sábado, outubro 31, 2009

Contando as bênçãos de Cabo Verde - Parte V

Por Renato Vargens
Ontem foi um dia especial. Os pastores Gastão e José Heleno viajaram comigo pelo interior da ilha de Santiago. Fomos de um extremo a outro, visitando cidades, vilas e lugares de singular beleza. Além disso, tive a oportunidade de conhecer Tarrafal, lugar onde existiu o Campo de Concentração criado pelo ditador português Salazar. Confesso que ao entrar naquele lugar fui tomado por profundo sentimento de comoção, o que proporcionou uma enorme angústia no meu coração. Ao adentrar a "solitária" onde os presos "mais perigosos eram colocados", foi impossível conter as lágrimas. Por incrivel que pareça o cheiro da dor e da morte ainda encontrava-se naquele lugar, levando a todos que lá estavam a um silêncio sepulcral. Nas paredes ainda se pode ver os nomes dos presos escritos à lapis ou caneta. Em uma outra galeria pude ver fotos de gente simples como a de um senhor metodista que sofreu severamente nas mãos de seus algozes por discordar da ditadura portuguêsa.

Caro leitor, nenhum país merece um governo ditadorial. O que Portugal impôs a seus presos politicos através de Salazar, faz-nos ruborizar de vergonha e dor. Deus no grande dia do juízo há de julgá-lo por seus crimes contra a vida e a humanidade.

Hoje, dia em que se comemora a reforma prostentante pregarei em três oportunidades. Pela manhã, ministrarei para os pastores e suas esposas, a tarde para os jovens, onde abordarei sobre o surgimento do movimento gospel, seus beneficios, e as distorções teológicas de nossos dias. E a noite pregarei na Assembléia Nacional de Cabo Verde para cristãos e não cristãos onde de forma prática trarei dicas de como ser um agente de transformação histórica na sociedade.

Louvado seja o Senhor que tem me proporcionado a oportunidade de falar do evangelho de Cristo! Exltado seja o seu nome que nos libertou do engano do Catolicismo Romano!

Renato Vargens


Clóvis disse...

No aniversário da Reforma, chega à blogosfera o "5 Calvinistas" Não tem nada da importância histórica e teológica dos "Cinco Solas" e dos "Cinco Pontos", mas procura ser fiel a eles. São cinco blogueiros, de confissões religiosas e filiações denominacionais diferentes, mas que têm em comum o calvinismo como visão de mundo e expressão do evangelho de Jesus Cristo, além da disposição de expor e defender a "fé que uma vez por todas foi entregue aos santos" (Jd 1:3).

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only