domingo, junho 21, 2009

Os campos estão brancos – Parte III.

As religiões e as heresias do Catolicismo Romano.
Renato Vargens

Uma das principais características da pós-modernidade é a abertura para o sagrado. Isto se percebe nitidamente na multiplicação das religiões. Segundo o Instituto para o Estudo da Religião Americana, a cada ano surgem de 3 a 4 mil novas religiões em todo o mundo. Dessas, de mil a 2 mil não resistem nem um ano. Mesmo assim, estima-se que existam, hoje, algo entre 40 mil e 60 mil religiões. Esse número é ainda mais impressionante quando se analisa que no mundo todo existem apenas cerca de 20 religiões que podem ser consideradas globais, incluindo nesse grupo o próprio Cristianismo, além do Islamismo, Judaísmo, Budismo e Hinduísmo.

No Brasil, isto se percebe principalmente nos mais jovens, até porque, em virtude da enorme crise existencial que marca esta geração, têm procurado por Deus nas mais variadas religiões, dentre estas o Catolicismo Romano que do ponto de vista bíblico é de cunho herético e apóstata. Ora, o Catolicismo ao longo dos séculos tem ensinado através dos seus dogmas, concílios e papas, doutrinas absolutamente antagônicas as Escrituras Sagradas, como a oração pelos mortos; a veneração de santos, anjos e imagens; o sacrifício da missa, a venda das indulgências; o culto a Maria; o purgatório; a doutrina da transubstanciação, os sacramentos e muito mais.

Infelizmente milhares de pessoas no afã de preencheram o vazio da alma, como também obterem respostas quando a quem seja Deus, tem sido envolvidos e ludibriados pelos ensinamentos equivocados das mais variadas religiões.

Certa feita, num dia de verão, por volta das 13 horas, horário de almoço na cidade do Rio de janeiro, fiz algo inusitado. Em plena Rua da Alfândega, centro comercial desta grande metrópole, existe uma igreja católica com mais de 200 anos de história. Atraído pela arquitetura do prédio, adentrei ao templo tomando lugar no último banco da igreja. Imediatamente meus olhos se fixaram nos detalhes artísticos presentes em cada canto do prédio. Entretanto, não demorou muito para que a minha atenção se desviasse da igreja para as pessoas que lá entravam.

Percebi que em meio à efervescência da cidade, além obviamente do calor quase que insuportável, uma enorme multidão de homens e mulheres; brancos e negros; ricos e pobres demonstravam pelo menos uma coisa em comum: Desespero! Para piorar a situação, percebi que os que lá entravam saíam da mesma forma, ou seja, sem consolo ou esperança na alma.

Na ocasião observei lágrimas nos olhares dos jovens, angustia no peito dos mais velhos, inquietude nos homens e desesperança em muitas mulheres. Confesso que ao perceber a realidade daquela gente sofrida, lembrei-me das palavras do Apostolo Paulo: “Como Ouvirão se não há quem pregue?”

Caro leitor, somente Cristo tem a resposta para os dramas e questionamentos humanos. As religiões por mais que queiram jamais poderão preencher o vazio do coração humano. Jesus Cristo é o único caminho para a vida eterna, e somente Ele pôde aplacar a ira de Deus.

"Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus,..."1ª Timóteo 2.5

Solus Christus

Renato Vargens
Anônimo disse...

Senhor Pastor Vargens

Passando pelo seu blog tive minha atenção despertada por esta frase sua :o Catolicismo Romano (...) do poto de vista bíblico é de cunho herético e apóstata. (..) como a oração pelos mortos; a veneração de santos, anjos e imagens; o sacrifício da missa, a venda das indulgências; o culto a Maria; o purgatório; a doutrina da transubstanciação, os sacramentos e muito mais.

Senhor Vargem , o senhor acredita na Lei Mosaica ? O Senhor acredita que Deus de Israel mandou mantar prostituas, quem adora imagens, quem trabalha no sabado, filhos rebeldes, que manda sacrificar filhos e animais em holocausto ?

Se o senhor scretida, faça bom profeito

Ir alberto
iralberto2007@yahoo.com.br

Fabinha disse...

