segunda-feira, setembro 28, 2009

A teologia do medo

Por Renato Vargens

Os templos neopentecostais estão abarrotados de pastores que disseminam a nefasta teologia do medo. Infelizmente, O medo tem sido espargido pelos ministros da prosperidade que de forma desavergonhada anunciam o evangelho do pânico, cujo protagonista é satanás. Nele, o crente é ensinado de que o diabo pode afligi-lo, atormentá-lo, além obviamente de destruí-lo roubando-lhe a salvação eterna. Para tanto, os evangelistas à lá Zé do caixão, promovem entrevistas com demônios, ensinam sobre o poder do capeta, além de propagarem um cristianismo onde o dualismo e o maniqueísmo se fazem presentes.

Ora, vamos combinar uma coisa? Este tipo de doutrina é extremamente interessante para os adeptos da fé “hitchcochiana”, até porque, ao instalar a política do medo no coração dos incautos, se torna mais fácil, comercializar os apetrechos da fé, cujo poder é mágico, além de eficaz para afastar mal olhado, olho grande e todo tipo de feitiçaria.

Para piorar a situação, as doutrinas propaladas pelos terroristas neopentecostais, impõem sobre os cristãos a idéia de que não existe salvação sem a intervenção milagrosa de Jesus mediante as mãos de apóstolos, bispos e pastores especiais. Ao serem induzidos a pensar desta maneira, um número incontável de cristãos abandonam na esquina da vida doutrinas como o sacerdócio de todos os santos, salvação e outras mais. Além disso, por acreditarem na existência de líderes especiais, os membros destas igrejas tornaram-se reféns de uma política espiritual, onde desobedecer a determinação do pastor é pecado grave, podendo trazer maldições da parte de Deus sobre aqueles que tocam no “ungido” do Senhor.

Isto posto, afirmo que o Evangelho de Cristo se contrapõem em muito a teologia do medo. Em Jesus e por Jesus somos libertos da escravidão do pecado, e do domínio do diabo. Vale à pena ressaltar que a Bíblia também nos ensina que somos de Deus e que em virtude disto maligno não nos toca. Em outras palavras, isto significa dizer que não existe esta história de que o diabo pode aprontar o que quiser na vida do cristão.

Louvado seja o Senhor que nos VERDADEIRAMENTE nos libertou e que por intermédio de sua cruz nos tornou livres.

Pense nisso!

Renato Vargens
Clóvis disse...

Pr. Renato,

Lembro que uma vez, após pregar sobre a doutrina da graça, fui chamado à parte por um pastor, preocupado que os crentes agora descambassem no pecado. Então me disse que precisava amendrontá-los com a possibilidade do inferno para que se mantivessem próximos do céu.

Pena. O amor lança fora o medo!

Em Cristo,

Clóvis
Cinco Solas

Cristão peregrino disse...

Pr Renato,

obrigado por acompanhar meu blog. Em breve, se Deus assim permitir publicarei alguns textos meus.

Bom, quanto à teologia do medo, é algo que me preocupa, pois tenho visto e ouvido em demasia essa manipulação que tem pegado muita gente boa.

Temos um bom estudo sobre o medo no livro Neuroses Eclesiásticas.

Paz!

aahollas disse...

O que mais me assusta não são os neopentecostais com tal teologia, mas pastores de igrejas evangélicas históricas que simplesmente esqueceram a teologia da graça!

Alex Malta Raposo disse...

Querido irmão,

Por motivos funcionais, o blog “Vivendo o Verdadeiro Evangelho” passou a se chamar “Evangelho da Graça”. Da mesma forma, o endereço www.vivendooevangelho.blogspot.com agora ficou www.alexmaltta.blogspot.com

A primeira mudança se deve ao título um tanto extenso, difícil de ser inserido nos blogs amigos na forma de blogroll.

A segunda ocorreu em virtude da dificuldade que muitos amigos, irmãos e conhecidos do Sul da Bahia demonstraram para encontrar o endereço correto. Utilizando o meu nome fica muito mais fácil.

