terça-feira, maio 19, 2009

Mas é claro que o sol vai voltar amanhã.

Renato Vargens
Há cerca de dois anos viajei de Curitiba a cidade de Campinas no estado de São Paulo. Naquela ocasião, saí bem cedo de onde estava hospedado em direção ao aeroporto Afonso Pena. Quando lá cheguei, fui surpreendido por um forte nevoeiro o qual impossibilitava a decolagem das aeronaves estacionadas no pátio do aeroporto. Entendendo que meu vôo possivelmente sofreria atrasos, pacientemente fiz o meu check in, dirigindo-me a seguir a sala de espera. Passados alguns instantes, o comandante do meu vôo recebeu autorização para decolar, rapidamente entrei no avião e em poucos minutos estávamos voando sobre os céus da agradável cidade paranaense.

De fato, os céus estavam cheios de nuvens as quais traziam uma impressão bucólica sobre a recém acordada cidade. No entanto, bastou que o avião ganhasse altura para que rapidamente ultrapassássemos o nevoeiro e vislumbrássemos o maravilhoso brilho do sol.

Naquele instante o Espírito Santo me fez refletir sobre a vida, Isto porque, não são poucas as vezes que temos a impressão que as nuvens da existência prevaleceram sobre o brilho do sol da justiça.

Infelizmente, são em situações como estas, que alguns são tentados a achar que Deus desapareceu definitivamente, deixando-os a mercê dos seus problemas, angustias e dilemas.

A experiência pastoral me mostra que tais pessoas têm a triste percepção de que o problema vivido é tão grande, de que jamais poderão novamente enxergar o azul do céu.

Prezado leitor, quem sabe você esteja passando por situações onde a impressão que tem é de que nunca mais desfrutará de momentos alegres e felizes? É possível, que as nuvens da incerteza estejam assolando sua alma e coração, quem sabe, o medo não esteja chicoteando sua vida levando-o a um estado de nervos acima do comum.

Quero incentivá-lo a nutrir o coração de esperança, bem como da certeza de que o Deus o qual servimos está acima de tudo e de todos, e que como o sol ele continua brilhando acima de nuvens e tempestades.

Lembre-se, que nevoeiros vem e vão, e que quando dissipados, nos é possível novamente enxergar o sol com todo seu brilho e fulgor.

Pense nisso!

Renato Vargens
Gilbert Raposo disse...

Todos nós teremos aflições, dificuldades, desanimo, porém tenhamos a certeza que o SENHOR nos nutri e dá forças para prosseguirmos, com fé e esperança.
Avante, com CRISTO JESUS o sol sempre brilhará para os justos.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Dougllas knnor disse...

esse texto fala exatamente com aquele louvor de cleber lukas '' VOU SEGUIR COM FÉ
" POS SEI QUE PARA ALEM DAS NUVES O SOL NÃO DEIXOU DE BRILHAR SO PQ A TERRA ESCURECEU....


devemos confiar pq o nosso Deus tem Seu tempo Seu jeito e so devemos e confiar Nele

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only