Caro Pr. Renato, a paz de JESUS! Aqui venho pedir uniãos de suas orações as minha por aqueles da minha família que são catóilicos romanos. Sou Pastora da Igreja Assembléia de Deus Missionária Americana - IADMA em Maceió, cooperando nas Igrejas filiadas da Convenção Internacional de Minitros da Igreja Assembléia de Deus Missionária Americana e Outros - COIMIADMA.
Abraços a todos.

Anônimo disse...

Peregrinei a maior parte de minha vida por estes caminhos a procura da solução das dificuldades exstenciais, catolicismo, umbanda, candomblé, kardecismo, filosofia oriental, mas só encontrei resposta e paz em JESUS CRISTO que me resgatou desse mar de lama, escuridão e segueira.
Tive o amparo numa igreja evangelica onde fui ótimamente recebido por um pastor que até hoje manteno laços de amizade/carinho, tive alguém que falasse do reino dos CÉUS para mim, e pude ouvir e assimilar emmu coração, hoje oro e quando tenho oportunidade falo de JESUS para pessoas com suavidade para não chocar nem confrontar, e tenho certeza que vou ver algumas libertas e talvez sentadas ao meu lado no banco da igreja que sou membro.
Obrigado,DEUS.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Anônimo disse...

Pr Renato,

Um desses dias também fui levado a entrar em uma igreja católica aqui de Manaus. Também fiquei visualizando os aparatos arquitetônicos e depois, olhando para a mensagem que o padre tentava passar, percebi que as pessoas entravam e saíam da mesma forma. Não achavam alívio para suas almas...

Que o Senhor tenha misericórdia e levante mais obreiros pq os campos brancos estão.

Deus abençoe,

Márcio Mamed

Dougllas knnor disse...

essas religiões nada mais são do que o desespero das almas dessas pessoas querendo algo em acreditar.
precisamos mostrar o verdadeiro caminho a essas almas perdidas e pregar o evangelico de Jesus á essas pessoas enganadas por satanais!

Augusto Elias disse...

Pastor Renato,não me lembro perfeitamente,mas acho que foi no final de 2007 ou no início de 2008,quando eu estava no forum da capital concluindo uma diligências no final da tarde,resolvi então caminhar até a um alvoroço na porta de uma igreja católica ao lado ou atráz da casa Legislativa do Rio.Fiquei chocado com o que vi só me lembrando do filme de Lutero.Como o senhor, observei lágrimas no rosto das pessoas,como se eles entrassem na igreja com um peso nas costas e ao sairem,me parecia que o peso se multiplicava,além do semblante caído..lembro-me de alguns aleijados vendendo objetos como imagens,quadro com símbolos católicos muito usados no espiritismo.Observei uma quantidade enorme de camelôs disputando o melhor lugar naquele dia em que se comemorava o dia um "santo". Gravei aquilo tudo para lhe mostrar , mas na época não tive oportunidade.Bom,só tenho certeza de uma coisa,somente Jesus é quem nos preenche trazendo libertação,paz,esperança,amor,vitórias etc.As pessoas estão trocando "6 por meia dúzia".Eles abandonam um religião porque tiveram alguma decepsão ou coisa parecida,sei lá!Partem para outra,infelismente acabam não encontrando Aquele que é capaz de livra-lo do lodo,das chamas ardentes do mal,se perdem e não vê o verdekro caminho, a verdede e a vida,Jesus.Ninguém chega ao Pai se não for por Ele.
QUE DEUS NOS GUARDE.

Rodrigo Moura disse...

Sou católico e não adoro imagens, e não conheço um católico que adore. Afinal, por que Deus disse a Moisés o que está escrito em êxodo? Sabemos que naquela época existiam tribos, cada uma com seu próprio deus, o deus Sol, o deus Lua, o deus Leão. Se em uma igreja existem símbolos de fé, não é a isto que adoramos, e sim ao nosso Senhor Jesus Cristo. Quanto á Maria, sugiro que leia Lucas cap. 1 vers. 46 em diante, bem aventurada seja a mãe do nosso Senhor Jesus!Somos salvos pela fé! Que nós possamos ser um diante de Deus (João, cap.17 v. 20 em diante) e não haja contendas entre nós (ICor. cap.1 v. 10 em diante),pois todo aquele que crer no Senhor será salvo! A paz irmão!

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only