De qualquer forma, nada muda em termos de proposta. Viver o verdadeiro Evangelho é viver o Evangelho da Graça. Um Evangelho destituído de invencionices, legalismos e teologias alienígenas. Um Evangelho construído pelo compromisso com a Palavra de Deus, mas, também, pelo Seu favor imerecido.

Aviso também que o blog já dispõe de um banner. Se o irmão quiser ajudar a divulgação da minha página, ficaria muito, muito grato.

Alguns blogs, inclusive, já estão contemplados (ou como banners ou como blogolls ou ainda como links). Se o blog do irmão não estiver na relação é só enviar um email para mim. alexmaltta@gmail.com.

Que o Senhor continue abençoando a todos nós.

João Paulo Fernandes disse...

Olá pastor Renato, vehnho acompanhado suas postagens faz um bom tempo, gosto muito da maneira que você escreve e aborda diversos assuntos luz do Evangelho. A propósito, o você já leu "Historia Do Medo No Ocidente"? O Autor Jean Delumeau, toma o medo como objeto de estudo e busca entende-lo aplicando na sociedade ocidental.
Gostaria de perguntar se poderíamos trocar banner de divulgação dos blogs. DE qualquer maneira, já addd seu banner no meu blog. Abraço!

João Paulo
http://www.veshamegospel.blogspot.com/

O Peregrino disse...

Caro colega , penso eu que a postagem de vossa autoria , deve retratar pontos locais , como por exemplo : o Rio de Janeiro . Falo da realidade aqui de São Paulo , eu tenho acompanhado alguns ministerios de perto , até porque como apologista , devo estar antenado nas " novidades gospel " ( rsrs ) . Bom a minha realidade aqui de São Paulo , não é a Teologia do Medo e sim a Teologia do Liberalismo e Universalismo . Pastores que para não perderem suas ovelhas mais " gordinhas " ( quem tem o Espírito que entenda - rsrs ) fazem vistas grossas a muitas posturas não eclesiais de seus adeptos ( ovelhas gordinhas ) . Percebo hoje no seio da Igreja , o Pós-modernismo invadindo a Ortodoxia da Fé , levando muitos cristãos ao relativismo . Aqui em São Paulo o que menos se prega é sobre : Arrebatamento , Santificação , Justiça de Deus , Vida no Altar , Consagração... e segue a lista . O que mais tem sido pregado , é um Deus subserviente e um cristão solipsista e egotista .Vivemos os tempos da Apostasia como profetizado em II Tm 4 . Eu particularmente sou um Pentecostal Clássico , ou seja , creio na vigência dos Dons , Creio nos Milagres , Creio na manifestação do Poder de Deus , Creio no Livre Arbítrio Humano , Creio na responsabilidade do Homem quanto ao pecado , Creio que o mesmo Deus que operava na Igreja Primitiva ,continua operando na Igreja Hodierna , acredito também que o Poder de Deus não é maior nestes dias , por causa da megalomania humana , por causa do marketing pessoal , por causa da vaidade do Homem . Deus na verdade não divide a sua Glória com ninguém , e se Deus de fato encontrar corações que vivem curvados ante a sua Santidade , verdadeiros corações de servos e servas , acredito sim que Deus pode mudar toda uma geração por causa destes fiéis . Acredito que o diabo não foi totalmente destruído na Cruz e que ainda continua atuando no Mundo ( juntamente com seus asseclas ) , mas nem por isso fico vendo demônios em tudo . O Dom que os cristãos mais deveriam buscar nestes dias é o de Discernimento de Espíritos . Vivemos dois extremos na Igreja ,um extremo é a parte que é cética quanto a atuação de satanas e dos demonios na vida das pessoas , já o outro extremo são aqueles que transferem a sua responsabilidade ao diabo ou a demonios , estes se recusam a reconhecer que são maus , e de coração corruptos , é fato constatarmos isso quando vemos pela TV um bandido pego em flagrante dizendo que não se lembra do que fez e como foi capaz de fazer o que fez , transferindo a sua culpa a uma suposta ação diabólica .

Pessoas Comuns disse...

Rentão, tá comprando briga com os grandão. kkkkkkkkkkkkk! Quebra tudo mesmo meu bom!

Danilo Fernandes disse...

Renato!

Saudades!


