo, recebemos por email..

Outro que gostaria de lhe pedir, é que colocasse o "pesquisar neste Blog"... apenas digitariamos uma pa
lavra e achariamos "a concordância do Renato" rsrsrsr

Eduardo - Araranguá - SC

26 de janeiro de 2010 14:51 comment-delete