Artigo seu que publiquei hoje com outro titulo.

http://www.genizahvirtual.com/2009/09/telecath-e-bate-papos-com-o-capiroto.html


Danilo

Renato Vargens disse...

Danilo,

fique a vontade meu querido amigo!

Abraços,

Renato VArgens

Anônimo disse...

Obrigado, Pr. Vargens, por esta publicação. Também já fui amedrontado por essa teologia. Mas graças a Deus pelos que os meus olhos podem ver e meus ouvidos podem ouvir, sem medo de crer. Paz e graça sobre a igreja. Rm 16:20a

Cristiano Souza disse...

Olá pr. Renato!
Muito interessante esse texto. Gostaria que realmente fosse reforçado esse tema, porque eu honestamente vejo esse problema em específico - o uso das diversas formas de medo como ferramenta de lavagem cerebral por parte dos líderes pentecostais e neo-pentecostais - como o pior de todos os problemas. Porque as cicatrizes que esse tipo de coisa deixa são muitíssimo maiores que as falsidades e baboseiras que os púlpitos do "novo cristianismo" tem imposto às ovelhas ultimamente.
E posso falar isso com autoridade, porque passei cerca de 10 anos prisioneiro de uma seita cristã fundamentada exatamente neste medo que você comentou.
Foram necessários quase 3 anos de tratamento psicológico para me recuperar e seguir a vida, e cerca de 5 anso de trabalho duro pra recuperar o amor de minha família e minhas perdas financeiras. Ainda não recuperei as perdas sociais (perdi todos os meus amigos e minha noiva) e simplesmente não consigo mais pisar os pés numa igreja cristã. Mas estou melhor, e ao menos consegui me recuperar. Sei de outros, vítimas da mesma seita que eu, que cometeram suicídio ou estão em manicômios. Sei de inúmeras famílias vítimas da Universal, Internacional da Graça e outras abominações semelhantes que estão em dificuldades financeiras e sociais, e que provavelmente levarão muitos anos pra se recuperar - e que, com certeza, nunca mais pisarão numa igreja evangélica também.
por favor, continue trabalhando para desmascarar esses malditos mentirosos, manipuladores e ladrões que usam o púlpito como arma, sem se preocupar com a ferida que estão deixando na sociedade.
Abraço!

O Peregrino disse...

O que me dá medo de verdade , são os testemunhos de pessoas que afirmam serem enganadas por tais líderes pentecostais e neo-pentecostais .

Deus dotou cada ser humano da capacidade de pensar , de agir , e não caminhar como um autômato .

Será que essas pessoas que se dizem serem engandas não possuem um mínimo de intelectualidade para discernir entre o manipulador , o manipulável e o arbitrar sobre o próprio juizo ?????


Será que em pleno século XXI , ainda existe pessoas imbecibilizadas para não discernirem entre a mão esquerda e direita ????


Será que o ser humano precisa de que outros lhes diga o que fazer , o que comer , como agir , o que vestir e por aí vai ?????



Acorda povo , eu garanto que nunca vi e jamais verei um destes pastores pentecostais e neo-pentecostais com uma arma em mãos apontando para as pessoas obrigando-as a ofertar , dizimar , etc...


Se a pessoa comete suicídio ou vai para o manicômio , ou se perde socialmente , creio que não é culpa dos tais líderes , mas sim , unicamente pela ineficiência de arbitrar sobre o próprio juizo e de formular sua própria opinião .


Já passei por alguns ministérios e jamais fui violado no meu direito de pensar por mim mesmo e de inquirir se tais ensinos provém de uma base sólida da Bíblia .


Se vivo conforme outros me orientam e me sugestionam , logo não sou digno nem mesmo de viver . Todos possuem cérebros e a cpacidade do pensar , então minha gente , comecem a usar aquilo que se encontra dentro da caixa craniana , O CÉREBRO !!!!

Cristiano Souza disse...

Peregrino, você é um exemplo de religioso ignorante que usa de falácias pra justificar seus argumentos. Você honestamente acha que um crente que mata a esposa porque ela não aceita a mesma fé que ele, o fez por livre e espontânea vontade? (http://sn1.globo.com/default.asp?act=visualizar&id=102627)
Você conhece alguma coisa de psicanálise? De técnicas de indução psicológica? Hipnose coletiva / de grupo? Provavelmente você é um analfabeto funcional pra afirmar uma coisa dessas, cara. As pessoas são sim levadas pelos criminosos do púlpito, através de técnicas muito eficientes de controle da mente e sugestão consciente, a fazer coisas que elas JAMAIS fariam em sã consciência. E esses criminosos do púlpito não têm nada a ver com Deus. São estelionatários, bandidos disfarçados, que não medem esforços para atingir seus objetivos, sejam eles financeiros, políticos, sociais, etc.
Cara, vai estudar. Aprenda a pensar primeiro, conheça mais sobre os assuntos que você vai opinar, pra não acabar mostrando em público sua tremenda incapacidade intelectual e seu absoluto descaso com a vida e sentimentos alheios.

O Peregrino disse...

Caro colega , respeito a tua opinião , mesmo não concordando com ela , sim a respeito . Acredito que podemos divergir , sem contudo nos agredir , acredito também na unidade na diversidade . Sinto em tuas palavras , ainda muito rancor , muita amargura , feridas não tratadas . Em resposta às tuas perguntas : Sim , conheço sim técnicas de indução e sugestionamento . Aprendi muito sobre estas tais técnicas quando adepto da Nova Era . Conheço também os trabalhos e livros de Freud e Jung e outros de menor expressão . Acredito também que a mente humana ainda é um campo enigmático ante a Ciência Moderna . Tenho conhecimento das gravíssimas doenças psicossomáticas que acometem bilhões de pessoas pelo mundo e a incapacidade da Ciência de resolvê-las . Você tem todo o direito de divergir do meu pensamento , mas erra em me julgar e arbitrar em minha formação sem ao menos saber quem sou . A precipitação das palavras é que tem levado muitas pessoas ao reacionarismo .

Repito : Respeito a tua dor , respeito as tuas objeções quanto ao modelo atual de Igreja , respeito-o , quando desfere golpes aos tais líderes inescrupulosos , sim respeito a tua pessoa .

Em momento algum me referi a tua pessoa no quesito de tratar o teu perfil ou a tua condição psicológica , apenas usei o gancho do teu testemunho para levantar uma vertente de pensamento , tão somente para refletirmos juntos sobre as perguntas que abordei .


Você me julga um estulto , ignorante , sem instrução , e ao mesmo tempo me chama de silogista , de falacioso , mas jamais poderia usar estas técnicas filosóficas do campo da Lógica , sem ao menos ter um mínimo de instrução neste campo . Eu sempre baseio meus pressupostos nas 3 Leis mais fundamentais da Lógica que são : Lei de Identidade , Lei da Não-contradição e Lei do Terceiro Excluído .


Tenho me deparado com muitas pessoas com o mesmo tipo de dor aviltada por tua pessoa , eu em momento algum as julgo ou as sentencio , tão somente procuro criar um hiato entre o que elas ouvem destes tais lideres e o que o Evangelho lhes apresenta . Há um díspare gigantesco no que se está pregando atualmente e o que o Evangelho nos tráz como Verdade . Deus não é auferido pelo homem , pois Deus sem os Homens continua sendo Deus , mas o Homem sem Deus não é nada , absolutamente , NADA !!!!!


Nós homens somos auferidos pela Palavra e se não nos encaixamos dentro desta Ortodoxia , logo o erro está em nós e não em Deus .


No mais caríssimo , todo o meu respeito , peço perdão por minhas palavras de alguma forma te ferir , não quero em hipótese alguma ser contado entre aqueles que em dado momento da tua vida causaram dor e sofrimento .


Tenho um compromisso apenas de edificar vidas e não afundá-las ainda mais em seus próprios desesperos .


Um abraço deste teu colega , que Deus te abençoe ricamente e que o E.S. te ilumine em tua caminhada rumo às tuas perguntas perante Deus .

Cristiano Souza disse...

Caro Peregrino
Diante da sua contra-resposta, tenho no mínimo que me retratar em alguns pontos. Peço perdão por tê-lo julgado inculto ou analfabeto funcional; vejo que você não o é. Mas realmente acho que você se expressou mal, especialmente nestas duas frases: "O que me dá medo de verdade , são os testemunhos de pessoas que afirmam serem enganadas por tais líderes pentecostais e neo-pentecostais" e "Será que em pleno século XXI , ainda existe pessoas imbecibilizadas para não discernirem entre a mão esquerda e direita ????". Diante da sua resposta, vejo que você tem um grande conhecimento e capacidade intelectual; porém, acho que ainda peca em um ponto: é preciso uma mente treinada para escapar de lavagem cerebral. E infelizmente, neste nosso país (e em outros lugares do mundo) a esmagadora maioria não tem essa capacidade.
Nosso povo nasce e cresce com a cara na tevê, educados por Hebe Camargo, Sérgio Mallandro e Xuxa. É óbvio que vão se tornar adultos incapazes de raciocinar por si mesmos, incapazes de discernir o que pode ser cogitado como Palavra de Deus e o que é absoluta e inconfundivelmente uma manipulação com objetivos escusos.
Você é uma excessão, e não a regra, meu caro. Como o pr. Renato Vargens dá a entender, muitas pessoas hoje fazem parte de uma massa vítima de exploração religiosa. Isso é fato! Você não pode negar que muitas pessoas estão dando a própria casa e todas as economias de uma vida de trabalho duro nos pés do estelionatário Edir Macedo e sua trupe, e isso não é por VONTADE PRÓPRIA. Eles fazem isso porque realmente acreditam nas ameaças que eles fazem - que Deus vai puni-los ou vai mandar o "devorador" se eles voltarem pra casa com dinheiro nos bolsos.
Eu fui cristão por mais de uma década. E não apenas um cristão "esquenta banco": preguei, dei aulas, liderei grupos, planejei e executei atividades missionárias. Estive do lado de lá da cortina. Quando deixei a igreja, revoltado com a imundície que via, o líder do cone-sul da igreja que eu participava viajou do Havaí para o Brasil só pra ir na minha casa e me dizer pessoalmente que "deus iria me punir, ainda nesta vida com doenças e sofrimento, e depois com o fogo do inferno" por eu abandonar a denominação. Onde está o amor nisto?? Onde está o Jesus que pregou que devemos dar a outra face àqueles que nos perseguem?? Onde está o "amar ao próximo como a ti mesmo"?
Peregrino, você é um cara inteligente. talvez um dos poucos evangélicos sinceros e honestos que ainda restam. Por favor, reflita sobre isto: as pessoas não estão se afastando de Deus nas igrejas por vontade própria; elas estão sendo conduzidas. As massas, ao contrário do que você afirmou, são extremamente suscetíveis à manipulação. Elas não tem identidade própria, não são capazes de tomar decisões imparciais e racionais - como já disse, a educação extremamente falha das últimas gerações lhes roubou esta capacidade. Infelizmente, estão presas ao fatalismo, e cabe aos que aidna são sinceros e honestos e têm uma cultura privilegiada contribuiir para recolocar os "perdidos" de volta no caminho correto.
De qualquer forma, perdoe-me se fui rude, mas como diz o ditado: "gato escaldado não pode ver água"... Já fui tratado como lixo por parte de todos os que se diziam meus amigos simplesmente porque deixei sua denominação e, com raras excessões, de todos os crentes com quem falei até tomar a decisão de abandonar definitivamente o cristianismo - quando buscava um apoio, um ombro amigo, e algum esclarecimento - só ouvi frases como "você vai pro inferno" ou "deus vai te punir com doenças".
Tudo o que eles precisariam entender é: "a forma mais eficiente de evangelismo é mostrar amor em suas atitudes, e ficar o máximo possível de boca fechada".
Abraços, e obrigado pelo comentário!

O Peregrino disse...

Amado irmão , mais uma vez peço perdão por empregar mal as palavras , supra citado por ti . Li atentamente a tua explanação , concordo em número , gênero e grau , somente faço uma ressalva na tua abordagem .


O caro amigo cita as condições educacionais desfavoráveis pela maioria como pressuposto para servir de massa de manobra , mas o amigo bem lembra de 2 casos nos EUA em que ambos os caso houve suicídio coletivo orientado por ambos os líderes destas 2 seitas . A pergunta fica : EUA é a maior potência do Mundo , possui a melhor educação e todas as condições para que os seus cidadãos tenham uma vida cheia de perspectivas . Será que estas pessoas não tinham qualquer instrução ??? Eu acredito que sim , na maior parte delas haviam pessoas com cursos superiores . Eu vejo o problema muito mais na pessoa do que nos líderes que ela segue . É fato , pessoas que tem a predisposição para o mal , vivendo num ambiente que lhe propicie esta vazão , com certeza esta índole ruim aflorará .

Freud a muito tem sido questionado por esta posição tão defendida por ele , ou seja , que o indivíduo é influenciado pelo meio que vive . Eu não acredito nisto , pela minha experiência de vida , pude perceber que cada ser humano nasce já com uma índole propensa para o mal ou para o bem . Já fui em penitenciárias e pude ver ali , muitos filhos de pastores , de presbíteros , de classe média , gente com diploma universitário , gente totalmente analfabeta e por aí vai .

Vivemos o maior pull tecnológico já visto em toda existencia humana . Somos bombardeados 24 horas de informações mesmo não querendo , seja no ônibus , metrô , avião , outdoors , etc...

Te pergunto Cristiano : Muitos destes pastores ou ministérios que você citou , lhe garanto que a maioria nem tem o ensino fundamental . Você sabe melhor do que eu que para usar de tais técnicas subversivas , é necessário muito estudo e aprimoramento , nenhum psicólogo ou terapeuta , arrisca-se numa hipnose logo que sai da faculdade .


Mas o amado está certo em muitos pontos , na verdade o que há , é a exploração da fé alheia , o mercantilismo da Palavra , mas a gente sabe o fim que estes terão , não é mesmo .


Tenho certeza que o teu chamado continua vigente , e Deus não vai abrir mão da tua vida em hipótese alguma , acredito ainda que daqui a pouco o amado estará novamente pregando o Evangelho e usando toda a vossa experiencia para trazer cura àqueles que estão passando pelo que você passou ou ainda passarão , na verdade não sou em quem diz isso e sim a Bíblia .


Façamos como o Ap. Paulo nos recomendou :

Esqueçamos as coisas que para trás ficam e avancemos para aquelas que diante de nós estão .



Um grande abraço e fica com Deus .

Angel disse...

Queridos fiquem calmos... o que nos une é maior q o q nos separa, realmente é aviltante acreditar q pessoas são manipuladas, mas é pura verdade, falta de conhecimento, sabedoria, credulidade, o contexto situacional tem que ser analisado.
Na minha juventude tbm fui vitíma destes lobos, mas tudo Deus usou de forma maravilhosa, hoje aconselho e ajudo pessoas que se afastam destes ministérios para terem uma vida espiritual sadia, estas alternativas ao consenso cristão sempre existirão, não devemos brigar por isto, apenas acompanhar, orar e levarmos o evangelho genuíno... fiquem na paz

Pr. Marcos Crecchi disse...

Pregar a graça, na igreja internacional da graça, o ministério do pastor vira uma desgraça.

ANDERSON DA PAOLA disse...

Amado,
Hoje a igreja vive dois extremos:
O da TEOLOGIA DO MEDO E O DA TEOLOGIA DA LIBERTINAGEM.
Se por um lado existem pastores que exageram em cobrança, determinando que tudo é do diabo, por outro, existem pastores que já não pregam uma vida santa e separada das corrupções do mundo.
Temos que ser moderados em todos os aspectos, a graça não me priva de viver em santidade e a santidade não me escraviza na lei!
Sou livre de tudo e servo de todos por amor a Cristo!
O que tenho medo hoje é essa teologia da graça que vejo muitos pregar, onde não posso mais falar e direcionar os cristãos quanto as diretrizes da palavra, porque hoje somos livres e não podemos ser escravos da lei.
Não podemos usar a graça de Deus para fazermos o que não agrada a Deus!
Permanecer no pecado e usar a graça para se desculpar é pior que a Teologia do Medo!

"Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor." Gálatas 5:13

Fica na paz meu amigo!

Blog Emunah!

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only